Lucinha Araujo há pouco no programa Estrelas, apresentado por Angélica, TVGlobo: “Eu só choro escondido, referindo-se ao seu filho Cazuza, no chuveiro. Depois enxugo e vou à luta!”

É. Todos nós temos nossos momentos sozinhos, de introspecção, pensamentos tristes, sonhos solitários, enfim. Talvez não haja lugar melhor para derramar lágrimas de tristeza. Afinal, elas vão ralo abaixo, não precisamos nem enxugá-las, a água se encarrega de levá-las para bem longe, dando espaço para um rosto que se recupera, revive aqueles sonhos solitários e, dessa vez, não são apenas sonhos, já que você foi à luta, não é mesmo?

Por isso, vamos à luta.

E esta continua, companheiro! Já dizia um conhecido nosso. Rsrs