Archive for fevereiro, 2014


Foto: Reprodução Facebook Teresa Cristina

Foto: Reprodução Facebook Teresa Cristina

O show acontece nesta terça, 25, a partir das 19h, no New York City Center, na zona oeste da cidade. Teresa Cristina, que é considerada um dos maiores nomes da geração atual do samba, cantará sucessos de Paulinho da Viola, Caetano Veloso e Chico Buarque, além de composições inéditas como “Convite à Tristeza” e “Morada Divina”.

A apresentação faz parte do projeto New York City’n Concert, que promove shows gratuitos todas as terças e tem recebido grandes nomes da música brasileira.

Show de Teresa Cristina
Local: New York City Center – Avenida das Américas, 4.666 – Barra da Tijuca
Data: dia 25/02, terça-feira
Horário: às 19h

Anúncios
Foto de Matheus von Krüger

Foto: Divulgação

O cantor e compositor se apresenta nesta quinta, dia 27 de fevereiro, no Shopping Via Parque, às 19 horas. Com um repertório autoral e releituras de marchinhas, sambas-enredos e clássicos do samba, o show promete transformar o local num baile de carnaval.

Krüger é atração do projeto Sunset Via Parque, que recebe, semanalmente, um artista da nova safra, sempre às 19h, com entrada gratuita, em um espaço que foi montado na praça de alimentação do shopping para promover shows com alguns dos nomes que estão despontando na música popular brasileira. Os shows acontecem todas as quintas-feiras de fevereiro e março deste ano.

De família mineira, natural da Bahia, criado no interior do Pará e em São Luís do Maranhão, radicado no Rio de Janeiro, cantor, compositor e violonista, Matheus traz na sua formação a pluralidade da cultura brasileira. Com dois CD’s e um DVD lançados, o artista mostra em suas apresentações uma variedade de ritmos e influências, tornando seus shows verdadeiras celebrações da música brasileira. Durante o carnaval, o Matheus faz parte de dois blocos do Carnaval de Rua do Rio: Bangalafumenga e Fogo & Paixão. O show que ele apresentará no projeto reunirá o repertório dos dois blocos, além de algumas de suas músicas mais dançantes, acompanhado por seu violão e ao lado do percussionista Carlos Berbel, criador de uma técnica única que abraça todos os ritmos em um só instrumento, o Cajon.

Shows Matheus Von Krueger no projeto Sunset Via Parque
Data: 27/02, quinta-feira
Horário: 19h
Local: Shopping Via Parque –  Av. Ayrton Senna, 3000 – Barra da Tijuca

Foto do ator Paulo Betti

Foto: Divulgação

Os atores Paulo Betti e Paulo Maia apresentam o sarau “Mostre seu talento em cinco minutos” nesta terça, 25, a partir das 20h, no Sesc Casa da Gávea. O evento, que acontece desde junho de 2012, abre espaço para que artistas interpretem canções, declamem poemas, dancem, leiam crônicas, apresentem esquetes e stand-up dentro do tempo proposto. As apresentações são transmitidas pela TV web Casa da Gávea (www.casadagavea.org.br).

Para participar, é necessário realizar a inscrição na recepção do centro cultural 30 minutos antes do início do sarau.

Sarau Mostre seu talento em cinco minutos (apresentação Paulo Betti e Paulo Maia)
Data: Dia 25/02, terça-feira
Horário: às 20h
Local: Sesc Casa da Gávea – Praça Santos Dumont, 116 – Gávea – Capacidade: 80 lugares
Informações: (21) 2239-3511
Classificação: Livre

Foto Grupo Balacobaco

Foto: Reprodução internet

O grupo se prepara para a gravação do primeiro DVD, que acontece neste domingo, dia 16 de fevereiro, no Parque Madureira. Os preparativos já estão a todo vapor, o palco está sendo montado desde quarta-feira, 12,  no parque da zona norte. O evento terá a participação dos sambistas Arlindo Cruz, Dudu Nobre e Reinaldo.

Balacobaco foi criado há pouco mais de um ano por alguns músicos que tocam com artistas consagrados no samba como Arlindo Cruz, Dudu Nobre e Gustavo Lins e em famosas rodas de samba cariocas. A proposta é ser um grupo diferente e contagiante, aliando o samba e o partido alto ao sambalanço e à MPB.  Com novos arranjos e versões, seu repertório inclui, além de músicas autorais, sucessos do Fundo de Quintal, Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Grupo Revelação e Exaltasamba. O grupo é formado por Bombom (Banjo e voz), Júnior Itaguaí (cavaquinho e voz), Riquinho (reco-reco e voz), Gegê D’Angola (violão), Azeitona (tantan), Feijão (percussão), Vinicinhus (surdo) e Orelha (pandeiro).

Gravação DVD Grupo Balacobaco
Local: Parque Madureira – Rua Soares Caldeira, 115 – Madureira (Atrás do Madureira Shopping)
Data: Dia 16/02, às 18h

Foto de Mariana Volker

Foto: Divulgação

A cantora e compositora se apresenta nesta sexta-feira, dia 14 de fevereiro, a partir das 19 horas, no Quiosque da Globo, em Copacabana. Acompanhada pela banda formada pelos músicos Leonardo Morel (bateria), Auriu Irigoite (baixo) e Marcus Vinícius (guitarra). No repertório do show estão canções autorais, como a música “Eterno Verão”, primeira faixa de trabalho do EP, e releituras de clássicos como “Mistério do Planeta” (Novos Baianos), “Eclipse Oculto” (Caetano Veloso) e “Luz dos Olhos” (Nando Reis), entre outras.

Mariana, que foi vocalista da banda Unidade Imaginária entre 2006 e 2011, lança este ano seu primeiro trabalho solo, o EP Palafita, dirigido pelo produtor musical Liminha.

Show de Mariana Volker – Projeto Jovens Tardes
Local: Quiosque da Globo – Praia de Copacabana (altura da Rua Miguel Lemos)
Data: 14 de fevereiro (sexta-feira)
Horário: 19h
Classificação: livre

 

Bangu Shopping apresenta a peça João Pierrô e Maria Colombina 

JoãoFoto  Pierrô e Maria Colombina

Foto: Divulgação

Antecipando as comemorações pela chegada do Carnaval, o Bangu Shopping apresenta, neste domingo, 16 de fevereiro, às 17h, a peça “João Pierrô e Maria Colombina“. Numa referência aos populares e ilustres personagens dessa época do ano, a peça faz uma releitura do clássico “João e Maria”, transformados em Pierrô e Colombina, que viverão uma história cheia de surpresas e aventuras.

O espetáculo é uma adaptação de Rodrigo Scheer, com produção da Companhias Nosso Riso e Macacos de Imitação. No elenco, Daniele Castro, Rodrigo Scheer e Virginia Castelões. A direção é de Alexandre Maguolo.

João Pierrô e Maria Colombina 

Local: Bangu Shopping (no Espaço Bobinadeiras) – Rua Fonseca, 240 – Bangu. Tel.:  (21) 2430-5130

Data: 16/02 (domingo)

Horário: 17h

 

 

Na peça “Contos Fadados”, o público é convidado a desvendar um mistério

Contos Fadados

Foto: Renan Lima/Divulgação

A montagem é inspirada em jogos de mesa tipo Detetive ou Scotland Yard, em que os atores são as peças do tabuleiro e os espectadores são jogadores, com um final sempre surpreendente.

A apresentação começa em clima de suspense, com o mistério “Quem roubou o livro do autor no mundo dos contos e está destruindo as histórias tradicionais?” Os suspeitos são os personagens excluídos destes contos: Rogério Luiz, o quarto porquinho; Chato, o oitavo anão; e Isabela, a irmã da Chapeuzinho Vermelho, papeis que os atores descobrem, através de sorteio feito em cena, quem irá interpretá-los naquele dia. Em um cenário que simula um tabuleiro de jogo rústico, o público decide o caminho que os suspeitos vão seguir em cena, além de assumir a função de detetive e observar os motivos de cada personagem para praticar o roubo.

No final, um espectador receberá o título de rei ou rainha da apresentação e, representando a plateia, vai poder dizer quem roubou o livro. Se errar, o vilão vence, se acertar, salva o mundo dos contos. O espetáculo é uma montagem do grupo Milongas com texto e direção de Breno Sanches.

Contos Fadados
Local: Arena Carioca Dicró – Parque Ary Barroso, s/nº – Penha. Entrada pela Rua Flora Lobo – Tel.: (21) 7951-0203
Data: 16 e 23/02, domingos, às 16h, até 23 de fevereiro de 2014
Classificação: Livre

Foto: Reprodução internet

Foto: Reprodução internet

Aberta ao público nesta quinta, dia 13 de fevereiro, “Éter” fica em cartaz até o dia 12 de abril, na Anita Schwartz Galeria de Arte, na Gávea. A mostra contém 24 obras de 17 artistas representados pela galeria, sendo três delas, dos artistas Gustavo Speridião e Otávio Schipper, inéditas. As pinturas “Eis que surge” e “Nuvem”, ambas em carvão sobre tela, de Gustavo Speridião, e a escultura “Óculos para Ernst Lanzer #3”, de Otavio Schipper, produzidos em 2013. As demais obras foram produzidas entre 1999 e 2013, em diferentes técnicas e suportes, como pintura, desenho, escultura, instalação e site specific. A exposição ocupará todo o espaço expositivo da galeria

“Éter é uma reunião de obras do acervo que preenchem delicadamente o espaço da galeria. Na mostra, encaramos o desafio de selecionar trabalhos que se confundem com o ambiente expositivo, seja por transparências, reflexões ou camuflagens. Por isso, o título da exposição se refere ao éter, no sentido de uma substância hipotética, menos densa que o ar, que já se acreditou ocupar todo universo”, afirma Anita Schwartz.

“A exposição busca encorajar os visitantes a contemplarem as obras, propondo um novo olhar sobre o espaço”, diz a galerista.

Exposição Éter
Local: Anita Schwartz Galeria de Arte -Rua José Roberto Macedo Soares, 30 – Gávea – Tels.: (21) 2540 6446 e 2274 3873
Período: De 13/02 a 12/04/2014, (de segunda a sexta-feira, das 10h às 20h, sábados, das 12h às 18h)

Este slideshow necessita de JavaScript.

CCBB recebe exposição sobre a ditadura militar no Brasil

Resistir é preciso” fica em cartaz de 12 de fevereiro a 07 de abril, no Centro Cultural Banco do Brasil. A exposição é idealizada pelo Instituto Vladimir Herzog e marca os 50 anos da ditadura militar no Brasil (1964-1985). Apresentando as lutas pela reconstrução da democracia por meio das artes plásticas, obras de fotojornalismo, videodepoimentos e documentação do período.

Resistir é preciso
Período: De 12 de fevereiro a 07 de abril – de quarta à segunda-feira, das o9h às 21h

Exposição Galeria de Valores

A história da moeda, no Brasil e no mundo, com cerca de duas mil peças do acervo numismático do Banco do Brasil.

Galeria de Valores
Período: Até 31/03 – de quarta à segunda-feira, das o9h às 21h

O Banco do Brasil e sua história

Exposição que conta a História do Banco do Brasil em paralelo com aspectos da história econômica e financeira do país.

O Banco do Brasil e sua história
Período: Até 31/03 – de quarta à segunda-feira, das o9h às 21h

O Centro Cultural Banco do Brasil fica na Rua Primeiro de Março, 66 – Centro- Tel.: (21) 3808-2020

Foto de uma das quadras do Rio Open 2014

Foto: Facebook Rio Open

Nos dias 15 e 16 de fevereiro, acontece no Jockey Club Brasileiro, o qualifying do Rio Open, a etapa classificatória do torneio de tênis que reunirá, simultaneamente, uma etapa do ATP World Tour 500, da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) e do WTA International, da Women´s Tennis Association (WTA). No masculino, 16 atletas disputarão quatro vagas para a chave principal do ATP 500, no feminino, 20 jogadoras da WTA disputarão seis vagas para a chave principal do WTA Internacional. Os tenistas precisam vencer dois jogos para chegar à chave principal.

Apenas o brasileiro João Olavo Souza, mais conhecido como Feijão, teve ranking suficiente e participaria da classificatória, entretanto, ele foi um dos convidados para para integrar a chave principal masculina do torneio. O paulista Marcelo Zormann, de 17 anos, 180º no ranking mundial juvenil, foi convidado para disputar o qualifying.

O Rio Open acontece entre os dias 15 e 23 de fevereiro, no Jockey, com participação de atletas de diversos países, que competem por uma premiação de US$ 1,309,707 milhão para ATP e US$ 250 mil para WTA. Entre os destaques estão alguns dos maiores nomes do esporte, como Rafael Nadal, David Ferrer, Fabio Fognini, Nicolas Almagro, Tommy Robredo, Vera Zvonareva, Francesca Schiavone, os brasileiros Thomaz Bellucci, Bruno Soares, André Sá, Marcelo Melo e Teliana Pereira.  Os ingressos forma colocados à venda a partir do dia 13 de dezembro do ano passado. Os valores variam entre 20 e 350 reais. Mais informações no site do evento: www.rioopen.com

Qualifying Rio Open
Local: Jockey Club Brasileiro – Praça Santos Dumont, 31 – Gávea
Datas: Dias 15 e 16/02, a partir das 10h

Foto do Elenco no Palco Peça Teatral Um Dia Qualquer

Foto: Reprodução internet

No espetáculo, um executivo, uma professora de inglês, um ator que trabalha com animação de festas e uma enfermeira de pacientes terminais, encontram-se num banco de praça, num dia de verão que parece outono, em plena semana de trabalho, na correria do Centro do Rio. Esse encontro inusitado faz com que revelem entre si suas dores, seus amores e suas vidas de forma emocionante e engraçada. O público poderá assistir às angústias, confissões e histórias destes estranhos que se encontram pela primeira vez. No elenco, Anna Sant´Ana, Dida Camero, Leandro Baumgratz e Rogério Garcia. Um Dia Qualquer é uma produção da Usina D’Arte Produções Artísticas, com texto inédito é de Julia Spadaccini e direção de Alexandre Mello.

A peça será apresentada nesta sexta, dia 14 de fevereiro, na Lona Cultural Gilberto Gil, em Realengo, e dia 16 de fevereiro, domingo, na Arena Carioca Chacrinha, na Pedra de Guaratiba.

Um Dia Qualquer
Local: Lona Gilberto Gil – Avenida Marechal Fontenelle, 5000 – Realengo – Tel.: (21)3462-0774
Data: Dia 14/02, sexta-feira, às 19h
Local: Arena Chacrinha – Rua Soldado Elizeu Hipólito s/nº, esquina com Av. Litorânea – Pedra de Guaratiba – Tel.: (21) 3404-7980
Data: Dia 16/02, domingo, às 19h

Foto da All That Jazz Band

Foto: Divulgação  

Com a proximidade do carnaval, a mostra ‘Jazz, Arte e Gastronomia’ traz uma uma programação especial no próximo sábado, dia 15 de fevereiro. A All That Jazz Band, banda mais antiga do Rio especializada no Hot Jazz, o estilo vibrante de New Orleans, nos Estados Unidos, vai apresentar o show ‘Carnaval ao redor do mundo’, que reúne em seu repertório releituras com arranjos de jazz de músicas dos carnavais de países como México, Grécia, Itália, Cuba e Portugal.

A banda se apresenta a partir das 14:30h, no espaço musical montado em frente à Praça Emilinha Borba, na equina da Rua do Senado com a Rua do Lavradio.

A mostra ‘Jazz, Arte e Gastronomia’ é realizada pelo Polo Novo Rio Antigo e acontece todo terceiro sábado do mês no Quarteirão Cultural da Rua do Lavradio, endereço histórico da cidade. O evento reúne música e exposição de objetos de arte e antiguidades.

Jazz, Arte e Gastronomia – Apresentação da All That Jazz Band
Local: Quarteirão Cultural da Rua do Lavradio – trecho que vai da Rua Visconde do Rio Branco a Rua do Senado
Data: 15/02
Horário: Das 10h às 18h

Veja também: Feira Rio Antigo, que acontece todo primeiro sábado de cada mês na Rua do Lavradio.

Foto de show da Orquestra Popular Céu na Terra

Foto: Reprodução Facebook Orquestra Popular Céu na Terra

A Orquestra Popular Céu na Terra se apresenta neste sábado, dia 15 de fevereiro, a partir das 18h, na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca. No repertório, marchinhas, frevos, sambas, cirandas e maxixes, tudo acompanhado por um violão de sete cordas, instrumentos de sopro, cavaquinho, cantores e ritmistas. Na festa de sábado, a Orquestra apresentará o show “É Carnaval”, uma performance para todas as idades, que passa, de uma forma alegre e envolvente, um pouco da história e das tradições musicais do carnaval brasileiro.

O grupo, formado por 11 músicos integrantes do bloco carnavalesco de Santa Teresa, conquistou o Prêmio Tim de melhor grupo na categoria Canção Popular em 2008.

Orquestra Popular Céu na Terra – Show É Carnaval
Local: Cidade das Artes – Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ – Próximo ao Terminal Alvorada / Tel.: (21) 3325 0102 / E-mail: contato@cidadedasartes.org
Data: Dia 15/02, a partir das 18h

Projeto Educativo Video Arte

Foto: Cidade das Artes

A exposição traz vídeos com depoimentos de usuários do Terminal Alvorada, na zona oeste do Rio, onde foi instalada uma cabine de gravação com intuito de mostrar a diversidade social e hábitos culturais da população do entorno.

Durante o período de exposição do Projeto Educativo Vídeo Arte, que vai até o dia 30 de marçoocorrerão oficinas de vídeo, nas quais os participantes terão aulas práticas, captando novos depoimentos para serem inseridos na exposição. As oficinas acontecem na Galeria da Cidade das Artes. Ainda estão previstas duas: dia 11 e 18/02, das 18h às 21h. Para participar é necessário se inscrever previamente.

Exposição Projeto Educativo Vídeo Arte
Local: Cidade das Artes – Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ – Próximo ao Terminal Alvorada / Tel.: (21) 3325 0102 / E-mail: contato@cidadedasartes.org
Período: Até 30 de março

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O mês que antecede o carnaval carioca serve como esquenta para a maior festa popular brasileira. O Sesc Madureira preparou uma programação para agitar o próximo sábado:

O bloco Exalta Rei! anima a festa com canções de Roberto Carlos embaladas por tambores carnavalescos, riffs de guitarra e outras misturas musicais. No palco, a banda formada em 2009, na Urca, apresentará um show que promete a mesma animação que levou 2 mil pessoas, já no primeiro ano de criação do bloco, às ruas do bairro da Zona Sul, onde mora o “Rei Roberto Carlos”. Da Urca para Madureira, um dos mais tradici0nais bairros da zona norte.

A irreverência e a criatividade do carnaval carioca fazem parte de suas apresentações, com misturas de sucessos de várias “majestades”, como o Rei do Pop, o “Rei do Baião” e o Ray Charles, além do “Rei Roberto Carlos”.

Show do Bloco Exalta Rei!
Local: Sesc Madureira: Rua Ewbanck da Câmara, 90 – Tel.: 3350-7744
Data: Dia 08/02
Horário: 17:30h
Classificação: livre

Exposição Em 1964

Foto/arte: Reprodução

A exposição “Em 1964” propõe uma imersão neste momento decisivo para o país a partir do ponto de vista de artistas e intelectuais cujos acervos estão sob a guarda do Instituto Moreira Salles – IMS ou que tem vínculos diretos com suas atividades. A abertura ao público acontece neste domingo, dia 09 de fevereiro, a partir das 11 horas. O visitante poderá explorar os fatos culturais do período por meio de obras marcantes da literatura, fotografia, do cinema e da música.

Entre os destaques de fotografia, a exposição traz registros do cineasta Jorge Bodanzky, feitas em Brasília no momento do golpe militar; fotos de Chico Albuquerque e Henri Ballot documentando o cotidiano, como feiras, supermercados e outros costumes da vida diária dos brasileiros e a Caravana Farkas, projeto do fotógrafo Thomas Farkas, que reuniu jovens cineastas para documentar a cultura popular brasileira nos anos 1960, com fotos da equipe e a exibição de Viramundo, documentário de Geraldo Sarno.

A exposição apresentará livros originais que marcaram o período. São obras como A paixão segundo G.H. e A legião estrangeira, de Clarice Lispector, O braço direito, romance de Otto Lara Resende, além de dois datiloscritos de Otto, em que explica como teve a ideia de escrever o livro.

Destacam-se também duas paredes dedicadas às oito capas e quarta-capas da revista pifpaf, de Millôr Fernandes, e players com entrevistas de Rachel de Queiroz no programa Roda Viva, comandadas por Caio Fernando Abreu e Marília Gabriela, nas quais ela fala sobre seu apoio ao golpe militar.

Uma seleção musical poderá ser ouvida e terá canções de Tom Jobim, Baden Powell, Nara Leão, Ernesto Nazareth e Radamés Gnattali. Além disso, haverá um espaço dedicado ao Zicartola, restaurante-bar comandado por Cartola e sua mulher Zica que virou sensação, tornou-se um precursor das casas de samba e apresentou pela primeira vez nomes como Paulo César Batista de Faria, o Paulinho da Viola.

Filmes que estavam em cartaz no Brasil naquele ano, além de ciclos de palestras e debates, completam a programação de Em 1964. Veja mais informações sobre atualizações da programação no site www.em1964.com.br, que, continua a ideia de imersão à época. Durante todo o ano, imagens, textos de época e outros especialmente escritos para o site completarão a experiência numa espécie de túnel do tempo para o ano do golpe.

Exposição Em 1964 
Local: Instituto Moreira Salles – Rua Marquês de São Vicente, 476 – Gávea – Tel.: (21) 3284-7400/ (21) 3206-2500
Período: de 09 de fevereiro a 23 novembro – De terça a domingo, das 11h às 20h
Classificação: livre
Visitas monitoradas para escolas devem ser agendadas pelo telefone (21) 3284-7400.

*Obs.: Shows e exibição de filmes fazem parte da programação, entretanto não possuem entrada franca divulgada. Vide programação atualizada no site da exposição.

Foto de Nuria Mallena

Foto: Divulgação

A cantora e compositora é atração de hoje do projeto Jovens Tardes, no Quiosque da Globo, em Copacabana, a partir das 19h. A pernambucana, que ficou conhecida por sua canção “Quando Assim”, da novela Cordel Encantado (2011), da Rede Globo, já mostrava interesse pela carreira musical aos dez anos de idade. Aprendeu violão com a mãe e participou de diversos concursos e pequenas apresentações.

Atualmente, Mallena finaliza seu primeiro álbum solo, intitulado Nuria Mallena, que será lançado em março deste ano, com um repertório que inclui, entre outras, combinações de reggaes com acento pop e forró com maracatu.

Jovens Tardes – Atração: Nuria Mallena
Data: 07 de fevereiro (sexta-feira)
Horário: 19h
Local: Quiosque da Globo – Praia de Copacabana (altura da Rua Miguel Lemos)
Classificação: livre

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A peça “Uma aula a 20 mil léguas” será encenada neste domingo, dia 09 de fevereiro, às 17h. Sob o comando do professor Pierre, um navio parte com a missão de encontrar um suposto monstro marinho, que estaria colocando em risco a vida de pescadores. Durante a viagem, Pierre e seu atrapalhado amigo, o Sr. Ned, viverão inusitadas aventuras, que vão encantar o público com uma aula cheia de mistérios e informações. O espetáculo é uma adaptação de Rodrigo Scheer, a direção é de Alexandre Maguolo.

Peça infantil “Uma aula a 20 mil léguas”
Local: Espaço Bobinadeiras, no Bangu Shopping – Rua Fonseca, 240 – Bangu -Tel.: (21) 2430-5130
Data: 09/02 (domingo)
Horário: 17h

Foto: Charlie Chaplin em cena do filme Tempos Modernos (1936) / Reprodução internet

Foto: Charlie Chaplin em cena do filme Tempos Modernos (1936) / Reprodução internet

Ainda dá tempo de conferir o Festival Arena Carioca Dicró de Cinema Mudo, que acontece nas terças-feiras de fevereiro, sempre com três sessões, nas quais serão exibidos alguns dos mais importantes filmes da história do cinema mudo, com destaque para uma coletânea das obras de Charlie Chaplin e Buster Keaton.

No dia 18 de fevereiro será exibido Tempos Modernos ( 1936), um dos clássicos do cinema mudo, do cineasta britânico Charlie Chaplin, em que o seu personagem “O Vagabundo” (The Tramp) tenta sobreviver em meio ao mundo moderno e industrializado. O filme é considerado uma crítica ao capitalismo, militarismo, liberalismo, conservadorismo, stalinismo, fascismo, nazismo, fordismo e imperialismo, além dos maus tratos que os empregados passaram a receber depois da Revolução Industrial.
Programação:
Dia 11/02
14h – Charlie Chaplin em Luzes da Cidade
16h – Buster Keaton em Nossa Hospitalidade
18h – Metropolis
Dia 18/02
14h – Charlie Chaplin em Tempos Modernos
16h – Buster Keaton em Sherlock Jr.
18h – O Gabinete do Dr. Kaligari
Dia 25/02
14h – O Artista
16h – Nosferatu
18h – O Nascimento de Uma Nação
Festival Arena Carioca Dicró de Cinema Mudo
Local: Av. Bras de Pina, s/nº – Parque Ary Barroso – Penha – Tel.: 21 34867643
Classificação etária: Livre
Foto: Foto Aluizio Jordão

Foto: Foto Aluizio Jordão

A Fundação Nacional de Artes – Funarte promove mais uma edição do “Música no Capanema“, projeto lançado em dezembro de 2013, que traz uma programação bem eclética, que vai do clássico ao rock, rap, funk e samba. O show de abertura da temporada 2014 acontece nesta quarta-feira, dia 05, com o show de Wilson das Neves e Itamar Assière (ao piano). O artista apresenta sucessos da carreira em parcerias com Paulo César Pinheiro, Chico Buarque, Arlindo Cruz, Aldir Blanc, Nei Lopes e outros. No repertório, Cara de Queixa,  Trato, Jeito Errado e Peão de Obra (parceria com Paulo César Pinheiro); O Nosso Amor Maior (Wilson das Neves e Luís Carlos da Vila);  Fragmentos do Amor (Wilson das Neves e Nelson Sargento);  Não Existe Mais Saudade (Wilson das Neves e Délcio Carvalho); entre outras.

No dia 06, Guinga é o artista convidado. O cantor, compositor e violonista apresenta o show Canções Necessáriasshow musical inédito, no qual vai tocar, sem acompanhamento, composições e canções próprias. A intenção é propiciar ao público a vivência de um show com um jeito pessoal de interpretar sua obra. No repertório, Cheio de Dedos; Porto da Madama; Dá o Pé, Loro; Ellingtoniana; Valsa de Aniversário; Dichavado; Comendador Albuquerque; Picotado e Inventando Moda (Guinga); Contenda (Guinga e Thiago Amud); Lendas Brasileiras (Guinga e Aldir Blanc); Saci (Guinga e Paulo César Pinheiro); Catavento e Girassol (Guinga e Aldir Blanc) e Sete Estrelas (Guinga e Aldir Blanc).

Entre os destaques está Carlos Malta, o multi-instrumentista conhecido como “o escultor do vento”. Malta apresenta o espetáculo Solos no dia 07 de fevereiroacompanhado de diversos instrumentos acústicos, como  saxofones, flautas, pífanos e clarinetes ligados a recursos eletrônicos, como pedais de looping e harmonizer. Shows de Paulinho MoskaHamilton de Holanda e da Bateria da Vila Isabel também fazem parte da programação, que vai até 27 de fevereiro.

As apresentações acontecem na Sala Funarte Sidney Miller, no Centro do Rio, sempre de quarta a sexta-feira, às 18:30h. A distribuição dos ingressos é feita a partir das 18h, na bilheteria. A Sala tem 210 lugares.

Confira a programação!

Dia 05/02 – Wilson das Neves e Itamar Assière
Dia 06/02 – Guinga
Dia 07/02 – Carlos Malta
Dia 12/02 – Henrique Band
Dia 13/02 – Flávio Renegado
Dia 14/02 – Paulinho Moska
Dia 19/02 – Kay Lyra & Maurício Maestro
Dia 20/02 – Zarapatéu
Dia 21/02 – Marcos Sacramento
Dia 26/02 – Hamilton de Holanda
Dia 27/02 – Bateria da Vila Isabel

Música no Capanema
Local: Sala Funarte Sidney Miller – Rua da Imprensa, nº 16 – térreo – Palácio Gustavo Capanema – Centro – Tel. bilheteria: (21) 2279-8087
Horário: Às 18:30h
Período: De 05 a 27/02/2014 – De quarta a sexta-feira

Mais informações no site da Funarte.

Fotografia Couple (1975) de Bernard Pierre Wolff

Foto: Couple (1975) de Bernard Pierre Wolff / Reprodução internet

Amor, Amor, Amor” abre o calendário de exposições de 2014 do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) no dia 05 de fevereiro. Das 58 fotografias da mostra, pertencentes ao acervo da da Maison Européenne de la Photographie – MEP (Paris), muitas serão expostas pela primeira vez no Brasil. O amor em suas mais distintas formas e configurações é retratado sob o olhar de 22 nomes consagrados da fotografia mundial.  São imagens de fotógrafos como os franceses Henri Cartier-Bresson, Robert Doisneau, Pierre Verger e Raymond Depardon, os norte-americanos Larry Clark e Duane Michaels e o japonês Nobuyoshi Araki. O público poderá assistir também a um vídeo do fotógrafo francês Claude Nori sobre a relação entre a foto fixa e o olhar do fotógrafo sobre o movimento.

No dia da abertura da mostra – 05/02 – às 18:30h, haverá uma mesa-redonda sobre o tema “Documentação e transcedência na fotografia contemporânea”, com a participação dos curadores e dos fotógrafos Claude Nori e Pedro Vasquez. A exposição fica em cartaz até  dia 31 de março.

A curadoria é de Jean-Luc Monterosso, diretor do MEP, e de  Milton Guran, fotógrafo e diretor do FotoRio – Encontro Internacional de Fotografia do Rio de Janeiro.

Exposição Amor, Amor, Amor
Local: Centro Cultural Banco do Brasil – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Período: 05/02 A 31/03
Horário: De 09 às 21h
Tel.: (21) 3808-2020 /E-mail: ccbbrio@bb.com.br

Foto: Divulgação site MAR

Foto: Divulgação site MAR

Com cerca de 400 obras em formatos variados, como fotografias, esculturas, pinturas, vídeos e artes gráficas, a mostra  “imagináRio” pretende ampliar a discussão em torno da construção social da paisagem carioca ao longo de quatro séculos, agregando trabalhos que apontam para uma contínua reflexão.

A exposição traz um olhar sobre o legado dos grupos étnicos que contribuíram para a formação do tecido social que povoou e deu diferentes contornos à paisagem do Rio de Janeiro, como a presença africana. Recorre a imagens para narrar uma história simbólica da cidade a partir do conceito de lugar de permanência em relação à chegada dos colonizadores europeus e escravos à cidade e a questões como: “Que imagens traziam em sua bagagem? Que imagens da cidade ajudaram a produzir? O que dessa construção se manteve, o que se ressignificou e o que se quis esquecer para dar lugar a outras representações?”

imagináRio” acontece até o dia  16/03/2014, no andar concebido como espaço permanente para exposições dedicadas ao Rio de Janeiro, no Museu de Arte do Rio – MAR. Às terças-feiras a entrada no museu é gratuita.

Exposição imagináRio
Local: Museu de Arte do Rio – MAR – Praça Mauá, 5 – Centro – Tel.: (21) 3031 2741
Período: Até 16/03/2014
Horário das exposições no MAR: Terças (Durante o verão, 10h às 19h /Quarta a domingo, 10h às 17h)
Ingressos: Geral – R$ 8,00 / Meia-entrada – R$ 4,00 (Pessoas com até 21 anos; Estudantes de escolas particulares (Ensino Fundamental e Médio); Estudantes universitários; Pessoas com deficiência; Servidores públicos da cidade do Rio de Janeiro)
Gratuidade:
“Às terças-feiras, o MAR é gratuito para todos.”
Nos demais dias, gratuidade para: Alunos da rede pública de Ensino Fundamental e Médio, Crianças com até 5 anos de idade, Pessoas com idade a partir de 60 anos, Professores da rede pública de ensino, Funcionários de museus, Grupos em situação de vulnerabilidade social em visita educativa, Vizinhos do MAR e Guias de turismo. Em todos os casos é necessário apresentar documentação como comprovante.

Da sessão não é de graça, mas é quase:
Foto cena de Madame Satã com Lázaro Ramos

Foto: Reprodução internet – Madame Satã (2002), de Karin Aïnouz

A partir desta terça, dia 04 de fevereiro, a Caixa Cultural recebe a mostra “O Personagem Homossexual no Cinema Brasileiro“. O evento reúne 17 longas e 5 curtas-metragens que traçam um panorama histórico sobre como os gays foram e continuam a ser retratados nas produções cinematográficas brasileiras ao longo dos anos. Além da exibição dos filmes, fazem parte da programação duas mesas de debate gratuitas com a participação de cineastas, historiadores e estudiosos, como os jornalistas e críticos de cinema Susana Schild e José Carlos Monteiro, o cineasta Luís Carlos Lacerda e o antropólogo e ativista gay Luiz Mott.

Na mostra, filmes pouco conhecidos, como “A Casa Assassinada” (1971), de Paulo César Saraceni, e “Vera” (1986), de Sérgio Toledo, além de clássicos como “O Beijo no Asfalto” (1980), de Bruno Barreto, “Gisele” (1981), de Vitor di Mello, e “Anjos da Noite” (1987), de Wilson Barros. Entre as produções mais recentes, está o longa “Como Esquecer” (2010), de Malu de Martino.

A mostra é realizada por “Luzes da Cidade – Grupo de Cinéfilos e Produtores Culturais” e tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal.

Veja a programação completa do evento, que vai até o dia 16/02, no site www.personagemhomossexual.com.br.

Mostra “O Personagem Homossexual no Cinema Brasileiro”
Local: Caixa Cultural – Av. Almirante Barroso, 25 – Centro (Metrô: Estação Carioca) – Tel.: (21) 3980-3815
Período: de 4 a 16/02 (terça-feira a domingo)
Entrada: R$2 (inteira) e R$1 (meia) / Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 10h às 20h – Acesso para pessoas com deficiência
Classificação e horários das exibições e mesas: Clique aqui e consulte a programação!

Foto: Divulgação site Cidade das Artes

Foto: Divulgação site Cidade das Artes

A tradicional Banda do Cordão da Bola Preta, criada pelo Maestro Sodré e comandada pelo Maestro Carlos Nogueira (Carlinhos) anima a noite com show na praça principal da Cidade das Artes, na zona oeste do Rio. O  evento promete transformar o local em um grande baile ao som das mais variadas músicas do cancioneiro carnavalesco.

Fundado em 1918, o Bola Preta é o mais antigo bloco de rua do Carnaval carioca. Algumas personalidades estão ligadas ao bloco, entre elas Leandra Leal, a porta estandarte, Maria Rita, a madrinha e Neguinho da Beija-Flor, que é o atual padrinho. A festa é promovida pela Fundação Cidade das Artes em parceria com a Globo.

Show da Banda do Cordão da Bola Preta
Local: Cidade das Artes – Av. das Américas, 5300, Barra da Tijuca  – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: 21 3325-0102
Data: Dia 01/02, sábado – 18 às 20h
Classificação: Livre

 

 

 

Foto Banda 14 Bis

Foto: Sylvio Coutinho

O grupo mineiro participa da retomada do projeto “Som na Praça“, promovido pela prefeitura daquela cidade. O público poderá curtir e relembrar sucessos da banda como “Todo Azul do Mar”, “Planeta Sonho”, “Linda Juventude”, “Espanhola” e “Caçador de Mim”. Atualmente, o 14 Bis é formado por Cláudio Venturini – guitarra – Vocal; Hely Rodrigues – bateria; Sergio Magrão – baixo e vocal; Vermelho – teclados e vocal.

O trabalho mais recente da banda é o CD e DVD “14BIS ao vivo”. Lançado em janeiro de 2008, o primeiro DVD do grupo contém seus grandes sucessos e tem a participação de Flávio Venturini, Beto Guedes, Rogério Flausino e Marcus Vianna.

“Esse projeto visa proporcionar ao público que curtiu grandes sucessos na década de 80 um retorno às músicas daquela década e a boas recordações da adolescência. Por isso estamos trazendo para a nossa abertura do ‘Som na Praça’ o 14 Bis”, comenta o prefeito Alessandro Calazans.

Show da Banda 14 Bis – Projeto Som na Praça
Local: Praça Vereador Orlando Hungria, mais conhecida como Praça dos Estudantes – Av. Mirandela, perto da Prefeitura de Nilópolis
Data: Dia 01/02, a partir das 19h

Foto de Thalles Cabral

Foto: Divulgação

O Jonathan de Amor à Vida é atração de hoje do projeto Jovens Tardes. O ator, cantor e compositor se apresenta a partir das 19h, no Quiosque da Globo, em Copacabana. Thalles, que compõe desde os 13 anos de idade, lançou o EP That’s What We Were Made em 2013, com sete canções autorais, que já registrou mais de 50 mil downloads.

O repertório vai do folk ao rock alternativo e apresenta influências de bandas como The Doors, Beatles e Radiohead. O cantor também produziu o clipe da faixa “Everybody Dies”.

Apresentação musical de Thalles Cabral no Jovens Tardes, em Copacabana
Data:  Dia 01/02, sábado
Horário: às 19h
Local: Quiosque da Globo (Av. Atlântica, na altura da Rua Miguel Lemos)
Classificação: livre

%d blogueiros gostam disto: