Archive for maio, 2014


Paulo Betti comanda mais uma edição do sarau “Mostre seu talento em cinco minutos”

Foto: Andréa Graiz/Divulgação

Na próxima terça-feira , dia 27 de maio, a partir das 20h, os atores Paulo Betti e Paulo Maia apresentam o sarau “Mostre seu talento em cinco minutos”, no Sesc Casa da Gávea.  O evento, iniciado em junho de 2012, abre espaço para que novos artistas interpretem canções, declamem poemas, dancem, leiam crônicas, apresentem esquetes e stand-up, dentro do tempo proposto. As apresentações são transmitidas pela TV web Casa da Gávea, no endereço http://www.casadagavea.org.br.

Nesse momento em que a cidade do Rio de Janeiro é objeto de desejo da maioria dos artistas do país, na Casa da Gávea eles podem, no sarau, apresentar suas qualidades em cinco minutos para um público sensível e encorajador – destaca Paulo Betti, um dos sócios do centro cultural.

Além das edições do sarau, o Sesc Casa da Gávea apresenta oficinas, o Ciclo de Leituras Dramatizadas, e uma programação de peças e shows.

Sarau Mostre seu talento em cinco minutos
Data: Terça-feira (27 maio)
Horário: 20h
Local: Sesc Casa da Gávea (80 lugares): Praça Santos Dumont, 116 – Gávea
Informações: (21) 2239-3511
Classificação: Livre

Anúncios

Este slideshow necessita de JavaScript.

A banda NX Zero e o ator e cantor Thiago Martins se apresentam no próximo sábado, dia 31 de maio, no Parque Recanto do Trovador (antigo Jardim Zoológico), a partir das 19h. Shows fazem parte da segunda edição do Estação Rio, projeto da Globo.

Thiago Martins apresenta aos fãs um repertório pop, com pitadas de samba-rock e outros estilos. Entre os destaques está a música de trabalho “Tira Minha Paz”, do primeiro CD de sua carreira solo, entitulado “O que Eu Gosto de Cantar”, lançado em abril deste ano.

Para fechar a noite, a NXZero apresenta canções do novo CD Em Comum e outros sucessos como “Cedo ou Tarde” e “Razões e Emoções”. A banda, formada em 2001 na cidade de São Paulo, é composta por Di Ferrero (vocal), Leandro Rocha (guitarra e segunda voz), Daniel Weksler (bateria), Conrado Grandino (baixo) e Filipe Ricardo (guitarra).

Estação Rio – Shows de Thiago Martins e NXZero
Data: 31/05 (sábado) Local: Parque Recanto do Trovador (antigo Zoológico) – Rua Visconde de Santa Isabel – Vila Isabel
Horário: a partir das 19h
Classificação: livre

Foto da Praça Seca - Jacarepaguá - Rio de Janeiro - RJ

Foto: Reprodução internet

O projeto Livro de Rua realiza uma ação de Libertação de Livros neste domingo, dia 25 de maio, às 10h, na Praça Seca, zona oeste do Rio. A ação, que faz parte da campanha Praça Viva, contará com a presença de Pedro do Livro, idealizador do Projeto,  além de pocket shows, oficina de fotografia, contação de histórias, sarau de poesias e roda de música infantil. O evento será o primeiro da série de intervenções e ocupações culturais programadas para o bairro.

A atuação do Livro de Rua é continuidade da campanha “+ Livros – Violência”, para reforçar que sem cultura e sem educação não há como tornar a vida mais digna e promover mudanças. Mais informações na página do evento no Facebook.

Libertação de Livros na Praça Seca
Local: Em torno do coreto da Praça Barão da Taquara
Data: 25 de maio de 2014, domingo
Horário: das 10h às 13h

“Sobre o Livro de Rua

Livro de Rua é um projeto do Instituto Ciclos do Brasil que visa a democratizar o acesso à leitura de qualidade. Promove ações diretas, chamadas de Libertação de Livros, em locais públicos, com grande movimento de pessoas, dando preferência a regiões onde existe maior carência de leitura. Outra forma de atuação do grupo é a criação de Bibliotecas da Liberdade, pontos de leitura cuja estrutura flexível permite sua montagem em pequenos espaços, com um conjunto de livros e uma estante. Lá, qualquer pessoa poderá pegar os livros livremente e desfrutar de uma boa leitura. Em seguida, poderá entregar os livros no mesmo ponto ou passá-los para outra pessoa. A única coisa que não vale é deixar os livros novamente parados.

Foto/arte: Reprodução internet

Foto/arte: Reprodução internet

Nos dias 28 e 29 de maio, às 19:30h, alunos de teatro da escola O Tablado apresentam o clássico de Nelson Rodrigues no Teatro Odylo Costa, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Uerj.

“A peça conta a história de um homem que é atropelado na Praça da Bandeira, no Rio, e pede um beijo a Arandir, um jovem de coração puro e atormentado. Presenciando a cena de beijo entre os dois homens, o repórter do jornal Última Hora, Amado Ribeiro, que também é retratado no folhetim “Asfalto Selvagem”, transforma o último desejo de uma pessoa agonizante em manchete principal. O sensacionalismo da mídia é apresentado assim por meio do “Última Hora”, que altera completamente a história, colocando Arandir como um criminoso que empurrou o amante e depois o beijou.”

A montagem tem direção de Fernando Melvin. No elenco, André Alves, Andreia Sobrinho, Bruna Medina, Eduarda Studart, Felipe Zava, Gustavo Sanoli, Hugo Lobo, Isabela Cunhã, João Garaza, Keren Hapuque, Lucas Gomes, Luci Ponte, Luiz Alfredo Montenegro, Marcio de Andrade, Marcio Silva, Maria Julia Lacaille, Neide Viegas, Paula Neves, Raquel Bonfante, Ricardo Monteiro, Thais Sena, Virginia Freitas, Wescley Di Luna e Yuri Cardoso.

O texto do livro publicado em 1960 foi inspirado em um fato verídico, que aconteceu com um repórter do Jornal O Globo, o seu atropelamento. No chão, ao perceber que estava perto da morte, o jornalista pediu um beijo a uma jovem que tentava ajudá-lo. Foi adaptado duas vezes para filme e também para quadrinhos.

A peça teatral, permeada por ingredientes como sexualidade, intrigas, falta de ética da imprensa, polícia e crise familiar, foi escrita por Nelson Rodrigues em 1960, especialmente para o Teatro dos Sete. Em 1961, com direção de Fernando Torres, estreou no Rio de Janeiro, encenada por atores renomados como Fernanda Montenegro, Sérgio Britto e Ítalo Rossi. No cinema, a primeira versão foi em 1963, com direção de Flávio Tambellini e com Reginaldo Faria, Norma Blum, Xandó Batista e Jorge Dória nos papeis centrais. A segunda foi em 1981, com direção de Bruno Barreto e, no elenco, Ney Latorraca, Tarcísio Meira, Christiane Torloni e Daniel Filho.

Para assistir ao espetáculo, basta comparecer com antecedência ao local. Não haverá distribuição de senhas, a entrada estará sujeita à lotação do teatro. Capacidade: 950 lugares.

O Beijo no Asfalto, de Nelson Rodrigues
Local: Teatro Odylo Costa, filho – Rua São Francisco Xavier, 524 – Maracanã
Data: 28 e 29/05, quarta e quinta-feira
Horário: 19:30h
Duração: 70 min.
Classificação indicativa: 16 anos
Capacidade: 950 lugares

Para enviar sugestões de atividades gratuitas ou parcerias, entre em contato conosco, envie-nos as informações e/ou releases! Utilize o formulário abaixo ou envie sua mensagem para o e-mail degracaeuvou1@gmail.com. Curta a nossa página no Facebook!

Evento terá presentações de teatro, circo, mágica e bolo para celebrar a data

Foto: Bruno Carneiro em “Tempo, um monólogo de circo”/Divulgação

Foto: Bruno Carneiro em “Tempo, um monólogo de circo”/Divulgação

Neste domingo, dia 25 de maio, a partir das 16h, “Os Irmãos Intrépidos“, dupla formada por Dalmo Cordeiro e Alberto Magalhães, promovem mais uma edição do projeto “Parabéns En-cantos do Rio“, em comemoração ao aniversário do bairro de Madureira, que completa 401 anos este mês.

O mestre de cerimônia Dalmo Cordeiro, diretor dos Irmãos Intrépidos e integrante da trupe “Irmãos Brothers Band“, abre o evento com números de circo e mágica. Em seguida, haverá apresentação do espetáculo infantil “Contos Fadados“, do grupo Milongas. Nesta peça, com texto e direção de Breno Sanches, a plateia participa da trama para desvendar um mistério: quem roubou o livro dos contos de fadas e está destruindo as histórias tradicionais? Os suspeitos são os personagens excluídos destes contos: Rogério Luiz, o quarto porquinho; Chato, o oitavo anão; e Isabela, a irmã da Chapeuzinho Vermelho.

A celebração continua com a performance “Tempo, um monólogo de circo”, um solo de circo com acrobacia, contorcionismo e trapézio, onde a personagem central, neste caso o próprio artista de circo, divide com o público suas experiências na arte e na vida, incitando o espectador a pensar na urgência do tempo. “Quanto tempo dispomos para realizar nossos sonhos, construir uma história, recomeçar? O que nos restará quando não houver mais tempo?”. Bruno Carneiro, integrante da Irmãos Brothers Band e do Grupo Circondríacos, atua e assina a criação da performance junto com Raquel Rache, responsável pela direção. Raquel também faz parte do Grupo francês ARCHAOS há mais de 28 anos, primeiramente como artista e atualmente como uma das diretoras artísticas. A festa termina com parabéns e bolo, que será distribuído aos espectadores.

Esta é a segunda edição do projeto “Parabéns en-cantos do Rio”, contemplado pelo Programa de Fomento à Cultura Carioca da Secretaria Municipal de Cultura, com uma programação de eventos gratuitos para a população, que teve início em janeiro deste ano ao homenagear o maestro da Bossa Nova Tom Jobim. As festividades continuam até o fim do ano, sempre com eventos gratuitos celebrando o aniversário de outros bairros da cidade.

Parabéns En-cantos do Rio – Os Irmãos Intrépidos – Aniversário de 401 anos do bairro de Madureira
Data: dia: 25/05 (domingo)
Local: Parque Madureira – Rua Soares Caldeira, 115 – Madureira (Atrás do Madureira Shopping)
Horário: 16h às 18h
Censura: Livre

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A 5ª edição do CINEfoot – Festival de Cinema de Futebol acontece de 22 a 27 de maio no Rio de Janeiro. O evento é o primeiro e único festival de cinema do Brasil e da América Latina dedicado à promoção e exibição de filmes com o futebol como tema. Sua programação inclui mostras competitivas internacionais, mostras especiais, debates, oficinas, concursos de vídeos, homenagens, dentre outras atividades.

Abertura do evento está programada para o dia 22 de maio, às 20:30h, no Espaço Itaú de Cinema (Praia de Botafogo, 316), com a exibição do longa-metragem “Maracaná La Pelicula”, inédito no Brasil. O filme uruguaio, que estreou mundialmente diante de 10 mil pessoas no estádio Centenário em Montevidéu, traz imagens inéditas da final da Copa de 1950 e promete emocionar também os apaixonados por futebol da capital carioca. A sessão contará com a presença dos diretores do filme, os uruguaios Sebastián Bednarik e Andrés Varela.

Pela primeira vez, a quantidade de filmes brasileiros supera a de internacionais. Para a Mostra Competitiva de Longa-Metragem, foram selecionados 16 filmes, sendo 12 brasileiros e 4 internacionais. Entre os nacionais estão produções do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Os internacionais são produções da da Alemanha, Bulgária, França e uma co-produção Itália/Argentina.

Na Mostra Competitiva de Curta-Metragem são 22 filmes: 12 brasileiros, sendo produções de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Sul, e 10 internacionais, com filmes da Espanha, Holanda, França, Alemanha, Inglaterra, Japão, Argentina, e uma co-produção da Bélgica/Emirados Árabes/Iraque.

As exibições do CINEfoot acontecem no Espaço Itaú de Cinema (Botafogo), Centro Cultural da Justiça Federal – CCJF (Centro do RJ), no Cine Santa (Santa Teresa), no CineClube Digital (Fundição Progresso – Lapa), no Cine Manguinhos (Biblioteca Parque de Manguinhos – Benfica) e no PontoCine (Guadalupe). A classificação é livre.

O Festival também acontecerá em São Paulo, de 29 de maio a 3 de junho, e em Belo Horizonte, de 30 de maio a 4 de junho, com entrada franca em todas as sessões. No ano da Copa do Mundo do Brasil, dentre outras celebrações, o evento homenageará os 100 anos da Seleção Brasileira, os 60 anos da camisa canarinho e os 20 anos da conquista do tetracampeonato mundial, conquistado em 1994, nos Estados Unidos.

Para conferir a programação completa, clique aqui e acesse o site do evento!

Foto do grupo Feitos pra dançar

Foto: Divulgação

Neste domingo tem mais uma edição do “Feitos pra dançar“, que acontece todos os domingos, a partir das 17:30h, na Praça de Alimentação do shopping, com entrada gratuita.

As apresentações do grupo homônimo são embaladas pelas músicas mais pedidas do repertório dançante, como boleros, samba-canção e Mpb. O grupo é formado por Ademir e Tado nos vocais e Narciso (teclados), que há 35 anos incentivam a prática da dança.

Feito pra dançar
Data: 18/05
Horário: 17:30h
Local: Praça de alimentação do Santa Cruz Shopping – Rua Felipe Cardoso, 540 – Santa Cruz – Tel: (21)2418-9400

 

 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Ciclo de Leituras da Casa da Gávea apresenta a série “Ciclo Maio”, com as obras “Flutuando”, de Norberto Presta, no dia 19 e “Unha e Carne”, de Francisco Azevedo, no dia 26.

O projeto é coordenado pela atriz e diretora de teatro Marcia do Valle, que considera o espaço uma vitrine para investimentos em novas montagens e remontagens. Cerca de 4 mil atores já leram 800 peças no evento, que acontece há 22 anos, às segundas-feiras, e outras 100 foram montadas, com produção do centro cultural da zona sul.

Dia 19/5 – Flutuando
Texto e Direção – Norberto Presta
Elenco – Carú Rezende, Cintia Brugiolo, Felipe Moratori, Gabriela Machado, LicyaBenatti e Renata Rodrigues
Músicos – Alexandre Moraes e André Oliveira

Dia 26/5 – Unha e Carne
Texto – Francisco Azevedo
Direção – Beto Brown
Elenco – Bia Sion e Denise Milfont
Horário: 21 horas

Ciclo de Leituras da Casa da Gávea – Ciclo Maio
Local: Sesc Casa da Gávea (80 lugares) – Praça Santos Dumont, 116 – Gávea – Tel.: (21) 2239-3511
Classificação: 14 anos

 

Foto/arte: Divulgação

Foto/arte: Divulgação

A 6ª edição do Turismo Cultural no Bairro Imperial de São Cristóvão acontece nos dias 17 e 18 de maio, no bairro Zona Norte, que abriga diversas instituições científico-culturais de grande importância histórica. A proposta é proporcionar ao público uma mistura de ciência, diversão, cultura e conhecimento.

O passeio tem como ponto de partida a Quinta da Boa Vista. Entre 10h e 16h, com intervalos regulares, ônibus sairão do parque com destino às instituições culturais do bairro. Exposições, seminários, oficinas, debates, visitas mediadas, exibição de filmes, espetáculos de teatro, dança e música são algumas das atividades especiais oferecidas pelas instituições participantes. As atividades são totalmente gratuitas e voltadas para públicos de todas as idades.

Fazem parte deste roteiro cultural, o Museu Nacional, o Museu Militar Conde de Linhares, o 1° Batalhão de Guardas, o Museu de Astronomia e Ciências Afins e o Club de Regatas Vasco da Gama, além de uma novidade neste ano, a participação do Centro Hípico do Exército, fundado em 1825, ainda no tempo do Império, quando servia de apoio às Cavalarias de Dom Pedro I. O público pode parar nos pontos que desejar e visitar as instituições por quanto tempo quiser, pois, a todo momento, haverá ônibus para levá-lo de um local a outro.

O evento as atividades da 12ª Semana Nacional de Museus, que tem como tema, neste ano, Museus: coleções criam conexões, buscando ressaltar a importância das coleções e a sua valorização. Promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), a Semana, que acontece de 12 a 18 de maio, celebra o Dia Internacional dos Museus (18 de maio), criado em 1977, pelo Conselho Internacional de Museus (Icom), objetivando dar visibilidade e valorizar o papel dos museus no desenvolvimento da sociedade.

Abaixo, a programação:

Turismo Cultural no Bairro Imperial de São Cristóvão
Período: Dias 17 e 18/05
Horário: De 10h às 16h
Saída: Quinta da Boa Vista

Museu Nacional/UFRJ
Quinta da Boa Vista. Dias 17 e 18, das 10 às 16h
– Inauguração das exposições “Kumbukumbu: África, Memória e Patrimônio” e “Móveis da Monarquia”.
– Mostras e oficinas: Coleção no Parque; Bichos pra ver, tocar e aprender; O Museu já foi Palácio e Onde Tudo Começou.
– Esquete teatral: Conexão Egito (11h e 15h)

Centro Hípico do Exército
Avenida Bartolomeu de Gusmão, 453. Dias 17 e 18 das 10 às 16h

– Visitação às instalações do Centro Hípico do Rio de Janeiro;
– Apresentação de uniforme histórico;
– Apresentação da Banda do 2º Regimento de Cavalaria de Guarda (11h e 15h).

Museu Militar Conde de Linhares
Av. Pedro II, 383. Dias 17 e 18 das 10 às 16h

Visitação mediada nos salões de exposições permanentes que narram a História Militar desde o período colonial até os dias de hoje.
Em destaque a galeria com efeitos especiais. No domingo, o Museu abriga mais uma edição do “Encontro de Veículos Antigos” e o espetáculo “Curta com Teatro”.

1º Batalhão de Guardas
Avenida Pedro II, 158. Dias 17 e 18 das 10 às 16h

– Exposição de viaturas e motocicletas militares;
– Exposição de uniformes históricos;
– Apresentação da banda de música: 11h30 e 15h00;
– Apresentação dos cães de guerra: 11h00 e 15h30;
– Exposição do acervo histórico do batalhão.

Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST)
Rua General Bruce, 586 | Bairro Imperial de São Cristóvão – Tel. 21 3514-5200
dia 17: 10h às 20h
dia 18: 10h às 16h

Dia 17
De 9h às 16h – Visitas Orientadas
De 9h às 16h – Planetário Inflável
16h – Oficina: A forma da órbita da Terra
De 10h às 17h – Observação do Sol
15h e 18h – Espetáculo teatral: O julgamento do macaco
De 17h30 às 20h – Observação do Céu*
* No dia 17, das 16h às 20h, os ônibus sairão direto para a Estação do Metrô de São Cristóvão.

Dia 18
De 9h às 16h – Planetário Inflável
De 9h às 16h – Visitas Orientadas
De 10h às 17h – Observação do Sol
16h – Oficina: Medindo o tempo: O relógio de Sol
15h e 18h – Espetáculo teatral: O julgamento do macaco

Club de Regatas Vasco da Gama
Rua Gal. Almério de Moura, 131. Dia 17 e 18, das 10h às16h*.

10h às 16h – Visitas Guiadas pelas Dependências Históricas do Clube:
Salão de Troféus (um dos destaques Troféu Constantino, é uma referência da luta do Vasco a favor da igualdade social e racial); Social do Clube, Tribuna de Honra (onde poderá tirar foto no mesmo lugar onde o Presidente Getúlio Vargas ditou as primeiras leis Sociais do Brasil), Capela N.S. das Vitórias, vista do Campo Oficial do Vasco.

14h às 15h – sessão de autógrafos com jogadores históricos do Clube.

*O estatuto do Clube veta o acesso em suas dependências com vestimenta de qualquer outro Clube do Brasil.

Foto: Ariel Subirá

Foto: Ariel Subirá

Evento produzido pelo violinista Ayran Nicodemo acontece entre os dias 19 e 25 de maio no Instituto Villa-Lobos, na UNIRIO, na Urca. O artista mineiro, de 25 anos, radicado no Rio, vai se apresentar todos os dias, com formações diferentes (solo, duo, trio e grupos de câmara), tocando um repertório que vai do clássico ao popular.

Ao longo da semana o jovem violinista, que acaba de entrar para a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio, vai lançar seu primeiro CD solo, “Pedra Cigana“, produzido pelo também compositor Sergio Roberto de Oliveira.

“Desde 2010 como discípulo direto do violinista Paulo Bosisio, Ayran Nicodemo levou adiante sua paixão por uma de suas grandes influências, a música cigana, e reuniu neste disco oito faixas para violino solo, vibrando seu instrumento com delicadeza e sentimento. “Pedra Cigana”, em sua maioria composta por obras autorais, tem apenas uma releitura, que fica a cargo de “HORA DE LA MUNTE”, um folclore romeno tradicional, que ganha brilhante arranjo livre. Mas o CD abre mesmo com “Ciganada”, cheia de fogo e movimento, e segue com “Samsara”, com uma introdução que remete à gênese da vida, do lento desenvolvimento do embrião ao nascimento do ser. A também autoral “Suíte Cigana” seduz pelo sabor da dança, e a faixa título “ Pedra Cigana” reproduz os contrastes do seu momento de criação: a fúria de uma súbita tempestade em dia ensolarado no verão mineiro de 2008. Neste mesmo verão, uma cigana encantadora lhe inspirou outra obra, “Ela Cigana”, com movimentos harmônicos de rara beleza. Em seguida, com uma narrativa longa e diversos episódios costurados, “De Luz e Trevas” traz uma atmosfera densa e carregada de sentimentos. “Improviso sobre um poema cigano” é uma homenagem do jovem violinista às crianças ciganas que sofreram nos campos de concentração durante a 2° Guerra Mundial, época em que seu povo sofreu por perseguição, tortura e extermínio. “Lua” encerra o disco, numa doce melodia que ilumina as noites dos povos ciganos.”

Semana do Violino
Período: de 19 a 25 de maio
Local: Instituto Villa-Lobos – UNIRIO – Av. Pasteur, 436, fundos – Urca – Tel.: (21) 2542-4477
Ingressos: grátis
Classificação: livre

Confira a programação!
Dia 19 de Maio – Segunda, às 20h – Trio D’Ambrosio – Sala Villa-Lobos (Capacidade: 80 lugares)

HARPA: Maria Célia Machado
PIANO: Maria Helena de Andrade
VIOLINO: Ayran Nicodemo

J. S. Bach – Allegro Moderato: Concerto em Lá Menor BWV 1041
W. A. Mozart – Andantino: Concerto para Flauta e Harpa
P. Tchaikovsky – Fantasia sobre o ballet “O Quebra Nozes”
N. Rimski-Korsakov – Scheherazade: Danças
C. Saint-Saëns – Dança Macabra
Francisco Braga – Episódio Sinfônico
Chiquinha Gonzaga – Grande Valsa Brilhante
E. Villani-Côrtes – Impressões de uma Marcha Rancho

Dia 20 de Maio – Terça, às 20:30h – GNU – Música Contemporânea de Concerto – Sala Villa-Lobos (Capacidade: 80 lugares)

SOPRANO: Diana Maron
FLAUTA: Maria Carolina Cavalcanti
VIOLINO: Ayran Nicodemo
VIOLONCELO: Pablo de Sá
PIANO: Antônio Ziviani

Guerra Peixe – Pequeño Duo
Guerra Peixe – Trio
Villa Lobos – Suite para voz e violino
Sergio Roberto – Canção da Nuvem e Vento
R. Tacuchian – Canto do Poeta

Dia 21 de Maio – Quarta, às 20h – Septeto Entre Irmãos – Sala Alberto Nepomuceno (Capacidade: 60 lugares)

1º VIOLINO: Ayran Nicodemo
2º VIOLINO: Karin Verthein
VIOLA: João Senna
VIOLONCELO: Maria Clara Valle
CONTRABAIXO: Mayo Pamplona
TOMBONES: Everson Moraes e Jonas Corrêa
Músicas de Jonas Corrêa
– Pouco de Tantos
– Aurinha
– Conversa Entre Irmãos
– Em Paz

Dia 22 de Maio – Quinta, às 20h – Lançamento do CD Pedra Cigana – Ayran Nicodemo Violino Solo – Sala Villa-Lobos (Capacidade: 80 lugares)

J. S. Bach – Chaccona
N. Paganini – Capricho 24
Ayran Nicodemo – Suite Cigana
Ayran Nicodemo – Improviso Sobre um Poema Cigano

Dia 23 de Maio – Sexta, às 18h – Duo Stretto – Sala Guerra Peixe (Capacidade: 40 lugares)

VIOLINO: Ayran Nicodemo
PIANO: Pablo Panaro
L. van Beethoven – Sonata A Kreutzer
F. Mignone – Tango Habanera

Dia 24 de Maio – Sabado, às 18h – Ayran Nicodemo Trio – Sala Villa-Lobos (Capacidade: 80 lugares)

VIOLINO: Ayran Nicodemo
VIOLÃO: Juliano Camara
BATERIA: Nando Menezes
Ayran Nicodemo – Lua
Ayran Nicodemo – Ciganada
Juliano Camara – Baru
Zé Paulo Becker – Rua Bariri
Garoto – Desvairada
Edu Lobo – Ponteio
Baden e Vinicius – Afrossambas
Hermeto Pascoal – Bebê
Django Reingnard – Swing 39
Django Reingnard – Indiference
Beatles – Michelle

Dia 25 de Maio – Domingo, às 18h – Duo de Piano e Violino – Flávio Augusto e Ayran Nicodemo – Sala Villa-Lobos (Capacidade: 80 lugares)

F. Schubert – Fantasia em C – Opus Póstumo 159
J. Brahms – Sonata 3 – Opus 108

Foto: Dario Zalis

Foto: Dario Zalis

O artista participa do circuito “Quatro Estações da Música“, promovido pela Prefeitura de Niterói, neste domingo, dia 18 de maio, a partir das 18h, na Praia de São Francisco. Zé Ramalho leva para a cidade o seu “Tour 2014“, uma apresentação que revisita alguns de seus maiores sucessos, como “Avohai”, “Frevo Mulher”, “Admirável Gado Novo”, “Chão de Giz”, “Beira-Mar”, “Eternas Ondas”, “Garoto de Aluguel”, “Vila do Sossego” e “Banquete de Signos”.

O show traz ainda o acompanhamento da Banda Z (Chico Guedes, Zé Gomes, Dodode Moraes, Edu Constant e Toti Cavalcanti), além de releituras de Raul Seixas (“Trem das Sete” e “Medo da Chuva”) e o grande sucesso “Sinônimo”.

A banda niteroiense JPG abrirá o show. Criada em 2002, a JPG mistura Pop Rock, MPB, House, R&B e versões acústicas inéditas e dançantes de grandes hits nacionais e internacionais. É formada pelo percussionista Eduardo Gema e pelo cantor e multi-instrumentista JoãoRamalho (filho do compositor Zé Ramalho e da cantora Amelinha).

A organização do evento pede para que o público leve 1 kg de alimento não perecível. As doações serão distribuídas entre instituições da cidade.

Show de Zé Ramalho no Circuito Quatro Estações da Música
Local: Praia de São Francisco
Endereço: Avenida Quintino Bocaiuva, s/nº, São Francisco – Niterói-RJ – Informações: (21) 2621-5050
Data: Dia 18/05, domingo
Horário: 18h
Classificação: livre

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O artista se apresenta neste domingo, 18 de maio, a partir das 17h, no Quiosque da Globo. Ele é o convidado da terceira edição do Som da Cidade, projeto da Globo, que tem como objetivo dar visibilidade aos artistas urbanos e tem revelado iniciativas musicais de diversas regiões do Rio – aquelas que surpreendem diariamente o público nos metrôs, ônibus e calçadas.

Com o percussionista Marcello Teixeira, o músico apresenta um repertório variado: do baião ao blues, do choro ao jazz, passando pelo maracatu.  Michael Arce se apresenta desde 2009  pelos diversos cantos do Brasil com sua gaita, conquistando o público com a versatilidade desse pequeno instrumento. Fazem parte do repertório versões de Muddy Waters, Pixinguinha, Janis Joplin, Luiz Gonzaga e Nação Zumbi, além de composições próprias.

Som da Cidade apresenta Michael Arce
Data: 18/05, domingo
Horário: 17h
Local: Av. Atlântica, na altura da Rua Miguel Lemos
Classificação: livre

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Cinema Nosso realizará, no dia 17/05, às 15h, mais uma edição da Maratoninha Infantil. Dessa vez, uma sessão especial com a exibição de curtas-metragens em Libras (língua brasileira de sinais). O objetivo é promover a acessibilidade e o respeito à diversidade. O evento é aberto a todos, tem entrada gratuita e conta com distribuição de pipoca e suco.

Programação:
– A Mula Teimosa e o Controle Remoto, de Helio Villela Nunes (15min)
– Cadê Meu Rango?, de George Munari Damiani (4min)
– A Grande Viagem, de Caroline Fioratti (15min)
– O Macaco e o Rabo, direção coletiva (8min)

Cinema Nosso: é uma instituição sociocultural com 10 anos de atividades. Sua missão é a democratização do audiovisual para a juventude carioca. Somos hoje, uma das maiores escolas populares de Audiovisual da América Latina, realizando cursos, oficinas, produções, palestras, mostras, sessões de cinema e festivais. Situada em um casarão do século XIX no coração da Lapa, no Rio de Janeiro, a organização prioriza o estímulo à reflexão e ao respeito, diversidade, pluralidade e cultura popular. A ação foi iniciada a partir do processo de produção do filme “Cidade de Deus” dos diretores Fernando Meirelles e Kátia Lund.O Espaço Cinema Nosso possui 58 lugares. Equipada com tecnologia digital 3D, é uma sala de cinema de rua alternativa e polivalente que viabiliza o acesso ao audiovisual, a formação de público e também se configura enquanto local de criatividade e descontração.”

Maratoninha Infantil
Data: dia: 17/05, sábado
Horário: às 15h
Local: Espaço Cinema Nosso – Rua do Rezende, 80 – Lapa – Rio de Janeiro/RJ – Tels.: (21) 2505-3300 / 99244-2744
Capacidade: 58 lugares

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A atração gratuita acontece neste domingo, dia 18 de maio, às 17h, no no Espaço Bobinadeiras. A peça conta a história de uma princesa mimada que conhece um sapo, depois de sua bola de ouro cair em uma lagoa. Aos poucos, os dois acabam se tornando amigos e a princesa entende que aparência não é tudo.

Um belo dia, tomada de um forte carinho pelo novo amigo, ela lhe dá um beijo e, num passe de mágica, desfaz o encanto que o aprisionava. A partir daí, a princesa ficará surpresa com o belo príncipe em que ele se transformou e o amor florescerá.

O espetáculo, uma adaptação de Rodrigo Scheer, é produzido pela Companhias Nosso Riso e Macacos de Imitação e tem direção de Alexandre Maguolo. No elenco, Alexandre Maguolo, Rodrigo Scheer e Daniele Castro.

Peça Infantil O Príncipe Sapo
Local: Bangu Shopping – Rua Fonseca, 240 – Bangu. Tel.: (21) 2430-5130
Data: 18/05, domingo
Horário: 17h

Foto/arte: Reprodução internet

Até o dia 18 de maio, o Espaço, que fica em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio, vai receber diversos nomes do cenário atual da música carioca em apresentações abertas ao público. De acordo com a organização do evento, o objetivo da 2ª Mostra de Música MovimentAção é fomentar a produção cultural do Rio de janeiro e valorizar os novos expoentes. Entre os artitas que ainda vão se apresentar estão o músico Tiago Iorc, a cantora Aline PaesAbayomy Afrobeat Orquestra e banda Cinebloco. Representantes dos mais diversos estilos subirão ao palco do Espaço Cultural, contemplando vários gêneros, como MPB, soul, jazz, funk, pop e afrobeat.

Além dos shows, está previsto um um intercâmbio musical, com o objetivo de reunir artistas com estilos diferentes para trocarem experiências, conhecimentos e técnicas. Nesse momento, o Projeto Bandas da Escola Sesc de Ensino Médio convida o grupo Funk!NOS!Chama e a cantora e compositora Lenna Pablo. Após o intercâmbio, os artistas participantes farão um pocket show.

Programação:

14/05 (quarta-feira): 19h – Aline Paes

A cantora Aline Paes apresenta o repertório de seu novo show “Batucada Canção”. O espetáculo trata da vocação musical do Brasil, com especial atenção para a riqueza de nosso cancioneiro e de nossos ritmos populares lançando um olhar para a tradição e uma saudação à contemporaneidade. Unindo jovens e consagrados compositores, o repertório é de novidades, seja nas canções inéditas ou nas releituras de Caetano Veloso, Guinga e Dorival Caymmi, que é também homenageado por seu centenário. A ‘batucada’ está presente nos ritmos como maracatu, ijexá, baião, bumba-boi, ciranda e samba de roda. A ‘canção’ está presente em cada história cantada. O calor do batuque se alterna com o lirismo da canção, somados à interpretação forte e original de Aline, que se comunica com o público convidando-o a brincar através do canto e do ritmo.

15/05 (quinta-feira): 19h – Tiago Iorc

Cantor e compositor, lançou em 2008 seu primeiro álbum pela Som Livre. Desde então foram quatro músicas em novelas, uma turnê nacional e o início de uma carreira internacional com shows em Seoul (Coréia do Sul) e uma música em #11 nas paradas do Japão.

16/05 (sexta-feira): 19h – Abayomy Afrobeat Orquestra

Abayomy, em língua Iorubá, é uma palavra plena de significados positivos, algo como “encontro feliz” ou “aquilo que nos dá prazer”. Simboliza a história e a música criada pela orquestra, que surgiu no Rio, em janeiro de 2009, para comemorar o aniversário do maior ícone musical da Nigéria, o Fela Anikulapo Kuti. Nos shows, seus 13 integrantes apresentam uma linguagem musical própria, inspiradas no afrobeat e aplicadas ao universo brasileiro contemporâneo de diversidades rítmicas e sonoridades modernas.

17/05 (sábado): 19h – Cinebloco

As mais memoráveis trilhas sonoras do cinema mundial compõem o repertório do Cinebloco, brass band temática que transforma músicas que marcaram a história da sétima arte em swingadas versões com ritmos brasileiros. Inspirada nas tradicionais fanfarras francesas, a banda propõe uma viagem musical pelo universo cinematográfico, trazendo um show lúdico, interativo e performático, que não deixa ninguém parado. Dez instrumentistas de sopro e cinco de percussão incorporam emblemáticos personagens das telonas. Nos arranjos do Cinebloco, a Marcha Imperial incorpora o percussivo ritmo pernambucano e se transforma em Maracatu Imperial. Nas mãos do diretor musical Guilherme Carrera, as releituras ganham arranjos inéditos em samba, funk, marchinha, coco, maracatu e outros ritmos regionais.

18/05 (domingo): 19h – Pocket show com artistas participantes do intercâmbio musical

Duração: 60 min| Capacidade: 100 lugares | Classificação: livre

Funk!NOS!Chama: Criado em meados de 2009, o quinteto instrumental Funk!NOS!Chama tem como propostas fazer o público dançar ao som de um groove autêntico e marcante. Seu repertório contém músicas de autoria própria, mescladas com releituras de clássicos do SoulFunk americano.

Lenna Pablo: Cantora e compositora, Lenna tem uma largas estrada musical. Atualmente, desenvolve o projeto SoulBrasil, que tem por objetivo levar ao conhecimento do público a soulmusic brasileira, contando cronologicamente por meio da música o como, quando e por quê do seu começo e crescimento até os dias de hoje.

Projeto Bandas: Foi criado em 2010 como extensão das Oficinas de Música, tendo como objetivo desenvolver o trabalho em equipe, promover o aprimoramento musical e estimular o protagonismo juvenil. Além da prática musical, os alunos experimentam outros aspectos, tais como montagem e operação de som, produção e divulgação.

O pocket show será apresentado após um intercâmbio musical realizado mais cedo na mesma tarde, e vai reunir o Projeto Bandas com Lenna Pablo e Funk!NOS!Chama.

Inaugurado em 2009, o Espaço Cultural Escola Sesc promove projetos sistemáticos e ações estruturantes que se entrelaçam, fomentando a diversidade e a cadeia produtiva da cultura. Localizado em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, tem uma variada programação aberta ao público e gratuita, voltada para a democratização da cultura.

2ª Mostra de Música MovimentAção
Local: Espaço Cultural Escola Sesc – Avenida Ayrton Senna, 5677 – Jacarepaguá
Informações: (21) 3214-7404 / http://espacocultural.escolasesc.com.br / espacoculturalescolasesc@gmail.com
Capacidade: 600 lugares
Classificação: livre
Duração: 90 min

Espetáculo é baseado em conto de Câmara Cascudo

Foto: Studio Prime/Divulgação

Foto: Studio Prime/Divulgação

A trupe Coletivo Peneira apresenta “Urucuia Grande Sertão” nas Lonas Culturais e Arenas Cariocas dos bairros de Realengo, Maré e Vista Alegre, Guadalupe, Penha e Madureira. O texto de Eridiana Rosa e Luiz Fernando Pinto é inspirado no conto “A Princesa Adivinhona”, de Luís da Câmara Cascudo, um dos maiores especialistas em folclore da América Latina, autor de mais de 30 livros. No elenco, Alex Teixeira, Anderson Primo, Camila Carvalhal, Luiz Fernando Pinto, Michele Lima, Moises Salazar e Pedro Yudi.

A trama se passa em um reino distante, no sertão brasileiro, onde um rei viúvo e solitário, influenciado pelo avançar da idade e a vontade de ter netos, determina que seu fiel servo arrume um rapaz para casar com a jovem princesa. Após o anúncio, surgem muitos pretendentes e, com isso, o patriarca volta a nutrir esperanças, apesar de toda a resistência da moça, que se julga a mais inteligente do império. Para a nobre, nenhum homem é capaz de satisfazê-la intelectualmente. Inspirado por esta narrativa, o grupo traz à tona algumas questões contemporâneas e atuais, como o preconceito social e o amor, em um espetáculo alegre, repleto de música e referências da cultura popular brasileira.

O espetáculo foi vencedor do Prêmio Arlequim nas categorias melhor espetáculo, melhor direção, melhor ator, melhor atriz coadjuvante e melhor iluminação -, no Festival de Teatro Cidade do Rio de Janeiro.

“O Coletivo Peneira é uma trupe que tem a cultura popular brasileira como fonte de inspiração para criações artísticas. Ele foi criado em 2010 por artistas de diversas localidades do estado do Rio de Janeiro, que desempenham um importante papel social por meio da ocupação de espaços públicos ociosos, como praças e parques. Fomentando a criação de redes empreendedoras em toda a Região Metropolitana do Rio, o Coletivo ministrou oficinas de teatro no Centro Cultural A História Que Eu Conto, localizado na comunidade de Vila Aliança, na Zona Oeste da cidade. Também participou do documentário “Bangu Território em Transição”, vencedor do premio na categoria júri popular, do 1º Festival de Curtas Metragens da Vila Kennedy. No ano seguinte, aprovado no edital Microprojetos Mais Cultura – Território de Paz e em parceria com o projeto Bairro Educador, que faz parte do Programa Escolas do Amanhã, da Secretaria Municipal de Educação do Rio, o grupo se apresentou no circuito fora do eixo central, em colégios municipais, em praça pública, na comunidade do Batan, em Realengo, na Lona Cultural Hermeto Pascoal, em Bangu, e no Teatro Mario Lago, em Vila Kennedy. Em 2012, o espetáculo Urucuia Grande Sertão ganhou os prêmios de melhor direção, melhor ator, melhor atriz coadjuvante, melhor iluminação e melhor espetáculo pelo Festival de Teatro Cidade do Rio de Janeiro, e recebeu quatro estrelas na crítica da Revista Veja Rio. Já em 2013, participou do Festival de Curitiba (Mostra Fringe), do Festival de Inverno do Sesc, além do Festival de Teatro Universitário (Festu Rio), com a composição Mercadão de Madureira. Atualmente a trupe se reúne ainda para pesquisas teatrais, e apostam em intervenções, considerando que a rua é uma excelente plataforma para a experimentação artística.”

Confira a programação a seguir!

Urucuia Grande Sertão (60min)
Classificação: Livre. Rec. a partir de 5 anos.

Maio
Local: Lona Cultural Herbert Vianna – Rua Ivanildo Alves, s/n° – Maré. Tel.: 3105-6815
Datas: Dia 23/05, sex., às 15h; 24/05, sáb., às 16 e 25/05, dom., às 16h
Local: Lona Cultural João Bosco – Avenida São Felix, 601 – Vista Alegre. Tel.: 2482-4316
Datas: Sexta-feira, 30/05, às 14h e sábado, 31/05, às 17h

Junho
Local: Lona Cultural Terra – Rua Marcos de Macedo, s/n° – Guadalupe. Tel.: 3018-4203
Datas: Sábado, 7/06, às 16h e domingo 8/06, às 16h

Agosto
Local: Arena Carioca Dicró – Parque Ari Barroso, s/n° – Penha. Tel.: 3486-7643
Datas: Sábado, 30/08, às 16h e domingo, 31/08, às 16h

Setembro
Local: Arena Carioca Fernando Torres. Rua Soares Caldeira, 115 – Madureira. Tel.: 3495-3093
Datas: Sexta-feira, 5/09, às 16h e sábado, 6/09, às 17h

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O sexteto instrumental, que completa dez anos de carreira, apresenta o show de pré-lançamento do seu novo disco “Três“. São oito faixas autorais produzidas pela banda, com influências de artistas como Moacir Santos e Orquestra Rumpillez. Apresentação acontece nesta quinta-feira, dia 15 de maio, às 19h, no Centro Cultural Ibeu, em Copacabana. As senhas serão distribuídas na portaria do prédio, uma hora antes do show.

O grupo formado por Pedro Mann (baixo), Matias Zibecchi (percussão), Yuri Villar(sax/flauta), Gabriel Guenther (bateria), Pedro Silveira (guitarra) e Antonio Guerra (piano) apresenta canções como ImpressõesNas quebradasCipóPitangueiraAo tio PacoNascente, Café sem AçúcarGuaratiba, além de versões de Trilhos Urbanos (Caetano Veloso), Super Mario Bros suite (Koji Kondo) e Blackbird (Lennon/McCartney).

Este álbum marca uma maior maturidade musical da banda, promovendo o encontro entre a arte mais primitiva e essencial do toque  do tambor com instrumentos modernos como guitarra, baixo elétrico e teclados eletrônicos. As participações especiais do sexteto de sopros Inventos, de formação erudita, e do percussionista D’ofono, que leva adiante uma tradição oral, enfatizam esse amálgama de diferentes culturas.

Show do grupo Bondesom
Local: Centro Cultural Ibeu – Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 690 – 11º andar – Auditório – Copacabana – Tel.: (21) 3816-9458
Data: Dia 15/05, quinta-feira
Horário: às 19h – *Distribuição de senhas uma hora antes do show

 

 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Neste domingo , dia 11 de maio, as crianças vão se encantar com a programação oferecida pelo Santa Cruz Shopping. Dois artistas vão contar lindas histórias com sonoplastia produzida por um violão e outros instrumentos musicais. Os profissionais vão interagir com as crianças, que poderão dar sua contribuição para o grand finale. O evento acontece na Praça de Alimentação, das 15h às 17h.

Contação de história para as crianças
Data: Dia 11/05 (domingo)
Horário: das 15h às 17h
Local: Praça de Alimentação do Santa Cruz Shopping – Rua Felipe Cardoso, 540 – Santa Cruz – Tel: (21)2418-9400

Programação tem exibição do filme Minha Mãe É Uma Peça, show da Orquestra Tabajara e aula de yoga

Foto Minha Mãe É Uma Peça

Foto: Páprica Fotografia/Divulgação

Neste final de semana acontece mais uma edição do Programão Carioca, projeto realizado pela Globo, que promove atividades culturais gratuitas em diversos pontos do Rio e Grande Rio. As atividades em comemoração ao Dia das Mães começam no sábado, dia 10 de maio, na Cidade das Artes, com a exibição do filme Minha Mãe É Uma Peça, criado e estrelado pelo ator Paulo Gustavo. Além do longa, a Orquestra Tabajara animará o público com um repertório que inclui sucessos como Garota de Ipanema, Eu sei que vou te amar e Cidade Maravilhosa.

No domingo, no Quiosque da Globo, em Copacabana, haverá um aulão de yoga e apresentação do mantra “Jay Ma” – uma homenagem ao aspecto feminino, referindo-se principalmente à mãe, com repertório de músicas brasileiras que realçam as qualidades das mulheres e a participação de alguns alunos de yoga e canto. As atividades serão ministradas pela professora Lila Shakti. Confira os horários e locais da programação a seguir!

Programão Carioca – Especial Dia das Mães
Data: Dia 10/05 (sábado)
Horário: 16h – Exibição do filme Minha mãe é uma peça – Classificação: 12 anos
Às 19h – Orquestra Tabajara – Classificação: Livre
Local: Cidade das Artes – Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca

Data: Dia 11/05 (domingo)
Horário: 9h às 10h – Aulão de yoga com a professora Lila Shakti
Das 10h às 11h – Apresentação do mantra “Jay Ma”
Local: Quiosque da Globo – Av. Atlântica (altura da Rua Miguel Lemos)
Classificação: Livre

%d blogueiros gostam disto: