Archive for fevereiro, 2015


| O repertório será dedicado a canções que exaltam o Rio, da Bossa Nova ao Pop Rock, dos clássicos da MPB ao Samba até o Hip Hop |
Foto da Quinta da Boa Vista

Foto: Reprodução

O show, que abre as comemorações do mês de aniversário da cidade, acontece neste sábado, dia 28 de fevereiro, às 21 horas, em palco montado no Parque, em São Cristóvão. O repertório será exclusivamente dedicado a canções que exaltam o Rio, da Bossa Nova ao Pop Rock, dos clássicos da MPB ao Samba até o Hip Hop. O público poderá ouvir cantores como Ana Carolina, Arlindo Cruz, Baby do Brasil, Caetano Veloso, Diogo Nogueira, Erasmo Carlos, Fernanda Abreu, Gilberto Gil, Jorge Benjor, Marcelo D2, Martinho da Vila, Max de Castro, Neguinho da Beija-Flor, Paralamas, Paulinho da Viola, Roberto Frejat, Simoninha, Toni Garrido, Vanessa da Mata e Zeca Pagodinho.

Show de Aniversário do Rio de Janeiro na Quinta da Boa Vista
Local: Quinta da Boa Vista – Avenida Dom Pedro II, São Cristóvão
Data: Dia 28/02/
Horário: às 21h

Bolo de 450 metros

No domingo, dia 29, acontecerá o parabéns oficial à cidade, na Rua da Carioca, com o tradicional bolo organizado pela Sociedade de Amigos da Rua da Carioca e Adjacências (Sarca). Este ano, o  bolo terá 450 metros e recheio de doce de leite.  Para a preparação do bolo, que pesará mais de oito toneladas, serão usadas 2,5 toneladas de farinha de trigo, 1,5 tonelada de margarina, duas toneladas de açúcar, mil litros de leite, 50 quilos de fermento, mil litros de chantilly e 30 mil ovos.

Veja também: Projeto “Rio dos Meus Olhos” reúne DJs, projeções, performances e espetáculo de luzes na Praia do Flamengo. Evento em comemoração aos 450 anos do Rio acontece neste domingo, das 18h às 22h. Saiba mais no link http://wp.me/pGfCs-13K.

Anúncios
| Cariocas e turistas poderão tirar uma foto ao lado da estátua de Tom Jobim e a levar impressa gratuitamente |

Foto: Fabio Seixo / Agência O Globo / Reprodução

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, realiza nesta sexta-feira, dia 27 de fevereiro, o evento inédito nomeado de Monumento Selfie. A ação faz parte das comemorações pelos 450 anos da cidade e visa aumentar a interação da população com as obras públicas existentes nas ruas do Rio. Uma tenda com uma câmera será armada nas imediações do monumento em homenagem a Tom Jobim, no Arpoador, e cariocas e turistas que por ali passarem poderão registrar uma imagem ao lado da obra e levarão uma fotografia impressa no local gratuitamente. A iniciativa contará com a presença do secretário de Conservação, Marcus Belchior, e do subprefeito da Zona Sul, Bruno Ramos.

SERVIÇO:
Data: 27/02, sexta-feira
Horário: às 14:30h
Local: Calçadão do Arpoador (em frente ao monumento em homenagem a Tom Jobim)

| Grupo formado por músicos provenientes da Escola de Música da Rocinha comemora os 450 anos do Rio |
Foto: Divulgação / Chorando à Toa

Foto: Divulgação

Em comemoração pelos 450 anos da Cidade Maravilhosa, o grupo formado por seis músicos provenientes da Escola de Música da Rocinha levará um repertório de choros ao Aterro do Flamengo. O show acontece no próximo domingo, dia 1º de março, às 16h, no Teatro Municipal de Marionetes Carlos Werneck. O evento faz parte do projeto Circuito Musical, da Prefeitura do Rio.

A busca pelo aperfeiçoamento instrumental é uma constante no grupo que contabiliza uma turnê pela Alemanha com 28 shows. Formado por Kalleb Gonçalves (sax alto, soprano), Nicolas Teodósio (flauta, sax tenor), Carlos Mendes (Cavaquinho, voz), Diego Domingos (Pandeiro), Paulo Victor (Violão 7 cordas) e Renato Alves (Bandolim e cavaquinho), três deles conciliam o grupo com os estudos de música na Universidade do Rio de Janeiro – UniRio.

A referência musical levada ao palco será a do CD Descontraído (2009), onde ocorreu a estreia da dupla Carlos Mendes e Paulo Victor como autores de três músicas, incluindo a que dá nome ao álbum. Outras composições inéditas ou pouco difundidas completam o álbum que levam a assinatura de Ricardo Calafate, Célia Vaz, Fernando Leporace, Kim Ribeiro, Luciana Requião e outros.

Profissionais da música, moradores da Rocinha e formados pela Escola que leva o nome da comunidade onde vivem, o grupo Chorando à Toa apresenta em seu currículo a passagem por importantes espaços culturais da cidade do Rio de Janeiro e municípios vizinhos e tem atuado com regularidade no circuito profissional, apresentando principalmente repertório de choros e, eventualmente, tocando sambas de linha mais tradicional.

Show em comemoração dos 450 anos do Rio com o grupo Chorando à Toa
Data: dia 1º de março, domingo
Horário: às 16h
Local: Teatro Municipal de Marionetes Carlos Werneck, no Aterro do Flamengo (altura do nº 300 da Praia do Flamengo)

| Em comemoração aos 450 anos do Rio, Globo promove projeto Rio dos Meus Olhos |
Foto/arte Rio dos Meus Olhos

Foto: Reprodução G1

Em comemoração aos 450 anos da Cidade Maravilhosa, a Globo promove o projeto “Rio dos Meus Olhos” na Praia do Flamengo, um dos cartões postais da cidade. O evento vai reunir cariocas e turistas para uma experiência com DJs, projeções, performances e espetáculos de luzes a partir das 18h. Juliana Paiva e Rodrigo Simas apresentam a festa.

Além de show de imagens e sons, o evento vai contar com o melhor da música carioca, com a participação do DJ MAM, autor de “Oba Rio”, homenagem à cidade, e do tema dos 80 anos do Corcovado, “Redentor”. Também se apresentam Vivi Seixas, especialista em house e filha de Raul Seixas; DJ Zod, maranhense conhecido nas baladas alternativas do Rio; e Lili Pohlmann, que resgata a música brasileira e divulga a nova safra de cantores e compositores, com releituras e criações modernas.

Rio dos Meus Olhos
Data: dia 1º de março, domingo
Horário: das 18h às 22h
Local: Praia do Flamengo, Rio de Janeiro – RJ
Classificação etária: livre
Bicicletário público no local

 

 

| Roda de samba promovida pelo shopping promete não deixar ninguém parado |
Foto do evento Agenda Pátio Show – Samba

Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira, dia 27 de fevereiro, a partir das 18h, o Shopping Pátio Alcântara promove o “Agenda Pátio Show – Samba“, em que será apresentado clássicos do samba. O evento é gratuito e já faz parte da rotina dos moradores de Alcântara como ponto de encontro para celebrar os fins de semana. A roda de samba é uma referência cultural para os amantes do gênero musical.

Visando uma programação diversificada, o Pátio Alcântara traz para o público uma verdadeira roda de samba, que promete não deixar ninguém parado. Uma manifestação tipicamente brasileira, em que estará presente a liberdade de estilos e performances. A atração acontece na Praça de Alimentação do Shopping.

Sobre o ‘Agenda Pátio Show’
O ‘Agenda Pátio Show’ é um circuito de estilos musicais que acontece sempre de quarta a sexta-feira, levando ao público de São Gonçalo a uma viagem musical por clássicos do flashback, MPB e samba.

Pátio Alcântara apresenta a ‘Agenda Pátio Show – Samba’
Data: dia 27/02, sexta-feira
Horário: a partir das 18h
Local: Praça de Alimentação do Shopping Pátio Alcântara – Praça Carlos Gianelli, s/nº, Alcântara – São Gonçalo – RJ – Tel.:(21) 2025-6706

| Shows gratuitos acontecem no dia 28 de fevereiro, sábado, a partir das 19h, em Niterói |

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comemorando a 20ª edição do projeto, a segunda temporada do Estação Rio chega ao fim convidando Padre Omar e o cantor Daniel para uma apresentação no dia 28 de fevereiro, sábado. Com transmissão ao vivo do Gshow (gshow.com) e apresentação de Zeca Camargo, o encontro será na Praça do Teatro Popular, em Niterói, a partir das 19h.

Com um estilo irreverente, que vai do samba ao rock, Padre Omar – músico e sacerdote – vai apresentar um repertório variado que inclui canções como “Peço a Deus” e “A Benção João de Deus”, além de um solo de cavaquinho de “Ave Maria”.

Daniel, que conquista os fãs há 30 anos com uma mistura do sertanejo tradicional e romantismo, vai mostrar canções de sucesso, como “Estou apaixonado”, “Maravida” e “Adoro amar você”. Ainda no show, Daniel canta, em formato pot-pourri, “Amor Perfeito”, “Tantinho” e “Assim Caminha a Humanidade”, que homenageia os amigos Claudia Leitte, Carlinhos Brown e Lulu Santos, do The Voice Brasil.

Estação Rio
O Estação Rio, realizado pela Globo em parceria com a TIM e a L’Oréal, tem como objetivo criar oportunidades de convivência comunitária e de valorização das tradições culturais para a população.

Nas duas temporadas do projeto, mais de meio milhão de pessoas assistiram aos shows em diversos locais do Rio e Grande Rio e via streaming. A terceira fase do projeto já está confirmada.

Estação Rio
Data: dia 28 de fevereiro (sábado)
Horário: a partir das 19h
Atrações: Padre Omar e Daniel
Local: Praça do Teatro Popular, no Caminho Niemeyer, em Niterói – RJ
Classificação: Livre

| Durante anos, sambista foi a voz da Salgueiro, Portela, União da Ilha e Mangueira na Marquês de Sapucaí |
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

O cantor Rixxa, que durante anos foi a principal voz de escolas de samba como Salgueiro, Portela, União da Ilha e Mangueira na Marquês de Sapucaí, se apresenta neste domingo, dia 1º de março, no Sesc Madureira. No show “Enredos e Terreiros”, que começa às 15h, o “Pavarotti do Samba”, como é conhecido, tocará sambas que se tornaram verdadeiros hinos e que atravessam gerações na ponta da língua do público de todas as idades.

A apresentação conta com a participação de sete músicos que gravaram CDs e integraram bandas de artistas como Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Arlindo Cruz, Dudu Nobre e Fundo de Quintal. Marcio Hulk vai de cavaquinho, enquanto Valter Silva toca violão sete cordas. Completam o grupo Ary Bispo, na percussão e voz, e Jaguara, Alex Almeida, Macalé e Silvão Silva, na percussão geral.

 

Show “Enredos e Terreiros”, com Rixxa e Banda
Data: dia 1/3/, às 15h
Local: Sesc Madureira – Rua Ewbanck da Câmara, nº90 – Madureira – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: 21 3350- 7744
Classificação: livre

| Um espetáculo de Rogério Blat, com direção de Anselmo Vasconcellos |
Foto do elenco da prça O Tombo

Foto: Reprodução Facebook O Tombo

A peça O Tombo“, de Rogério Blat, será encenada no dia 28 de fevereiro, às 20h, no Teatro Sylvio Monteiro, em Nova Iguaçu. No elenco, Surama de Castro, Wagner Trindade e Luciana Malcher.  A direção é de  Anselmo Vasconcellos. Os ingressos serão distribuídos uma hora antes do início do espetáculo.

A comédia conta a historia de Serena, uma mulher insatisfeita com o resultado de sua vida. Depois de ficar viúva na lua de mel, passou grande parte do seu tempo vivendo no exterior e, ao voltar ao Brasil, descobriu-se desenturmada e sem amigos. A única pessoa presente diariamente na sua vida é Marilu, sua empregada doméstica.

Depois de mergulhar em vários métodos de auto-ajuda, Serena resolve virar celebridade. Passa a freqüentar festas e locais onde os VIPs se encontram e, ao se envolver num barraco com jogadores de futebol, ganha destaque na mídia. Marilu, aproveitando a oportunidade, liga para os jornais inventando mentiras para promover a patroa.

Serena resolve comprar uma roupa de uma grife famosa, pois se recusa a usar roupas de gosto duvidoso que as celebridades vestem. Ao entrar na loja, Marilu vê o piso molhado e empurra Serena que leva um tombo feio. Machucada, resolve processar a loja. Aproveitando a situação, Serena comparece a programas de TV que exploram seu drama.

Após uma batalha judicial, recebe uma indenização milionária. Recuperada, rica, famosa e cercada de sub-celebridades, Serena é reconhecida em todos os lugares da moda. No entanto, embriagada pela fama, nem lê mais o monte de papéis que Marilu dá para ela assinar. Sempre em busca de evidência na mídia, fica radiante quando Marilu conta que conseguiu colocá-la bem no alto, em destaque no carro abre-alas de uma escola de samba. O que Serena não sabe é que Marilu planeja mais um tombo – dessa vez definitivo – para se tornar a única herdeira da patroa. De maneira inovadora, o autor propôs três diferentes finais.

O Tombo
Local: Teatro Sylvio Monteiro – Rua Getúlio Vargas, 51 – Nova Iguaçu – Tel.: 21 2667-2157
Data: dia 20/02, sábado
Horário: às 20h – *Os ingressos serão distribuídos uma hora antes do início do espetáculo
Classificação: Não recomendado para menores de 16 (dezesseis) anos

 

| Espetáculo acontece no terraço do 3° piso do shopping, nos dias 24 e 26 de fevereiro, às 20h |
Foto do elenco caracterizado como personagens do musical

Foto: Divulgação

Nos dias 24 e 26 de fevereiro, às 20h, o Pátio Alcântara apresenta o musical “Elisa, A Rainha do Gelo“, com a Cia teatral Artistando. O evento faz parte da agenda de espetáculos infantis que começou com a ‘Turma do Chaves’, em janeiro.  A atração acontece no terraço do 3° piso do shopping.

A protagonista do espetáculo é a princesa Elsa, filha mais velha do rei e da rainha de Arendelle, que nasceu com a capacidade mágica de criar gelo e neve. Aos oito anos, acerta, sem querer, um raio congelante em sua irmã Anna, e por isso, fica trancada no castelo para aprender a controlar seus poderes até o dia de sua coroação. Após, acidentalmente, condenar o reino a um inverno eterno, ela foge e se esconde num castelo de gelo. Agora cabe a Anna e Kristoff, um destemido homem da montanha, partirem numa jornada para trazerem Elsa de volta à Arendelle e reverterem o inverno em verão.

No elenco, Felipe Soares, Daiana Madeira, Renan Medeiros, Bhia Aded e Ariosto Paes. A direção é de Jorge Azevedo, com produção da Cia teatral Artistando.

Segundo o coordenador do Marketing do Pátio Alcântara, André Leandro, 2015 é um ano de muitos espetáculos infantis no shopping, sendo uma forma de entreter as famílias e trazer muita diversão. “O espetáculo vai mostrar cenas maravilhosas do incrível mundo do gelo, que podem tocar os corações das famílias com lindas mensagens de superação”, comenta André.

Musical “Elisa, A Rainha do Gelo”
Datas: dias 24 e 26 de fevereiro
Horário: às 20h
Local: Terraço do 3° piso do Pátio Alcântara – Praça Carlos Gianelli, s/nº – Alcântara – São Gonçalo. Tel.: (21) 2025-6706

 Foto do cantor Weber Werneck

Foto: Divulgação

O cantor se apresenta no domingo, dia 22 de fevereiro, no Santa Cruz Shopping, na Zona Oeste da cidade. Weber Werneck fará show na FESTA DA FAMÍLIA, evento promovido pelo shopping.

Cantor internacional, Weber tem no seu currículo apresentações na Itália, Japão e Argentina. O Show conta com a  participação de Kiko Dias (na guitarra), e Silas Mota (teclados). O evento será realizado na Praça de Alimentação do shopping, 17:30h.

FESTA DA FAMÍLIA com o cantor Weber Werneck
Local: Praça de Alimentação do Santa Cruz Shopping – Rua Felipe Cardoso, 540 – Santa Cruz – Tel.: (21) 2418-9400
Data: dia 22/02, domingo
Horário: às 17:30h

|Show terá canções do rock progressivo e psicodélico, especialmente dos anos 60 e 70, com influências que vão do Clube da Esquina ao Led Zeppelin|
Foto do trio Ruivo, Urso e Mogli

Foto: Ernani D’Almeida / Divulgação

O Quiosque da Globo será novamente palco de jovens talentos da música brasileira no dia 22 de fevereiro, domingo. Para animar o público de Copacabana, a Globo convidou o trio Ruivo, Urso e Mogli para uma apresentação gratuita no espaço, a partir das 18h.

Com André “Urso” na guitarra, André Luis “Mogli” na bateria e Rafael “Ruivo” no baixo e no teclado, e com todos se revezando nos vocais, os cariocas oferecem canções do rock progressivo e psicodélico, especialmente dos anos 60 e 70, com influências que vão do Clube da Esquina ao Led Zeppelin.

Nesta segunda temporada do Jovens Tardes já se apresentaram Fiuk, Criadores de Acaso, Lado a Lado, Renan Pitanga, Gustavo Macacko, Maria Luiza, Ale Vanzella e Manu Gavassi.

CD Jovens Tardes
Após o sucesso da primeira temporada, foi lançado o CD Jovens Tardes, com produção da Globo e distribuição da Som Livre. Thiago Martins, Gabby Moura, Forfun, Os Dentes, Banda Tereza, Lica Tito, Pedro Mann, Thales Cabral, Mariana Volker, Julia Bosco, Ganeshas, Brunno Monteiro, Jô Lutério, Laila Nassan, Luiza Baratz, Nuria Mallena e Vanessa Longoni participaram da gravação do álbum.

Projeto Jovens Tardes
Atração: Ruivo, Urso e Mogli
Data: dia 22 /02, domingo
Horário:  a partir das 18h
Local: Quiosque da Globo – Copacabana (altura da Miguel Lemos)
Classificação: livre

| Rua Música Contemporânea acontece ao ar livre neste domingo e terá a banda LetuceSistah como convidados |
Rua Música Contemporânea

Foto: Vitor Jorge / Reprodução

O Rua Música Contemporânea, versão veranil do Rio Música Contemporânea, fecha sua programação especial de verão. O projeto ocupa novamente a rua, com seu palco diante do Centro Cultural João Nogueira.
Seguindo seu conceito de promover encontros entre nomes da música independente do Rio em performances colaborativas inéditas, agora de maneira gratuita, o evento promoverá o encontro entre três nomes da cena local, passeando por diferentes estilos. O anfitrião Qinho se juntará à banda Letuce e à Sistah, rapper que tem a cara e o som da região.
A realização é parte da experiência do coletivo M.A.P.A, responsável pelo projeto, e que está à frente também de outras iniciativas de ocupação urbana como o festival “Dia da Rua”.

Rua Música Contemporânea – Qinho, banda Letuce e Sistah
Local: Rua Dias da Cruz, em frente ao Imperator
Data: dia 22/02, domingo
Horário: às 16:30h

Fonte: site Imperator – Centro Cultural João Nogueira
| Inscrições são gratuitas para as Casas de Santos e Osasco, em São Paulo, e para a Casa do Rio de Janeiro |
Orquestra  Instituto GPA

Foto: Divulgação

Até o dia 12 de fevereiro, o Instituto GPA está com as inscrições abertas para o seu Programa de Música & Orquestra Instituto GPA na unidade de Santos e Osasco, em SP, e na do Rio de Janeiro, no bairro de Vila Isabel. O curso, com duração de dois anos, é destinado a crianças e adolescentes entre 10 a 18 anos de idade e tem como objetivo desenvolver o ser humano por meio da educação musical, resgatando a cidadania e a identidade cultural. O programa não tem fins lucrativos, é oferecido gratuitamente e não é necessário nenhum investimento em material didático ou para aquisição do instrumento – todos os recursos são oferecidos pelo Instituto GPA.

Através do Método Jaffé de Ensino Coletivo de Cordas os alunos aprendem instrumentos como violino, viola, violoncelo e contrabaixo, sempre juntos, desde a primeira nota, sem ter conhecimento de música, sem ensaios de naipe, sem aulas particulares e sem o estudo individual, pois não necessitam ter seu próprio instrumento.  Além de teoria, prática e história da música, a técnica utiliza um repertório variado. Os jovens que se destacam  podem passar a participar das Orquestras  Instituto GPA até a idade de 21 anos.

Compostas por até 40 integrantes, as Orquestras Instituto GPA se apresentam em vários eventos ao longo do ano. Mais de  300 mil pessoas já assistiram às apresentações realizadas no Brasil e também em importantes festivais internacionais, como o IX Encontro Internacional de Orquestras Juvenis e o Iguazu en Concierto . Em todos os concertos os jovens demonstram o resultado do  Programa com um repertório variado, o que aumenta o interesse de quem ouve as apresentações.
Em novembro de 2014, a Orquestra realizou uma turnê na cidade de Nova Iorque, se apresentando em quatro datas, sendo uma delas no renomado Carnegie Hall – um dos mais importantes teatros do mundo, num concerto sold out para 2.800 pessoas, onde foram aplaudidos de pé. Em 2014, o Programa de Musica & Orquestra Instituto GPA também passou a ter o apoio na Lei de Incentivo a Cultura (Lei Rouanet) em 2014.

Para participar, basta levar a carteira de identidade, comprovante de residência e estar acompanhado pelo responsável. O curso é gratuito, tem duração de dois anos, com aulas de 1h30min, que acontecem duas vezes por semana.

Programa de Música & Orquestra Instituto GPA
Local: Instituto GPA – Casa Rio de Janeiro
Endereco: Rua Artidoro da Costa, s/nº – Vila Isabel – Rio de Janeiro – RJ – CEP: 20551-140
Tel.: 55 (21) 2577-0933

| Com bailinhos infantis, shoppings oferecem programação gratuita para comemorar a folia |
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Ainda dá tempo de se programar para os eventos infantis promovidos por alguns shoppings da cidade. Em ritmo de Carnaval, o Recreio Shopping, o Shopping Tijuca e o West Shopping abrem alas para a folia com os Bailinhos Infantis. Os pequenos foliões poderão se divertir em oficinas gratuitas e dançar sambas e marchinhas da tradicional festa do Momo com muito confete e serpentina.  No West Shopping, um concurso de Rei e Rainha Mirim faz parte da recreação.

Confira a programação a seguir:

Recreio Shopping

No dia 14 de fevereiro, das 18h às 22h, a Banda Folia e recreadores animarão a criançada no Bailinho infantil do Recreio Shopping, com diversas marchinhas de Carnaval e músicas infantis no repertório. Confete e serpentina não faltarão para deixar a folia mais animada durante todo o percurso pelos corredores e no entorno do shopping. O Recreio Shopping fica na Avenida das Américas, 19.019, Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro.

Shopping Tijuca

No dia 15 de fevereiro, as crianças poderão se divertir com recreação infantil, oficina de máscaras, oficina de pintura facial e concurso de fantasias. O vencedor levará um troféu de melhor fantasia e, ao longo do Bailinho, brindes serão distribuídos aos pequenos. O evento acontece das 10h às 13h, no piso G7 do shopping, localizado na Avenida Maracanã, 987, Tijuca, Rio de Janeiro. Evento gratuito sujeito a lotação.

West Shopping

No dia 12 de fevereiro, às 18h, o shopping recebe a Estrelinha da Mocidade em uma apresentação pré-bailinho. E nos dias 14 e 15 de fevereiro, das 16h às 20h, o West Shopping promove seu Bailinho infantil na praça de eventos do empreendimento. Bandinha, DJ, pinturinha de rosto e concurso de Rei e Rainha Mirim fazem parte da recreação. As inscrições para o concurso de Rei e Rainha Mirim começam dia 7 de fevereiro, no evento HS de Carnaval da Ri Happy. O shopping fica na Estrada do Mendanha, 555, Campo Grande.

 

| A mostra Trajetórias – Ingá: Do Palácio ao Museu do Estado conta a história fluminense através da arte, cultura e política |

O Museu do Ingá – um espaço da Secretaria de Estado de Cultura (SEC)  – promove, até o dia 29 de novembro deste ano, a exposição Trajetórias – Ingá: Do Palácio ao Museu do Estado, que resgata a história fluminense e do próprio museu através de plataformas interativas, que aliam fotos, imagens, objetos e filmes em suportes como tablets, aplicativos e materiais audiovisuais. A mostra, com curadoria de Carlos Fernando Andrade, marca o início da nova fase do museu e tem como objetivo resgatar a identidade e a autoestima fluminense.

 “Os museus tem que falar do presente e o que vemos atualmente é que a identidade do estado do Rio de Janeiro está muito diluída, queremos chamar atenção para isso. Nosso objetivo é contar a nossa trajetória através das narrativas locais e da participação do público fluminense. O museu precisa ser relevante para as pessoas, passado e presente têm que se cruzar. Queremos que gente de todo o Rio venha visitar o Ingá e que se reconheça nas histórias”, analisa Mariana Varzea, Superintendente de Museus da SEC.

A mostra inédita traz mapas interativos que revelam a formação dos municípios, acervo com objetos da cultura popular, fotos dos ex-governadores e até um Cine Fluminense, com trechos de filmes que foram rodados na região. Um quiz repleto de curiosidades vai testar os conhecimentos dos visitantes, que poderão gravar depoimentos em cabines de vídeos para serem publicados no Youtube. A exposição reconta também a história da construção do palácio de 1860 onde hoje funciona o museu, que foi palco de importantes episódios da política.

 “A referência inicial desta exposição é o próprio local onde ela está sendo montada: o Palácio Nilo Peçanha, atual Museu do Ingá. Cenário da construção republicana no Estado do Rio de Janeiro, sua trajetória, como sede da política fluminense de 1903 a 1975, que confunde com a própria história do estado do Rio. A organização territorial do Estado do Rio de Janeiro guarda intima relação entre as culturas que predominaram nos diferentes períodos de sua história”, explica o curador Carlos Fernando.

A exposição lança a nova identidade visual e o novo branding do Museu do Ingá, assinados pela 32bits. A produção é da Trítono e da 32 bits que criaram, em parceria com a curadoria, espaços, conteúdos e dispositivos digitais da nova exposição. O projeto de requalificação do museu e a nova exposição são uma realização da Secretaria de Estado de Cultura com patrocínio da Petrobras e do Governo do Rio de Janeiro, através da Lei Estadual  de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.

O público poderá visitar as seguintes áreas:

Sala “Formação: Terra, Homem e Cultura”
Esta área conta com uma mesa interativa onde o público pode passear por temas geográficos, econômicos e culturais através da visão do historiador e geólogo Alberto Lamego: a Serra, o Brejo, a Restinga e a Guanabara. Há também um painel mostrando o surgimento dos municípios ao longo do tempo, e outro, sobre o Rio Paraíba do Sul, tão importante para o Estado. O acervo material de objetos da cultura popular da região forma uma vitrine expositiva. O público poderá também assistir a uma projeção com edição de filmes históricos sobre a memória cultural do Estado.

Sala Tempos de Política
Essa sala tem curadoria da historiadora Andrea Tello, que separou três governadores icônicos para a história do Estado e do próprio Palácio: Nilo Peçanha, Amaral Peixoto e Roberto Silveira. Suas histórias e de seus governos são contadas em artes nas paredes e, também, através de parte do acervo do museu, com objetos que pertenceram a esses três antigos ocupantes do Palácio. Além disso, foram digitalizados quatro almanaques históricos, que registravam todos os municípios do Estado. São um álbum de 1908, outro de 1922, além de um álbum de Feliciano Sodré e Raul Veiga.

Sala “O Ingá é”
O espaço interativo conta com ipads onde, através de aplicativos, os visitantes poderão opinar sobre as futuras ações do museu, além de ficar por dentro de novidades e detalhes sobre a nova identidade visual. Em cabines  o público poderá gravar depoimentos sobre o espaço, que serão publicados no Youtube.

Sala Simbologia
Será possível conhecer e compreender os elementos da bandeira e do hino do estado do Rio que representam, por exemplo, as belezas naturais, como o pico Dedo de Deus e as primeiras atividades econômicas, como o cultivo de cana-de-açúcar e café.

Galeria dos Governadores
Uma linha do tempo visual dos 43 governadores até a fusão do estado do Rio de Janeiro com o estado da Guanabara.

Exposição TRAJETÓRIAS – Ingá: Do Palácio ao Museu do Estado
Local: Museu do Ingá –  Rua Presidente Pedreira 78, Ingá – Niterói – Rio de Janeiro – RJ – Tels.: (21) 2717 2893 / 2717-2903
Período: até 29/11/2015
Horário de funcionamento: Terça à sexta: 12h às 17h. Sábados, domingos e feriados: 13h às 17h
Classificação: Livre

 

| Bailinho Infantil de Carnaval inova com atividades recreativas para crianças até 12 anos |
Bailinho Ilha Pura

Foto: Ilha Pura

Os moradores da Barra da Tijuca vão contar com mais um baile infantil a partir deste carnaval. Os minifoliões se divertirão a valer no salão ao som de tradicionais marchinhas, executadas ao vivo por uma banda. Os pequenos súditos de Momo terão ainda uma novidade: diferentes tipos de atividades recreativas voltadas para crianças de até 12 anos. Serão oficinas de pinturas, customização de máscaras e fantasias, além de confecção de instrumentos musicais a partir de material reciclado. Haverá também uma brinquedoteca educativa à disposição da garotada. Gratuito, o Bailinho vai de 10h as 13h, no domingo anterior ao de carnaval.

Bailinho Infantil de Carnaval Ilha Pura
Data: Dia 08/02 (domingo)
Horário: 10h às 13h
Local: Espaço Cultural Ilha Pura –  Avenida Salvador Allende, 3.200 – Barra da Tijuca
Estacionamento no Local

| Programação apresentará sete bandas e será opção aos blocos |
Foto da Monte Alegre Hot Jazz Band

Monte Alegre Hot Jazz Band / Foto: Reprodução

Uma boa opção aos tradicionais eventos carnavalescos do Rio acontece entre os dias 14 e 17 deste mês na Rua do Lavradio, no Centro do Rio. Uma boa opção para quem não curte samba, marchinhas etc e tal ou deseja ouvir um som diferente.

Enquanto a Cidade Maravilhosa estiver mergulhada no samba e nas marchinhas de Carnaval, a boêmia Rua do Lavradio, no Centro do Rio Antigo, estará em clima ‘off folia”. Pelo terceiro ano consecutivo, a rua será palco do ‘Lavradio Jazz Fest’, nos dias 14, 15, 16 e 17 de fevereiro, a partir das 14h.

A programação gratuita inclui dois shows por dia. Sete grupos vão se revezar em um palco montado em frente ao Restaurante Santo Scenarium (Rua do Lavradio, número 36), apresentando o melhor do jazz dixieland, criado entre os anos de 1910 e 1920, em New Orleans. O estilo é uma das marcas do Mardi Gras, carnaval da cidade americana e uma das festas populares mais famosas do mundo.

Programação:

Sábado, 14

14h – Quinteto Radio Swing : O cantor, guitarrista e arranjador norte-americano Mark Lambert lidera seu quinteto formado pelos maiores instrumentistas brasileiros. O grupo toca Jump Swing, fusão entre Jazz e Rhythm & Blues popularizado nos anos após a Segunda Guerra Mundial por Louis Jordan, Ray Charles e Louis Prima. O gênero mistura a espontaneidade do Jazz improvisado com os ritmos dançantes de R&B. O grupo apresenta sucessos como “Let the Good Times Roll” (Ray Charles), “Caldonia” (Louis Jordan) e “Jump, Jive an’ Wail” (Louis Prima).

16h – Roda Romani Trio: O grupo tem uma formação e um repertório incomum no cenário carioca. Eles tocam a vertente do jazz criada na França pelo guitarrista cigano Django Reinhardt e seu parceiro, o violinista francês Stephano Grapelli. O jazz manouche, ou o jazz cigano, como é conhecido, é ritmicamente rico e animado e bebeu na fonte do jazz de New Orleans. As interpretações são intensas e o repertório é cuidadosamente lapidado. Temas como Minor Swing, Basin Street Blues, Djangology, Sweet Georgia Brown e Nuages não podem faltar no repertório.

Domingo, 15

14h – São Jorge Brass Band: No domingo de Carnaval, o São Jorge Brass Band, capitaneado pelo trompetista inglês Tom Ashe, leva a tradição do Carnaval de rua de New Orleans para o Rio de Janeiro. Primeiro e único bloco de jazz, o grupo executa o melhor do ritmo, incluindo também o Ragtime e o Charleston.

16h – All That Jazz Band com o show ‘Mambo que vamos – Carnaval latino’: A All That Jazz Band é a mais antiga do Rio de Janeiro especializada no Hot Jazz, o estilo vibrante de New Orleans. O grupo foi criado em 1990, com o apoio do escritor e baterista amador, Fernando Sabino, que era um aficcionado do Jazz de New Orleans. Neste show o grupo apresenta grandes sucessos como La Cucaracha, Syboney, Tequila, Cielito Lindo, Frenesi, Perdido, entre outros.

Segunda-feira, 16

14h –Alma Thomas: A cantora norte americana está em cartaz com um belo tributo à Ella Fitzgerald. Como a diva já gravou três álbuns com Louis, Alma não teve como ignorá-lo e acabou se envolvendo também com a musicalidade de Satchmo. O trompetista, cantor e band leader mudou o curso da história do jazz e é considerado por muitos críticos um dos mais importantes jazzmen da história. No repertório Cheek to Cheek, Autumn in New York, A Fine Romance, Don’t Be That Way, Let’s Call the Whole Thing Off.

16h – Monte Alegre Hot Jazz Band: O grupo de “Traditional Jazz” nasceu no Rio de Janeiro em 2009. Seus integrantes de diversos países (Brasil, Chile, Estados Unidos e Inglaterra) participam ativamente da cena musical contemporânea carioca. O repertório é formado por arranjos de temas famosos compostos durante as primeiras décadas do século 20, como “Royal Garden Blues”, “That’s a plenty” e “Bourbon street parade”, somados a eternos clássicos como “When the Saints go marching in” e “Hello Dolly”. Sua formação acústica típica de uma banda de rua de New Orleans traz ao grupo uma sonoridade característica do gênero.

Terça-feira, 17

14h – Orleans Original Jazz Band: O sexteto surgiu em 2010, idealizado pelo produtor musical Thiago Espósito, para trazer o jazz de New Orleans ao público do Rio de Janeiro, que aos poucos via a cena do jazz crescer na cidade mas não tinha acesso ao subgênero mais divertido do jazz, o Dixieland. No repertório, clássicos do jazz de New Orleans como When The Saints Go Marching In, You Are My Sunshine, Hello Dolly e Sweet Georgia Brown.

16h – All That Jazz Band com o show ‘Carnaval ao redor do mundo’: A All That Jazz Band é a mais antiga do Rio de Janeiro especializada no Hot Jazz, o estilo vibrante de New Orleans. O grupo foi criado em 1990, com o apoio do escritor e baterista amador, Fernando Sabino, que era um aficcionado do Jazz de New Orleans. Nesta apresentação, a banda apresenta grandes sucessos como Can Can, Funiculi, Funicula, Polca do Barrilde Chopp, Uma casa Portuguesa, Hava Naguila, Never on Sunday.

Lavradio Jazz Fest
Dias: 14, 15, 16 e 17 de fevereiro de 2015
Local: Palco montado na Rua do Lavradio, em frente ao Restaurante Santo Scenarium (nº36). Tel. para informações: (21)3147-9007
Horário: 14h às 18:30h

O dixieland é um estilo de jazz criado na década de 1910, em Nova Orleans, que mistura a música africana e europeia.

 

 

| Unidade em Engenho de Dentro promove mostra ao sábados |

Em comemoração aos 450 anos do Rio de Janeiro, o Sesc Engenho de Dentro realiza uma mostra especial que retrata personagens e paisagens da Cidade Maravilhosa como tema principal, de 7 a 28 de fevereiro, sempre aos sábados, às 15h.

Incluindo bate papo após a exibição dos filmes, a “Mostra de Filmes Visões: um olhar sobre o cinema” apresenta os títulos “A Opinião Pública”, “Marcelo Zona Sul – 1970”, “Leila Para Sempre Diniz”, “Por Gentileza” e “L.A.P.A.” com entrada gratuita e distribuição de pipoca para os espectadores.

Mostra de Filmes Visões: um olhar sobre o cinema
Local: Sesc Engenho de Dentro – Av. Amaro Cavalcanti, 1661 – Engenho de Dentro – Rio de Janeiro – RJ / Tels.:  (21) 3822-4830 / 3822-9529
Período: 7 a 28/2, às 15h

Confira as sinopses a seguir:

7/2 – A Opinião Pública

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Por meio de depoimentos de estudantes, a classe média carioca é retratada de maneira a salientar seus gestos, seus gostos e, sobretudo sua distância da realidade brasileira.
Direção: Arnaldo Jabor. Duração: 71 min. Cor: p&b. Ano: 1967
Classificação:12 anos.

 

 

 

 

 

 

 

14/2 –  Marcelo Zona Sul – 1970

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Foto: Sesc Rio / Reprodução

O cotidiano da juventude carioca no final dos anos 1960 e o choque com os valores morais dos adultos são o tema desta comédia, na qual as praias e ruas de Copacabana servem como pano de fundo para as aventuras de quatro adolescentes num dia de gazeta escolar. Marcelo,
personagem central, é filho de um burocrata de classe média e líder rebelde do grupo. Inconformado com a realidade que o cerca, ele foge em companhia do amigo Miguel para sua “grande aventura”.
Direção: Xavier de Oliveira. Duração: 104 min. Cor: P&B.
Classificação: 12 anos

 

21/2 – Leila Para Sempre Diniz

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Foto: Sesc Rio / Reprodução

A partir de trechos de filmes dos quais participou como atriz profissional, depoimentos de amigos e imagens em Super-8 de um filme sobre ela, o documentário revela flagrantes da intimidade de Leila Diniz. A atriz, que teve sua carreira tragicamente interrompida por um desastre de avião, exerceu grande influência nas gerações dos anos 1960 e 1970, por sua espontaneidade, irreverência e inquietação criativa.
Duração: 9 min. Cor: colorido. Ano: 1976
Direção: Mariza Leão e Sérgio Rezende

 

 

 

 

 

Por Gentileza

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Foto: Sesc Rio / Reprodução

O filme documenta a experiência do diretor que incorpora seu personagem, o Profeta Gentileza, e sai à rua para interagir com as pessoas. Marcante personagem da cidade do Rio de Janeiro, o Profeta Gentileza atuava no “lado B” da cidade, pregando que “Gentileza gera gentileza”.Direção: Dado Amaral. Duração: 14 min. Cor: colorido. Ano: 2002Classificação: 14 anos.

 

 

 

 

28/2 –  L.A.P.A.

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Lapa: bairro boêmio do Rio de Janeiro, tradicional reduto de sambistas. Hoje é também ponto de encontro de MCs e do rap. L.A.P.A: um filme sobre o bairro da Lapa. Um filme sobre o rap carioca.
Direção: Cavi Borges. Duração: 74 min. Cor: colorido. Ano:2008
Classificação: 12 anos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Site Sesc Rio

 

 

Foto do Piscinão de Ramos

Foto: César Duarte/IPP / Reprodução

| Programação conta com show de Nicolas Krassik, peças de teatro, exposição, oficinas de stand up paddle, slackline, waterline, entre outras ações |

O Sesc preparou uma programação especial para o público curtir a estação mais quente do ano em família. Até o dia 17 de fevereiro, serão oferecidas, dentro da programação do Sesc Verão, diversas ações em 14 unidades em todo o estado do Rio e em locais públicos. Nos dias 7 e 8 de fevereiro (sábado e domingo), as atividades acontecem no Piscinão de Ramos. Entre as atrações oferecidas estão oficinas de stand up paddle, waterline, slackline, muro de escalda, tirolesa, estante para empréstimos de livros e revistas, além de apresentações culturais. Toda a programação é gratuita.

Um dos destaques é o show do violinista Nicolas Krassik e os Cordestinos, no dia 7/2. A apresentação é baseada no novo CD do artista “Nordeste de Paris” e terá canções que misturam jazz com ritmos brasileiros populares, como o xote e o xaxado.

No dia 8/2 (domingo), será realizada a peça “O Avarento, versão hídrica”. Utilizando torneiras e registros de hidráulica para a construção das personagens, a companhia encena uma versão do clássico de Molière que impacta pelo visual insólito e pela fidelidade que a nova versão tem com o original do autor francês.

Este ano, o Sesc Verão tem como objetivo conscientizar a população sobre o uso correto da água. Para isso, foram escolhidas atividades esportivas e culturais que abordam o tema de maneira educativa e divertida.

Programação Sesc Verão – Piscinão de Ramos

Dia 7/2/2015
10h às 15h – Stand up paddle, slackline, waterline, muro de escalada e tirolesa
10h às 14h – Shiatsu e orientações de saúde para o verão
16h às 17h – Espetáculo de teatro infantil “O Macaco e a Boneca de Piche”
16h às 18h – Leituras de verão – empréstimos de livros, revistas e gibis
16h às 18h – Estendal – exposição de fotos impressas em tecidos e penduradas num varal retratando diversos usos e sentidos da água
17h às 18h – Show do violinista Nicolas Krassik e os Cordestinos – Baseado no novo CD “Nordeste de Paris”, show mistura o jazz com xote, xaxado e outros ritmos populares do Brasil

Dia 8/2/2015
10h às 15h – Stand up paddle, slackline, waterline, muro de escalada e tirolesa
10h às 14h – Shiatsu e orientações de saúde para o verão
16h às 18h – Leituras de verão – empréstimos de livros, revistas e gibis
16h às 18h – Estendal – exposição de fotos impressas em tecidos e penduradas num varal retratando diversos usos e sentidos da água
16h às 18h – Distribuição de cangas de praia com mensagens sobre o uso consciente da água
16h às 18h – Sirva-se – Desenvolvida pelos artistas Michel Groisman e Gabriela Duvivier, a performance convida o público a participar de um jogo em copos que podem ser afixados em diferentes partes do corpo para transportar água de uma pessoa para outra.
17h às 18h – Espetáculo de teatro “O Avarento, versão hídrica” – Utilizando torneiras e registros de hidráulica para a construção das personagens, o grupo encena uma versão do clássico de Molière que impacta pelo visual insólito e pela fidelidade que a nova versão tem com o original do autor francês.

 Foto de Luciano Muniz

Foto: Divulgação

Neste domingo, 08 de fevereiro, o cantor e compositor Luciano Muniz se apresenta no Santa Cruz Shopping, na Zona Oeste do Rio, às 17:30h.

Morador de Santa Cruz (RJ), Luciano representou o bairro onde mora em agosto de 2013, no concurso de calouros no programa TV Xuxa, da Rede Globo, onde ganhou o prêmio de melhor cantor ao interpretar “I feel good”, de James Brown. Desde então, surgiram convites para se apresentar em diversas casas de show. Sua primeira música de trabalho no estilo pop/rock foi “O amor é bom”. Atualmente, Luciano tem feito trabalhos de voz e violão com o violonista Fábio Caiaffa.

Mais sobre Luciano Muniz:
Carioca da Zona Oeste, nascido em 1985, aos 14 anos começou a cantar com sua banda. Dois anos depois, já se apresentava nas noites cariocas com um trabalho acústico de voz e violão, cantando em bares, restaurantes e em shoppings. Aos 18 anos, participou de concursos de karaokê e por diversas vezes tirou o primeiro lugar. Participou de bandas de diferentes estilos, indo do axé à música internacional, do MPB ao rock, do pop à bossa nova.

Show de Luciano Muniz  
Data: Dia 08 de fevereiro, domingo
Horário: às 17:30h
Local: Praça de Alimentação do Santa Cruz Shopping – Rua Felipe Cardoso, 540 – Santa Cruz – Rio de Janeiro – RJ – Tel: (21)2418-9400

 

 

| Gêmeos violoncelistas já preparam segundo disco, repetindo a produção com Sergio Roberto de Oliveira, com lançamento neste ano |
Foto dos  irmãos violoncelistas Paulo e Ricardo Santoro, o Duo Santoro

Foto: Divulgação

Os irmãos violoncelistas Paulo e Ricardo Santoro, com mais de duas décadas de uma carreira bem sucedida com o Duo Santoro, perceberam que nunca fizeram um concerto com programa totalmente popular. À convite da Dell’Arte, os gêmeos aceitaram o desafio e, no próximo sábado, dia 07, no Espaço Furnas Cultural, vão apresentar pela primeira vez um repertório somente composto por Chiquinha Gonzaga, Tom Jobim, Sivuca, Pixinguinha e demais nomes consagrados da música popular brasileira. O concerto tem entrada franca e faz parte da série “Duo Brasileiros”.

Os ingressos serão distribuídos a partir das 14h, no dia do espetáculo, 1 (um) ingresso por pessoa, limitados à capacidade do auditório, que é de 170 lugares. A classificação é livre.

As novidades não param por aí. Depois de lançar, em 2011, o disco “Bem Brasileiro” – o primeiro de carreira – o Duo Santoro já está em estúdio preparando o segundo disco, repetindo a dobradinha com o produtor Sergio Roberto de Oliveira. No repertório, músicas compostas especialmente para os gêmeos do violoncelo, com destaque para obras novíssimas de Ricardo Tacuchian e Ronaldo Miranda, e ainda peças de Dimitri Cervo, Oswaldo Carvalho e do próprio Sergio de Oliveira.
Duo Santoro
Nascidos no Rio de Janeiro, os gêmeos Paulo e Ricardo fazem parte da Orquestra Sinfônica Brasileira desde 1986 e da Orquestra Sinfônica da UFRJ desde 1989, no mesmo ano em que se graduaram pela Escola de Música da UFRJ com nota máxima e dignidade acadêmica Magna Cum Laude. Com Mestrado em Música, já se apresentaram como solistas à frente de várias orquestras, além de participarem de outras formações camerísticas distintas, tais como Trios, Quartetos e outros Duos. Único duo de violoncelos em atividade permanente no Brasil, o Duo Santoro estreou em 1990 e já se apresentou nas principais salas de concerto do Brasil. Seus recitais incluem um leque eclético de estilos que vai do erudito ao popular. As transcrições e arranjos para violoncelos são assinados, na sua maioria, pelo próprio Duo. Uma das principais metas do Duo Santoro é a divulgação da música brasileira. Para isso, contam com a colaboração de vários compositores, que dedicaram algumas de suas principais obras ao Duo.

 

Programa:
CHIQUINHA GONZAGA – Gaúcho
ERNESTO NAZARETH – Brejeiro
PIXINGUINHA – Lamento
TOM JOBIM – Eu sei que vou te amar
SIVUCA – Feira de Mangaio
DORIVAL CAYMI – História de Pescadores
TOM JOBIM – Luíza
ZEQUINHA DE ABREU – Tico-Tico no Fubá
LUIZ GONZAGA/HUMBERTO TEIXEIRA – Asa branca/Baião
TOM JOBIM – Chega de Saudade
WALDIR AZEVEDO – Brasileirinho

Duo Santoro no Espaço Furnas Cultural
Data: Dia 7/02 – sábado, às 20:50h
Local: Espaço Furnas Cultural – Rua Real Grandeza, 219 – Botafogo – Rio de Janeiro, RJ – Informações: (21) 2528-2794
Retirada de ingressos: Os ingressos serão distribuídos a partir das 14h, nos dias dos espetáculos, 1 (um) ingresso por pessoa, limitados à capacidade do auditório: 170 lugares.
Classificação: livre

| Bienal Europeia e Latino Americana de Arte Contemporânea (BELA Bienal), até 13/02, e “Azul Cobalto – Azulejos e Memórias”, até março/2015 |
Bienal Europeia e Latino Americana de Arte Contemporânea

Foto: Léo Mello/Studio Prime / Divulgação

A Galeria Scenarium segue com a segunda edição da Bienal Europeia e Latino Americana de Arte Contemporânea (BELA Bienal). A mostra traz uma série de telas e instalações de mais de 90 artistas, brasileiros e estrangeiros. Segundo o curador Edson Cardoso, o objetivo da mostra é promover uma discussão e um diálogo sobre o que cada expositor apresenta, dentro deste cenário da arte contemporânea, onde as culturas estão distantes geograficamente, mas próximas, do ponto de vista criativo. Até 13 de fevereiro de 2015.

“Azul Cobalto – Azulejos e Memórias”

Azul Cobalto – Azulejos e Memórias

Foto: Foto: Léo Mello/Studio Prime / Divulgação

O Instituto Scenarium promove a exposição “Azul Cobalto – Azulejos e Memórias”, na Galeria Scenarium. A mostra traz a Coleção do sócio do Grupo Scenarium, Nelson Torzecki, garimpada ao longo de mais de 20 anos. A exposição é composta por cerca de 100 painéis estruturados a partir de peças utilizadas dos séculos XVI ao XX, algumas nunca expostas anteriormente.  A mostra faz parte das comemorações dos 450 anos da cidade do Rio. Até março de 2015.

“BELA Bienal” e “Azul Cobalto – Azulejos e Memórias”
Local: Galeria Scenarium –  Rua do Lavradio, nº 15 – Centro Antigo, Rio de Janeiro/RJ.  Tel.: (21) 2252-9138.
Dias e horários: De terça a sábado, das 13h às 19h, (com exceção dos dias 14, 15, 16, 17 e 18, por conta do Carnaval).

| A folia vai até o dia 16/02, com apresentações do Toca Rauuul, Trupe Solidária, Orquestra Voadora, Orquestra Popular Céu na Terra e Empolga às 9 |
Foto do bloco Toca Rauuul

Foto: Clarissa Pivetta / Divulgação

Blocos consagrados garantem a folia no Sesc Madureira numa série de apresentações que marcam o Carnaval antecipado na unidade. A próxima atração da programação carnavalesca é o bloco Toca Rauuul, que agitará os foliões no dia 7/2 (sábado), às 17h. As apresentações acontecem na quadra de esportes, com entrada gratuita. São esperadas 1.500 pessoas.

Como indica o título, o bloco Toca Rauuul, criado em 2011 – e que em três carnavais já atraiu mais de 40 mil pessoas – embalará o público com canções de diferentes fases da vida do cantor e compositor Raul Seixas, levadas em diferentes ritmos: frevo, marcha rancho, maracatu, ska, reggae, surf music, baião e funk. Mesmo quem não gosta de Carnaval também está convidado a assistir porque a diversão é garantida pelo desfile de adereços e figurinos em referência ao “Maluco Beleza”.

A folia prossegue no domingo, dia 8/2, com o bloco Trupe Solidária, às 15h. Na semanas seguintes tem Orquestra Voadora (14/2), Orquestra Popular Céu na Terra (16/2) e Bloco Empolga às 9 (21/2), sempre às 17h, em uma festa animada e voltada para todos os públicos.

Carnaval antecipado do Sesc Madureira
Local: Sesc Madureira – Rua Ewbanck da Câmara, 90 – Tel.: 21 3350- 7744
Classificação: livre

Dia 7/2 – Toca Rauuul

O bloco faz releituras das músicas de Raul Seixas em diversos ritmos carnavalescos, tais como frevo, samba, marchinha e maracatu, sem jamais perder a pegada do rock

Horário: 17h

Dia 8/2 – Trupe Solidária

Na apresentação “Relembrando os Velhos Carnavais”, a trupe recorda grandes sucessos dos velhos carnavais, relembrando João de Barro (Braguinha), Noel Rosa, Lala e Alcir Pires Vermelho, entre outros compositores do Carnaval de outrora

Horário: 15h

Dia 14/2 – Orquestra Voadora

Apresentação de clássicos da Música Popular Brasileira e mundial com arranjos inovadores.

Horário: 17h

Dia 16/2 – Orquestra Popular Céu na Terra

Espetáculo musical que reúne o gingado do samba, a dança do maxixe, o calor do frevo, a energia da ciranda, a reverência do maracatu e a crônica divertida da marchinha

Horário: 17h

Dia 21/2 – Bloco Empolga às 9

Apresentação de sambas-enredo ao rock, passeando por diversas referências da música universal numa apresentação única que junta tradição e modernidade

Horário: 17h

Flyer Conto fantástico - é ou não é?

Foto: Reprodução

Neste sábado, dia 07 de fevereiro, às 16h, a Biblioteca Parque da Rocinha receberá o ator e diretor José Mauro Brant, que apresentará três incríveis contos para o público: em “Canta, canta, meu surrão”, a filha de uma lavadeira foi raptada por um homem mau e passou a ser carregada por ele dentro de um saco até que inesperadamente é salva pela própria mãe. Em uma outra narrativa da obra, intitulada “O rei cego e a cidade dos Olhos D’água”, as consequências do ciúme e da inveja desenfreada entre irmãos são o assunto central. O último conto, “João Jiló”, vai fazer com que muitos meninos e meninas se identifiquem com o mau humor, a desobediência e a ranhetice dessa personagem. Mas, no final, igual a João, vão receber uma importante e bonita lição de vida. A  classificação é livre.

Conto Fantástico – É ou não é?
Local: Biblioteca Parque da Rocinha – Estrada da Gávea, 454
Data: Dia 07, sábado
Horário: das 16h às 17h
Classificação: livre

| Cinco passageiros serão contemplados com duas fantasias cada para desfilar pela Portela, na segunda-feira, dia 16 |

Foto: Reprodução internet

Termina hoje o prazo de inscrição para os passageiros da SuperVia que quiserem concorrer a fantasias para desfilar no Carnaval deste ano. Cinco passageiros serão contemplados com duas fantasias cada para desfilar pela Portela, na segunda-feira, no dia 16. A escola, que homenageia os 450 anos do Rio, aborda o trem, sinônimo de Madureira e do desenvolvimento da cidade. Para concorrer, é preciso preencher uma ficha de inscrição que fica disponível no Balcão de Informações da SuperVia, na Central do Brasil, ou na estação Madureira. O sorteio será amanhã, sexta-feira, na Central do Brasil.

%d blogueiros gostam disto: