| Evento faz parte do MAR à tona, programa criado para abrigar diferentes manifestações culturais da cidade |
foto do Museu de Arte do Rio - MAR

Foto: divulgação

O Museu de Arte do Rio – MAR, sob a gestão do Instituto Odeon, será o palco da VI Conferência Funk, uma parceria entre o MAR e a Rio Parada Funk. Este evento faz parte do programa MAR à tona, criado para abrigar diferentes manifestações culturais da cidade, a fim de promover a diversidade cultural manifestada no Rio de Janeiro. A programação da primeira edição do MAR à tona acontecerá até o final do ano e terá, nos dias 31 de agosto e 1º de setembro, palestras e debates sobre as temáticas sociais, culturais e artísticas do funk, além de estratégias para o movimento, com o objetivo de desmitificar e propagar a cultura funk no país. Os temas desta edição serão: FUNKEIRXS, o mundo funk por elxs; A Criminalização do Funk; 150: A Batalha do BPM e Funk, arte e cultura além do Ritmo. Além dos debates, haverá uma batalha de barbeiros, na quinta-feira, e uma apresentação de passinho na entrada do museu, na sexta-feira.

Em setembro, o MAR à tona tratará dos usos do espaço público na cidade com indivíduos pertencentes a comunidade de refugiados e ativadores culturais que utilizam a rua para mostrar suas expressões. Já em outubro, o tema será sobre o papel da mulher em diferentes esferas da sociedade. Todas as manifestações terão atividades na sala de encontros e nos pilotis do Museu. O encerramento do programa de 2017 contará com uma ocupação em todo o MAR, em que diferentes grupos de cultura urbana – com estéticas e narrativas distintas – mostrarão seus trabalhos no dia 2 de dezembro – um sábado – no Museu.

“O MAR nasceu em um momento de transformação da cidade. Primeiro marco da nova transformação da zona portuária do Rio de Janeiro, o Museu é mais um símbolo da transformação da paisagem carioca. Então, o objetivo do MAR é estar aberto às mais diversas práticas culturais, sempre em diálogo com seus vizinhos – primordialmente através do programa Vizinhos do MAR – e com seu público, criando atividades para além do Pavilhão de Exposições, com uma programação cultural diversificada, assim mantemos a sua característica básica de ser um espaço de encontros, onde as artes visuais dialogam em igual patamar com a cultura visual da cidade”, explica  curadora da programação MAR à toa, Julia Baker.

Confira a programação abaixo:

– dia 31/ago

16h às 18h: 150: A BATALHA DO BPM – Convidados: Dj Byano – Dj residente do Baile da Chatuba; Dj Batutinha – Produtor Musical; Dj Polyvox – Dj e produtor adepto do 150 bpm; Dj Cabide – Dj campeão da Batalha do MPC; Dj Renan da Penha – Dj residente do Baile da Gaiola; Denis Novaes – Pesquisador do Funk Carioca.

16h às 18h: BARBEIROS – Pré Esquenta dos Barbeiros para a Batalha do Jaca, Encontro de Barbeiros organizado pela Batalha de Barbeiros Brasil oferece cortes no estilo no do Jaca no Pilotis do Mar.

18h às 20h: FUNKEIRXS, o mundo funk por elxs – Convidados: Deise Tigrona – Mc e compositora da Cidade de Deus; Iasmin Turbininha – Dj revelação 2017, sucesso no Youtube; Renata Prado – Dançarina, pesquisadora, apresentadora, produtora da festa Batekoo e Diretora da Frente Nacional de Mulheres no Funk; Mariana Wender – Pesquisadora na Empresa My Pussy é o Poder.

– Dia 1°/set

–  16h às 18h: Criminalização do Funk – Convidados: Mc Leonardo – Mc da Rocinha; Mc Smith – Mc do Complexo do Alemão; Orlando Zaccone – Delegado da Policia Civil e Doutor em Ciência Política; Dj Marlboro – Dj renomado; Praga – Compositor do Caneta de Ouro; Dj Sanny – Dj com mais de 20 anos de carreira.

– 16h: Mesa A Origem do Passinho – Principais Bondes

– 18h: Encontro de Passinho, no Pilotis

– 18h às 20h: Funk, arte e cultura além do Ritmo – Convidados: Vag DoNasc – Artista Plástico e Curador da Exposição Memória do Funk; Carlos Palombini – Musicólogo e professor da UFMG; Maria Buzanovsky – Fotógrafa; Dani Dacorso – Fotógrafa; Bruna Camargos – Educadora de projetos da Escola do Olhar.
——
Dia 23/set –  14h às 16h: A rua e os possíveis usos da cidade

23 e 24/set – 10h às 18h: Feira dos Refugiados e apresentações musicais

Dia 28/out – 15h às 17h: Conversa Feminismo e Culturas Urbanas

Dia 2/dez – Ocupação Culturas Urbanas

MAR à tona – O funk invade o Museu de Arte do Rio
Local: Museu de Arte do Rio (MAR) – Praça Mauá, n° 5 – Centro – Rio de Janeiro/RJ – Tel.: (21) 3031-2741
Datas: dias 31/08 e 1º/09 de 2017

Anúncios