Category: Cinema


| Programação inclui shows aéreos, exibição de filmes históricos, música, aferição de pressão arterial e glicemia, balcão de empregos, bolsas de estudos, cursos gratuitos e vacinação |
Foto de réplica do 14 Bis

Foto: Gastão

O Museu Aeroespacial (MUSAL), no Campo dos Afonsos, em Sulacap, promoverá, nos dias 21 e 22 de julho, uma grande festa para comemorar os 145 anos de Alberto Santos Dumont, patrono da Aeronáutica Brasileira. A programação reúne atrações como shows aéreos, exposição de aeronaves, exibição de filmes históricos, shows, além de outras atividades durante todo o dia.

Relembrando os principais inventos do “Pai da Aviação”, uma das grandes atrações do evento serão os voos das réplicas do 14-Bis e do Demoiselle, que ficarão a cargo do piloto e projetista Alan Calassa. O Campo dos Afonsos também receberá os balões cativos, shows aéreos da Esquadrilha CEU e demonstrações operacionais da Força Aérea Brasileira (FAB). Entre as atrações musicais estão o Grupo RDN, Fabinho Carioca, Banda KENZZY, Johny e Érika, Banda 22 minutos, Patrulha Canina e Palhaço Topetão.

Os visitantes também poderão participar de ações sociais que acontecerão em parcerias com instituições de ensino, que disponibilizarão serviços como aferição de pressão arterial e glicemia, balcão de empregos, bolsas de estudos, cursos gratuitos, vacinação contra influenza e febre amarela, além de ação educativa sobre o sarampo.

O evento não contará com estacionamento, por isso a organização aconselha que os visitantes utilizem transporte público. A organização solicita entrada solidária, pede a doação de 1 (um) quilo de alimento não perecível.

Para Ivan Soares, chefe da Comunicação Social do MUSAL, o evento é uma grande oportunidade de diversão para toda a família e para conhecer mais sobre aviação. “Celebrar o aniversário do Pai da Aviação, Santos Dumont, é uma grande honra. Esperamos receber toda a família carioca para se encantar com aviação e a história do nosso grande inventor.”, convida.

Aniversário de Santos Dumont
Local: Avenida Marechal Fontenelle, 2000 – Campo dos Afonsos – Sulacap – Rio de Janeiro/RJ – Tels.: 21 2157-2899 / 2895
Datas: dias 21 e 22/07 (sábado e domingo)
Horário: das 8h às 18h

Programação:
Sábado – 21/07
08h00 – Chegada de ultraleves
09h00 – Show Patrulha Canina
10h30 – Show Aéreo – Esquadrilha CEU
11h00 – Simulação de resgate (3º/8º GAV)
11h30 – Grupo Falcões da FAB
12h00 – Aeromodelismo
13h30 – Show Banda RDN
14h00 – Grupo Cometas do Exército
14h30 – Aeromodelismo
15h00 – Salto de Paraquedistas Civis
15h30 – Voo do Demoiselle e 14 Bis
16h30 – Show da Banda Militar da Base Aérea dos Afonsos (BAAF)
18h00 – Show de Jhonny e Érica

Domingo – 22/07
08h00 – XVIII Corrida Santos Dumont (organização CDA)
09h00 – Aeromodelismo
09h30 – Voo do Demoiselle e 14 Bis
10h30 – Grupo Cometas do Exército
11h00 – Show do Palhaço Topetão
12h00 – Aeromodelismo
13h30 – Show – Fabinho Carioca e Banda Kenzzy
14h00 – Grupo Falcões da FAB
14h30 – Salto Paraquedistas Civis
15h00 – Simulação de Resgate (3º/8º GAV)
15h30 – Show Aéreo – Esquadrilha CEU
16h00 – Voo do Demoiselle e 14 Bis
18h00 – Show – Banda 22 Minutos

—————————————————–

Anúncios – *Ofertas válidas por tempo limitado:

Curso de Manutenção de iPhones em promoção

Anúncios
| Obras da Coleção Cinema Brasileiro Contemporâneo, da Ancine, serão exibidas em junho nas unidades Engenho de Dentro, Madureira e Ramos |

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma seleção de filmes autorais dirigidos por uma nova geração de cineastas brasileiros compõe a programação audiovisual do Sesc RJ nas unidades de Engenho de Dentro, Madureira e Ramos no mês de junho. Entre os diretores, que já conquistaram seu espaço com o público, estão Selton Mello, Juliana Rojas e Marco Dutra, Marina Méliande e Felipe Bragança. Serão exibidos os filmes “Trabalhar cansa”, “A alegria” e “Feliz Natal”.

Em 2018, a programação audiovisual do Sesc RJ investe na difusão do cinema nacional com a exibição de filmes que fazem parte da Coleção Cinema Brasileiro Contemporâneo, editada pela Agência Nacional do Cinema (Ancine). Para o primeiro semestre, serão seis recortes curatoriais, que agrupam os filmes por afinidades estéticas ou temáticas que apresentam ao público um panorama diversificado da produção cinematográfica nacional.

Filmes:

Trabalhar cansa
Dir. Juliana Rojas e Marco Dutra | 99’ | 2011 | 12 anos| FIC
Helena (Helena Albergaria) é uma dona de casa que resolve abrir um minimercado. Tudo vai bem até Otávio (Marat Descartes), seu marido, perder o emprego. A partir de então estranhos acontecimentos tomam conta do local, afetando o relacionamento do casal com a empregada doméstica.

A alegria
Dir. Marina Méliande e Felipe Bragança | 106’ | 2008 | Livre| FIC
Luíza (Tainá Medina) é uma garota de 16 anos que vive com a mãe (Mariana Lima). Um dia seu primo João (Junior Moura) é baleado em Queimados, cidade da Baixada Fluminense, e desaparece. Todos acham que João foi morto, menos Luíza, que recebeu uma visita dele logo após o ocorrido. A mãe de Luíza resolve ficar em Queimados com a irmã (Maria Gladys), deixando a garota sozinha no apartamento do Rio de Janeiro. João visita a prima e fica no local para se recuperar, sendo cuidado por Luíza e seus amigos.

Feliz Natal
Dir. Selton Mello | 100’ | 2008 | 14 anos | FIC
Caio (Leonardo Medeiros) tem 40 anos e trabalha em um ferro-velho no interior. Hoje ele possui uma companheira e uma ocupação constante, mas no passado levou uma vida de grande irresponsabilidade, da qual saiu vivo por sorte. A proximidade do Natal faz com que ele faça um balanço de sua vida, decidindo retornar à capital. Ao chegar ele encontra seu irmão Theo (Paulo Guarnieri), cujo casamento está em crise. Miguel (Lúcio Mauro), seu pai, vive com uma mulher de caráter duvidoso e Mércia (Darlene Glória), sua mãe, vive à base de coquetéis alcóolicos e psicotrópicos. Sua cunhada Fabiana (Graziella Moretto) está perdida entre as frustrações do casamento, enquanto que os sobrinhos Neto e Alex estão cada vez mais exigentes. A presença de Caio faz com que a vida de todos seja alterada, enquanto que ele próprio está em busca de sua identidade.

Programação:
Sesc Engenho de Dentro – Avenida Amaro Cavalcanti, 1661 – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 3822-4830
Dia 16/06 – 14h – Trabalhar cansa; Dia 20/06 – 14h – A alegria; Dia 23/06 – 14h – A alegria; Dia 27/06 – 14h – Feliz natal; Dia 30/06 – 14h – Feliz natal

Sesc Madureira – Rua Ewbanck da Câmara, 90 – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 3350-7744
Dia 14/06 – 18h30 – Trabalhar cansa ; Dia 21/06 – 18h30 – A alegria; Dia 28/06 – 18h30 – Feliz Natal

Sesc Ramos – Rua Teixeira Franco, 38 – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 2290-4003
Dia 20/06 – 15h30 – A alegria; Dia 27/06 – 15h30 – Feliz Natal

*Apresentação musical gratuita. Comidas e bebidas serão vendidos no local.

| Exibição da animação “A Abelhinha Maya” para crianças com autismo acontece no domingo, 20/5 |

Foto: divulgação

No próximo domingo, dia 20 de maio, às 11h, haverá Sessão Azul no São Gonçalo Shopping, com a exibição do filme A Abelhinha Maya exclusivamente para crianças com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). O ambiente é customizado, o que torna ainda mais confortável a experiência de ir ao cinema e proporciona um momento de lazer adequado para os pequenos e suas famílias.  

O projeto Sessão Azul surgiu após a identificação de casos em que familiares deixavam de ter um mais convívio social por receio ou vergonha do autista em situações que não sejam tão confortáveis, como ir ao cinema. O objetivo da sessão é buscar opções de lazer especialmente voltadas para pessoas com TEA e seus responsáveis. 

Durante a exibição da animação, de Noel Cleary, Sergio Delfino e Alexs Stadermann – que estreou neste mês no Brasil -, inspirada em um livro alemão infantil de 1912, profissionais e especialistas estarão na sala para dar suporte na adaptação ao ambiente, além de auxiliar as crianças e responsáveis que precisarem de alguma ajuda.

O Filme conta a história divertida de Maya e seu melhor amigo, Willy, junto com alguns novos e antigos amigos da Poppy Meadow. Quando Maya, muito entusiasmada, surpreende acidentalmente a Imperatriz de Buzztropolis, ela é forçada a formar uma equipe para competir nos Jogos de Mel. Com a chance de salvar sua colmeia, a abelhinha irá se aventurar muito além do jogo, conhecer novos adversários e terá grandes desafios. Felizmente, novos amigos, além de Willy, estarão ao seu lado para o que der e vier.

Sessão Azul – exibição do filme A Abelhinha Maya
Local: São Gonçalo Shopping – Avenida São Gonçalo, 100 – Boa Vista – São Gonçalo – RJ
Data: dia 20/05 (domingo)
Horário: 11h

| “River Blue” denuncia poluição de rios causada pela fabricação de jeans e couro | 

Foto: divulgação

Estudantes, profissionais e público interessado em moda e sustentabilidade poderão assistir ao documentário River Blue, que será exibido em um evento da MALHA (movimento carioca de moda colaborativo), na Gávea, no dia 24 de abril, às 18h. O filme canadense denuncia a poluição dos rios por conta da fabricação de jeans e couro.

A apresentação faz parte do Fashion Revolution Week, semana mundial que celebra os trabalhadores da indústria da moda e a transparência nesse mercado. Quem passar por lá também poderá participar de um bate-papo com o tema “Sustentabilidade Ambiental: o Impacto da Moda”, que acontecerá a partir das 20h. Entre os participantes confirmados estão Fe Cortez, do projeto Menos 1 Lixo, e Giovanna Nader, do projeto Gaveta.

O evento acontecerá no Templo Gávea, primeiro coworking do Rio de Janeiro e uma rede de inovação que conecta empresas, profissionais, estudantes, governo e Academia, que fica na Rua Duque Estrada, 41, Gávea.

Exibição do documentário “River Blue” e bate-papo sobre moda e sustentabilidade
Local: Templo – Rua Duque Estrada, 41 – Gávea – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 24/04 (terça-feira)
Horário: 18h

| “Sessão Azul” deste sábado, 14/04, terá exibição de “Pedro Coelho”, às 10h30, no cinema Kinoplex |

Foto/arte: divulgação

No dia 14 de abril o TopShopping, em Nova Iguaçu, com o apoio do Kinoplex, realizará a Sessão Azul – uma sessão de cinema adaptada para crianças com distúrbios sensoriais e suas famílias. A sala de exibição terá ambiente à meia luz, som mais baixo e participação de profissionais voluntários. Na ocasião será exibido “Pedro Coelho“, lançado em março deste ano pela Columbia Tristar. Os 70 primeiros que chegarem ao cinema ganharão um combo pipoca + refrigerante.

O objetivo é possibilitar a ambientação das crianças neste espaço para que elas possam, mais tarde, frequentar as sessões regulares. “Decidimos iniciar a realização destas sessões após identificarmos que existem poucas opções de entretenimentos especializados direcionados para estas famílias no Brasil”, afirma a psicóloga Carolina Salviano, uma das idealizadoras do projeto.

Para participar, basta se inscrever no site www.sessaoazul.com.br. A Sessão Azul acontecerá às 10h30, no cinema Kinoplex do shopping, na Baixada Fluminense.

 

Sobre o filme:
“Pedro Coelho é um animal rebelde que apronta todas no quintal e até dentro da casa de Mr. McGregor (Domhnall Gleeson), com quem trava uma dura batalha pelo carinho da amante de animais Bea (Rose Byrne)”. Pedro Coelho( 2018 – Will Gluck); Duração: 95 min; Classificação: livre.

Sessão Azul – exibição do filme “Pedro Coelho”
Local: TopShopping (cinema Kinoplex – L4, expansão) – Avenida Governador Roberto Silveira 540, Centro – Nova Iguaçu – RJ – Tel.: (21) 2667-1787
Data: dia 14/04 (sábado)
Horário: 10h30

| Obras fazem parte da Coleção Cinema Brasileiro Contemporâneo, da Ancine, e serão exibidas nas unidades Engenho de Dentro, Madureira e Ramos |

Uma seleção de filmes de comédia brasileira integra a programação audiovisual do mês de abril do Sesc RJ nas unidades do Engenho de Dentro, Madureira e Ramos, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Entre os títulos do gênero, que leva milhões de espectadores ao cinema, foram selecionados “Não se preocupe, nada vai dar certo”, “Billi Pig”, “O homem do futuro”, “Muita calma nessa hora” e “Cilada.com”.

Em 2018, a programação audiovisual do Sesc RJ investe na difusão do cinema nacional com a exibição de filmes que fazem parte da Coleção Cinema Brasileiro Contemporâneo, editada pela Ancine. Para o primeiro semestre serão seis recortes curatoriais, que agrupam os filmes por afinidades estéticas ou temáticas que apresentam ao público um panorama diversificado da produção cinematográfica nacional.

Programação:

Sesc Engenho de Dentro – Avenida Amaro Cavalcanti, 1661 – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 3822-4830
– Dia 04/04: 15h – Não se preocupe, nada vai dar certo
– Dia 07/04: 15h – Não se preocupe, nada vai dar certo
– Dia 11/04: 15h – Billi Pig
– Dia 14/04: 15h – Billi Pig
– Dia 18/04: 15h – O homem do futuro
– Dia 21/04: 15h – O homem do futuro
– Dia 25/04: 15h – Muita calma nessa hora
– Dia 28/04: 15h – Muita calma nessa hora

Sesc Madureira – Rua Ewbanck da Câmara, 90 – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 3350-7744
– Dia 05/04: 18h30 – Não se preocupe, nada vai dar certo
– Dia 12/04: 18h30 – Billi Pig
– Dia 19/04: 18h30 – O homem do futuro
– Dia 26/04: 18h30 – Muita calma nessa hora

Sesc Ramos – Rua Teixeira Franco, 38 – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 2290-4003
– Dia 04/04: 15h30 – Não se preocupe, nada vai dar certo
– Dia 11/04: 15h30 – Billi Pig
– Dia 18/04: 15h30 – Cilada.com
– Dia 25/04: 15h30 – O homem do futuro

Clique em “leia mais” ou em “View full article” e veja as sinopses dos filmes.

Continue lendo

| Sessão “Cinema Azul” acontece no Dia Mundial da Conscientização do Autismo, 2 de abril |

Foto/arte: divulgação

Para celebrar a conscientização sobre o autismo, o Ilha Plaza preparou a sessão “Cinema Azul” para receber crianças autistas e especiais, no dia 2 de abril, próxima segunda-feira. O cinema CineSystem, localizado no piso G3, abrirá as suas portas às 10h para que os ilustres convidados assistam ao sucesso “Pedro Coelho“, lançado recentemente pela Columbia Tristar.

A ação faz parte de uma parceria entre o Ilha Plaza e o grupo Compartilha – Autismo, composto por pais que moram na Ilha do Governador, cujos filhos sofrem de TEA – Transtorno do Espectro Autista, uma deficiência que compromete a capacidade de comunicação e interação.

Formado há cinco anos, o Compartilha busca conscientizar as pessoas sobre os efeitos e as dificuldades pelas quais as crianças e adultos que enfrentam esse problema sofrem diariamente. Para participar é preciso se inscrever enviando um e-mail para compartilhailha@bol.com.br.

Sobre o filme: “Pedro Coelho é um animal rebelde que apronta todas no quintal e até dentro da casa de Mr. McGregor (Domhnall Gleeson), com quem trava uma dura batalha pelo carinho da amante de animais Bea (Rose Byrne)”. Pedro Coelho ( 2018 – Will Gluck); Duração: 95 min; Classificação: livre.

Cinema Azul – filme Pedro Coelho
Local: Ilha Plaza (cinema, piso G3) – Avenida Maestro Paulo e Silva, 400 – Ilha do Governador
Mais informações pelo Facebook: http://www.facebook.com/ilhaplazashopping ou pelo telefone: (21) 2468-8100
Data: dia 2 de abril
Horário: 10h

| Sessão do cineclube da UFRRJ acontece no Auditório Gustavo Dutra, em Seropédica |

O CineCasulo, cineclube da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), exibirá o filme “Três Anúncios Para Um Crime“, de Martin McDonagh – 2017, no dia 28 de março, às 19, no Auditório Gustavo Dutra (Gustavão), em Seropédica. A classificação é de 16 anos.

O drama – título original Three Billboards Outside Ebbing, Missouri – recebeu sete indicações ao Oscar 2018 e garantiu duas estatuetas, a de Melhor Atriz, para Frances McDormand, e de Melhor Ator Coadjuvante, para Sam Rockwell.

“Inconformada com a ineficácia da polícia em encontrar o culpado pelo brutal assassinato de sua filha, Mildred Hayes (personagem interpretada pela atriz Frances McDormand) decide chamar atenção para o caso não solucionado alugando três outdoors em uma estrada raramente usada. A inesperada atitude repercute em toda a cidade e suas consequências afetam várias pessoas, especialmente a própria Mildred e o Delegado Willoughby, responsável pela investigação.”

Exibição de “Três Anúncios Para Um Crime” 
Local: Auditório Gustavo Dutra (Gustavão) – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) – BR – 465, Km 7 – s/nº – Seropédica – RJ
Data: dia 28/03 (quarta-feira)
Horário: 19h

 

| Em março e abril, filmes serão exibidos em espaços públicos da Zona Oeste, Cachambi e Catumbi | 

Foto: divulgação

O projeto Cinemão levará, nos meses de março e abril, a Mostra Cinemão Z.O., que exibirá curta-metragens, aos bairros Cesarão, Barra de Guaratiba, Vargem GrandeUrucânia e Paciência. Os moradores da Zona Oeste terão a oportunidade de assistir a filmes premiados de animação, documentário e ficção, que serão exibidos em praça pública, num super telão inflável, aos finais de semana. A mostra tem patrocínio da RioFilme e Secretaria Municipal de Cultura.

Mostra Cinemão Infantil exibirá filmes com a temática e classificação livre. A primeira exibição acontecerá no dia 24 de março, às 19h, na Areninha Gilberto Gil, em Realengo. A mostra seguirá para a Cidade das Crianças, em Santa Cruz, no dia 12 de abril, Museu do Pontal, no Recreio dos Bandeirantes, dia 22 de abril, Praça Manoel de Nóbrega, no Catumbi (28/04), e termina no Conjunto IAPC (29/04), no Cachambi.

Pela primeira vez o Cinemão promoverá uma “Curadoria Interativa“, onde os público escolherá os filmes que desejam assistir dentro da cartela de produções disponibilizadas, que conta com 80 títulos de longa-metragem disponibilizados pela Ancine, inclusive com o longa que acaba de entrar em cartaz nos cinemas – “Hibridos: os espiritos do Brasil”, de Vicent Moon e Priscila, curtas infantis, como “Meu amigo Nietzsche”, “O balãozinho Azul”, de Faustón Silva, entre outros.

No âmbito das realizações da mostra, além da presença de produtores e realizadores audiovisuais, serão convidados membros de órgãos e instituições públicas voltadas para o audiovisual que possam enriquecer o intercâmbio e as experiências com realizadores e com o público presente. Com o intuito de difundir ainda mais as realizações propostas e atuar no processo de formação de plateias para o cinema nacional, a  Mostra Cinemão Infantil terá entrada franca para todas as atividades.

“A Mostra Cinemão Infantil é um programa pra toda a família e conta com uma curadoria especial de curtas. Tem filme de ficção, animação e documentário. É uma ótima oportunidade para a criança ter contato com todos os gêneros do cinema”, afirma o idealizador da mostra, Cid César Augusto.

A  Mostra Cinemão Infantil  tem patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e LIQ, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS, apoio da Epson e apoio Institucional da Unic-Rio e RioFilme

Cinemão é uma rede exibidora popular, uma sala de cinema móvel. Trata-se de uma carro aparelhado para exibição de filmes, equipado com projetor de alta performance, super telão inflável, sistema de som, cadeiras e pipoqueira. O projeto está em atividade desde 2010 e protagoniza o maior número de intervenções cinematográficas em espaços públicos no Rio de Janeiro. O objetivo principal é democratizar e promover o cinema brasileiro de forma prática, gratuita e eficiente. A iniciativa exibe uma produção nacional (curtas e longas de todos os gêneros) de forma democrática e acessível, atendendo a toda e qualquer população. Também faz parte deste projeto a realização de oficinas de audiovisual para crianças e adolescentes. A partir de acordos com distribuidores nacionais, o Cinemão funciona como uma importante janela para democratização do cinema brasileiro, utilizando tecnologia própria por meio do Aplicativo “Cinemão” para o estímulo de construção de narrativas populares.

Para Cid César Augusto, idealizador e diretor do projeto, o Cinemão é uma excelente janela para essa intensa e vibrante produção nacional. “Em 2018, vamos desencadear a maior ação de democratização do cinema nacional realizada nesta cidade. O cinema vai encontrar o povo!’

Mostra Cinemão Z.O.
Dia 24/3, sábado, às 19h – Conjunto Habitacional Otacílio Câmara, Cesarão (Campo do Carecão) – Santa Cruz;
Dia 25/3, domingo, às 19h – Praça Doutor Raul Capello Barrozo, Barra de Guaratiba;
Dia 6/4, sexta-feira, às 19h – Escola Municipal Professor Teófilo Moreira da Costa: Rua Esperança, 387 – Vargem Grande;
Dia 14/4, sábado, às 19h – Campo da Rua Quinze, Urucânia – Santa Cruz;
Dia 15/4, domingo, às 19h – Praça do Ponto Chic, Paciência.
Classificação: livre

Mostra Cinemão Infantil
Dia 24/3, sábado, às 19h – Areninha Gilberto Gil: Av. Marechal Fontenele, 5000 – Realengo;
Dia 12/4, quinta-feira, às 10h – Cidade das Crianças: Rodovia Rio-Santos, Km 1 – Santa Cruz;
Dia 22/4, domingo, às 19h – Museu Casa do Pontal: Estrada do Pontal, 3295 – Recreio dos Bandeirantes;
Dia 28/04, sábado, horário a definir – Praça Manoel de Nóbrega, no Catumbi;
Dia 29/4, domingo, às 19h – Conjunto IAPC, no Cachambi.
Classificação: livre

Seleção de curtas:

Meu amigo Nietzsche – 15′ – Diretor Faustón Silva;
O balãozinho Azul – 19′ – Diretor Faustón Silva;
Procura-se – 15′ – Diretor Iberê Carvalho;
Caminho dos Gigantes – 12′ – Diretor Alois Di Leo;
Lobo Guará – 20′ – Diretor Faustón Silva;
Do Lado de Fora – 19,37′ – Diretor Matheus Peçanha, Paulo Sans;
Metamorphoses – 5′ – Diretora Jane Carmen de Oliveira;
Sayonaura – 4,37′ – Diretora Débora Mini;
Diário de areia – 6,26′ – Sarah Guedes e Isadora Morales;
Normal é ser diferente – 4′ – Produtora Alopra;
Cafeka – 2,18′ – Diretor Nicholas Paim;
Irmãos Suados – 1,15′ – Produtora Alopra;
Hidro e Fluido – 1,00′ – Produtora Alopra;
La Loba – 3,09′ – Diretora Julia Nicolescu;
Desventura de um dia – 10′ – Diretora Adriana Meireles.

——————————–

Leia também: “Pré-estreia de ‘Nossos Mortos Têm Voz’ acontece no Cine Odeon no dia 27 de março“.

| Arthur Salerno, dublador de Mike, de Stranger Things, e Mariana Dondi, de Lucy, em Snoopy, farão a alegria dos fãs |
Foto do ator e dublador Arthur Salerno

Foto: divulgação

O universo Geek vai invadir o Ilha Plaza no próximo sábado, dia 24 de março. Uma parceria entre a loja Mundo Paralelo e a empresa Geek Live levará importantes nomes da dublagem para um encontro com fãs a partir das 16h30. São eles: Arthur Salerno, conhecido por dublar os personagens Mike, de Stranger Things; Charlie Brown, da animação Snoopy – O Filme; e Kion, do filme A Guarda do Leão; e Mariana Dondi, dubladora de personagens como Anaís, de O Incrível Mundo de Gumball; Lucy, em Snoopy – O Filme; e Charlotte, da película Extraordinário.

Os fãs terão a chance de conhecer de perto os seus ídolos, além de participar de jogos, sorteios e concorrer a brindes diversos. O objetivo do encontro é promover uma interação maior entre quem dubla e quem curte o personagem. 

O Mundo Paralelo é conhecido não só por comercializar produtos, mas por promover eventos relacionados a Cultura Nerd e Geek. A loja conta com uma grande variedade de itens, que vão de jogos e acessórios para vídeo games, peças de colecionador, como miniaturas e bonecos de ação, acessórios de informática, até produtos importados, doces asiáticos, guloseimas, refrigerantes e maquiagem.

Encontro Geek – Mundo Paralelo Ilha Plaza
Local: Loja Mundo Paralelo, piso G2 – Ilha Plaza – Avenida Maestro Paulo e Silva, 400 – Ilha do Governador – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 24/03 (sábado)
Horário: 16h30

| Narrativa do documentário é construída a partir do depoimento e protagonismo de mães e familiares vítimas da violência de Estado da Baixada Fluminense |

A pré-estreia do curta documentário “Nossos Mortos Têm Voz“, da Quiprocó Filmes, acontecerá no Cine Odeon, na Cinelândia, Centro do Rio, no dia 27 de março, às 18h30. Após a exibição do filme haverá um debate com a presença dos diretores, de representantes do “Fórum Grita Baixada: Segurança e Cidadania”, do “Centro de Direitos Humanos da Diocese de Nova Iguaçu”, de mães representantes da “Rede de Mães e Familiares da Baixada Fluminense – RJ” e com mães e familiares protagonistas do filme. A direção, o argumento e roteiro são de Fernando Sousa e Gabriel Barbosa. As pessoas interessadas em comparecer ao evento devem confirmar presença pelo e-mail nossosmortostemvoz@quiprocofilmes.com.br.

De acordo com a organização do evento, a escolha da data de estreia do filme busca dialogar e contribuir com a luta de mães e familiares vítimas da “Chacina da Baixada” por memória e justiça. No dia 31 de março de 2005, policiais do Estado do Rio de Janeiro assassinaram 29 pessoas em Queimados e Nova Iguaçu.

Sinopse
“A narrativa do documentário é construída a partir do depoimento e do protagonismo das mães e familiares vítimas da violência de Estado da Baixada Fluminense. Tendo como ponto de partida esses casos, mas não se limitando à crueza da violência praticada, o documentário pretende trabalhar com as histórias atravessadas por essas perdas. Pretende-se resgatar a memória dessas vidas interrompidas trazendo uma visão crítica sobre a atuação do Estado através das polícias na Baixada Fluminense, sobretudo no que diz respeito à violência contra jovens negros.”

O documentário é o segundo filme da “Trilogia da Memória”, da qual fazem parte “Nossos Sagrado” e “Entroncamentos”.

Pré-estreia do curta documentário “Nossos Mortos Têm Voz”
Local: Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro – Praça Floriano, nº 7 – Cinelândia – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 27/03 (terça-feira)
Horário: 18h30

| Drama do diretor Guillhermo del Toro é vencedor de quatro Oscars |

O filme “A forma da água“, do diretor Guillhermo del Toro, será exibido pelo CineCasulo – UFRRJ, no dia 21 de março, às 19h, no Auditório Gustavo Dutra, mais conhecido como “Gustavão”, que fica na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), em Seropédica.

O drama foi vencedor de quatro Oscars em 2018: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Design de Produção e Melhor Trilha Sonora.

O  longa-metragem é ambientado na década de 1960, em meio a conflitos políticos e bélicos e grandes transformações sociais ocorridas nos Estados Unidos. Elisa, interpretada pela atriz Sally Hawkins, é uma zeladora de um laboratório experimental secreto do governo, onde conhece e se afeiçoa a uma criatura fantástica mantida presa. Para elaborar um arriscado plano de fuga, ela recorre a um vizinho (Richard Jenkins) e à colega de trabalho Zelda, interpretada por Octavia Spencer.

Exibição do filme A forma da água
Local: Auditório Gustavo Dutra – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) – BR – 465, Km 7 – s/nº – Seropédica – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 21/03 (quarta-feira)
Horário: 19h
Duração: 123 min
Gênero: Drama
Classificação indicativa: 16 anos

Após exibição desta terça haverá mesa de debate organizada pelo Coletivo Pontes de Diversidade Sexual e de Gênero |

Foto: reprodução

O filme “Meninos Não Choram” (2000), longa-metragem dirigido por Kimberly Peirce, será exibido pelo CineCasulo – UFRRJ, nesta terça-feira, 20 de março, às 19h, no Auditório Gustavo Dutra, na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), em Seropédica. Após a exibição haverá uma mesa de debate organizada pelo Coletivo Pontes de Diversidade Sexual e de Gênero. A Classificação indicativa é 18 anos.

O drama norte-americano é baseado na história de Brandon Teena, interpretado por Hilary Swank, que adota uma identidade masculina e tenta encontrar um amor em Nebraska, nos Estados Unidos, mas é vítima de um crime brutal cometido por dois conhecidos. Swank recebeu o prêmio de melhor atriz por sua atuação no filme. A produção foi indicada a outros dois Oscars: atriz coadjuvante, com Chloë Sevigny, e roteiro original (de Kimberly Peirce junto a Andy Bienen).

Exibição do filme Meninos não choram
Local: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) – BR – 465, Km 7 – s/nº – Seropédica- Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 20/03
Horário: 19h

| Sessões do Village MovieArt acontecem de 23 a 25/02, no deck do shopping da Zona Oeste do Rio |

Foto: reprodução internet

O VillageMall, na Barra da Tijuca, promove o Village MovieArt, com exibição de filmes indicados ao Oscar deste ano. As sessões de cinema acontecerão de 23 a 25 de fevereiro, no deck do shopping da Zona Oeste do Rio de Janeiro. As exibições estão sujeitas à lotação do espaço e, em caso de chuva, o evento passará por alterações. Confira a programação de filmes abaixo.

Village MovieArt
Local: deck do VillageMall – Avenida das Américas, 3.900 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ
Datas: dias 23, 24 e 25/02/2018
Dia 23/02 (sexta-feira)
Filme: Corra!
Horário: 19h30:
Legendado – Classificação indicativa: 14 anos
Filme: Sem Amor
Horário: 21h30
Legendado – Classificação indicativa: 14 anos
Dia 24/02 (sábado)
Filme: Em ritmo de fuga
Horário: 19h30
Legendado – Classificação indicativa: 14 anos
Filme: Me chame pelo seu nome
Horário: 21h30
Legendado – Classificação indicativa: 14 anos
Dia 25/02 (domingo)
Filme: Blade Runner 2049
Horário: 20h
Legendado – Classificação indicativa: 18 anos

| Obras da Coleção Cinema Brasileiro Contemporâneo serão exibidas em unidades da Zona Norte |

Foto: divulgação

Em fevereiro, as unidades do Sesc RJ no Engenho de Dentro, em Madureira e em Ramos apresentarão filmes brasileiros dirigidos por cineastas de grande destaque, mas que ainda permanecem pouco conhecidos pelo grande público. São obras de Suzana Amaral, Walter Carvalho, Júlio Bressane, Lucia Murat e Lúcio Kodato e Murilo Salles. O público terá mais uma chance para assistir filmes que fizeram grande sucesso de crítica, como “A Erva do Rato”, “Hotel Atlântico”, “Budapeste”, “Maré, nossa história de amor” e “Nome Próprio”.

No primeiro semestre de 2018, a programação audiovisual do Sesc RJ investe na difusão do cinema nacional com a exibição de filmes que fazem parte da Coleção Cinema Brasileiro Contemporâneo, editada pela Ancine. Serão seis recortes curatoriais, que agrupam os filmes por afinidades estéticas ou temáticas que apresentam ao público um panorama diversificado da produção cinematográfica nacional.

Clique em “leia mais” ou em “View full article” e confira a programação e as sinopses dos filmes.

Continue lendo

| Serão exibidas 25 produções do cineasta francês, que participará de palestra e bate-papo no evento|

Foto: divulgação

O Centro Cultural Banco do Brasil recebe a “Mostra Depardon Cinema”, que reúne 25 produções, entre documentários, ficção, curtas e longas-metragensde 3 a 22 de janeiro. O deserto, as instituições, o mundo rural, a política, a justiça e a psiquiatria são alguns dos temas abordados pelo cineasta Raymond Depardon, de 75 anos de idade. Produzidas entre 1969 e 2017, a seleção inclui obras de destaque de sua carreira, como “12 Dias”, seu filme mais recente, exibido no Festival de Cannes de 2017.

O cineasta Raymond Depardon estará no Rio para a mostra e se encontrará com o público em dois momentos: no dia 17 de janeiro, às 18h, ele participará de uma visita guiada à sua exposição de fotografias, “Un moment si doux”, que ocupa o CCBB, seguida de palestra sobre o filme “12 Dias”. No dia 19, às 18h, haverá um bate-papo com o francês e a cineasta brasileira Maria Augusta Ramos sobre o longa “Presos em flagrante”, que também será exibido no encontro. As senhas serão distribuídas uma hora antes.

Autoretrato do fótografo e cineasta francês Raymond Depardon

Foto: Raymond Depardon/Magnum Photos

Un moment si doux”, em cartaz até o dia 5 de fevereiro deste ano, faz parte da retrospectiva em homenagem a Depardon. São 170 imagens em cores e dimensões variadas, entre paisagens, autorretratos e personagens de diferentes países da Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Produzidas entre 1950 e 2013, sendo a maior parte inédita, as imagens estiveram expostas entre 2014 e 2015 no imponente Le Grand Palais, em Paris, no museu MUCEM, em Marselha, e, recentemente, no Centro Cultural Recoletas, na Argentina.

Mostra Depardon Cinema
Período: de 03/01/2018 a 22/01/2018
Horário: quarta-feira a segunda-feira, das 15h45 às 21h, conforme programação
*Retirada de ingressos uma  hora antes do início das sessões

Exposição Un Un moment si doux
Período: até o dia 05/02/2018
Horário: quarta a segunda-feira, das 9h às 21h

Local: Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro – CCBB RJ – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro-RJ – Tel.: (21) 3808-2020

Clique em “leia mais” ou em “View full article” e confira a programação da mostra Mostra Depardon Cinema.

Continue lendo

| Evento terá participação do ator Flavio Bauraqui, dos cineastas Cacá Diegues e Neville D’Almeida, do ator Thiago Justino e do rapper e ator Thogun Teixeira |

Foto: reprodução internet

Neste domingo, dia 19 de novembro, o Cineclube Gigóia promove o “Sessão Crianças e Cacá Diegues reunidos“. No evento, alem da exibição da animação russa “Um Lobo em Pele de Cordeiro” (às 16h) e do filme “Ganga Zumba“, de Cacá Diegues (às 18h), acontecerá o ciclo de debates “A presença do ator negro no cinema mundial“.

O encontro será mediado pelo ator Flavio Bauraqui e terá as participações dos cineastas Cacá Diegues e Neville D’Almeida, do ator Thiago Justino e do rapper e ator Thogun Teixeira.

Foto: reprodução internet

Sessão Crianças e Cacá Diegues reunidos
Local: Cineclube Gigóia – Alameda das Palmeiras 17, Ilha da Gigoia – Lagoa de Marapendi – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro/RJ – Tel.: (21) 97211-4346
Data: dia 19/11 (domingo)
Horário: a partir das 16h, com exibição da animação “Um Lobo em Pele de Cordeiro”; 18h – exibição do filme do filme “Ganga Zumba”, seguido de ciclo do debates “A presença do ator negro no cinema mundial

| Festival de Cinema de Futebol exibirá 42 filmes em quatro salas do Rio e Niterói |

Foto: divulgação

O CINEfoot – Festival de Cinema de Futebol dá o pontapé inicial da sua oitava edição no Rio de Janeiro, de 23 de novembro a 3 de dezembro, apresentando uma programação com 42 filmes, em quatro salas. São 17 filmes brasileiros e 22 internacionais oriundos da França, Grécia, Rússia, Islândia, Itália, México, Argentina, Inglaterra, Uruguai, Equador e Alemanha, além de três co-produções: Brasil/Inglaterra, Alemanha/Irã e Líbano/USA.

Em 2017, além das tradicionais mostras competitivas de curtas e longas-metragens que ocorrem no Espaço Itaú de Cinema (Praia de Botafogo), o CINEfoot chega pela primeira vez em Niterói, no Cine Arte UFF.

Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB recebe a nova mostra especial criada pela organização do festival, batizada de “GERALDINOS & ARQUIBALDOS”, e a já consagrada MOSTRA DENTE DE LEITE, voltada para o público infantojuvenil. O Centro Cultural Justiça Federal – CCJF apresenta a “PRORROGAÇÃO“ do CINEFOOT, de 30/11 a 3/12.

Clique em “leia mais” ou em “View full article” e confira a programação completa.

Continue lendo

| Programão Carioca terá música, teatro, cinema, oficinas artísticas, de sustentabilidade e de dança |

Foto: Bárbara Veiga

O Programão Carioca leva diversas atividades culturais para a Lona Cultural Municipal João Bosco, em Vista Alegre, neste sábado, dia 11 de novembro. O evento terá música, teatro, cinema, oficinas artísticas, de sustentabilidade e de dança.

Às 15h, o Movimento Choro Suburbano, coletivo que desenvolve atividades culturais no subúrbio carioca, apresentará seu repertório de chorinho. Também acontecerão as oficinas de origami e pintura com residentes da Casa do Artista Independente (Casarti) e oficina de horta, onde o público poderá aprender a preparar canteiros para o plantio de hortaliças com representantes da Associação AliFlor. A programação ainda terá uma oficina de dança com o grupo No Balanço da Dança.

Foto: reprodução Facebook No Balanço Da Dança

O filme “Chocante” será exibido às 17h. A a comédia conta a história de uma boy band que se reúne 20 anos depois do fim do grupo por conta de um evento inesperado. No elenco, Bruno Mazzeo, Lúcio Mauro Filho, Marcos Majella e Bruno Garcia, a direção é de Johnny Araújo e Gustavo Bonafé.

Encerrando o evento, às 19h30, o público poderá assistir à peça “Primeiro Sinal“, que, de forma leve e engraçada, aborda o universo jovem e conta a história de Rael e Nina, amigos inseparáveis, interpretados por Igor Cosso e Lua Blanco, que vão assistir juntos a uma peça, mas descobrem que ela foi cancelada. Diante do palco vazio, eles decidem encenar um para o outro as divertidas histórias que viveram juntos.

Foto: Vinícius Mochizuki

O evento é uma iniciativa da Globo, com apoio da Globo Filmes e patrocínio da Estácio, que tem como principais objetivos incentivar a ocupação urbana e estimular a produção cultural local.

Programação:

15h – Show da banda Choro Suburbano – Classificação: livre
15h – Oficina de origami e pintura com Casarti e oficina de horta com Aliflor Ambiental – Classificação: livre
16h – Apresentação com o Grupo No Balanço da Dança – Classificação: livre
17h – Exibição do filme Chocante – Classificação: 12 anos
18h30 – Oficina de dança de salão com o grupo No Balanço da Dança – Classificação: livre
19h30 – Apresentação da peça teatral Primeiro Sinal – Classificação: 12 anos

Programão Carioca
Local: Lona Cultural Municipal João Bosco – Av. São Félix, 601, Vista Alegre – Rio de Janeiro/RJ
Data: 11 de novembro, sábado
Horário: a partir de 15h
Evento sujeito à lotação; distribuição de senhas para o filme e para a peça uma hora antes das exibições.

Da sessão “não é de graça, mas é quase”:

| Evento reúne, debates, palestras, workshops, exposições, atividades esportivas, mostra de curtas, teatro, dança, shows e oficinas |

Foto: reprodução Facebook Festival de Primavera PUC-Rio

Festival de Primavera PUC-Rio acontece até o dia 10 de novembro, na Gávea, Zona Sul do Rio de Janeiro. O evento universitário multicultural, organizado pelo Diretório Central dos Estudantes da PUC-Rio, reúne diversas atividades, como debates, palestras, workshops, exposições, atividades esportivas, cinema (mostra de curtas), teatro, dança, shows e oficinas. Para participar das atividades, o público deverá contribuir com 1kg de alimento não perecível, para o show de encerramento, dia 10 de novembro, com um livro.

O lucro arrecadado no bar no último dia do festival, com o show final, será destinado ao FESP (Fundo Emergencial de Solidariedade da PUC-Rio). Todo o alimento recolhido durante a realização das atividades irá compor cestas básicas que serão distribuídas aos funcionários terceirizados da PUC-Rio (essa ação conta com o apoio da Pastoral Universitária PUC-Rio e CRE). Já os livros serão destinados à FLUP, Festa Literária das Periferias, que acontecerá entre os dias 10 e 15 de novembro, no Vidigal.

Clique em “leia mais” ou em “View full article” e confira a programação abaixo ou no site do evento, no endereço http://www.festivaldeprimavera.rio.  Continue lendo

| Evento reúne cinema, exposição de caricaturas, debates, roda de samba e concurso musical |

Foto: reprodução Facebook Feira Carioca do Samba

A segunda edição da Feira Carioca do Samba acontece nos dias 3 e 4 de novembro, no Centro de Artes Calouste Gulbenkian, na Praça Onze, no Centro do Rio de Janeiro. A intenção do evento é comemorar o centenário do gênero e criar um território permanente de trocas entre os profissionais da área.  

O encontro reúne sessão de cinema, exposição de caricaturas, rodas de conversa e debates – em temas pautados nos anseios de quem atua na área -, roda de samba e um concurso musical. *O público também poderá adquirir CDs, discos, livros, moda, arte, comidas e bebidas, disponíveis para venda em barraquinhas montadas no local. 

O Pagode do Biro, que acontece quinzenalmente, desde 2104, na Tijuca, fechará o primeiro dia do evento. No repertório, muito samba de raiz. A roda de samba receberá como convidados Ana Costa, Mariana Baltar, Dorina Barros, Fred Camacho E Toninho Geraes.

Confira a programação:

Dia 03/11:
14h às 18h – Rodas de Conversa e Debate no Teatro Gonzaguinha (programação completa e inscrições no site)
14h às 22h – Feira expositiva no Terreirinho (programação completa em breve no site)
15h às 17:30h – Sessão de Cinema Olha o Samba! no Mercado das Artes (programação no site)
18h às 22h – Roda de samba com o Pagode do Biro e participação Ana Costa, Mariana Baltar, Dorina Barros, Fred Camacho E Toninho Geraes

Dia 04/11:
15h às 19h45 – Rodas de Conversa e Debates no Teatro Gonzaguinha (programação completa e inscrições no site)
12h às 22h – Feira expositiva no Terreirinho da Tia Siata
18h às 20h15 – Concurso Lefê de Samba no Terreirinho da Tia Siata
14h às 16h – Sessão de Cinema Olha o Samba! no Mercado das Artes (programação no site e distribuição de senhas 30 minutos antes)

Programação rodas de conversa e debates – Curadoria: Bianca Calcagni e Marcia Moreno
Dia 03/11 – sexta-feira: 
14:00 – Memória do Samba – O Samba e sua memória! A memória deste interveniente cultural que é a cara do Rio de Janeiro se confunde com a história da cidade. O seu surgimento e como hoje se faz tão importante, nos será contada e recontada. Mas, a cada detalhe, uma descoberta que nos faz perceber o quanto ele está presente no nosso cotidiano e em nossas vidas. Contando com a participação de quem é do samba, pensa o samba e discute o samba!
Participantes: Luiz Antonio Simas (historiador, escritor e pesquisador de samba) e Tantinho da Mangueira (cantor e compositor) – Mediação: Marcelo Moutinho (jornalista e escritor).

15:45 – Mercado do Samba para os Independentes – Nos dias atuais, falar em Samba, é falar em Música Popular Brasileira. Aí inserido, o Samba, teve que se adaptar a variadas mudanças na cadeia produtiva da música e a modelos que investem num mercado mais global e democrático. Falar em mercado fonográfico, direitos autorais e conexos e em plano de negócios, agora faz parte de seu “vocabulário”.
Participantes: Flavia Paixao Marcondes Cesar (gerente de licenciamento da Warner Chappell Brasil Edições Musicais), Marcela Maia (Coordenação de Marketing da Biscoito Fino) e Chico Ribeiro (gerente A&R da UBC – União Brasileira de Compositores) – Mediação: Michelly Mury (Superlativa Eventos, Discole Música e Casa Natura Musical).

17:30 – A Era Digital – O Samba frente a um desafio! Lidar com mídias digitais e com plataformas que tratam este produto de forma diferenciada. A preocupação com o número de views e ao mesmo tempo o constatar da velocidade de acesso ao universo do Samba por um grande público. Casos de sucesso na utilização destas ferramentas? Que tipo de instituições que tem como foco este tipo de trabalho? O Samba na Era Digital!
Participantes: Kathleen Hoepers (Redatora do Samba em Rede) e Joao Carino (produtor cultural, radialista e presidente do IMMUB) – Mediação: Bárbara Apiacá (sócia fundadora da Locomotive)

Dia 04/11 – sábado:
14:00 – Mulheres no Samba – Os compositores e o compor de outrora. Dizem que após o ressurgimento da Lapa, o cenário da composição no Samba mudou… Será? Nos dias atuais as composições sofrem influências variadas de outros gêneros, se fala em “samba-pop”, “samba-rock”, “samba-funk” e samba isso e aquilo! Pra onde caminha o Samba e quem é a nova geração que o conduz?
Participantes: Aurea Martins (Cantora) e Raquel Valença (escritora e pesquisadora) – Mediação: Nilcemar Nogueira (secretária de Cultura do Município do Rio de Janeiro)

15:45 – A Composição e o Futuro do Samba – A presença da mulher no Samba sempre foi uma constante. Como compositoras, ontem menos e hoje mais! Como intérpretes, várias! Pastoras, sempre! Como inspirações nas canções, pra retratar a poesia ou muitas vezes reforçando o seu papel numa sociedade machista! Quem são estas mulheres sambistas?
Participantes: Vidal Assis (cantor e compositor) e Noca da Portela – Mediação: Marquinhos de Oswaldo Cruz (cantor e compositor)

17:30 – O Empreendedorismo na Gestão Artística – Atualmente a gestão de uma carreira artística, incluiu um conjunto de profissionais e ferramentas. Se por um lado, a necessidade de uma equipe se justifica, muitos artistas preferem gerir suas próprias carreiras, contando com familiares e amigos. O Samba já se adaptou a esse novo modelo? Sambistas e suas carreiras: dificuldades e vitórias.
Participantes: Moyseis Marques (cantor e compositor) e João Grand Jr.(coordenador de pesquisa da Rede Carioca das Rodas de Samba) – Mediação: Leo Feijo (produtor cultural e coordenador do Música & Negócios PUC-Rio)

Feira Carioca do Samba
Local: Centro de Artes Calouste Gulbenkian – Rua Benedito Hipólito, 125, Praça Onze – Rio de Janeiro/RJ – (em frente ao Terreirão do Samba)
Datas: dias 3 e 4/11 de 2017 (sexta e sábado)
Estacionamento gratuito no local. Em caso de lotação, a organização do evento recomenda optar pelos estacionamento particulares localizados ao lado e em frente ao centro de artes.

| O salão de doadores funcionará normalmente, das 7h às 18h, uma boa oportunidade para a população doar sangue |
Foto de ator Paulo Gustavo como Dona Hermínia

Foto: Divulgação/ Globo Filmes

O filme “Minha mãe é uma peça 2” será exibido nesta quinta-feira, dia 2 de novembro, no pátio do Hemorio. Serão duas sessões, às 10h e às 16h. O evento será realizado em parceria com a Rede Globo. No longa-metragem, o ator Paulo Gustavo, que, junto com Fil Braz, também assina o roteiro, volta a interpretar Dona Hermínia, agora uma apresentadora de um programa de TV bem-sucedido.  A classificação é livre.

salão de doadores funcionará normalmente, das 7h às 18h, uma boa oportunidade para a população doar sangue. Na ocasião, a Globo vai promover a TV Digital, tirar dúvidas e auxiliar a população sobre instalação dos kits digitais.

Sinopse:
“A mãe mais divertida do Brasil tornou-se apresentadora de TV, ficou famosa, mudou de endereço, de status econômico… mudou quase tudo, só não mudou a si mesma. Dona Hermínia continua hilária, irreverente e muito preocupada com os problemas da família: Marcelina e Juliano resolvem conquistar a liberdade e sair de casa. Garib chega com o neto e, para completar, a irmã Lucia Helena que mora há anos em Nova York, resolve fazer uma longa visitinha.”

Assista ao trailer do filme abaixo.

Exibição do filme Minha mãe é uma peça 2
Local: Hemorio – Rua Frei Caneca, n° 8 – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Horário: 10h e 16h
Classificação: livre

| Evento reúne exibição de filmes, programação infantil e apresentações musicais entre os dias 2 e 5 de novembro | 

Foto: Divulgação JLT Brasil

De 2 a 5 de novembro, o Bossa Nova Mall, shopping anexo ao aeroporto Santos Dumont, receberá o Cine Air Festival, uma experiência a céu aberto que reunirá a exibição de filmes, programação infantil e apresentações musicais.

Patrocinado pela JLT Brasil e realizado pelo Ministério da Cultura através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, um telão de 10 metros vai exibir em alta definição a animação Sing, quem canta seus males espanta007 Cassino RoyaleBatman Begins e Jurrasic Park.

Além do cinema ao ar livre haverá quatro oficinas temáticas da Gato Mia para a criançada entrar no clima do filme: pintura facial de bichinhos, oficina de desenho e colagem e oficinas de criação de personagens com massinha e sucata.

A programação ainda inclui apresentações musicais com a Orquestra de Cordas Camerata Laranjeiras e a banda Soultrane Jazz.

Cine Air Festival
Local: Bossa Nova Mall – Av. Almirante Silvio de Noronha, 365 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Período: de 2 a 5/11/2017
Programação:
dia 02/11
17:30 – Oficinas infantis
19:30 – Sing – Quem Canta Seus Males Espanta

dia 03/11
18:30 – Pocket Show – SoulTrane Jazz
20:00 – 007 Casino Royale

dia 04/11
18:30 – Pocket Show – SoulTrane Jazz
20:00 – Batman Begins

dia 05/11
17:30 – Orquestra de Cordas Camerata Laranjeiras
19:30 – Jurassic Park: Parque dos Dinossauros

| Filme homenageia os 500 anos da Reforma Protestante |

A pré-estreia do curta-metragem Projeto Reformadores acontece nesta segunda-feira, 30 de outubro, às 19h, no Cine Odeon (Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro desde maio de 2015), na Cinelândia, Centro do Rio de Janeiro. O evento reunirá, além do público, toda a equipe e o elenco da produção.

O filme de 30 minutos busca narrar a jornada de grandes reformadores para homenagear os 500 anos da Reforma Protestante, que serão comemorados no dia 31 de outubro deste ano. O curta foi produzido pela doizel, composta por Nathanael Carvalho & Raphael Dusi, filmmakers do Rio de Janeiro. Com meta de R$ 18 mil, a produção arrecadou (informação verificada no dia 30/10/2017) R$ 21.970 por meio da plataforma de financiamento coletivo Catarse.

Em caso de uma eventual lotação ou para quem não conseguir chegar no horário, também haverá uma exibição do curta às 20h.

 

Pré-estreia do curta-metragem Projeto Reformadores
Local: Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro – Praça Floriano, n° 7 – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 30/10 (segunda-feira)
Horário: 19h e 20h
Capacidade: 500 lugares

| Aulas ministradas pelo diretor Walter Lima Jr. e pela produtora, diretora e roteirista Mariana Musse acontecem em outubro |

Sesc RJ oferece, no mês de outubro, as oficinas de Direção de Atores e de Produção Audiovisual para Internet. Na Oficina de Direção de Atores, o premiado diretor Walter Lima Jr. irá aplicar exercícios e apresentar bases de criação entre ator e direção na construção da cena. A Oficina terá duração de oito horas, divididas em dois dias, e será realizada nas unidades Nova Iguaçu, São João de Meriti e Madureira. Já a produtora, diretora e roteirista Mariana Musse ministrará a Oficina de Produção Audiovisual para Internet, com doze horas de duração, nas unidades Barra Mansa, Teresópolis, Nova Friburgo, Nogueira, Quitandinha, Campos e Três Rios. As inscrições devem ser realizadas nas unidades.

Direção de Atores

Inserida no Eixo Sesc Arte em Desenvolvimento, a Oficina de Direção de Atores com Walter Lima Jr. tem como objetivo esclarecer e construir a relação entre diretor e ator no fazer cinematográfico. A oficina terá 8h de duração, divididas em 02 dias com 4h de atividades cada, e inclui exercícios com intenções e modulações que apresentam bases de criação comum entre ator, diretor e o objetivo final, que é a cena. A oficina procura aproximar os processos de diretores e atores, favorecendo a criação de um diálogo mais profundo entre eles. Assim, a oficina atende não só a futuros cineastas, como também a atores interessados em conhecer técnicas de atuação para cinema, fomentando o diálogo entre ambos e possibilitando o surgimento de novos processos criativos.

Serão trabalhados os seguintes aspectos , na oficina:

  • O olhar do diretor em relação ao processo do ator. Será proposta também uma inversão de papéis, fazendo com que diretores coparticipem das cenas, podendo experienciar o esforço desenvolvido pelo ator;
  • O processo de seleção e escolha do intérprete (o casting) como primeiro passo na aproximação do diretor com o ator. O ator deve corresponder fisicamente ao personagem, ser o personagem, para em seguida criá-lo de maneira inteligente com sua emoção e memória;
  • Compreensão do ator. O significado do ouvir e contracenar através de ações e motivações;
  • O diálogo do diretor com o ator diante do roteiro;
  • O improviso como aprendizado e desenvolvimento das ferramentas do ator no estabelecimento de uma “credibilidade cinematográfica”. Aprender a dividir com o ator o momento da criação.

Produção Audiovisual para Internet

Com perfil teórico-prático, a oficina aborda conceitos e debruça-se sobre a linguagem de vídeos para internet, apresentado o histórico do surgimento da web e do uso das redes sociais, além de refletir sobre como vivemos uma “cultura do celular”. A oficina apresenta ainda exemplos práticos para ilustrar a teoria, utilizando canais do YouTube, páginas do Facebook e outras plataformas web para esclarecer e pontuar as questões abordadas.

Exercícios técnicos de filmagem (noção de enquadramentos, roteiro, edição, produção) serão realizados, tendo sempre em vista como a produção para a internet se diferencia das produções audiovisuais para TV e cinema. Estas atividades práticas têm como objetivo expandir o imaginário audiovisual dos participantes, educando através da cultura, e incentivando o surgimento de novos processos criativos, na medida em que apresenta a viabilidade de realização de uma boa ideia utilizando apenas ferramentas disponíveis aos participantes (celular, aplicativos de edição e distribuição online em plataformas de vídeo).

Oficina de Direção de Atores
Unidade Nova Iguaçu
Datas de realização: dias 07 e 08/10, das 14h às 18h
Unidade São João de Meriti: dias 14 e 15/10, das 14h às 18h
Unidade Madureira: dias 17 e 18/10, das 17h às 21h

Oficina de Produção Audiovisual para Internet
Unidade Barra Mansa: dias 03 e 04 de outubro (dia 03, das 13h às 18h; dia 04, das 13h às 20h
Unidade Teresópolis: dias 05 e 06/10, das 13h às 19h
Unidade Nova Friburgo: dias 07 e 08/10, das 13h às 19h
Unidade Nogueira: dias 17 e 18/10, das 13h às 19h
Unidade Quitandinha: dias 19 e 20/10 (10h às 13h e 14h às 17h)
Unidade Campos: dias 26 e 27/10, das 13h às 19h /10 (10h às 13h e 14h às 17h)

Oficinas de Direção de Atores e de Produção Audiovisual para Internet no Sesc RJ
Período: de 03 a 29 de outubro de 2017, conforme ofiina e unidade do Sesc
Inscrições: nas unidades do Sesc RJ

| Com alguns eventos gratuitos, programação terá  teatro, lançamento de livro, oficinas literárias, cinema, música e gastronomia |
foto do elenco da peça Professor Rococó

Foto: divulgação

O Centro Universitário Celso Lisboa, no Engenho Novo, na Zona Norte do Rio, oferece, em setembro, uma extensa programação cultural para a comunidade, com apresentações teatrais, lançamento de livro, oficinas literárias, cinema, música e gastronomia. Alguns eventos têm entrada gratuita*. Confira!

Para dar início às atividades, estreia no dia 01 de setembro a peça “Professor Rococó”, com montagem de Regis de Sóri. A trama acontece durante uma aula de História do Brasil, onde Rococó, um professor aposentado, corteja sua aluna, Espoleta, em meio a um passeio pelo Período Colonial Brasileiro. As investidas são atrapalhadas pela mãe de Espoleta, a viúva Castorina, que sente uma forte paixão pelo Professor Rococó e deseja a qualquer custo um novo marido. No decorrer do espetáculo, são pontuados os gêneros musicais, danças da cultura brasileira, o futebol e o café. O texto e a direção são de Régis de Sóri. No elenco, Felipe Taborda, Regina Marçal e Luana Lopes.

O espetáculo acontece nos dias 01, 15, 22 e 29 de setembro, sempre às 20h. Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e podem ser adquiridos na tesouraria do Centro Universitário Celso Lisboa.
Universo Perfeito de Imperfeições

A pedagoga e professora Bianca Glaciano irá lançar, às 18h30, no dia 04 de setembro, o livro ‘Universo Perfeito de Imperfeições’. O livro expõe o seu grito de desespero sobre a solidão, da necessidade de perfeição e da angústia de querer se encaixar e de ser aceita. Após muitas lutas contra o câncer, Bianca encontrou forças, portas e oportunidades no papel para sua cura e, assim, nasceu esse suspiro.

No dia do lançamento, o público contará também com uma oficina, na qual os participantes poderão se expressar individualmente e em conjunto por meio de vários exercícios poéticos. O lançamento, junto com a oficina, também acontecerá no dia 11 de setembro, no campus Centro, no mesmo horário.

Situação carcerária feminina em debate
Para fechar o mês, nos dias 28 e 29 de setembro acontece a 4ª edição do evento Cultura & Bate-papo, que colocará em discussão a situação da vida das mulheres que são tratadas como seres não humanos nas penitenciárias femininas do Brasil. Superlotação e alimentação vencida se tornam problemas menores quando mulheres grávidas são submetidas a torturantes interrogatórios, falta de atendimento médico antes/durante o parto e quando o tratamento higiênico é o mesmo das penitenciárias masculinas.

Esses e outros temas serão abordados através de documentários, palestras com pesquisadores e defensores do tema, além de uma roda de conversa que propõe um olhar crítico sobre capacidade funcional do sistema carcerário brasileiro.

Serviços:

“Professor Rococó”
Datas: 01, 15, 22 e 29 de setembro, às 20h
Duração: 70 minutos
Gênero: Comédia
Faixa etária: 16 anos
Local: Centro Universitário Celso Lisboa – Auditório Martins Filho (3º andar do Bloco A)
Endereço: Rua Vinte e Quatro de Maio, 797 Engenho Novo – Rio de Janeiro
Inteira: R$20,00
Meia: R$10,00
Ficha Técnica:
Texto e direção: Régis de Sóri
Elenco: Felipe Taborda, Regina Marçal e Luana Lopes.
Cenário e figurino: Grupo Tanamão
Iluminação: Eduardo Basser
Sonoplastia: Coletivo
Produção executiva: Regina Marçal

“Universo Perfeito de Imperfeições”
Datas: 04 e 11 de setembro
*Evento gratuito – Sem necessidade de inscrição
Horário: 18:30, nos dois dias
Locais: Dia 4: Salão Nobre do Centro Universitário Celso Lisboa – Unidade Engenho Novo, localizado no 2º andar do Bloco A. Endereço: Rua Vinte e Quatro de Maio, 797 – Engenho Novo.
Dia 11: Biblioteca do Centro Universitário Celso Lisboa – Unidade Centro, localizado no 2º andar. Endereço: Rua Sete de Setembro, 66 – Centro.

Cultura & Bate-papo: situação carcerária feminina em debate
Datas: 28 e 29 de setembro, a partir das 13h
*Evento gratuito – Sem necessidade de inscrição
Local: Teatro  do CCJF – Centro Cultural da Justiça Federal (Av. Rio Branco, 241 – Centro)
Inscrições pelo site da Celso Lisboa + 1 pacote de absorvente

Programação:
Dia 28/09, quinta-feira
13h – Doc. “Se eu não tivesse amor”. Mesa de debate com Geysa Chaves (Diretora do documentário), Joyce Louback (Cientista Social), Odete Firmino (Linguista) e Vê Barbosa (Atriz e Psicóloga).
15h30 – Intervalo Musical com o Coral Canta Celso, nas Escadarias do Centro Cultural.
16h – Palestra sobre o projeto “Chegando Junto – O método de Design Thinking na melhoria da qualidade de vida na penitenciária feminina “Talavera Bruce” com Carla Albuquerque e Suzana Amora.
18h – Encerramento

Dia 29/09, sexta-feira
13h – Palestra “Contando e Recontando Histórias” com Márcia Badaró, psicóloga que trabalhou por 30 anos na Secretaria de
Administração Penitenciária do Rio de Janeiro. Haverá venda de livros da psicóloga e autora no local.
15h – Intervalo Musical
15h30 – Palestra “Meninas em Privação de Liberdade” com o Grupo “Elas Existem”, formado por mulheres que lutam para dar a voz aos problemas vividos pelo universo feminino nas cadeias do país.
17h30 – Intervalo
18h – Roda de Conversa “A Capacidade Funcional do Sistema Carcerário Brasileiro – Uma crítica de vários lados” com a presença dos advogados Vanessa Lacerda e Ramon, da psicóloga jurídica Neilza Alves.
20h – Encerramento Gastronômico

Ao longo do mês serão 112 sessões gratuitas nas unidades da capital, Região Metropolitana e interior |

foto de cena do filme Oslo, 31 de Agosto - um homem no mar

Foto: divulgação

A programação de cinema nas unidades do Sesc RJ em setembro apresenta quatro obras produzidas no Canadá, Dinamarca/Suécia, Polônia e Noruega. São 112 sessões com entrada franca, que acontecem em 17 unidades, sendo cinco delas na capital: Copacabana, Engenho de Dentro, Madureira, Ramos e Tijuca. Em comum, os filmes trazem no enredo protagonistas em crise. Acuados, perseguidos pela sociedade – ou por suas consciências –, os personagens estão à deriva, enfrentando o desafio de lidar com a própria existência e com o mundo que os cerca.

A Caça (Dinamarca/Suécia), do aclamado diretor Thomas Vinterberg, mostra um funcionário de uma creche perseguido pelos habitantes de uma cidade depois de uma acusação falsa de atentado ao pudor. Em O Batismo (Polônia), um ex-criminoso tenta recomeçar a vida honestamente, mas acaba virando alvo da máfia por motivos do passado. Oliver Sherman – Uma vida em conflito, um dos mais importantes filmes do novo cinema canadense, apresenta a trajetória de um militar veterano que se sente sozinho e desconectado do mundo e decide procurar pelo soldado que salvou sua vida durante a guerra. O encontro, inicialmente cordial, é abalado por conta de incompatibilidades entre os dois. Por fim, o premiado Oslo, 31 de Agosto, selecionado para diversos festivais, entre eles o Festival de Cannes, mostra um viciado em recuperação sendo confrontado com seus erros do passado após receber permissão para sair da clínica de reabilitação.

CICLO DE ENCONTROS – Algumas exibições de “Oslo, 31 de Agosto” serão seguidas do encontro A deriva como ato de ruptura e potência dramática, que reflete sobre como o perfil dos protagonistas dos filmes apresentados no recorte deste mês marca uma ruptura com o realismo clássico, sendo elemento recorrente no jogo das narrativas modernas. Roteirista e consultora criativa de TV e Cinema, Cristina Gomes estará em Copacabana, dia 6/9, às 16h, em Engenho de Dentro, 9/9, às 15h, e na Tijuca, 19/9, às 19h. Já o roteirista e professor Marcelo Esteves participa dos Encontros em São João de Meriti, dia 14/9, às 14h, Nova Iguaçu, 21/9, às 18h30, e Ramos, 27/9, às 15h30. Ambos abordarão, ainda, o impacto da deriva e da deambulação do personagem acuado na estrutura dramática, no ritmo da narrativa cinematográfica e nos significados e percepções para o espectador.

Clique em “View full article” ou em “continue lendo” e confira as sinopses e trailers dos filmes e a programação completa.

Continue lendo

| Mostra celebra vigorosa produção audiovisual em curta-metragem de estudantes de todo o país |

foto de cena do filme Um Sol Alaranjado, de Eduardo Valente, premiado em Cannes

Foto: divulgação – cena do filme Um Sol Alaranjado, de Eduardo Valente, premiado em Cannes

O Rio de Janeiro e Niterói recebem, de 4 a 10 de setembro, o 20º Festival Brasileiro de Cinema Universitário (FBCU). A mostra traz um panorama da produção audiovisual em curta-metragem de estudantes de universidades e de escolas de Cinema de todo o Brasil. Na maratona, o público poderá conferir 81 filmes. Eles compõem a Mostra Competitiva Nacional, com 26 curtas na disputa pelo prêmio principal; Mostra Panorama Nacional, com 39 produções fora de disputa, mas que se destacaram na escolha dos títulos pelos curadores; e a Mostra Panorama Carioca, que conta com 16 filmes fora de disputa, dirigidos por realizadores do Rio de Janeiro. Este ano o festival terá a Sessão Acessível e a Mostra Cineclube nas Escolas, com produções de alunos da rede municipal do Rio.
O festival acontece no Rio, na CAIXA Cultural e na Escola de Cinema Darcy Ribeiro, e em Niterói, no Cine Arte UFF, onde será a noite de abertura, no dia 4 de setembro. O evento tem o patrocínio da Riofilme e da Secretaria de Estado de Cultura e é uma realização da Associação Cultural Festival Brasileiro de Cinema Universitário, Insensatez Audiovisual, Centro de Artes da UFF, Universidade Federal Fluminense e Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura.

Paralelamente às mostras, acontecem duas mesas de debate na Escola de Cinema Darcy Ribeiro: “Formação em Audiovisual”, com Elianne Ivo (UFF), Irene Ferraz (Escola de Cinema Darcy Ribeiro) e o homenageado Miguel Pereira (PUC/RJ); e Cinema e Territórios, com Priscila Gomes (Maré), Ziza Dourado (Escola de Cinema Darcy Ribeiro) e Luana Pinheiro (Nova Iguaçu).
Para alunos-realizadores e estudantes da arte cinematográfica em geral, três oficinas serão oferecidas: “Roteiro”, na Darcy Ribeiro; “Fotografia para Cinema”, no Estúdio Fazer Cinema, e “Filmes de Gaveta”, na UFF, sendo a Oficina Direção de Fotografia em Cinema – com o diretor de fotografia Neto Favaron – nos dias 05 e 06, gratuita (Mais informaçõespelo e-mail contato@fazercinema.com.br.

Clique em “View full article” ou em “continue lendo” e confira mais informações sobre o evento. A programação completa está disponível na página do festival no Facebook.

Continue lendo

| “Botafogo Vivo” é a primeira iniciativa da Rede Botafogo de Cultura Solidária |
foto externa da Biblioteca Popular de Botafogo

Foto: reprodução internet

Neste sábado, dia 26 de agosto, das 10h às 17h, a Praça Chaim Weizmann e a Biblioteca Popular Municipal de Botafogo Machado de Assis receberão diversas atividades para público de todas as idades. Música, cinema, teatro, literatura, dança, oficinas para crianças, coral formado por moradores de rua, contação de histórias e compartilhamento de ideias sobre projetos culturais e inovação cidadã estão entre as atrações do evento “Botafogo Vivo”. 

A iniciativa é da recém-criada Rede Botafogo de Cultura Solidária, que reúne profissionais de diversas áreas, compartilhando expertises e experiências. A proposta do grupo é formar uma rede comunitária colaborativa envolvendo produtores e empresas ligadas aos setores cultural, social, ambiental e educacional que atuem no bairro da Zona Sul carioca. A ideia de produzir eventos para ocupar os espaços públicos surgiu da necessidade de levar para a rua tudo o que se produz no bairro, não se intimidando com a falta de segurança e a violência.

O evento do próximo sábado será a primeira edição da série “Botafogo Vivo”, que pretende seguir itinerante pelas praças do bairro, produzindo, divulgando, compartilhando arte, criatividade e cultura, integrando moradores, frequentadores, artistas e produtores da região. Haverá uma “árvore do agasalho” para receber doações de roupas de frio e cobertores, que estarão disponíveis para quem quiser pegar.

 

Programação:

– Na Praça Chaim Weizmann

10h – Atividades infantis: oficina de arte e leitura do livro “Botafogo para crianças”, feita pela historiadora Kaori Kodama, autora em parceria com o ilustrador Guto Lins, que conta a história do bairro de uma forma lúdica e divertida
10h30 – Roda de Capoeira de Angola – Mestre Ferradura
11h – Apresentação de dança contemporânea da Escola e Faculdade de Dança Angel Vianna
12h – Livros na Praça – distribuição de livros feita pela Biblioteca Machado de Assis. Qualquer pessoa pode escolher um livro e levar. É de graça
12h – Coral Uma Só Voz, formado por moradores de rua
13h – Apresentação do grupo de choro Criançada Reunida
13h30 – Ciranda de Música e Poesia com o grupo do Teatro do Mar
13h50 – Apresentação de uma cena teatral lúdica com o grupo do Teatro do Mar
14h – Grupo Oficina Roda de samba com a cantora Christina Paz
15h – Show de MPB com a Banda Atitude, da comunidade Santa Marta
16h – Show da cantora Luíza Breves

– No auditório da Biblioteca Machado de Assis (Rua Farani, n° 53)

10h – Abertura com apresentação da Rede Botafogo de Cultura Solidária com o jornalista Mário Margutti
10h15 – Roda de conversa “Inovação Cidadã”, comandada pela professora Ivana Bentes, da Escola de Comunicação da UFRJ
10h40 – Antonio Breves fala sobre a proposta do Espaço Cultural Olho da Rua
11h – Palestra do jornalista Mário Margutti sobre “Projetos Culturais”
13h – Apresentação de projetos da Universidade Santa Úrsula, como a adoção da Praça Chaim Weizmann e as atividades ambientais e sustentáveis no Morro Azul
14h – Pré-estreia do filme “Sigilo eterno”, do cineasta Noilton Nunes, seguida de debate com o diretor e elenco

“Botafogo Vivo”
Local: Praça Chaim Weizmann (final da Rua Farani) e Biblioteca Pública Machado de Assis ( Rua Farani, n° 53 – Botafogo – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 26/08
Horário: das 10h às 17h, conforme programação

| Evento acontece em homenagem ao jornalista, que completaria 100 anos em 2017 |
Foto do jornalista João Saldanha narrando uma partida de futebol em uma cabine de rádio em um estádio

Foto: Rádio Globo

Para celebrar o centenário do jornalista João Saldanha, que aconteceria neste ano, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro (SJPMRJ) prepara uma homenagem que ocorrerá no dia 25 de julho, às 18h30, com a exibição do documentário “João Saldanha”, de 2012, seguida de uma mesa-redonda no auditório que leva o nome do jornalista, em sua sede, na Rua Evaristo da Veiga 16, 17º andar, na Cinelândia, no Centro do Rio. O jornalista e pesquisador André Iki Siqueira está entre os nomes escalados para a mesa-redonda. Além de diretor do documentário – junto com Beto Macedo -, ele é autor da biografia “João Saldanha: uma vida em jogo”.

Ex-técnico da seleção brasileira, botafoguense e militante do Partido Comunista Brasileiro, Saldanha é considerado um dos maiores cronistas e comentaristas da história do jornalismo esportivo do País.

O jornalista trabalhou nas redações de O Globo, Jornal do Brasil, Placar, Última Hora, Diário Carioca, TV Rio, Rádio Tupi, Rede Globo e Rede Manchete. Crítico diário da seleção brasileira, João aceitou o desafio, virou técnico, classificou o Brasil para a Copa de 1970 e foi demitido do cargo ao se recusar a atender um pedido do general Médici, então presidente do Brasil, em plena ditadura militar.
João Saldanha morreu aos 73 anos, na Itália, onde estava trabalhando na cobertura da Copa do Mundo de Futebol, em 12 de julho de 1990, de insuficiência respiratória e embolia pulmonar.

 

Sindicato dos Jornalistas do Rio exibe documentário João Saldanha
Local: Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro (SJPMRJ) – Rua Evaristo da Veiga, nº 16 – 17º andar – Cinelândia – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 25/07
Horário: 18h30

Foto/arte: divulgação

Para que as famílias de São Gonçalo possam comemorar o Dia dos Avós de maneira especial, será montado no Shopping Pátio Alcântara, no dia 26 de julho, um “Cinema a Céu Aberto”. A exibição do filme começará a partir das 18h, na área externa da Praça de Alimentação.

Em parceria com a Subsecretaria de Políticas Públicas para o Idoso da Prefeitura de São Gonçalo, a atração pretende resgatar o saudosismo da época em que se transmitiam filmes em lugares abertos, assim como fazer com que outras gerações possam vivenciar essa experiência.

“Queremos oferecer uma opção de entretenimento diferenciada para região, criando um clima familiar e de aproximação entre gerações tão distintas”, ressalta Michelle Coutinho, coordenadora de marketing do Pátio Alcântara.

A entrada para o ‘Cinema a Céu Aberto’ é livre e está sujeita a lotação. O filme que será exibido abordará temas familiares do cotidiano e promete levar muita emoção aos espectadores. Em caso de chuva, o evento será adiado para o dia seguinte.

Shopping Pátio Alcântara celebra Dia dos Avós com evento ‘Cinema a Céu Aberto’
Data: 
dia 26/07   
Horário: 
18h
Local: 
Área externa na Praça de Alimentação do shopping – Praça Carlos Gianelli, s/nº – Alcântara – São Gonçalo – RJ – Tel.: (21) 3856-4086

 

| Mobilidade urbana e noções de cidadania são os temas centrais do circuito de atividades |

Foto: Gabriela Natalici

O “Amigos da Cidade“, evento itinerante do canal Discovery Kids, foi inaugurado nesta terça-feira, dia 4 de julho, no Américas Shopping, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio. Até o dia 23 deste mês, o empreendimento abrigará o circuito com quatro áreas inspiradas nos personagens da programação do canal, como ‘Peppa Pig’, ‘Show da Luna’, ‘Doki’ e ‘Insectóides’.

A proposta das atividades é levar as crianças a interagir, de forma lúdica, com o cenário atual da mobilidade urbana (explorar as opções de locomoção – a pé, de bicicleta, de trem ou de carro), proporcionando meios para novas descobertas, individualmente e em grupo, contribuindo para o desenvolvimento dos pequenos. O evento acontece na Praça de Eventos – Piso L1. A atividade é indicada para crianças de até 8 anos de idade acompanhadas de um adulto responsável.

O evento Amigos da Cidade também disponibiliza uma área para crianças de até três anos, com jogos e brincadeiras inspiradas na personagem “Peppa Pig”.

A retirada de ingressos é feita na bilheteria localizada próxima ao evento, de domingo a sexta, a partir das 12h45; sábados, a partir das 10h. Por meio do site www.discoverykidsplay.com.br, é possível reservar ingressos para todos os dias do evento. Os ingressos são limitados e válidos somente para o dia em que forem retirados. Não é possível retirar ingressos para dias futuros na bilheteria do evento, apenas efetuar a reserva no site do canal. A bilheteria fechará após o término dos ingressos do dia.

O evento realizado pelo canal Discovery Kids, com execução da agência Nova Performance Eventos.

Discovery Kids –  Amigos da Cidade no Américas Shopping 
Período: de 4 a 23 de julho de 2017
Local: Américas Shopping – Praça de Eventos – Piso L1 – Av. das Américas, n° 15.500 – Recreio dos Bandeirantes – Rio de Janeiro/RJ
Horário: domingo a sexta, das 13h às 20h30*, Sábados, das 10h às 21h30* (*Início da última turma)
Capacidade: 6 crianças a cada 5 minutos
Duração: aproximadamente 20 minutos
Fotos com o personagem Doki: terças, quintas e domingos

| Documentário de Emmanuel Rufi acompanha alunos do curso de modelo Dream Models, criado há 25 anos, na Rocinha, por José Luiz Summer |

Foto: Consulado da França/reprodução

O espaço cultural A MAISON, do Consulado Geral da França no Rio, receberá a estreia do filme “A passarela da vida”, de Emmanuel Rufi, no dia 13 de julho, a partir das 19h30. Após a exibição do documentário acontecerá um debate mediado por Rufi e com a presença de José Luiz Summer, fundador do curso Dream Models, e Rafaella Lemes, modelo coroada Rainha do Rio em 2015 e ex-aluna do curso.

‘O filme:
“A passarela da vida” acompanha os alunos do curso de modelo DREAM MODELS, criado há 25 anos, na Rocinha, por José Luiz Summer. Quando o estilista mineiro Victor Dzenk chega à favela da Rocinha à procura de um modelo local para seu desfile na Rio Fashion Week, os adolescentes sonham com uma carreira profissional.

Estreia do filme “A passarela da vida” + debate 
Local: Espaço cultural A MAISON – Avenida Presidente Antônio Carlos, n° 58, 11° andar – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data:  dia 13 de julho
Horário: das 19h30 às 21h
*Entrada franca, sem inscrição, sujeito à lotação

 

| Evento acontece no Teatro Cesgranrio e comemora cinco anos da Oficina de Atores |

Foto/arte: reprodução

A Fundação Cesgranrio promoverá  um ciclo de palestras com grandes nomes do audiovisual brasileiro e uma mostra de documentários Making Of a partir do dia 21 de junho. O evento comemora os cinco anos de sua Oficina de Atores. Profissionais do mercado audiovisual falarão sobre a relação de suas funções com os atores no set de cinema e de televisão.

Já na mostra de documentários Making Of, atores terão a possibilidade de perceber toda a logística da produção de um longa-metragem. A ideia é que artistas obtenham noções de como funciona a produção de um projeto audiovisual onde poderão participar como atores ou autores. Entre os filmes que serão apresentados estão Um Drink no Inferno, Apocalypse Now e O Poderoso Chefão.

As palestras e a mostra acontecerão no Teatro Cesgranrio, na Rua Santa Alexandrina, nº 1.011 – Rio Comprido. Para participar, basta comparecer ao teatro. A entrada será por ordem de chegada e sujeita à lotação.

Ciclo de palestras:

 

Dia 21/06 – BRENO SILVEIRA – às 20h – duração: 60 minutos
Dia 28/06 – Ooppah – às 20h – duração: 90 minutos
Dia 05/07 – ROBERTO BOMTEMPO – às 20h – duração: 60 minutos
Dia 12/07- FRED MAYRINK – às 20h – duração: 60 minutos
Dia 19/07 – JOSÉ DIAS – às 20h – duração: 60 minutos
Dia 26/07 – WALTER CARVALHO – às 20h – duração: 60 minutos
Dia 09/08 – LUCAS PARAIZO – às 20h – duração: 60 minutos

A agenda da mostra de documentários ainda não foi divulgada. Os interessados podem acompanhar mais informações pelo site da instituição.

Ciclo de palestras e mostra de documentários Teatro Cesgranrio
Local: Teatro Cesgranrio – Rua Santa Alexandrina, nº 1.011 – Rio Comprido – Rio de Janeiro – RJ
Período: a partir de dia 21 de junho

Foto: reprodução internet

Foto: reprodução internet

Começa nesta segunda-feira, dia 6 de junho, a ECOAR, Semana de Ocupação Ambiental do Centro Cultural da UERJ (Coart). Com oficinas de artesanato, fotografia, dança, jardinagem e mutirões, a Coart objetiva pensar, discutir, sentir e agir pelo meio ambiente, promovendo diversas atividades gratuitas em diferentes horários.

Fotos de temas distintos transformam o local em uma grande galeria a partir da abertura do evento. Mutirões de restauração de cadeiras e limpeza coletiva serão organizados com a orientação de Ingrid Becker, que ministrará oficinas de bricolagem, nos dias 7 e 8 de junho, às 9h e às 14h.

Durante todo o período, de 10h às 21h, um espaço para escambo será criado. Todos os objetos que não forem trocados até o fim da ECOAR serão doados aos funcionários terceirizados da universidade.

Para participar do movimento de resistência e ocupação, confira a programação completa:

Dia 6 de junho:

10h e 15h – Workshop de encadernação artesanal com a professora Elaine Torres. Dentro do conceito da indústria criativa, serão confeccionados blocos de anotações com reaproveitamento de materiais.
18h – Abertura da exposição de fotografia “Vim Chorar Aqui” de George Magaraia.

Dia 7 de junho:

16h30 – Exibição do filme “Zona de Risco” dirigido por Nanci de Freitas e produzido pelo grupo Mirateatro – Espaço de Estudos e Criação Cênica, além de debate com a diretora e a equipe sobre o projeto de extensão.
18h – Vivência através da cerâmica e da jardinagem, sob coordenação da professora Isabela Frade, com as arte-educadoras Clarice Rangel e Alice Baldoino.

Dia 8 de junho:

10h – Oficina de cianotipia (técnica fotográfica) ministrada por Cyntia Cavalcante, sob coordenação de Thereza Rosso.
14h – Exibição dos vídeos “Indiciais” e “Ato público do lixo da UERJ” seguidos de roda de conversa com a professora Inês de Araújo e seu grupo de estudo.

Dia 9 de junho:

15h – Conceito, prática e poesia da dança cigana com a professora Ana Maria Gonçalves.
17h – Mostra dos filmes “Percursos Patrimoniais”, “Norte, sul, leste e oeste”, “Amazônia” e “Terra das águas”.
19h – Apresentação do coral Vozes Cariocas.

Dia 10 de junho:

14h – Mostra de artigos sustentáveis (produzidos na aula da professora Elaine Torres e itens da cerâmica), terapias holísticas, etc.
15h – Tarde de autógrafos e bate-papo com as autoras do Livro “O que é do coração? Sagrado ou Profano?”, Angelina da Conceição e Mary Trarback.
16h – Performance com o grupo Christie de psicomotricidade.

ECOAR – Semana de Ocupação Ambiental do Centro Cultural da UERJ 
Local: Coart UERJ –  Centro Cultural da UERJ – Rua São Francisco Xavier, 524 – Maracanã – Rio de Janeiro – RJ
Período: de 6 a 10/06/2016
Horário: das 10h às 21h, conforme programação
Informações: 2334-0625

 

Foto de Liniker

Foto: Reprodução internet

O cantor se apresenta no primeiro “Domingo na Casa“, que também terá compacto.arte, com o grafite de Rafa Moon, pisCINE, tatoos e arte circense. A Casa abrirá às 15h e o show está previsto para acontecer entre 17h e 19h. Segundo a organização do evento, a entrada do público acontecerá de acordo com a capacidade do espaço. Portanto, chegue cedo e garanta a sua!

Caso não conheça o projeto Liniker, dê uma conferida no vídeo a seguir, da canção Zero. Há quem já se refira ao artista como “a nova voz da soul music nacional”. O artista fez sua estreia no Rio neste sábado, no Circo Voador, abrindo as apresentações do encontro entre Tulipa Ruiz  e Marcelo Jeneci.

‘“Liniker é um projeto musical que traduz a blackmusic e o soul para uma linguagem contemporânea brasileira, com composições autorais em português que trazem como tema central as relações e o amor. Com arranjos que mostram uma guitarra funkeada, baixo e bateria swingada, os sopros sempre presentes, o projeto se apresenta com o intuito de fazer o público dançar e cantar juntos. Apresentando as obras de seu EP de lançamento, “Cru”, o público verá e ouvirá no palco letras que falam do hoje, da geração do artista, seus amores, seu entendimento sobre gênero e identidade, tratando de assuntos que o atravessam e fazem o corpo dançar.”‘

Domingo na Casa
Atração musical: Liniker
Local: Casa Coletiva – Rua Dr Júlio Otoni, 194 – Santa Teresa – Rio de Janeiro / RJ
Data: dia 17/01, a partir das 15h

| Edição comemorativa de fim de ano chega a Marechal Hermes no dia 5 /12 com música e exibições de filmes e peças teatrais |
Foto: divulgação

Foto: divulgação

Em 2015, o Programão Carioca comemora mais uma temporada de sucesso e encerra sua terceira edição no dia 5 de dezembro, sábado, no Teatro Armando Gonzaga, em Marechal Hermes. No evento do dia 5, a plateia poderá aproveitar o show do músico Luiz Poeta, as peças “O Mundo das Cantigas” e “Na Pista – Episódio A Festa”, os curtas “Lá do Alto” e “100 anos de Marechal Hermes”, além do filme “Linda de Morrer” e o coral Dó Ré Mi.

Às 15h, durante a distribuição de senhas, Luiz Gilberto de Barros – conhecido como Luiz Poeta – animará o público com uma apresentação voz e violão. O projeto segue prestigiando manifestações artísticas de talentos locais e convida a Cia Teatral Sifuxipa para apresentar “O Mundo das Cantigas”, peça infanto-juvenil que proporciona ao público uma viagem através do tempo e resgata brincadeiras e cirandas.

A sessão de cinema vai contar com a exibição do filme “Lá do Alto”, vencedor do Prêmio Curta Rio – iniciativa patrocinada pela Globo que teve como proposta homenagear os 450 anos do Rio de Janeiro. Em seis minutos, a produção apresenta a história de um menino sonhador que sofre a dor da perda da avó e com isso tenta convencer o pai a se aventurar no alto de uma pedra que ele acredita ficar perto do céu. O público poderá conferir ainda “100 anos de Marechal Hermes”, curta produzido por Beatriz Canella e Luciana Ferreira em homenagem ao bairro; e “Linda de Morrer”, da Globo Filmes, filme que conta a história de Paula (Glória Pires) que aplica em si mesma uma fórmula experimental para eliminar celulites e que depois de sua morte volta à Terra para impedir a comercialização do produto. Ao final, haverá bate-papo com Luciano Vidigal – diretor de “Lá do Alto” e do recém-lançado “Cidade de Deus – 10 anos depois” – e artistas locais.

O Programão Carioca vai entrar no clima natalino com a apresentação do Coral Dó Ré Mi. De Petrópolis, o grupo infantil apresentará canções como “Ó Noite Santa”, “Vem chegando o Natal”, “Boas Festas”, “Happy Day” e “Happy Xmas”. Encerrando as atividades, os atores do projeto “Na Pista”, peça-série voltada para o público jovem, vão apresentar o episódio “A Festa”, que aborda a prudência no primeiro encontro entre adolescentes.

Programão Carioca:
Criado em 2013, o Programão Carioca é uma iniciativa da Globo, com o apoio da Globo Filmes, que leva mensalmente cinema, teatro e outras manifestações artísticas para moradores de várias regiões do Rio e do Grande Rio. Em 2015, a emissora incluiu na programação do projeto manifestações artísticas de talentos locais, prestigiando assim iniciativas de moradores de diversos bairros e municípios.

Programão Carioca em Marechal Hermes
Data: dia 5 de dezembro, sábado
Horário: a partir das 15h
Local: Teatro Armando Gonzaga – Av. General Osvaldo Cordeiro de Farias, 511 – Marechal Hermes

Programação:

15h – Distribuição de senhas
15h – Músico Luiz Poeta – Livre
16h – Peça “O Mundo das Cantigas” – Cia Teatral Sifuxipa – Livre
17h – Exibição de “Lá do Alto”, filme vencedor do Prêmio Curta Rio / Curta “100 anos de Marechal Hermes” / Filme Linda de Morrer – 12 anos. Após as sessões, haverá bate-papo com o diretor Luciano Vidigal, do curta “Lá do Alto”, e artistas locais
19h – Coral Dó Ré Mi – Livre
20h – Peça “Na Pista – Episódio A Festa” – 12 anos
Entrada gratuita – Sujeito à lotação
* Outras informações: rio.globo.com e http://www.globofilmes.com.br

 

O Recreio Shopping comemora o Dia das Crianças com atividades especiais. No mês de outubro, o shopping preparou várias atividades para alegrar a criançada e os pais. Todos os sábados, domingos e feriados do mês a garotada tem a diversão garantida no Recreio Kids, que conta com oficinas apresentações de teatro infantil. O evento acontece das 15h às 19h, na Praça de Eventos, no 1º piso.

Além disso, até o dia 25/10 o shopping abriga a 1ª Feira Escolar do Recreio. O evento reúne diversas escolas em um espaço para os pais e futuros alunos. O diferencial da Feria é o contato direto com as instituições de ensino que permite que os pais tenham acesso às informações e possam pesquisar, conhecer os métodos de ensino e realizar matrículas. Participam do evento escolas do ensino Infantil, Fundamental e Médio; uma escola de música e cursos de idiomas. Para criar uma experiência diferente e lúdica, a Feira conta com atividades como teatro, palestras com o tema educação, oficinas para as crianças , aulas e apresentação de bandas.

O Passeio Shopping oferece programação especial de Dia das Crianças – Com o tema ecologia, os baixinhos vão brincar e aprender mais sobre a fauna e a flora brasileira.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Atividades que proporcionam conhecimento e  interação entre as crianças, como as artes manuais, fazem  parte da programação, que vai até o dia 10 de outubro, sábado, das 15h às 17h. Para o dia 10 haverá “Oficina de Pintura em Azulejos”, os baixinhos poderão soltar a imaginação e ainda levar a sua arte para a casa. Além disso, recreadores farão maquiagem e tatuagem na galerinha. Para garantir a animação, personagens da fauna brasileira, como Jacaré Eugênio, Jaguatirica Tiririca e Golfinho Euclides vão interagir  com as crianças. Podem se inscrever nas oficinas crianças a partir de 6 anos de idade. Para participar basta chegar com 30 minutos de antecedênciaO Passeio Shopping fica na Rua Viúva Dantas, 100 – Campo Grande. Tel.: (21) 2414-0003.

Museu da Vida promove atividades para o Dia das Crianças

Foto do Parque da Ciência -Museu da Vida - Fiocruz

Foto: Peter Ilicciev / Divulgação

Atrações incluem exposições, teatro, oficinas, show de Ciências e passeio no famoso Trenzinho da Ciência

O Museu da Vida — espaço da Fiocruz que integra ciência, cultura e sociedade — promoverá uma série de atividades em homenagem ao Dia das Crianças. A programação, gratuita e aberta ao público, acontecerá no dia 10 de outubro, sábado, na Av. Brasil, 4.365, Manguinhos, na Zona Norte da cidade do Rio.

Confirma a programação:

Oficina de Pintura Portinari
Ubirajara Rodrigues – Espaço Casa Viva da Rede CCAP.
Horário: 13h30, 14h30 e 15h30
Local: Foyer

Pintura no rosto para crianças + pula-pula
Motivos: Borboletas, insetos
Horário: 10h às 16h
Local: anfiteatro do Centro de Recepção e Parque da Ciência

Conferência Sinistra
Esquete sobre febre amarela, peste bubônica e varíola, principais doenças que assolavam o Rio de Janeiro no início do século XX, com muito humor, revelando seus temores em relação às medidas de combate lideradas pelos médicos Oswaldo Cruz e Carlos Chagas.
Horário: 11h00, 11h30 e 12h
Faixa etária: a partir de 10 anos
Local: Epidauro

Avental de Histórias
Por meio de um avental colorido, com bolsos de onde saem as principais personagens da história – o próprio Oswaldo Cruz, além de ratos, galinha, cavalo e outros –, relata-se a chegada do cientista à antiga Fazenda Manguinhos e a sua ideia de construir um imponente castelo, em estilo neomourisco, para chamar a atenção da população para a importância da ciência.
Horário: 11:00h e 14:20h
Faixa etária: 5 a 8 anos
Local: Castelo

Visita à sala de insetos – Exposição Entomológica Costa Lima
O público poderá conferir uma grande diversidade de insetos, incluindo alguns exemplares de valor inestimável, coletados durante expedições científicas realizadas por pesquisadores do IOC pelo território brasileiro desde o início do século 20 até os dias atuais. Além de sua importância científica, encantam por sua beleza estética e variedade de tamanhos.
Horário: 10:00 h e 16:00 h
Faixa etária: livre
Local: Castelo

Há Vida na Gota d’áagua?
A atividade proporciona a visualização da biodiversidade existente na água não tratada com auxílio do microscópio ótico. Será possível, observar no banner figuras de agentes patogênicos veiculados pela água como verme, bactérias, protozoário flagelado e vírus.
Horário: 11:30h e 14:30h
Faixa etária: a partir dos 10 anos
Local: Pirâmide

Oficina de Geleca
O público poderá descobrir mais sobre os átomos e as moléculas ao preparar a sua própria geleca colorida e divertida.
Horário: 10:30 h e 13:30 h
Faixa etária: a partir de 5 anos
Local: Pirâmide

Aventuras da Visão – Percebendo a Luz e o Som
Como a física pode auxiliar na explicação de fenômenos visuais? Como a vista nos engana e faz ver movimento onde havia uma imagem estática? Como é possível ver cores onde antes havia apenas preto e branco? Essa atividade explora os fenômenos de luz e som, bem como a percepção que as pessoas conseguem ter!
Horário: 10 às 16:00 h
Faixa etária: a partir dos 10 anos
Local: Epidauro

Show de Ciências
Experimentos interativos de vários campos da ciência são realizados ao vivo, com técnicas de arte cênica, para discutir de maneira lúdica desde energia, saúde, reações químicas aos efeitos da gravidade.
Horário: 11:00 h e 14:20 h
Faixa etária: a partir de 8 anos
Local: Auditório

Distribuição de pipoca, picolé e algodão doce
Horário: 10 às 16:00 h
Local: Centro de Recepção

Trenzinho
Horário: 10 às 16:00 h
Local: Centro de Recepção

Sesc realiza festa do Dia das Crianças na orla de Copacabana

Haverá oficina de skate, teatro de fantoche, badminton, tênis de mesa, cama elástica, parede de escalada inflável,pintura facial, jogos gigantes (dama, dominó, jogo da velha, amarelinha), oficina de slack line, entre outras atrações. Comemoração acontece também em unidades do Sesc na Zona Norte, Região Metropolitana e interior no fim de semana.

A movimentação será no calçadão central entre as duas pistas da Avenida Atlântica, aproveitando o fechamento da pista da orla por conta do feriado. Tendas serão montadas entre as ruas Santa Clara e Figueiredo de Magalhães. Todas as atividades são gratuitas e acontecem entre as 9h e 17h. Em Ramos haverá oficinas gratuitas de plantio de hortaliças, de construção de relógios com CD e de biscuit para ponteira de lápis.

Dia das Crianças na orla de Copacabana
Local: Avenida Atlântica, entre as ruas Santa Clara e Figueiredo de Magalhães
Data: dia 12/10 – segunda-feira
Horário: Das 9h às 17h
Atrações: pintura facial, jogos gigantes (dama, dominó, jogo da velha, amarelinha), oficina de skate, teatro de fantoche, badminton, tênis de mesa, cama elástica, parede de escalada inflável, oficina de slack line.

Sesc Ramos
Local: Rua Teixeira Franco, 38 – Ramos – Tel.: (21) 2290-4003
Data: dia 12/10 – segunda-feira
Horário: 13h às 17h
Atrações: oficinas gratuitas de plantio de hortaliças, de construção de relógios com CD e de biscuit para ponteira de lápis

Pátio Alcântara apresenta a peça infantil “Era uma vez…Elsa, a rainha do gelo”

Foto do elenco do espetáculo Era uma vez...Elsa, a rainha do gelo

Foto: Divulgação

No dia 12 de outubro, às 15h, o shopping apresenta a peça infantil “Era uma vez…Elsa, a rainha do gelo“, com a produção da Cia Artistando. A atração será realizada na Praça de Alimentação.

A protagonista do espetáculo é a princesa Elsa, filha mais velha do rei e da rainha de Arendelle, que nasceu com a capacidade mágica de criar gelo e neve. Aos oito anos, acerta, sem querer, um raio congelante em sua irmã Anna e, por isso, fica trancada no castelo para aprender a controlar seus poderes até o dia de sua coroação. Após acidentalmente condenar o reino a um inverno eterno, ela foge e se esconde num castelo de gelo. Contação de história que divertirá toda a criançada com a interação dos personagens do clássico da Disney.

Pátio Alcântara apresenta a peça infantil “Era uma vez..Elsa, a rainha do gelo”
Local: Praça de Alimentação do shoppng – Praça Carlos Gianelli, s/nº – Alcântara – São Gonçalo. Tel.: (21) 3856-4086
Data: dia 12 de outubro (segunda-feira)
Horário: às 15h

Shoppng RIOSUL promove a “Oficina do Peter Pan”

Oficina infantil terá diversas atrações especiais, que acontecem simultaneamente com a estreia nacional do filme Peter Pan

Foto da Oficina do Peter Pan

Foto: Divulgação

O Dia das Crianças será marcado por uma ação especial e inédita no RIOSUL Shopping Center. Até o dia 12 de outubro, o empreendimento promove a “Oficina do Peter Pan”, repleta de atrações interativas. Os participantes terão a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a história de um dos clássicos mais famosos da literatura infantil e participar de diversas atividades. Entre as principais atrações está a área de ‘Espadas do Peter Pan’, na qual os baixinhos poderão exercitar a criatividade utilizando cartolina e papel para confeccionar espadinhas fictícias. Na Busca ao Tesouro Perdido, os participantes precisam encontrar as chaves mágicas no baú do tesouro. Já no Lago das Sereias, a diversão é garantida na piscina de bolinhas. O ‘Painel de Fotos’, permite ao público registrar o momento em um cenário interativo, que simula o desenho animado. O ambiente ainda conta com outros jogos e brincadeiras.

A oficina é gratuita e acontece das 11h às 21h, de segunda-feira à sexta-feira; das 11h às 22h aos sábados, e das 14h às 21h aos domingos e feriados.

 

 

Oficina do Peter Pan
Período: até o dia 12 de outubro
Local: Praça de eventos – vão central – 1º piso do RIOSUL Shopping Center – Rua Lauro Müller, 116 – Botafogo – Rio de Janeiro/RJ
Classificação indicativa: 04 a 12 anos de idade

Oficina de massinha anima o Dia das Crianças no Madureira Shopping

Foto de crianças na Oficina de massinha

Foto: Divulgação

O Madureira Shopping preparou uma ação muito divertida para comemorar o Dia das Crianças. Até o dia 12 de outubro, segunda-feira, será realizada uma oficina gratuita da Play-Doh, onde a garotada de 3 a 12 anos poderá soltar a imaginação na hora de confeccionar seus brinquedos de massinha.  A oficina acontece diariamente, das 14h às 20h, na Praça de Eventos, no 1º piso do shopping.

Na estação Diggin´Rigs, as crianças exploram a temática da construção civil e da engenharia, com tratores, caminhões, tijolos, obstáculos e muito mais. Já na Sweet Shoppe, a garotada vira especialista em cores e formas. No Arremesso Inventado é a vez de usar a imaginação para criar uma nova função para os potes de massinha. A última parada no circuito é no Laboratório de Modelagem, onde participam de uma atividade muito criativa.

 

Oficina da Play-Doh
Período: até o dia 12 de outubro
Horário: Diariamente, das 14h às 20h
Faixa Etária: De 3 a 12 anos
Local: Praça de Eventos, no 1º Piso – Madureira Shopping – Estrada do Portela, 222 – Madureira – Rio de Janeiro/RJ

Dia das Crianças no Jockey Club Brasileiro

Foto de crianças brincando no Jockey

Foto: Beatriz Cunha/Divulgação

O Jockey Club Brasileiro preparou uma programação infantil especial para a próxima segunda-feira, dia 12 de outubro, Dia das Crianças. A partir das 14h a criançada terá diversas atrações gratuitas. Elas poderão interagir com personagens de desenhos animados e brincar no parquinho de aventura com brinquedos para crianças e adolescentes. O local ainda terá atividades musicais e uma lojinha de livros infantis. A programação ocorre paralelamente aos páreos programados para o dia. O Hipódromo da Gávea tem entrada franca.

Dia das Crianças no Jockey Club Brasileiro
Local: Hipódromo da Gávea – Praça Santos Dumont, nº 31
Data: dia 12 de outubro, segunda-feira
Horário: Das 14h às 20h

Programinha Carioca terá edição especial para o Dia das Crianças no Parque Madureira

Oficinas e shows fazem parte das atividades que vão animar os pequenos neste domingo

Foto de apresentação de Zé Renato

Foto: Flavio Lamenza/Divulgação

A criançada vai ter um dia repleto de atividades no domingo, 11 de outubro, em uma edição especial do Programinha Carioca em homenagem ao Dia das Crianças. No Parque de Madureira, a partir das 14h, a Arena Fernando Torres vai receber oficinas e espetáculos que fazem parte das atrações da versão infantil do Programão Carioca – projeto da Globo que leva cinema, teatro e outras manifestações artísticas para moradores de várias regiões do Rio e do Grande Rio. 

A brincadeira começa animada com a recreação do “Circo Macaco Prego”, grupo que explora o universo lúdico das crianças com atividades que envolvem contação de história, brincadeiras, música, oficinas circenses, reciclagem e artes. Às 17h, os pequenos vão se surpreender com os desenhos coloridos, varinhas mágicas e objetos surrealistas do divertido mágico André.

O encerramento será às 18h com o show “Zé Renato para crianças”, apresentação do cantor e compositor que contempla músicas do universo das canções populares brasileiras, entre elas clássicos do samba e ainda canções do repertório do Jackson do Pandeiro – mestre do forró e considerado “O Rei do Ritmo”. Ao longo do dia haverá oficinas de pipas, pintura e criação de brinquedos.

Programinha Carioca no Parque Madureira
14h às 17h – Oficinas de pipa, pintura, criação de brinquedos e atividades recreativas com o Circo Macaco Prego
17h – Show com o Mágico André
18h – Show infantil Zé Renato para crianças
Local: Arena Fernando Torres – Parque Madureira
Data: 11 de outubro, domingo
*Classificação: livre / Menores de idade devem ser acompanhados pelos responsáveis

Santa Cruz Shopping apresenta o clássico “Anastácia”

Foto da peça Anastácia

Foto: Divulgação

O Santa Cruz Shopping apresenta neste domingo, dia 11 de outubro, o espetáculo “Anastácia”, a partir das 17h, com a produção da Cia Abrakadabra. A atração será encenada no corredor da Light.

Anastácia, a princesa da Rússia, desaparece ainda quanto criança. E sua avó, a grã-duquesa, oferece uma recompensa enorme para quem encontrá-la. Vários rapazes treinam moças para se parecer com ela e receber a fortuna, até que Dimitri encontra a verdadeira princesa e se apaixona por ela, vivendo um grande romance para provar que ela realmente é a verdadeira. No elenco estão Rodrigo Gomes, André Lima, Jessica Tostes, Gilberto Félix e Fernanda Rebelo.

Santa Cruz Shopping apresenta o clássico “Anastácia”
Data: dia 11 de outubro (domingo)
Horário: às 17h
Local: Corredor da Light – Rua Felipe Cardoso, 540 – Santa Cruz – Rio de Janeiro/RJ – Tel.: (21) 2418-9400

 

 

 

 

| A 5ª edição do Rocky Spirit terá shows da banda Devir nos dias 12 e 13 de setembro |
Foto de sessão de filme do Festival Rocky Spirit

Foto: Festival Rocky Spirit

Rocky Spirit, maior festival de cinema ao ar livre do Brasil, está de volta. A 5ª edição do evento reúne 23 produções, sendo 18 internacionais e 5 nacionais, que serão exibidas em sessões ao ar livre nos 12 e 13 de setembro no Parque dos Patins, na Lagoa. A banda Devir fará show de abertura nos dois dias do evento, às 17h30. O festival reúne os melhores documentários de aventura produzidos recentemente no planeta sobre mountain bike, surf, escalada, meio ambiente e vida ao ar livre.

MISSÃO
“O Festival de Filmes Outdoor Rocky Spirit tem o propósito de inspirar o público apresentando documentários que retratam expedições e atletas admiráveis; culturas e iniciativas que precisam ser conhecidas; ambientes que necessitam ser protegidos e idéias que merecem ser compartilhadas.”

O festival é uma iniciativa da editora Rocky Mountain, que publica as revistas Go Outside, Hardcore e Runner’s World. Mais informações, como detalhes dos filmes, estão disponíveis no site do evento.

Confira a programação:

Dia 12/09/, sábado:
17h30 – Show de abertura com a banda Devir
19h – 1º Bloco de filmes:
Saturday 6:27 am
The Thousand Year Journey
River of Eden
Burn It Down
Sufferfest 2 (assista ao trailer)
Em busca de todas as manhãs do mundo (Bate-papo com o diretor Lawrence Wahba após a exibição)

21h – 2º Bloco de filmes:
Marcelinho – Lugar BMX
Denali
The Fisherman’s Son (O Filho do Pescador)
Trail Hunter
Whiteout (Bate-papo com o diretor Rafael Duarte após a exibição)

Dia 13/09/, domingo
17h30 – Show de abertura com a banda Devir
19h – 1º Bloco de filmes:
Sun Dog
Taxco Urban Downhill
Beat Down
The Coast
Espírito Livre
Rinpoche Speaks
Above the Alley, Beneath the Sky (Acima do Beco, Embaixo do Céu) – Bate-papo após a exibição

21h – 2º Bloco de filmes:
Out of the Black and Into the Blue
Dark Woods
Rocky Man
View From a Pedal Buggy
Force

 

| O curta entrevistou nove produtores culturais de favelas cariocas e da Baixada Fluminense |

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

No dia 10 de setembro (quinta), às 20h, o documentário “9Centros“, realizado por alunos da ESPOCC – Escola Popular de Comunicação Crítica do Observatório de Favelas, fará sua primeira exibição pública na Arena Carioca Dicró, seguida de um bate-papo com os diretores, os entrevistados do filme e convidados com o tema “Cultura de periferia: favelas cariocas e baixada, a diferença dos desafios”. O curta-metragem documentário, que entrevistou nove produtores culturais de favelas cariocas e da Baixada Fluminense, mapeia o cenário cultural dos territórios populares da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Estarão presentes na roda de bate-papo Ricardo Fernandes, ator, diretor teatral e produtor cultural da Cidade de Deus, um dos fundadores do grupo Os Arteiros; Hanier Ferrer, da ‪#‎geração90, da Barraco Marginal, produtor, ativista cultural e escritor; Rodrigo Pinho, um dos fundadores do Resistência Cultural, produtor do Ocupa Escola, ator e músico; Thamyra Thamara, fotógrafa, produtora cultural e pesquisadora; Bhega da Silva, ativista ambiental e cultural, criador do Cineminha no Beco; Will Ow, DJ, ativista social e cultural, integrante do Antiéticos.

A direção, produção e produção executiva são de Karla Suarez, que também assina o roteiro, Iury De Carvalho Lobo e Igor Souza, além de Gilmara Moreira na produção.

Sinopse

“O curta-metragem documentário 9Centros mapeia o cenário cultural dos territórios populares da região metropolitana do Rio de Janeiro. Com entrevistas de 9 produtores culturais de locais como Maré, Cidade de Deus, Vila Cruzeiro, Nova Iguaçu e Caxias, entre outros, o filme aborda a importância das produções culturais de territórios populares e de seus produtores para seus territórios e para as cidades.”

Exibição do documentário “9Centros”
Data: dia 10/09, quinta-feira
Horário: às 20h
Local: Arena Carioca Dicró – Av. Brás de Pina, s/n, Parque Ary Barroso – Penha – Rio de Janeiro – RJ
*Mais informações na página do evento no Facebook.

Foto de entrevista com o mestre China

Foto: Reprodução Facebook 

| Primeira sessão exibirá o filme “Praça do Skate – A Primeira Pista da América Latina”, no dia 24/04, às 18h |

A Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu estreia seu novo projeto: o cineclube ELC. De abril a julho haverá exibição de filmes que dialoguem com a temática de cultura urbana e juventude. Na primeira sessão, dia 24 de abril, às 18h, será exibido o documentário “Praça do Skate – A Primeira Pista da América Latina“, do VJ e diretor Paulo China.

O documentário conta a história da “Praça do Skate”, localizada no centro da cidade de Nova Iguaçu, conhecida por ser a primeira pista construída na América Latina. No final da exibição acontecerá um bate-papo entre o diretor do documentário e os espectadores.  A ideia do Cineclube é mostrar diversos filmes que tenham como tema a arte urbana e a juventude, já que a 4ª edição do Iguacine – Festival de Cinema da Cidade de Nova Iguaçu, que acontecerá no segundo semestre, abordará esses assuntos.

Sobre a Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu
A Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu, fundada em julho de 2006, é a primeira escola de audiovisual da Baixada Fluminense. Localizada no bairro de Miguel Couto, em Nova Iguaçu, sob a gestão da OSCIP Avenida Brasil Instituto de Criatividade Social, o projeto é dirigido pelo cineasta e diretor teatral Marcus Vinícius Faustini.
Em 2012, com a mudança para Austin, a ELC iniciou um novo ciclo e agora conta com uma gestão colaborativa na qual o Cineclube Buraco do Getúlio, a ONG Laboratório Cultural, o Departamento de Cinema e Vídeo da Universidade Federal Fluminense e o Cineclube Mate com Angu contribuem com mobilização e produção.

Cineclube ELC
Filme: Praça do Skate – A Primeira Pista da América Latina, de Paulo China
Local: Sede da Escola Livre de Cinema Nova Iguaçu – Rua Cândido Lima, 13, Sobreloja – Austin (próximo à Estação de Trem) – Nova Iguaçu
Data: dia 24/04 (sexta-feira), às 18h

| O evento vai acontecer na Lona Cultural Terra, em Guadalupe, a partir das 13h |
Foto de divulgação do filme Loucas pra Casar

Foto: Páprica Fotografia / Divulgação

O Programão Carioca, projeto da Globo que promove atividades culturais gratuitas em vários pontos do Rio e do Grande Rio, está de volta em sua terceira temporada, que começa no dia 29 de março, domingo, a partir das 13h. Com novidades que incluem a valorização de artistas locais, a plateia terá a oportunidade de conferir a exibição dos filmes O Rio por Eles e Loucas pra Casar, do curta Um lugar para chamar de nosso e da peça Neurótica!. O evento vai acontecer na Lona Cultural Terra, em Guadalupe. A distribuição de ingressos começará a partir do meio-dia.

Celebrando os 450 anos do Rio de Janeiro, a Globo produziu a série de documentários O Rio por Eles, que, transformado em filme, faz um resgate histórico e mostra impressões de estrangeiros sobre a cidade. O longa abre a programação da tarde, seguido por Um lugar para chamar de nosso, que traz a autorreflexão da diretora Tatiane Oliveira sobre o processo de ressignificação do bairro onde foi criada – Guadalupe – através do contato com uma sala popular de cinema inaugurada em 2006.

 

Dirigido por Roberto Santucci, Loucas pra Casar conta a história de três mulheres que descobrem estar envolvidas com o mesmo homem. O filme, que será exibido às 16h10, relata a rivalidade entre as personagens Malu (Ingrid Guimarães), Lúcia (Suzana Pires) e Maria (Tatá Werneck). Márcio Garcia, Fabiana Karla e Edmilson Filho também integram o elenco. Após a exibição, Adailton Medeiros, fundador e diretor do Ponto Cine – primeira sala popular de cinema totalmente digital do Brasil –  apresenta o “Diálogos com o Cinema”, um bate-papo sobre a sétima arte com participação do público do Programão Carioca.

Às 19h30, entra em cena a peça “Neurótica!”. O monólogo da atriz Flávia Reis fala sobre as neuroses provocadas pela vida moderna e apresenta figuras tipicamente neuróticas que encontramos no dia a dia. O artista plástico Rodrigo Sini, morador do bairro, também expõe sua arte através de grafites que, entre outros trabalhos, apresentam imagens de crianças negras que revivem sua infância.

Programão Carioca
Data: Dia 29 de março (domingo)
Local: Lona Cultural Terra, em Guadalupe
Programação: 
13h00 – Abertura do evento
13h00 – Exibição do filme “O Rio por Eles” (150 minutos)
15h35 – Curta – “Um lugar para chamar de nosso” (30 minutos)
16h10 – Filme “Loucas pra Casar” (108 minutos) – classificação 14 anos
18h00 – Diálogos com o cinema (bate-papo cultural com o público do evento)
19h30 – Peça – Neurótica! (60 minutos) – classificação 12 anos
20h30– Encerramento do evento
*Exposição do artista Rodrigo Sini durante todo o evento
*Distribuição de ingressos a partir do meio-dia

| Encontro terá exibição do filme “Escolarizando o mundo: o último fardo do homem branco”, seguida de um bate-papo sobre propostas e práticas inovadoras em escolas |
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

No dia 17 de março, às 18:30h, o Cinema Nosso promove mais uma sessão do Ciclo Mídia Educação. Será exibido o filme Escolarizando o mundo: o último fardo do homem branco, de Carol Black (2010, 65′) – Schooling the World – e, logo após a exibição, haverá um bate-papo sobre propostas e práticas inovadoras em escolas. O debatedor será o professor Pedro Henrique Gomes.

O objetivo do evento é mostrar projetos bem sucedidos e estimular a reflexão sobre mudanças necessárias no ambiente escolar, principalmente, através da linguagem audiovisual.

“Sinopse: O filme é uma co-produção americana e indiana. Dirigido e editado por Carol Black, aborda de forma contundente o fato de a educação escolar ter servido, ao longo dos últimos séculos, à colonização e estar servindo, atualmente, à homogeneização cultural. Em outras palavras, com o documentário se mostra um lado perverso da educação para o qual nem sempre voltamos os olhos: a possibilidade de, se mal utilizada, a escola servir à extinção das culturas e à perda da diversidade cultural. O filme procura tornar explícitas as premissas ocultas por trás de projetos de escolarização em andamento em várias partes do mundo. Entre elas, destaca-se a falsa ideia de que os valores e o modo de vida ocidental são superiores e absolutos, vias de acesso garantido para uma vida melhor.

Cinema Nosso: é uma instituição sociocultural com mais de 12 anos de atividades. Sua missão é a democratização do audiovisual para a juventude carioca. Somos hoje, uma das maiores escolas populares de Audiovisual da América Latina, realizando cursos, oficinas, produções, palestras, mostras, sessões de cinema e festivais. Situada em um casarão do século XIX no coração da Lapa, no Rio de Janeiro, a organização prioriza o estímulo à reflexão e ao respeito, diversidade, pluralidade e cultura popular. A ação foi iniciada a partir do processo de produção do filme“Cidade de Deus” dos diretores Fernando Meirelles e Kátia Lund.
O Espaço Cinema Nosso possui 58 lugares. Equipada com tecnologia digital 3D, é uma sala de cinema de rua alternativa e polivalente que viabiliza o acesso ao audiovisual, a formação de público e também se configura enquanto local de criatividade e descontração.

Sessão Ciclo Mídia e Educação
Exibição do filme Escolarizando o Mundo: o último fardo do homem branco, de Carol Black (2010, 65´)
Local:
Espaço Cinema Nosso – Rua do Rezende, 80, Lapa – Rio de Janeiro – Tel.: 21.25053300
Data:
dia 17/03
Horário:
às 18:30h

Você encontra mais informações sobre o documentário no site http://www.schoolingtheworld.org.

Foto eternxa da Cidade das Artes

Foto: Nelson Kon

O Cidade Literária, um dos projetos do programa de Arte e Educação da Cidade das Artes, segue com sua programação diversificada voltada para crianças, jovens e adultos. São promovidas palestras, exibição de filmes, exposições, aulas de arte, saraus e apresentações teatrais.

Durante o mês de março, a iniciativa gratuita acontece às quartas e sábados, mas, eventualmente, abre espaço para eventos paralelos, como, por exemplo, grupos de leitura sobre temas variados, realizados às sextas-feiras.

 

Em homenagem ao aniversário de 450 do Rio de Janeiro, a Sala de Leitura recebe uma exposição de livros sobre a cidade até o fim do mês, porém, após esse período, as obras ficarão disponíveis no acervo para consulta. Entre os títulos da mostra estão Guia Carioca da Gastronomia de rua 2 (Sergio Bloch, Ines Garçoni, Marcos Pinto), História do Rio de Janeiro através da Arte (Luciana Sandroni) e História do Teatro do Rio de Janeiro (Bárbara Heliodora).

 

Os eventos da Cidade Literária são abertos a todos, embora algumas atividades possuam faixa etária definida ou número de participantes limitado. As inscrições podem ser feitas por telefone ou no local (senhas são distribuídas com uma hora de antecedência).

 

Programação de março de 2015:

 

Projeto Teatro Shekespeariano – Às sextas-feiras. Dias 13, 20 e 27, das 15h às 16h30.

 

O projeto Teatro Shakespeariano, do grupo Interlocuções: Psicanálise e Literatura, propõe a leitura comentada da obra Hamlet, do autor britânico William Shakespeare. A estreia da iniciativa é dia 13 de março, com a palestra “Hamlet– Tragédia de um Príncipe ou Tragédia de um Estado?”, regida pelo professor Leonardo Berenger. Os dias 20 e 27 também estão na programação. O objetivo do encontro é discutir a divisão subjetiva da célebre indagação “ser ou não ser”, delimitando o conceito de neurose em sua dupla estrutura: histeria e obsessão.

 

Homenagem a Manoel de Barros, Dia Nacional da Poesia – Dia 14 de março, às 16h.

Como homenagem ao poeta Manoel de Barros e ao Dia Nacional da Poesia, haverá a exibição do filme-documentário sobre o autor, Só Dez Por Cento é Mentira. Às 17h, o diretor Pedro Cezar e a jornalista e poeta Bianca Ramoneda farão um bate-papo sobre o longa-metragem. 

Conversa com a escritora Flávia Lins e Silva sobre seus livros – Dia 18 de Março, às 14h.

A Sala de leitura abre as portas para um debate com a escritora e roteirista Flávia Lins e Silva. Ela já publicou mais de 15 livros para crianças e jovens, entre eles, os quatro volumes da série Diário de Pilar, cujos direitos foram vendidos para Argentina, México, Alemanha, Polônia, China e França. Roteirista de cinema e televisão, a autora integrou o quadro de escritores da TV Globo durante 15 anos, além de ter criado o seriado Detetives do Prédio Azul, para o canal Gloob.

 

Dia Nacional do Circo, espetáculo A Mágica do Riso, com o mágico Patrick – Dia 28 de Março, às 15h.

 

A Mágica do Riso apresenta uma maneira inusitada de se fazer mágica, ao dar valor à brasilidade e pluralidade da arte do ilusionismo. Entre os números conduzidos pelo mágico Patrick estão manipulação, mágicas cômicas e clássicas, além de efeitos surpreendentes.

 

Cidade Literária
Local: Sala de Leitura da Cidade das Artes – Av. das Américas, 5.300 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ / Tels.: (21) 3325 0102 / 3328 5300
Atenção! Estacionamento: R$ 8,00 (de segunda a sexta, até às 18h) / R$10,00 (de segunda a sexta, após às 18h; sábados e domingos)

 

|A maior mostra brasileira de filmes independentes reúne 258 produções de todos os formatos, gêneros e durações |

Foto: Reprodução internet

Mostra do Filme Livre 2015 chega a 4 capitais em sua 14ª edição. Foram 1461 filmes inscritos, 209 selecionados e outros 49 convidados, totalizando 258 no evento. São obras recebidas de várias partes do país e muitas terão a MFL como sua única exibidora. O cineasta Maurice Capovilla é o homenageado desta edição.

No Rio de Janeiro, a MFL acontece no Centro Cultural Banco do Brasil, no Centro, entre os dias 11 de março e 05 de abril.  Depois, a mostra seguirá para Brasília (8 a 27 de abril), São Paulo (29 de abril a 25 de maio) e finalizará na capital mineira (3 a 22 de junho).  Como nos outros anos, o evento será gratuito e, este ano, durará 5 meses, percorrendo os quatro CCBBs e ainda o circuito de cineclubes.

Confira a programação completa no site do evento.

A Mostra do Filme Livre também reserva para a criançada filmes e desenhos infantis na sessão Mostrinha, que acontecerá nos finais de semana, nos dias 14 e 15; 21 e 22 e 28 e 29 de março, sempre a partir das 14h. Veja a programação a seguir:

Dia 14/03 – Sábado
Cinema I
14h – Mostrinha Livre 1 – Livre – 39min
Fora da caixa, Edemar Miqueta, MA, 2013, 5min
Amarelinha, de Rafael Jardim, BA, 2013, 12min
A varinha mágica, de Ramon Faria, MG, 2012, 5min
A Piscina do Peri, de Fábio Gavião, Renato Dias, Chico Serra, RJ, 2006, 4min
Acadêmicos do Morrinho – Parte 1, de Fábio Gavião, Nelcirlan Souza, Rodrigo de Maceda, Renato Dias, Chico Serra, RJ, 2006, 4min
Acadêmicos do Morrinho – Parte 2, de Fábio Gavião, Nelcirlan Souza, Rodrigo de Maceda, Renato Dias, Chico Serra, RJ, 2006, 4min
O Saci no Morrinho, de Renato Dias , Nelcirlan Souza, José Carlos (Junior), Rodrigo de Maceda, RJ, 2007, 4min

Dia 15/03 – Domingo
Cinema I
14h – Mostrinha Livre 2 – Livre  – 40min
O Reino de Chocolate, de Rafael Jardim, BA, 2011, 4min
A Bagunça Eterna, de Clarissa Appelt, RJ, 2011, 5min
Inexorável, de Juliano Coacci, DF, 2009, 3min
Balanços e Milkshakes, de Erick Ricco, Fernando Mendes MG, 2010, 10min
Garoto Barba, de Christopher Faust, PR, 2010, 14min

Dia 21/03 – Sábado
Cinema I
14h – Mostrinha Livre 2 – Livre – 40min
O Reino de Chocolate, de Rafael Jardim, BA, 2011, 4min
A Bagunça Eterna, de Clarissa Appelt, RJ, 2011, 5min
Inexorável, de Juliano Coacci, DF, 2009, 3min
Balanços e Milkshakes, de Erick Ricco, Fernando Mendes MG, 2010, 10min
Garoto Barba, de Christopher Faust, PR, 2010, 14min

Dia 22/03 – Domingo
Cinema I
14h – Mostrinha Livre 1 – Livre – 39min
Fora da caixa, Edemar Miqueta, MA, 2013, 5min
Amarelinha, de Rafael Jardim, BA, 2013, 12min
A varinha mágica, de Ramon Faria, MG, 2012, 5min
A Piscina do Peri, de Fábio Gavião, Renato Dias, Chico Serra, RJ, 2006, 4min
Acadêmicos do Morrinho – Parte 1, de Fábio Gavião, Nelcirlan Souza, Rodrigo de Maceda, Renato Dias, Chico Serra, RJ, 2006, 4min
Acadêmicos do Morrinho – Parte 2, de Fábio Gavião, Nelcirlan Souza, Rodrigo de Maceda, Renato Dias, Chico Serra, RJ, 2006, 4min
O Saci no Morrinho, de Renato Dias , Nelcirlan Souza, José Carlos (Junior), Rodrigo de Maceda, RJ, 2007, 4min

Dia 28/03 – Sábado
Cinema I
14h – Mostrinha Livre 1 – Livre – 39min
Fora da caixa, Edemar Miqueta, MA, 2013, 5min
Toda Forma se Transforma, Danilo Belchior, SP, 01min
A Piscina do Peri, de Fábio Gavião, Renato Dias, Chico Serra, RJ, 2006, 4min
Amarelinha, de Rafael Jardim, BA, 2013, 12min
Acadêmicos do Morrinho – Parte 1, de Fábio Gavião, Nelcirlan Souza, Rodrigo de Maceda, Renato Dias, Chico Serra, RJ, 2006, 4min
Acadêmicos do Morrinho – Parte 2, de Fábio Gavião, Nelcirlan Souza, Rodrigo de Maceda, Renato Dias, Chico Serra, RJ, 2006, 4min
A varinha mágica, de Ramon Faria, MG, 2012, 5min
O Saci no Morrinho, de Renato Dias , Nelcirlan Souza, José Carlos (Junior), Rodrigo de Maceda, RJ, 2007, 4min

Dia 29/03 – Dom
Cinema I
14h – Mostrinha Livre 2 – Livre – 40 min
O Reino de Chocolate, de Rafael Jardim, BA, 2011, 4min
A Bagunça Eterna, de Clarissa Appelt, RJ, 2011, 5min
Inexorável, de Juliano Coacci, DF, 2009, 3min
Balanços e Milkshakes, de Erick Ricco, Fernando Mendes MG, 2010, 10min
Garoto Barba, de Christopher Faust, PR, 2010, 14min

| Evento terá a participação do diretor do documentário longa-metragem e será realizado no Dia Nacional da Poesia, 14 de março |
Foto de Manoel de Barros

Foto: Reprodução

A Fundação Cidades das Artes, na Barra da Tijuca, promove a exibição do filme “Só Dez Por Cento é Mentira”(2008), do diretor Pedro Cezar, às 16h. Às 17h, Cezar e a jornalista e poeta Bianca Ramoneda participam de uma conversa sobre a produção.

Só Dez Por Cento é Mentira é um original mergulho cinematográfico na biografia inventada e nos versos fantásticos do poeta sulmatogrossense Manoel de Barros.
Alternando sequências de entrevistas inéditas do escritor, versos de sua obra e depoimentos de “leitores contagiados” por sua literatura o filme constrói um painel revelador da linguagem do poeta, considerado o mais inovador em língua portuguesa.
Só Dez Por Cento é Mentira ultrapassa as fronteiras convencionais do registro documental. Utiliza uma linguagem visual inventiva, emprega dramaturgia, cria recursos ficcionais e propõe representações gráficas alusivas ao universo extraordinário do poeta.
Procurando resignificar às “desimportâncias” biográficas e à personalidade “escalena” de Manoel de Barros o diretor Pedro Cezar, responsável pelo roteiro e pela narração, pontua o filme com momentos de breves testemunhos ao fundo, como fizera em seu primeiro longa metragem, Fabio Fabuloso. Narrado na maior parte das vezes em tom pessoal o filme busca, sobretudo, “uma voz que aproxime-se da simplicidade e da afetividade do personagem e que se afaste da soberba e da pretensão de uma análise teórica sobre poesia no idioleto manoelês”.
Manoel de Barros tem 93 anos, cerca de 20 livros publicados e vive atualmente em Campo Grande. Consagrado por diversos prêmios literários, é atualmente o escritor brasileiro que mais vende no gênero poesia.
Só Dez Por Cento é Mentira ganhou os prêmios de melhor documentário longa-metragem do II Festival Paulínia de Cinema 2009 e os prêmios de melhor direção de longa-metragem documentário e melhor filme documentário longa-metragem do V Fest Cine Goiânia 2009.”

Homenagem a Manoel de Barros – Dia Nacional da Poesia – Exibição do filme “Só Dez Por Cento é Mentira”
Local: Sala de Leitura da Fundação Cidades das Artes – Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro / RJ – Tel.: (21) 3325 0102
Data: Dia 14/03, sábado
Horário: 16h, exibição do filme; 17h30, conversa sobre o longa com o diretor Pedro Cezar e a jornalista e poeta Bianca Ramoneda

Veja também: Cia. do Solo realiza sarau com poesias de Manoel de Barros na Cidade das Artes. Mais informações no link http://wp.me/pGfCs-147.

| Unidade em Engenho de Dentro promove mostra ao sábados |

Em comemoração aos 450 anos do Rio de Janeiro, o Sesc Engenho de Dentro realiza uma mostra especial que retrata personagens e paisagens da Cidade Maravilhosa como tema principal, de 7 a 28 de fevereiro, sempre aos sábados, às 15h.

Incluindo bate papo após a exibição dos filmes, a “Mostra de Filmes Visões: um olhar sobre o cinema” apresenta os títulos “A Opinião Pública”, “Marcelo Zona Sul – 1970”, “Leila Para Sempre Diniz”, “Por Gentileza” e “L.A.P.A.” com entrada gratuita e distribuição de pipoca para os espectadores.

Mostra de Filmes Visões: um olhar sobre o cinema
Local: Sesc Engenho de Dentro – Av. Amaro Cavalcanti, 1661 – Engenho de Dentro – Rio de Janeiro – RJ / Tels.:  (21) 3822-4830 / 3822-9529
Período: 7 a 28/2, às 15h

Confira as sinopses a seguir:

7/2 – A Opinião Pública

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Por meio de depoimentos de estudantes, a classe média carioca é retratada de maneira a salientar seus gestos, seus gostos e, sobretudo sua distância da realidade brasileira.
Direção: Arnaldo Jabor. Duração: 71 min. Cor: p&b. Ano: 1967
Classificação:12 anos.

 

 

 

 

 

 

 

14/2 –  Marcelo Zona Sul – 1970

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Foto: Sesc Rio / Reprodução

O cotidiano da juventude carioca no final dos anos 1960 e o choque com os valores morais dos adultos são o tema desta comédia, na qual as praias e ruas de Copacabana servem como pano de fundo para as aventuras de quatro adolescentes num dia de gazeta escolar. Marcelo,
personagem central, é filho de um burocrata de classe média e líder rebelde do grupo. Inconformado com a realidade que o cerca, ele foge em companhia do amigo Miguel para sua “grande aventura”.
Direção: Xavier de Oliveira. Duração: 104 min. Cor: P&B.
Classificação: 12 anos

 

21/2 – Leila Para Sempre Diniz

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Foto: Sesc Rio / Reprodução

A partir de trechos de filmes dos quais participou como atriz profissional, depoimentos de amigos e imagens em Super-8 de um filme sobre ela, o documentário revela flagrantes da intimidade de Leila Diniz. A atriz, que teve sua carreira tragicamente interrompida por um desastre de avião, exerceu grande influência nas gerações dos anos 1960 e 1970, por sua espontaneidade, irreverência e inquietação criativa.
Duração: 9 min. Cor: colorido. Ano: 1976
Direção: Mariza Leão e Sérgio Rezende

 

 

 

 

 

Por Gentileza

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Foto: Sesc Rio / Reprodução

O filme documenta a experiência do diretor que incorpora seu personagem, o Profeta Gentileza, e sai à rua para interagir com as pessoas. Marcante personagem da cidade do Rio de Janeiro, o Profeta Gentileza atuava no “lado B” da cidade, pregando que “Gentileza gera gentileza”.Direção: Dado Amaral. Duração: 14 min. Cor: colorido. Ano: 2002Classificação: 14 anos.

 

 

 

 

28/2 –  L.A.P.A.

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Foto: Sesc Rio / Reprodução

Lapa: bairro boêmio do Rio de Janeiro, tradicional reduto de sambistas. Hoje é também ponto de encontro de MCs e do rap. L.A.P.A: um filme sobre o bairro da Lapa. Um filme sobre o rap carioca.
Direção: Cavi Borges. Duração: 74 min. Cor: colorido. Ano:2008
Classificação: 12 anos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Site Sesc Rio

 

 

Foto da Orquestra Voadora

Foto: Reprodução Facebook Orquestra Voadora

Hoje tem exibição dos documentários Aprendendo a Voar e Cinco Carnavais da Orquestra Voadora, nos jardins do MAM, às 20h. Aprendendo a Voar mostra a visão dos alunos a respeito da oficina que acontece ao longo do ano no Circo Voador e desemboca no desfile. A direção é de Rodrigo Daniel. Cinco Carnavais da Orquestra retrata como foi se transformando o desfile de carnaval da orquestra com o passar dos anos. O filme tem tem a direção coletiva do bloco da Orquestra Voadora e amigos.

brass band, que nasceu em 2008, a partir do encontro de músicos do carnaval de rua do Rio de Janeiro, promove a mistura de ritmos como rock, funk, pop e jazz com os já tradicionais frevo, samba e maracatu.

Exibição dos documentários Aprendendo a Voar e Cinco Carnavais da Orquestra Voadora
Local: Jardins do MAM – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro – Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo – Rio de Janeiro – RJ – tels.: 55 21 20021-140 / 3883 5600 / fax.: 3883 5612
Data: dia 1º de fevereiro
Horário: às 20h

Foto: Reprodução internet

Neste domingo, 30 de novembro, às 20h, o Quiosque da Globo exibe cinco filmes do Festival Curta Cinema. Durante 1h40min, o público poderá conferir os filmes “Outuno”, de Anna Azevedo; “Araca – O Samba em Pessoa”, de Aleques Eiterer, “Luz”, de Gabriel Medeiros”; “Ao Lado”, de Julio Costantini; e “Se”, de Ian Capillé.

Festival Curta Cinema no Quiosque da Globo
Data: 30 de novembro (domingo)
Horário: 20h
Local: Quiosque da Globo – Praia de Copacabana (altura da Rua Miguel Lemos)
Classificação: livre

Confira mais informações sobre os filmes que serão exibidos:

Foto/arte: Reprodução site Globo Rio

Foto/arte: Reprodução site Globo Rio

Foto/arte do VLT no Centro do Rio de Janeiro

Foto/arte: Centro de Operações Rio

| Novas alterações estão em vigor desde o dia 15 de novembro |

Desde o dia 15 de novembro, a Prefeitura do Rio implantou novas intervenções no trânsito do Centro e da Região Portuária para obras de implantação do Veículo Leve Sobre Trilhos, o VLT, e reurbanização da Praça da Misericórdia e seu entorno. Houve mudanças nos trajetos e paradas das linhas municipais e intermunicipais que circulam no Centro do Rio, de acordo com o plano de reordenamento de itinerários da Secretaria Municipal de Transportes.

Muitas pessoas andam meio perdidas e reclamando bastante. Fique atento às mudanças! Confira nos links abaixo.

Detalhes sobre as interdições no Centro e Região Portuária ==> http://bit.ly/AlteracoesTransitoVLT

Detalhes sobre o reordenamento de itinerários das linhas de ônibus ==> http://ow.ly/EaquQ

Este slideshow necessita de JavaScript.

| O filme ‘Muita Calma Nessa Hora 2’ e a peça ‘Chorinho’ são as atrações deste domingo no bairro da Zona Oeste |

No dia 9 de novembro, domingo, a partir das 15h, Campo Grande será palco de mais um Programão Carioca, projeto da Globo que oferece sessões gratuitas de cinema e teatro em diversos pontos do Rio e do Grande Rio. Para esta edição, o evento terá o filme Muita Calma Nessa Hora 2’ e a peça Chorinho’, que tem no elenco as atrizes Denise Fraga e Claudia Mello.

Muita Calma Nessa Hora 2’ mostra o reencontro  e as novas aventuras das amigas Estrella (Débora Lamm), Aninha (Fernanda Souza), Tita (Andréia Horta) e Mari (Gianne Albertoni)  no Rio de Janeiro. A comédia é dirigida por Felipe Joffily e tem Bruno Mazzeo como um dos roteiristas. O longa e conta com a participação de Marcelo Adnet, Heloísa Périssé, Alexandre Nero, entre outros.

Com poesia e humor, a peça Chorinho’ apresenta a história de duas mulheres completamente diferentes, mas que sofrem de solidão. Em um encontro, as personagens interpretadas por Denise Fraga e Claudia Mello se transformam em amigas e compartilham seus pensamentos e medos.

Programão Carioca
Data: dia 9 de novembro (domingo)
Local: Teatro Arthur Azevedo (Rua Vitor Alves, 454 – Campo Grande)
15h – Filme – Muita Calma Nessa Hora 2 – classificação 12 anos
17h30 – Peça – Chorinho (com Denise Fraga e Claudia Mello) – classificação 12 anos
Retirada de ingressos para o filme e peça 1h antes de cada sessão / Distribuição de pipoca

 

 

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Haverá debate com a equipe do filme e convidados após a sessão

Na próxima quinta-feira, dia 11 de setembro, às 19h, o espaço Cinema Nosso promove a exibição do curta-documentário Um olhar sobre o Pataxó Norte Mineiro, filme de Tiago M. Souza e Sandra Lima, que aborda a questão indígena e mostra o cotidiano e a cultura da tribo Pataxó do Sul Mineiro.

Sinopse: “Um olhar sobre o Pataxó Norte Mineiro” é um documentário com depoimentos de uma parte da tribo Pataxó que vive no Norte de Minas Gerais, em uma região chamada Terras Guarani, no município de Carmésia. Com uma dinâmica bem simples, os autores procuram na própria narrativa dos habitantes daquela região uma visão sobre as transformações em suas vidas pós o deslocamento de sua terra de origem e a própria interferência antropológica desde o novo espaço geográfico a “cultura do homem branco” em seu cotidiano.

Cinema Nosso: é uma instituição sociocultural com mais de 10 anos de atividades. Sua missão é a democratização do audiovisual para a juventude carioca. Somos hoje, uma das maiores escolas populares de Audiovisual da América Latina, realizando cursos, oficinas, produções, palestras, mostras, sessões de cinema e festivais. Situada em um casarão do século XIX no coração da Lapa, no Rio de Janeiro, a organização prioriza o estímulo à reflexão e ao respeito, diversidade, pluralidade e cultura popular. A ação foi iniciada a partir do processo de produção do filme “Cidade de Deus”dos diretores Fernando Meirelles e Kátia Lund. O Espaço Cinema Nosso possui 58 lugares. Equipada com tecnologia digital 3D, é uma sala de cinema de rua alternativa e polivalente que viabiliza o acesso ao audiovisual, a formação de público e também se configura enquanto local de criatividade e descontração.”

Sessão Um olhar sobre o Pataxó Norte Mineiro
Data: 11/09
Horário: 19h
Local: Espaço Cinema Nosso – Rua do Rezende, 80 – Lapa – Rio de Janeiro/RJ – Tel.: (21) 2505-3300
Capacidade: 58 lugares

Evento terá distribuição de lanche

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Neste sábado, dia 07 de junho, às 15h, o Cinema Nosso realiza mais uma edição de sua Maratoninha Infantil. Desta vez, haverá a exibição especial do filme Uma professora muito maluquinha e o curta de animação Família Vegan, produzido pela instituição. As sessões contam com distribuição de pipoca e suco para a garotada.

Programação:
15h – Família Vegan, Produtora Escola Cinema Nosso, animação (2010, 8´).
15h 10 – Uma professora muito maluquinha, de André Alves Pinto e César Rodrigues (2011, 90´)

“Cinema Nosso: é uma instituição sociocultural com 10 anos de atividades. Sua missão é a democratização do audiovisual para a juventude carioca. Somos hoje, uma das maiores escolas populares de Audiovisual da América Latina, realizando cursos, oficinas, produções, palestras, mostras, sessões de cinema e festivais. Situada em um casarão do século XIX no coração da Lapa, no Rio de Janeiro, a organização prioriza o estímulo à reflexão e ao respeito, diversidade, pluralidade e cultura popular. A ação foi iniciada a partir do processo de produção do filme “Cidade de Deus” dos diretores Fernando Meirelles e Kátia Lund.
O Espaço Cinema Nosso possui 58 lugares. Equipada com tecnologia digital 3D, é uma sala de cinema de rua alternativa e polivalente que viabiliza o acesso ao audiovisual, a formação de público e também se configura enquanto local de criatividade e descontração.”

Maratoninha Infantil Cinema Nosso
Data: 07/06
Horário: 15h
Local: Espaço Cinema Nosso – Rua do Rezende, 80 – Lapa
Tels.: (21) 2505-3300/992442744

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A 5ª edição do CINEfoot – Festival de Cinema de Futebol acontece de 22 a 27 de maio no Rio de Janeiro. O evento é o primeiro e único festival de cinema do Brasil e da América Latina dedicado à promoção e exibição de filmes com o futebol como tema. Sua programação inclui mostras competitivas internacionais, mostras especiais, debates, oficinas, concursos de vídeos, homenagens, dentre outras atividades.

Abertura do evento está programada para o dia 22 de maio, às 20:30h, no Espaço Itaú de Cinema (Praia de Botafogo, 316), com a exibição do longa-metragem “Maracaná La Pelicula”, inédito no Brasil. O filme uruguaio, que estreou mundialmente diante de 10 mil pessoas no estádio Centenário em Montevidéu, traz imagens inéditas da final da Copa de 1950 e promete emocionar também os apaixonados por futebol da capital carioca. A sessão contará com a presença dos diretores do filme, os uruguaios Sebastián Bednarik e Andrés Varela.

Pela primeira vez, a quantidade de filmes brasileiros supera a de internacionais. Para a Mostra Competitiva de Longa-Metragem, foram selecionados 16 filmes, sendo 12 brasileiros e 4 internacionais. Entre os nacionais estão produções do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Os internacionais são produções da da Alemanha, Bulgária, França e uma co-produção Itália/Argentina.

Na Mostra Competitiva de Curta-Metragem são 22 filmes: 12 brasileiros, sendo produções de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Sul, e 10 internacionais, com filmes da Espanha, Holanda, França, Alemanha, Inglaterra, Japão, Argentina, e uma co-produção da Bélgica/Emirados Árabes/Iraque.

As exibições do CINEfoot acontecem no Espaço Itaú de Cinema (Botafogo), Centro Cultural da Justiça Federal – CCJF (Centro do RJ), no Cine Santa (Santa Teresa), no CineClube Digital (Fundição Progresso – Lapa), no Cine Manguinhos (Biblioteca Parque de Manguinhos – Benfica) e no PontoCine (Guadalupe). A classificação é livre.

O Festival também acontecerá em São Paulo, de 29 de maio a 3 de junho, e em Belo Horizonte, de 30 de maio a 4 de junho, com entrada franca em todas as sessões. No ano da Copa do Mundo do Brasil, dentre outras celebrações, o evento homenageará os 100 anos da Seleção Brasileira, os 60 anos da camisa canarinho e os 20 anos da conquista do tetracampeonato mundial, conquistado em 1994, nos Estados Unidos.

Para conferir a programação completa, clique aqui e acesse o site do evento!

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Cinema Nosso realizará, no dia 17/05, às 15h, mais uma edição da Maratoninha Infantil. Dessa vez, uma sessão especial com a exibição de curtas-metragens em Libras (língua brasileira de sinais). O objetivo é promover a acessibilidade e o respeito à diversidade. O evento é aberto a todos, tem entrada gratuita e conta com distribuição de pipoca e suco.

Programação:
– A Mula Teimosa e o Controle Remoto, de Helio Villela Nunes (15min)
– Cadê Meu Rango?, de George Munari Damiani (4min)
– A Grande Viagem, de Caroline Fioratti (15min)
– O Macaco e o Rabo, direção coletiva (8min)

Cinema Nosso: é uma instituição sociocultural com 10 anos de atividades. Sua missão é a democratização do audiovisual para a juventude carioca. Somos hoje, uma das maiores escolas populares de Audiovisual da América Latina, realizando cursos, oficinas, produções, palestras, mostras, sessões de cinema e festivais. Situada em um casarão do século XIX no coração da Lapa, no Rio de Janeiro, a organização prioriza o estímulo à reflexão e ao respeito, diversidade, pluralidade e cultura popular. A ação foi iniciada a partir do processo de produção do filme “Cidade de Deus” dos diretores Fernando Meirelles e Kátia Lund.O Espaço Cinema Nosso possui 58 lugares. Equipada com tecnologia digital 3D, é uma sala de cinema de rua alternativa e polivalente que viabiliza o acesso ao audiovisual, a formação de público e também se configura enquanto local de criatividade e descontração.”

Maratoninha Infantil
Data: dia: 17/05, sábado
Horário: às 15h
Local: Espaço Cinema Nosso – Rua do Rezende, 80 – Lapa – Rio de Janeiro/RJ – Tels.: (21) 2505-3300 / 99244-2744
Capacidade: 58 lugares

Programação tem exibição do filme Minha Mãe É Uma Peça, show da Orquestra Tabajara e aula de yoga

Foto Minha Mãe É Uma Peça

Foto: Páprica Fotografia/Divulgação

Neste final de semana acontece mais uma edição do Programão Carioca, projeto realizado pela Globo, que promove atividades culturais gratuitas em diversos pontos do Rio e Grande Rio. As atividades em comemoração ao Dia das Mães começam no sábado, dia 10 de maio, na Cidade das Artes, com a exibição do filme Minha Mãe É Uma Peça, criado e estrelado pelo ator Paulo Gustavo. Além do longa, a Orquestra Tabajara animará o público com um repertório que inclui sucessos como Garota de Ipanema, Eu sei que vou te amar e Cidade Maravilhosa.

No domingo, no Quiosque da Globo, em Copacabana, haverá um aulão de yoga e apresentação do mantra “Jay Ma” – uma homenagem ao aspecto feminino, referindo-se principalmente à mãe, com repertório de músicas brasileiras que realçam as qualidades das mulheres e a participação de alguns alunos de yoga e canto. As atividades serão ministradas pela professora Lila Shakti. Confira os horários e locais da programação a seguir!

Programão Carioca – Especial Dia das Mães
Data: Dia 10/05 (sábado)
Horário: 16h – Exibição do filme Minha mãe é uma peça – Classificação: 12 anos
Às 19h – Orquestra Tabajara – Classificação: Livre
Local: Cidade das Artes – Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca

Data: Dia 11/05 (domingo)
Horário: 9h às 10h – Aulão de yoga com a professora Lila Shakti
Das 10h às 11h – Apresentação do mantra “Jay Ma”
Local: Quiosque da Globo – Av. Atlântica (altura da Rua Miguel Lemos)
Classificação: Livre

Foto de cena do filme Berlin is in Germany

Foto: Divulgação

A mostra “Encontro com o Cinema Alemão” reúne produções do final do século 20 e início do 21 que retratam a vida cotidiana e as relações sociais no país. As sessões acontecerão ao longo do mês de abril, no Sesc Engenho de Dentro. Além de questões contemporâneas da sociedade ocidental, o catálogo de produções retrata dois grandes temas: a Segunda Guerra Mundial e a vida na extinta Alemanha Oriental depois da unificação do país. A ação integra a agenda da Temporada Alemanha + Brasil 2013-2014.

O evento está circulando pelas regionais do Sesc no Brasil por meio de uma parceria com o Goethe-Institut. No Rio de Janeiro, além de Engenho de Dentro, a mostra passará pelas unidades do Sesc em Niterói, Nova Friburgo e Nova Iguaçu, onde ocorrerá a abertura oficial do projeto no Estado, no dia 17/4, às 19h, com a presença de Yasemin Samdereli, diretora do filme “Bem-vindo à Alemanha”.

Confira a programação a seguir!

Sesc Engenho de Dentro

1/4, 18h (Terça-feira)
A Vida é um Canteiro de Obras (Das Leben ist eine Baustelle). Direção: Wolfgang Becker, colorido,118min,1997.
Inverno em Berlim: um jovem operário perde seu emprego e é condenado a pagar uma multa. Seu pai morre e Vera, sua nova namorada, vai com ele ao velório. Um filme provocante e, às vezes, cômico, sobre a postura de vida de uma nova geração da cidade grande.

3/4,18h (Quinta-feira)
Berlin is in Germany. Direção: Hannes Stöhr, colorido, 90min, 2001.
Após um longo período de reclusão, que teve início ainda nos tempos da antiga RDA, Martin é posto em liberdade na nova Berlim unificada. Involuntariamente, ele entra em conflito com a polícia.

5/4, 15h (Sábado)
Nenhum Lugar Para Ir (Die Unberührbare). Direção: Oskar Roehler, pb, 100min, 1999.
A escritora Hanna Flanders não consegue lidar nem com o próprio desenvolvimento pessoal nem com o desenvolvimento político responsável pela extinção da RDA e pela reunificação alemã.

10/4, 18h (Quinta-feira)
Adeus Lenin (Goodbye Lenin). Direção: Wolfgang Becker, colorido, 120 min., 2003.
Berlim (leste), outono de 1989: A mãe de Alex Kerner entra em coma após sofrer um infarto, razão pela qual a queda do muro lhe passa despercebida. No verão de 1990, ela recobra a consciência, porém o médico adverte que qualquer excitação pode ser-lhe fatal. Alex terá de esconder da mãe a extinção do Estado do Partido Socialista Único.

12/4, 15h (Sábado)
Sonnenallee (Sonnenallee). Direção: Leander Haußmann, colorido, 94 min., 1999.
No filme, ousa-se fazer uma retrospectiva da Alemanha Oriental (RDA) – não de modo lamurioso, mas claramente nostálgico e bastante exagerado. O filme enfoca os jovens, as canções e danças proibidas bem como o “grande amor“ que transforma tudo.

17/4, 18h (Quinta-feira)
4 Dias em Maio (4 Tage im Mai). Direção: Achim von Borries, colorido, 95min, 2011.
Quatro dias antes do término da Segunda Guerra Mundial, soldados russos e alemães, na costa do mar Báltico, estão cansados da batalha. Apenas um órfão de 13 anos quer virar herói e tenta provocar um confronto.

19/4, 15h (Sábado)
Yella (Yella). Direção: Christian Petzold, colorido, 88 min, 2007.
Yella anseia pelo futuro. Deseja que a existência que tem levado se torne passado. Ela conhece um homem que opera no mundo do capital de risco. Yella dá provas de competência como sua assistente. Mas momentos de sua vida pregressa misturam-se à sua nova vida.

24/4, 18h (Quinta-feira)
Bem-Vindo à Alemanha (Almanya). Direção: Yasemin Samdereli, colorido, 95 min., 2010.
Em 1964, Hüseyin Yilmaz sai da Turquia e vai para a Alemanha. Mais tarde, traz a esposa e os filhos. Agora, sua neta relata com afeto e humor a história da família durante a viagem de férias do clã a seu lugar de origem. Qual é sua verdadeira pátria é a questão que cada um deverá colocar para si mesmo.

26/4, 15h (Sábado)
Todos os Outros (Alle anderen). Direção: Maren Ade, colorido, 119 min, 2009.
O filme conta a história de Gitti e Chris, um casal no início da casa dos trinta que tenta desfrutar suas férias isolando-se a dois, longe de todos os outros. Só não conseguem fugir um do outro.

29/4, 18h (Terça-feira)
O Que Permanece (Was bleibt). Direção: Hans-Christian Schmid, colorido, 88 min., 2012.
Um universo familiar aparentemente intacto, um fim de semana prolongado em família – depois disso, nada mais será como antes. Aparentemente, tudo está em ordem e garantido – até o momento em que Gitte, que já sofre de depressão há vários anos, comenta que já está curada e que deixou de tomar os medicamentos. As fachadas da família supostamente intacta caem por terra.

Mostra Encontro com o Cinema Alemão
Local: Sesc Engenho de Dentro – Av. Amaro Cavalcanti, 1661 – Engenho de Dentro – Tels.: (21) 3822-4830 / 3822-9529
Período: De 01/04/2014 a 29/04/2014, conforme programação

Sesc Niterói
15/08
A Vida é um Canteiro de Obras (Das Leben ist eine Baustelle). 
Direção: Wolfgang Becker, colorido,118min,1997. 16 anos
Inverno em Berlim: um jovem operário perde seu emprego e é condenado a pagar uma multa. Seu pai morre e Vera, sua nova namorada, vai com ele ao velório. Um filme provocante e, às vezes, cômico, sobre a postura de vida de uma nova geração da cidade grande.

16/08
Berlin is in Germany. 
Direção: Hannes Stöhr, colorido, 90min, 2001. 14 anos
Após um longo período de reclusão, que teve início ainda nos tempos da antiga RDA, Martin é posto em liberdade na nova Berlim unificada. Involuntariamente, ele entra em conflito com a polícia

19/08
Nenhum Lugar Para Ir (Die Unberührbare).
 Direção: Oskar Roehler, pb, 100min, 1999. 14 anos
A escritora Hanna Flanders não consegue lidar nem com o próprio desenvolvimento pessoal nem com o desenvolvimento político responsável pela extinção da RDA e pela reunificação alemã.

20/08
Adeus Lenin (Goodbye Lenin).
 Direção: Wolfgang Becker, colorido, 120 min., 2003. 12 anos
Berlim (leste), outono de 1989: A mãe de Alex Kerner entra em coma após sofrer um infarto, razão pela qual a queda do muro lhe passa despercebida. No verão de 1990, ela recobra a consciência, porém o médico adverte que qualquer excitação pode ser-lhe fatal. Alex terá de esconder da mãe a extinção do Estado do Partido Socialista Único.

21/08
Sonnenallee (Sonnenallee).
 Direção: Leander Haußmann, colorido, 94 min., 1999. 14 anos
No filme, ousa-se fazer uma retrospectiva da Alemanha Oriental (RDA) – não de modo lamurioso, mas claramente nostálgico e bastante exagerado. O filme enfoca os jovens, as canções e danças proibidas bem como o “grande amor“ que transforma tudo.

22/08
4 Dias em Maio (4 Tage im Mai).
 Direção: Achim von Borries, colorido, 95min, 2011. 14 anos
Quatro dias antes do término da Segunda Guerra Mundial, soldados russos e alemães, na costa do mar Báltico, estão cansados da batalha. Apenas um órfão de 13 anos quer virar herói e tenta provocar um confronto.

23/08
Yella (Yella). Direção: Christian Petzold, colorido, 88 min, 2007. 14 anos
Yella anseia pelo futuro. Deseja que a existência que tem levado se torne passado. Ela conhece um homem que opera no mundo do capital de risco. Yella dá provas de competência como sua assistente. Mas momentos de sua vida pregressa misturam-se à sua nova vida.

26/08
Bem-Vindo à Alemanha (Almanya).
 Direção: Yasemin Samdereli, colorido, 95 min., 2010.12 anos
Em 1964, Hüseyin Yilmaz sai da Turquia e vai para a Alemanha. Mais tarde, traz a esposa e os filhos. Agora, sua neta relata com afeto e humor a história da família durante a viagem de férias do clã a seu lugar de origem. Qual é sua verdadeira pátria é a questão que cada um deverá colocar para si mesmo.

27/08
Todos os Outros (Alle anderen).
 Direção: Maren Ade, colorido, 119 min, 2009. 14 anos
O filme conta a história de Gitti e Chris, um casal no início da casa dos trinta que tenta desfrutar suas férias isolando-se a dois, longe de todos os outros. Só não conseguem fugir um do outro.

28/08
O Que Permanece (Was bleibt).
 Direção: Hans-Christian Schmid, colorido, 88 min., 2012. 12 anos
Um universo familiar aparentemente intacto, um fim de semana prolongado em família – depois disso, nada mais será como antes. Aparentemente, tudo está em ordem e garantido – até o momento em que Gitte, que já sofre de depressão há vários anos, comenta que já está curada e que deixou de tomar os medicamentos. As fachadas da família supostamente intacta caem por terra.

Mostra Encontro com o Cinema Alemão
Local: Sesc Niterói – Rua Padre Anchieta, 56. Centro – Niterói – RJ – Tel.: (21) 2719-9119
Período: De 15 a 28/08/2014, conforme programação

Sesc Nova Iguaçu
17/4, 19h (Quinta)
Bem-Vindo à Alemanha (Almanya)
. Direção: Yasemin Samdereli, colorido, 95 min., 2010.12 anos
Em 1964, Hüseyin Yilmaz sai da Turquia e vai para a Alemanha. Mais tarde, traz a esposa e os filhos. Agora, sua neta relata com afeto e humor a história da família durante a viagem de férias do clã a seu lugar de origem. Qual é sua verdadeira pátria é a questão que cada um deverá colocar para si mesmo.
Debate com a Cineasta Yasemin Samdereli – Diretora do Filme

18/4, 10h e 14h (Sexta)
Nenhum Lugar Para Ir (Die Unberührbare).
 Direção: Oskar Roehler, pb, 100min, 1999. 14 anos
A escritora Hanna Flanders não consegue lidar nem com o próprio desenvolvimento pessoal nem com o desenvolvimento político responsável pela extinção da RDA e pela reunificação alemã.

19/4,  10h e 14h (Sábado)
A Vida é um Canteiro de Obras (Das Leben ist eine Baustelle). Direção: Wolfgang Becker, colorido,118min,1997. 16 anos
Inverno em Berlim: um jovem operário perde seu emprego e é condenado a pagar uma multa. Seu pai morre e Vera, sua nova namorada, vai com ele ao velório. Um filme provocante e, às vezes, cômico, sobre a postura de vida de uma nova geração da cidade grande.

20/4, 10h e 14h (Domingo)
Yella (Yella). Direção: Christian Petzold, colorido, 88 min, 2007. 14 anos
Yella anseia pelo futuro. Deseja que a existência que tem levado se torne passado. Ela conhece um homem que opera no mundo do capital de risco. Yella dá provas de competência como sua assistente. Mas momentos de sua vida pregressa misturam-se à sua nova vida.

21/4, 10h e 14h (Segunda)
Sonnenallee (Sonnenallee). 
Direção: Leander Haußmann, colorido, 94 min., 1999. 14 anos
No filme, ousa-se fazer uma retrospectiva da Alemanha Oriental (RDA) – não de modo lamurioso, mas claramente nostálgico e bastante exagerado. O filme enfoca os jovens, as canções e danças proibidas bem como o “grande amor“ que transforma tudo.

22/4, 10h e 14h (Terça)
Todos os Outros (Alle anderen). Direção: Maren Ade, colorido, 119 min, 2009. 14 anos
O filme conta a história de Gitti e Chris, um casal no início da casa dos trinta que tenta desfrutar suas férias isolando-se a dois, longe de todos os outros. Só não conseguem fugir um do outro.

23/4, 10h e 14h (Quarta)
4 Dias em Maio (4 Tage im Mai). 
Direção: Achim von Borries, colorido, 95min, 2011. 14 anos
Quatro dias antes do término da Segunda Guerra Mundial, soldados russos e alemães, na costa do mar Báltico, estão cansados da batalha. Apenas um órfão de 13 anos quer virar herói e tenta provocar um confronto.

24/4, 9h e 14h (Quinta)
Adeus Lenin (Goodbye Lenin). Direção: Wolfgang Becker, colorido, 120 min., 2003. 12 anos
Berlim (leste), outono de 1989: A mãe de Alex Kerner entra em coma após sofrer um infarto, razão pela qual a queda do muro lhe passa despercebida. No verão de 1990, ela recobra a consciência, porém o médico adverte que qualquer excitação pode ser-lhe fatal. Alex terá de esconder da mãe a extinção do Estado do Partido Socialista Único.
Debate com Agata Gomes – Professora de Geografia

25/4, 10h e 14h (Sexta)
O Que Permanece (Was bleibt). Direção: Hans-Christian Schmid, colorido, 88 min., 2012. 12 anos
Um universo familiar aparentemente intacto, um fim de semana prolongado em família – depois disso, nada mais será como antes. Aparentemente, tudo está em ordem e garantido – até o momento em que Gitte, que já sofre de depressão há vários anos, comenta que já está curada e que deixou de tomar os medicamentos. As fachadas da família supostamente intacta caem por terra.

26/4, 10h e 14h (Sábado)
Berlin is in Germany.
 Direção: Hannes Stöhr, colorido, 90min, 2001. 14 anos
Após um longo período de reclusão, que teve início ainda nos tempos da antiga RDA, Martin é posto em liberdade na nova Berlim unificada. Involuntariamente, ele entra em conflito com a polícia.
Debate com Miguel Nagle – Cineasta

27/4,  10h e 14h (Domingo)
A Vida é um Canteiro de Obras (Das Leben ist eine Baustelle).
 Direção: Wolfgang Becker, colorido,118min,1997. 16 anos
Inverno em Berlim: um jovem operário perde seu emprego e é condenado a pagar uma multa. Seu pai morre e Vera, sua nova namorada, vai com ele ao velório. Um filme provocante e, às vezes, cômico, sobre a postura de vida de uma nova geração da cidade grande.

29/4, 10h e 14h (Terça)
Bem-Vindo à Alemanha (Almanya).
 Direção: Yasemin Samdereli, colorido, 95 min., 2010.12 anos
Em 1964, Hüseyin Yilmaz sai da Turquia e vai para a Alemanha. Mais tarde, traz a esposa e os filhos. Agora, sua neta relata com afeto e humor a história da família durante a viagem de férias do clã a seu lugar de origem. Qual é sua verdadeira pátria é a questão que cada um deverá colocar para si mesmo.

30/4, 10h e 14h (Quarta)
Sonnenallee (Sonnenallee). 
Direção: Leander Haußmann, colorido, 94 min., 1999. 14 anos
No filme, ousa-se fazer uma retrospectiva da Alemanha Oriental (RDA) – não de modo lamurioso, mas claramente nostálgico e bastante exagerado. O filme enfoca os jovens, as canções e danças proibidas bem como o “grande amor“ que transforma tudo.

Mostra Encontro com o Cinema Alemão
Local: Sesc Nova Iguaçu – Rua Dom Adriano Hipólito, 10 – Moquetá – RJ – Tel.: (21) 2797-3001
Período: De 17 a 30/04/2014, conforme programação

Sesc Nova Friburgo
22/4, 19h (Terça-feira)
A Vida é um Canteiro de Obras (Das Leben ist eine Baustelle). Direção: Wolfgang Becker, colorido,118min,1997.
Inverno em Berlim: um jovem operário perde seu emprego e é condenado a pagar uma multa. Seu pai morre e Vera, sua nova namorada, vai com ele ao velório. Um filme provocante e, às vezes, cômico, sobre a postura de vida de uma nova geração da cidade grande.

23/4,19h (Quarta-feira)
Berlin is in Germany. Direção: Hannes Stöhr, colorido, 90min, 2001.
Após um longo período de reclusão, que teve início ainda nos tempos da antiga RDA, Martin é posto em liberdade na nova Berlim unificada. Involuntariamente, ele entra em conflito com a polícia.

24/4, 19h (Quinta-feira)
Nenhum Lugar Para Ir (Die Unberührbare). Direção: Oskar Roehler, pb, 100min, 1999.
A escritora Hanna Flanders não consegue lidar nem com o próprio desenvolvimento pessoal nem com o desenvolvimento político responsável pela extinção da RDA e pela reunificação alemã.

25/4, 19h (Sexta-feira)
Adeus Lenin (Goodbye Lenin). Direção: Wolfgang Becker, colorido, 120 min., 2003.
Berlim (leste), outono de 1989: A mãe de Alex Kerner entra em coma após sofrer um infarto, razão pela qual a queda do muro lhe passa despercebida. No verão de 1990, ela recobra a consciência, porém o médico adverte que qualquer excitação pode ser-lhe fatal. Alex terá de esconder da mãe a extinção do Estado do Partido Socialista Único.

26/4, 17h (Sábado)
Sonnenallee (Sonnenallee). Direção: Leander Haußmann, colorido, 94 min., 1999.
No filme, ousa-se fazer uma retrospectiva da Alemanha Oriental (RDA) – não de modo lamurioso, mas claramente nostálgico e bastante exagerado. O filme enfoca os jovens, as canções e danças proibidas bem como o “grande amor“ que transforma tudo.

26/4, 19h (Sábado)
4 Dias em Maio (4 Tage im Mai). Direção: Achim von Borries, colorido, 95min, 2011.
Quatro dias antes do término da Segunda Guerra Mundial, soldados russos e alemães, na costa do mar Báltico, estão cansados da batalha. Apenas um órfão de 13 anos quer virar herói e tenta provocar um confronto.

23 e 27/4, 19h (Quinta) e 17h (Domingo)
Yella (Yella). Direção: Christian Petzold, colorido, 88 min, 2007.
Yella anseia pelo futuro. Deseja que a existência que tem levado se torne passado. Ela conhece um homem que opera no mundo do capital de risco. Yella dá provas de competência como sua assistente. Mas momentos de sua vida pregressa misturam-se à sua nova vida.

27/4, 19h (Domingo)
Bem-Vindo à Alemanha (Almanya). Direção: Yasemin Samdereli, colorido, 95 min., 2010.
Em 1964, Hüseyin Yilmaz sai da Turquia e vai para a Alemanha. Mais tarde, traz a esposa e os filhos. Agora, sua neta relata com afeto e humor a história da família durante a viagem de férias do clã a seu lugar de origem. Qual é sua verdadeira pátria é a questão que cada um deverá colocar para si mesmo.

29/4, 19h (Terça)
Todos os Outros (Alle anderen). Direção: Maren Ade, colorido, 119 min, 2009.
O filme conta a história de Gitti e Chris, um casal no início da casa dos trinta que tenta desfrutar suas férias isolando-se a dois, longe de todos os outros. Só não conseguem fugir um do outro.

30/4, 19h (Quarta)
O Que Permanece (Was bleibt). Direção: Hans-Christian Schmid, colorido, 88 min., 2012.
Um universo familiar aparentemente intacto, um fim de semana prolongado em família – depois disso, nada mais será como antes. Aparentemente, tudo está em ordem e garantido – até o momento em que Gitte, que já sofre de depressão há vários anos, comenta que já está curada e que deixou de tomar os medicamentos. As fachadas da família supostamente intacta caem por terra.

Mostra Encontro com o Cinema Alemão
Local: Sesc Nova Friburgo – Av. Presidente Costa e Silva, 231 – Nova Friburgo – RJ – Tel.: (22) 2543-5000
Período: De 22 a 30/04/2014, conforme programação

Sesc Ramos
27/5 (terça-feira), às 10h
A Vida é um Canteiro de Obras (Das Leben ist eine Baustelle). Direção: Wolfgang Becker, colorido,118min,1997.
Inverno em Berlim: um jovem operário perde seu emprego e é condenado a pagar uma multa. Seu pai morre e Vera, sua nova namorada, vai com ele ao velório. Um filme provocante e, às vezes, cômico, sobre a postura de vida de uma nova geração da cidade grande. Classificação: 16 anos

27/5 (terça-feira), às 15h
Berlin is in Germany. Direção: Hannes Stöhr, colorido, 90min, 2001.
Após um longo período de reclusão, que teve início ainda nos tempos da antiga RDA, Martin é posto em liberdade na nova Berlim unificada. Involuntariamente, ele entra em conflito com a polícia. Classificação: 14 anos

28/5 (quarta-feira), às 10h
Nenhum Lugar Para Ir (Die Unberührbare). Direção: Oskar Roehler, pb, 100min, 1999.
A escritora Hanna Flanders não consegue lidar nem com o próprio desenvolvimento pessoal nem com o desenvolvimento político responsável pela extinção da RDA e pela reunificação alemã. Classificação: 14 anos

28/5 (quarta-feira), às 15h
Adeus Lenin (Goodbye Lenin). Direção: Wolfgang Becker, colorido, 120 min., 2003.
Berlim (leste), outono de 1989: A mãe de Alex Kerner entra em coma após sofrer um infarto, razão pela qual a queda do muro lhe passa despercebida. No verão de 1990, ela recobra a consciência, porém o médico adverte que qualquer excitação pode ser-lhe fatal. Alex terá de esconder da mãe a extinção do Estado do Partido Socialista Único. Classificação: 12 anos

29/5 (quinta-feira), às 10h
Sonnenallee (Sonnenallee). Direção: Leander Haußmann, colorido, 94 min., 1999.
No filme, ousa-se fazer uma retrospectiva da Alemanha Oriental (RDA) – não de modo lamurioso, mas claramente nostálgico e bastante exagerado. O filme enfoca os jovens, as canções e danças proibidas bem como o “grande amor“ que transforma tudo. Classificação: 14 anos

29/5 (quinta-feira), às 15h
4 Dias em Maio (4 Tage im Mai). Direção: Achim von Borries, colorido, 95min, 2011.
Quatro dias antes do término da Segunda Guerra Mundial, soldados russos e alemães, na costa do mar Báltico, estão cansados da batalha. Apenas um órfão de 13 anos quer virar herói e tenta provocar um confronto. Classificação: 14 anos
30/5 (sexta-feira), às 10h
Yella (Yella). Direção: Christian Petzold, colorido, 88 min, 2007.
Yella anseia pelo futuro. Deseja que a existência que tem levado se torne passado. Ela conhece um homem que opera no mundo do capital de risco. Yella dá provas de competência como sua assistente. Mas momentos de sua vida pregressa misturam-se à sua nova vida.
Classificação: 14 anos

30/5 (sexta-feira), às 15h
Bem-Vindo à Alemanha (Almanya). Direção: Yasemin Samdereli, colorido, 95 min., 2010.
Em 1964, Hüseyin Yilmaz sai da Turquia e vai para a Alemanha. Mais tarde, traz a esposa e os filhos. Agora, sua neta relata com afeto e humor a história da família durante a viagem de férias do clã a seu lugar de origem. Qual é sua verdadeira pátria é a questão que cada um deverá colocar para si mesmo. Classificação: 12 anos

31/5 (sábado), às 10h
Todos os Outros (Alle anderen). Direção: Maren Ade, colorido, 119 min, 2009.
O filme conta a história de Gitti e Chris, um casal no início da casa dos trinta que tenta desfrutar suas férias isolando-se a dois, longe de todos os outros. Só não conseguem fugir um do outro. Classificação: 14 anos

31/5 (sábado), às 15h
O Que Permanece (Was bleibt). Direção: Hans-Christian Schmid, colorido, 88 min., 2012.
Um universo familiar aparentemente intacto, um fim de semana prolongado em família – depois disso, nada mais será como antes. Aparentemente, tudo está em ordem e garantido – até o momento em que Gitte, que já sofre de depressão há vários anos, comenta que já está curada e que deixou de tomar os medicamentos. As fachadas da família supostamente intacta caem por terra.
Classificação: 12 anos

Mostra Encontro com o Cinema Alemão
Local: Sesc Ramos (Sala de Internet Livre): Rua Teixeira Franco, 38 – Ramos – Tel.: (21) 2290-4003
Período: De 27 a 31 de maio, às 10h e às 15h

Exposição Em 1964

Foto/arte: Reprodução

A exposição “Em 1964” propõe uma imersão neste momento decisivo para o país a partir do ponto de vista de artistas e intelectuais cujos acervos estão sob a guarda do Instituto Moreira Salles – IMS ou que tem vínculos diretos com suas atividades. A abertura ao público acontece neste domingo, dia 09 de fevereiro, a partir das 11 horas. O visitante poderá explorar os fatos culturais do período por meio de obras marcantes da literatura, fotografia, do cinema e da música.

Entre os destaques de fotografia, a exposição traz registros do cineasta Jorge Bodanzky, feitas em Brasília no momento do golpe militar; fotos de Chico Albuquerque e Henri Ballot documentando o cotidiano, como feiras, supermercados e outros costumes da vida diária dos brasileiros e a Caravana Farkas, projeto do fotógrafo Thomas Farkas, que reuniu jovens cineastas para documentar a cultura popular brasileira nos anos 1960, com fotos da equipe e a exibição de Viramundo, documentário de Geraldo Sarno.

A exposição apresentará livros originais que marcaram o período. São obras como A paixão segundo G.H. e A legião estrangeira, de Clarice Lispector, O braço direito, romance de Otto Lara Resende, além de dois datiloscritos de Otto, em que explica como teve a ideia de escrever o livro.

Destacam-se também duas paredes dedicadas às oito capas e quarta-capas da revista pifpaf, de Millôr Fernandes, e players com entrevistas de Rachel de Queiroz no programa Roda Viva, comandadas por Caio Fernando Abreu e Marília Gabriela, nas quais ela fala sobre seu apoio ao golpe militar.

Uma seleção musical poderá ser ouvida e terá canções de Tom Jobim, Baden Powell, Nara Leão, Ernesto Nazareth e Radamés Gnattali. Além disso, haverá um espaço dedicado ao Zicartola, restaurante-bar comandado por Cartola e sua mulher Zica que virou sensação, tornou-se um precursor das casas de samba e apresentou pela primeira vez nomes como Paulo César Batista de Faria, o Paulinho da Viola.

Filmes que estavam em cartaz no Brasil naquele ano, além de ciclos de palestras e debates, completam a programação de Em 1964. Veja mais informações sobre atualizações da programação no site www.em1964.com.br, que, continua a ideia de imersão à época. Durante todo o ano, imagens, textos de época e outros especialmente escritos para o site completarão a experiência numa espécie de túnel do tempo para o ano do golpe.

Exposição Em 1964 
Local: Instituto Moreira Salles – Rua Marquês de São Vicente, 476 – Gávea – Tel.: (21) 3284-7400/ (21) 3206-2500
Período: de 09 de fevereiro a 23 novembro – De terça a domingo, das 11h às 20h
Classificação: livre
Visitas monitoradas para escolas devem ser agendadas pelo telefone (21) 3284-7400.

*Obs.: Shows e exibição de filmes fazem parte da programação, entretanto não possuem entrada franca divulgada. Vide programação atualizada no site da exposição.

Foto: Charlie Chaplin em cena do filme Tempos Modernos (1936) / Reprodução internet

Foto: Charlie Chaplin em cena do filme Tempos Modernos (1936) / Reprodução internet

Ainda dá tempo de conferir o Festival Arena Carioca Dicró de Cinema Mudo, que acontece nas terças-feiras de fevereiro, sempre com três sessões, nas quais serão exibidos alguns dos mais importantes filmes da história do cinema mudo, com destaque para uma coletânea das obras de Charlie Chaplin e Buster Keaton.

No dia 18 de fevereiro será exibido Tempos Modernos ( 1936), um dos clássicos do cinema mudo, do cineasta britânico Charlie Chaplin, em que o seu personagem “O Vagabundo” (The Tramp) tenta sobreviver em meio ao mundo moderno e industrializado. O filme é considerado uma crítica ao capitalismo, militarismo, liberalismo, conservadorismo, stalinismo, fascismo, nazismo, fordismo e imperialismo, além dos maus tratos que os empregados passaram a receber depois da Revolução Industrial.
Programação:
Dia 11/02
14h – Charlie Chaplin em Luzes da Cidade
16h – Buster Keaton em Nossa Hospitalidade
18h – Metropolis
Dia 18/02
14h – Charlie Chaplin em Tempos Modernos
16h – Buster Keaton em Sherlock Jr.
18h – O Gabinete do Dr. Kaligari
Dia 25/02
14h – O Artista
16h – Nosferatu
18h – O Nascimento de Uma Nação
Festival Arena Carioca Dicró de Cinema Mudo
Local: Av. Bras de Pina, s/nº – Parque Ary Barroso – Penha – Tel.: 21 34867643
Classificação etária: Livre
Da sessão não é de graça, mas é quase:
Foto cena de Madame Satã com Lázaro Ramos

Foto: Reprodução internet – Madame Satã (2002), de Karin Aïnouz

A partir desta terça, dia 04 de fevereiro, a Caixa Cultural recebe a mostra “O Personagem Homossexual no Cinema Brasileiro“. O evento reúne 17 longas e 5 curtas-metragens que traçam um panorama histórico sobre como os gays foram e continuam a ser retratados nas produções cinematográficas brasileiras ao longo dos anos. Além da exibição dos filmes, fazem parte da programação duas mesas de debate gratuitas com a participação de cineastas, historiadores e estudiosos, como os jornalistas e críticos de cinema Susana Schild e José Carlos Monteiro, o cineasta Luís Carlos Lacerda e o antropólogo e ativista gay Luiz Mott.

Na mostra, filmes pouco conhecidos, como “A Casa Assassinada” (1971), de Paulo César Saraceni, e “Vera” (1986), de Sérgio Toledo, além de clássicos como “O Beijo no Asfalto” (1980), de Bruno Barreto, “Gisele” (1981), de Vitor di Mello, e “Anjos da Noite” (1987), de Wilson Barros. Entre as produções mais recentes, está o longa “Como Esquecer” (2010), de Malu de Martino.

A mostra é realizada por “Luzes da Cidade – Grupo de Cinéfilos e Produtores Culturais” e tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal.

Veja a programação completa do evento, que vai até o dia 16/02, no site www.personagemhomossexual.com.br.

Mostra “O Personagem Homossexual no Cinema Brasileiro”
Local: Caixa Cultural – Av. Almirante Barroso, 25 – Centro (Metrô: Estação Carioca) – Tel.: (21) 3980-3815
Período: de 4 a 16/02 (terça-feira a domingo)
Entrada: R$2 (inteira) e R$1 (meia) / Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 10h às 20h – Acesso para pessoas com deficiência
Classificação e horários das exibições e mesas: Clique aqui e consulte a programação!

Foto/arte: Reprodução

Comemorando 20 anos, a Mostra terá sessões de cinema, debates e mesas-redondas no Centro Cultural da Justiça Federal e na Uerj entre os dias 12 e 17 de dezembro. O evento busca valorizar documentários de caráter etnográfico, mapeando produções nacionais e internacionais. De acordo com a organização, o evento repercutiu no Brasil e no exterior e inspirou a criação de festivais em outras cidades, como Belo Horizonte, Manaus e Recife.  A curadoria é da antropóloga Patrícia Monte-Mór e coordenação de José Inácio Parente, fotógrafo, documentarista e psicanalista.

Programação no Centro Cultural da Justiça Federal
Programação de Filmes e debates:

Fórum de Cinema e Antropologia
Dia 12/12 – Filmes serão exibidos a partir das 14:30h. Senhas 1 hora antes. Sujeito a lotação da sala.
Carioca era um Rio, 74 min, de Simplício Neto
Depois rola o mocotó, 52 min, de Débora Herszenhut
A Batalha do Passinho, 72 min, de Emílio Domingos

Mesa redonda
Dia 12 /12, às 18:30h. Aberta ao público. Senhas 1 hora antes. Sujeito a lotação da sala.
A Mostra com o papel de formação
Simplício Neto (cineasta, Professor cinema UFF)
Débora Herszenhut – (mestranda em antropologia/IFCS-UFRJ, documentarista)
Eliska Altmann – Socióloga e pesquisadora de cinema (UFRRJ)
Emílio Domingos – (cineasta e cientista social)
Divino Tserewahu, cineasta.
Coordenação: José Inacio Parente (Fótografo, documentarista e psicanalista)

Dia 13/12 – Filmes serão exibidos a partir das 14:30h. Senhas 1 hora antes. Sujeito a lotação da sala.

Coutinho.doc: apto 608, de Beth Formaggini, 51 min.
Jean Rouch, subvertendo fronteiras, de Edgar Teodoro da Cunha, Ana Lucia Ferraz, Paula Morgado, Renato Sztutman, 41 min.
A língua do Peixe, Awayunync Kamayura, Samurai Kamayura, Tawana Kalapalo. Ficção 11 min.
Segredo, de Aiukuri Kuikuro, Amini Kuikuro, Kaiautá Kalapalo, Monai Kuikuro, Tuguhi Kuikuro, 13 min.

Mesa redonda
Dia 13/12, às 18h. Aberta ao público. Senhas 1 hora antes. Sujeito a lotação da sala.
20 anos de Mostra. Balanço: Caminhos da Antropologia Visual, novas perspectivas e desafios

Carlos Alberto de Mattos (critico de cinema)
Marc Piault (antropólogo visual, EHESS, diretor Festival Jean Rouch/Paris).
Edgar Teodoro da Cunha (antropólogo visual/LISA/USP)
Ruben Caixeta de Queiroz (antropólogo, diretor Fórum.doc/UFMG/BH).
Silvio Da-Rin (cineasta).
Coordenação: Patrícia Monte-Mór (antropóloga, NAI/UERJ).

Programação na UERJ – Auditório Cartola

Dia 16 dezembro, às 18h.
O Mestre e o Divino, de Tiago Campos, 83 min.
Debate com Patrícia Monte-Mór (NAI-UERJ/VNA) e com o antropólogo José Bessa (FACED-UERJ/VNA)

Dia 17 de dezembro, às 17:30h.
Conversa com Gilberto Velho, de Patrícia Monte-Mór, 24 min.
Depois rola o Mocotó, de Débora Herszenhut, 52 min.
A Batalha do Passinho, de Emilio Domingos, 72 min.
Debate com os realizadores.

Informações: pro.interior@gmail.com
Interior Produções. Tel.: 21 22394691

O segundo longa-metragem de Oswaldo Montenegro, lançado em novembro deste ano, apresenta aspectos da solidão por meio de histórias interligadas de personagens. Vanessa Giacomo narra o filme e interpreta uma mulher que perde a memória e rejeita sua vida anterior e a ter contato físico ou emocional com qualquer ser humano. Oswaldo Montenegro, no papel do “demônio”, enfrenta sua solidão andando pelo mundo, morrendo de saudade de Deus. Um diabo sádico, divertido, que sai por aí oferecendo infinitas possibilidades aos solitários, caso aceitem suas inusitadas condições e exigências.

Outras solidões são mostradas por personagens como o “Palhaço Cocada”, de 95 anos, interpretando a si mesmo (o palhaço mais velho do Brasil) em momentos engraçados e ternos. Uma mulher que, num bar, espera até de manhã por seu namorado, sem se convencer de que ele não vem. Um cantor que sai de Minas com a certeza de fazer sucesso no Rio de Janeiro e vira músico de rua. Um sertanejo que abandona seu ninho achando que vai “ganhar o mundo” e ser feliz. Todos misturados à solidão de atores fazendo testes e tentando entrar para esse filme. A trama vai do do riso ao drama, do musical ao documentário, da comédia romântica à sátira cruel.

Realizado com recursos próprios e a coprodução do Canal Brasil, “Solidões” foi rodado nas dunas de Arraial do Cabo (RJ), no cerrado de Brasília, no agreste de Pernambuco, no Rio de Janeiro e em Piraí (RJ), a fim de retratar ambientes intimistas e as paisagens mais exóticas do sertão. “As músicas de Oswaldo Montenegro permeiam e ligam esses episódios, como rios que vão desembocar num único final: a conclusão clara de que 90% das atividades humanas existem para diminuir ou suavizar a solidão e de que só o afeto pode trazer algum resultado.”

A sessão acontece nesta quarta, dia 11 de dezembro, às 19:30h, seguida de debate com Oswaldo Montenegro, que assina o roteiro, a música e a direção do longa.

No elenco, Vanessa Giacomo, Oswaldo Montenegro, Pedro Nercessian, Eduardo Canto, Renato Luciano, Kamila Pistori, Palhaço Cocada, Madalena Salles, Gabriela Carneiro da Cunha, , Paulinho Dias, Léo Pinheiro, Isaac Araújo, Jordana Paulista, Emilie Biason, Pierre Santos, Larissa Landin, Luciana Moreno, Cristina Prochaska, Maria Helena Dutra, Ariella Braz, Stefânia Ferreira, Renato Góes, Mayara Millane, Maria da Silva, Espedito da Silva, Luis da Silva, Tchello Palma, Verônica Bonfim, Paulo Moreira, Alethea Miranda, Mariah Morena. Elenco de apoio: Frederico Lessa, Diego Fernandes, Ian Ruas, Paulo Navarro, Caio Ruas, Gordo Marques, Clarissa Bárbio, Eduardo Cortazio, Carlito Dias, Marcio Mecca, Vinícius de Oliveira, Érika Lessa, David Carvalho, Lila Shakti, Fernando de Souza, Taís Alvarenga, Taiana Bastos, João de Deus , Antônio de Souza, Anderson Mathias, Paulo Silveira, Vanessa Viana, Andressa Lessa, Camila Paz, Guilherme Jacobs, Claire Digonn, Pedro Pso, Mariana Correa, Barbara Garcia, Tainá Bevilacqua, Gabriel Bernardes, Carina Eiras, João Brack, Marcela Galvão.

Exibição do filme Solidões
Local: Teatro Sesi Centro – Av. Graça Aranha, Centro – Tel.: 21 2563-4163
Data: dia 11/12, às 19:30h
Gênero: drama / comédia

EVOÉ! Retrato de um Antropófago (São Paulo, 104 min, 2011), dirigido por Tadeu Jungle e Elaine Cesar, será exibido no dia 6 de dezembro, às 10h no Teatro Sesc Ginástico.

O filme reúne depoimentos recentes e imagens históricas da carreira do diretor, ator e dramaturgo José Celso Martinez Corrêa (Zé Celso), do Teatro Oficina. A produção tem registros feitos em pontos-chave de sua trajetória, como o Sertão da Bahia; Praia de Cururipe, em Alagoas; Epidaurus e Atenas, na Grécia, além de sua casa, em São Paulo.

EVOÉ! Retrato de um Antropófago na Mostra Cine Cena
Local: Teatro Sesc Ginástico – Av. Graça Aranha, 187  – Centro- Rio de Janeiro /RJ – Tel.:  21 2279 4027
Data:
o6/12, sexta-feira, às 10h
Capacidade: 513 lugaresI

Indicado para maiores de 16 anos

Foto/arte: Trem do Samba

Com programação entre os dias 2 e 7 de dezembro, o tradicional evento carioca, em comemoração ao Dia do Samba (02 de dezembro), chega a sua 18ª edição. A partir desta segunda-feira, artistas como Almir Guineto, Arlindo Cruz, Paulinho da Viola, Dona Ivone Lara, Leci Brandão, Jorge Aragão e Martinália, entre outros, se apresentam em 6 palcos montados no bairro de Oswaldo Cruz, um dos redutos do samba na cidade, além do Palco Renatinho Partideiro, na Central do Brasil.

Além dos shows, haverá rodas de samba em diversos pontos do bairro, no dia 07, e atividades na Tenda do Saber, que abrigará, de 02 a 06 de dezembro, das 14h as 22h, contadores de história e música para as crianças, vídeos e filmes, palestras, debates e oficinas em horários variados. A entrada é franca – mediante a doação de 01 livro ou 01 kg de alimento não perecível  lotação: 100 lugares.

No dia 07, a programação começa a partir das 15h, na Central do Brasil, com shows das Velhas Guardas de escolas de samba tradicionais como Mangueira, Salgueiro e Vila Isabel, além de Delcio Carvalho, Noca da Portela, Serginho Procópio, Monarco, Surica, Wilson Moreira, Baianinho, Bateria do Mestre Faísca e Marquinhos de Oswaldo Cruz, músico e idealizador do projeto. Mas os trens movidos a samba só começam a circular a partir das 18:04h do sábado, dia 07, rumo à Oswaldo Cruz, onde acontecerão diversos shows e rodas de samba a partir das 19h .

Para viajar nos vagões animados por grandes nomes do samba carioca, haverá troca de ingresso por 1kg de alimento não-perecível, na Central do Brasil, a partir das 12h de sábado dia (07/11). Não haverá troca antecipada. Os alimentos arrecadados serão encaminhados para o Banco Rio de Alimentos, que atende a mais de 300 asilos, creches e orfanatos. Mais informações no site ou na página do evento no Facebook.

Veja a programação abaixo:

Em Oswaldo Cruz:
PALCO CANDEIA (Rua João Vicente)
Dia 2/12: Júnior e Expresso Carioca e Almir Guineto
Dia 3/12: Júnior e Expresso Carioca e Leandro Fregonesi (participação de Marcelinho Moreira)
Dia 4/12: Júnior e Expresso Carioca e Rodrigo Carvalho
Dia 5/12: Sururu na Roda e Jorge Aragão
Dia 6/12: Cacique de Ramos e Martnália
Dia 7/12: Grupo Jaqueira com participação de Bianca Cardoso, Pagode da Tia Doca e convidados (Marquinhos Diniz, Zé Luiz do Império, Gabrielzinho do Irajá) e Sombrinha

PALCO ALCIDES MALANDRO HISTÓRICO (Rua Átila da Silveira)
Dia 5/12: Samba do Trabalhador e Moacyr Luz e D. Ivone Lara e Luíza Dionísio
Dia 6/12: Tânia Machado e Orquestra Tabajara
Dia 7/12: Grupo Tempero Carioca, Marquinhos de Oswaldo Cruz e Arlindo Cruz

PALCO ANICETO (Rua Adelaide Badajós)
Dia 6/12: Ana Costa e Leci Brandão
Dia 7/12: Jongo da Serrinha, Grupo Casuarina e Timoneiros da Viola

PALCO JOÃO DA GENTE (Praça Paulo da Portela)
Dia 7/12: Velhas guardas e Paulinho da Viola

PALCO JABURU (Rua Joaquim Teixeira)
Dia 7/12: Grupo Autonomia (participação de Osmar do Breque) e Grupo Quintal do Samba (participação de Ernesto Pires e Eros Fidelis)

PALCO XANGÔ DA MANGUEIRA  (Rua Engenheiro J. Carvalho Salgado)
Dia 6/12: Márcio Vanderlei (participação de Bianca Cardoso e Fred Camacho)
Dia 7/12: Batuk D’ Gueto (participação de Marquinho Satan) e Batuque na Cozinha

PALCO RENATINHO PARTIDEIRO (Central do Brasil)
Dia 7/12: Velhas guardas da Portela, Império Serrano, Salgueiro, Mangueira e Vila Isabel, Monarco, Tia Surica, Dorina, Aloísio Machado, Mauro Diniz, Nelson Sargento, Wilson Moreira, Noca da Portela, Marquynhos Sensação, Ciraninho, Tantinho da Mangueira, Toninho Nascimento, Toninho Geraes, Bruno Maia, Baianinho, Mestre Faísca e Ernesto Pires.

DIA 07/12, sábado – Trem do Samba

TREM ESPECIAL – 18:04h
1º Vagão – Marquinhos de O. Cruz e Velha Guarda da Portela
2º Vagão – Velha Guarda do Império Serrano
3º Vagão – Velha Guarda da Mangueira e Salgueiro
4º Vagão – Velha Guarda da Vila Isabel

1º TREM – 18:24h
1º Vagão – Bloco dos Cachaças
2º Vagão – Bloco Manga Preta
3º Vagão – Clube do Samba
4º Vagão – Crioulice
5º Vagão – Grupo da Analimar
6º Vagão – Democráticos de Guadalupe
7º Vagão – Pagode do Nelsinho e Wilma
8º Vagão – Parados na Ponte

2º TREM – 18:44h
1º Vagão – Grupo RJ Samba
2º Vagão – Harmonia do Zé
3º Vagão – Renascença
4º Vagão – Samba Alegre
5º Vagão – Grupo Regente
6º Vagão – Galeria da Velha Guarda da Portela
7º Vagão – Cacique de Ramos
8º Vagão – Sambadellas

3º TREM – 19:04h
1º Vagão – Quilombo de Irajá
2º Vagão – Samba Puro de Belford Roxo
3º Vagão – Pagode do Balde
4º Vagão – Sambola
5º Vagão – Nossa Arte
6º Vagão – Locomotivas do Samba
7º Vagão – Junte-se a nós
8º Vagão – Nossa Roda – Trem de Minas

4º TREM – 19:24h
1º Vagão – Bloco das Cuicas
2º Vagão – Bloco Sangue Bom
3º Vagão – Bip Bip
4º Vagão – Beco do rato
5º Vagão – Mestre Faisca
6º Vagão – Agenda Samba e Choro
7º Vagão – Só Preto
8º Vagão – UnderGround Samba Lapa

Rodas de Samba em diversos pontos de Oswaldo Cruz (Bares e palcos menores)
Data: 07/12
Início: 19:00h / Término: 01:00h

RODA 1 – CRIOULICE – Local: Rua Frei Bento

RODA 2 – BLOCO DOS CACHAÇAS – Local: Rua Fernandes Marinho

RODA 3 – CLUBE DO SAMBA – Local: Rua Carolina Machado

RODA 4 – GRUPO PARADOS NA PONTE – Local: Rua Átila da Silveira

RODA 5 – BLOCO MANGA PRETA – Loca l: Rua Vicenzia

RODA 6 – RENASCENÇA – ENCONTRO DE BAMBAS – Local: : Rua José Carvalho Salgado

RODA 7 – GRUPO DA ANALIMAR – Local: Travessa Blandina

RODA 8 – DEMOCRÁTICOS DE GUADALUPE – Pagode do Gil – Local: Rua José Carvalho Salgado

RODA 09 – PAGODE DO NELSINHO E DA WILMA – Local: Rua João Vicente

RODA 10 – GRUPO REGENTE – Local: Rua Adelaide Badajós

RODA 11 – BLOCO SANGUE BOM – Local: Rua Adelaide Badajós

RODA 12 – GRUPO RJ SAMBA – Local: Rua Carolina Machado

RODA 13 – BALUARTES DO TURIAÇU – Local: Rua Frei Bento ( Esquina com Rua Pinto de Campos)

Foto: Reprodução internet

De 25 a 29 de novembro, o REcine (Festival Internacional de Cinema de Arquivo) exibe diversos filmes e documentários que tem a cidade do Rio como cenário ou tema. “O Rio em prosa e fitas traz mais de 70 filmes. As produções apresentam a cidade maravilhosa em suas diversas perspectivas, como a variedade humana e o estilo carioca de ser em diferentes épocas. Entre os temas abordados estão: música, arquitetura, romance, drama, e comédia. O festival, que está em sua 12ª edição, é uma iniciativa do Arquivo Nacional com a Rio de Cinema Produções Culturais. O evento conta ainda com uma mostra competitiva, oficinas, palestras e exposição. O ator e diretor Hugo Carvana é um dos homenageados.

Clique aqui e confira a programação completa!

O Rio em prosa e fitasREcine (Festival Internacional de Cinema de Arquivo)
Local: sessões no Arquivo Nacional (Praça da República, 173 – Centro.
Data: De 25 a 29/11 – das 10h às 22h (consulte a programação!)
Sessão Especial:Ganga bruta”, de Humberto Mauro, na Cinemateca do MAM, quinta-feira, 28 de novembro, às 20h. Homenagem a Adhemar Gonzaga e à Cinédia – Av. Infante D. Henrique, 85 – Parque do Flamengo.

 

 

Foto: Reprodução internet

Celebrado no dia 20 de novembro, dia da morte de Zumbi dos Palmares, o Dia da Consciência Negra será marcado por atividades gratuitas na Arena, que fica na Penha. Confira a programação abaixo:

Programação:

De 09h às 11h: Feijoada com a Tia Rose – 20 vagas gratuitas – Um workshop de preparação de feijoada com a famosa Tia Rose, responsável pelo Boteco do Parque, uma roda de samba com feijoada promovida pelo Samba de Benfica, todo terceiro domingo do mês.

A partir das 10h: Projeto Kizombinha – Atividades destinadas às crianças, com exibição de longas/curtas do acervo da Cor da Cultura e projeto Capoeirando e Oficina de Turbantes, onde será possível aprender diversas formas da colocação de lenços, às 11h.

A partir das10h: Exposição de caricaturas de personalidades negras

Das 14h às 15:30h: Oficina de Dança Afro e Populares – com Genilson Leite

Das 15h às 17h: Oficina de Percussão com ritmos afros – com Eduardo Reis

Às 16h: Contação de histórias com Contos Africanos

Às 17h: Ensaio aberto/ Demonstração do Grupo Musical Canjerê – O grupo ajudará os participantes das oficinas a fazer uma ligação entre tudo que puderam aprender durante a tarde.

Às 19h: Bailão do Ary – Edição especial do Bailão do Ary com músicas black e ritmos brasileiros ligados à cultura negra

Feriado da Consciência Negra na Arena Carioca Dicró
Endereço: Av. Brás de Pina, s/n – Parque Ary Barroso – Penha. Entrada pela Rua Flora Lobo
Tel.: 21 3486-7643

Não é de graça, mas é quase…

O “Projeta Brasil 2013” acontece nesta segunda-feira, dia 11 de novembro, em toda a rede Cinemark*. Filmes nacionais serão exibidos com ingressos a R$3,oo. Em sua 14ª edição, a programação do projeto tem mais de 20 produções nacionais. A renda das sessões será revertida para projetos de incentivo ao cinema nacional.

Acesse o site da rede e fique por dentro dos locais de exibição. A pipoca é por sua conta, rs!

Confira a lista de filmes abaixo:

Os Penetras, De Pernas pro Ar 2, O Som ao Redor, Jorge Mautner – O Filho do Holocausto, Tainá 3 – A Origem, Colegas, A Busca, Vai que dá Certo, Uma História de Amor e Fúria, Meu Pé de Laranja Lima, Somos tão Jovens, Elena, Giovanni Improtta, Bonitinha mas Ordinária, Faroeste Caboclo, Odeio o Dia dos Namorados, Minha Mãe é uma Peça, O Concurso, Renascimento do Parto, Vendo ou Alugo, Cine Holliúdy, Flores Raras, Se Puder… Dirija!, A Casa da Mãe Joana 2, O Tempo e o Vento, Mato sem Cachorro, Serra Pelada e Meu Passado me Condena.

Obs.: A promoção não acontece nas Salas Prime.

O filme “Ouvir o Rio: Uma Escultura Sonora de Cildo Meireles” fica em cartaz até 14 de novembro no Espaço Itaú de Cinema, em Botafogo. O documentário de Marcela Lordy – de 70 minutos – apresenta o artista plástico Cildo Meireles em busca do som das principais bacias hidrográficas brasileiras para a construção da escultura sonora Rio Oir, criada a partir do jogo e da articulação entre palavras e conceitos.

Após registrar áudios de locais como as cachoeiras do Foz do Iguaçu, no Paraná; a Pororoca do Macapá; do Parque das Águas Emendadas, próximo a Brasília e Foz do Rio São Francisco, entre os estados de Alagoas e Sergipe, o artista os reuniu em estúdio e os “combinou à cacofonia das águas processadas pelo homem e às gargalhadas humanas”. Ouvir o Rio retrata um pouco da relação dos habitantes dessas regiões com a água e a percepção entre o som e a imagem.

Documentário “Ouvir o Rio: Uma Escultura Sonora de Cildo Meireles”
Local:
Espaço Itaú de Cinema – Praia de Botafogo, 316 – Botafogo – sala 4
Período: De 08 a 14 de novembro
Horário: às 17:20h
Classificação: indicado para todos os públicos

baixada animada 2013

Foto: Reprodução internet

A Mostra Iberoamericana de Cinema de Animação da Baixada Fluminense chega a sétima edição e exibirá curtas-metragens produzidos no Brasil, em Portugal, Espanha e em países Hispano-Americanos a partir de janeiro de 2011. O Baixada Animada 2013 acontece de 22 a 31 de outubro com sessões no Teatro Municipal Raul Cortez, em Duque de Caxias, e no Ponto Cine, em Guadalupe. Além de produções brasileiras, a Mostra terá filmes da Bolívia, Colômbia, Costa Rica e Venezuela, que estarão pela primeira vez representados, Argentina, Brasil, Chile, Equador, Espanha, México e Portugal.

Haverá premiação em duas categorias: Melhor Filme Brasileiro e Estrangeiro. A escolha do vencedor em cada categoria se dará por meio da avaliação do júri oficial da Mostra. Clique aqui e confira a programação completa do evento.

Baixada Animada 2013
Local: Teatro Municipal Raul Cortez – Praça do Pacificador, s/nº – Centro – Duque de Caxias – Tel.: 21 2771-3062
Datas: 22, 23 e 24 de outubro de 2013
Horários: sessões diárias às 10h (somente dia 23), 14h, 16h e 19h.
Local: Ponto Cine – Estrada do Camboatá, 2300, Guadalupe, no Guadalupe Shopping – Tel.: 21 3106-9995
Datas: De 25 a 31 de outubro de 2013
Horários: sessões diárias às 10h (exceto dias 26, 27 e 28), 14h (exceto dia 28) e 19h (somente dia 28)
Mais informações pelo site http://www.baixadaanimada.com.br

 

Foto: Reprodução internet

O escritor francês estará no Teatro Maison de France no dia 09 de outubro, às 19 horas, para leitura de trechos de seu livro Quatre chants, seguida de uma conversa com o público. Haverá tradução da leitura, que será em francês, para o português. Na ocasião, Pascal Quignard autografa o lançamento de A Razão, pela editora Autêntica.

Autor de clássicos como Les Ombres Errantes (laureado com o Goncourt em 2002) e Todas as Manhãs do Mundo (que adaptou e roterizou para o cinema), Quignard vem ao Brasil para o Colóquio Internacional Pascal Quignard: la littérature hors frontières e uma série de leituras públicas. O evento acontece em São Paulo nos dias 7 e 8 de outubro, no Prédio da Faculdade de Letras, na USP.

Pascal Quignard, Literatura Fora das Fronteiras
Local: Teatro Maison de France – Avenida Presidente Antônio Carlos, 58 – Centro
Tel.: (21) 2544 2533 (De Terça a Domingo, a partir das 14h)
Data: 09/10 – às 19h

Foto: Reprodução Site RTP

A exibição será nesta sexta-feira, 27 de setembro, às 15:30h, no Real Gabinete Português de Leitura. O filme, produzido e realizado por Francisco Manso para a RTP – Rádio e televisão de Portugal em 2013, assinala os 250 anos de nascimento de José Bonifácio de Andrada e Silva, conhecido como “Patriarca da Independência” do Brasil.

A produção será apresentada pelo professor José Augusto Pádua, da UFRJ. Após a exibição, a plateia poderá conversar com o professor Francisco Castro Rego, roteirista e realizador.

Exibição documentário José Bonifácio 

Local: Centro de Estudos – Real Gabinete Português de Leitura

Data: 27/09 – às 15:30h

Endereço: Rua Luís de Camões, 30 – Centro – Tel.: 21 2221-3138 / Fax: 2221-2060

 

Foto Espaço My Little Pony Equestria Girls

Foto: Divulgação

A animação que tem como estrelas as famosas pôneis da série My Little Pony  é o tema do Dia das Criança do Via Parque Shopping. Um espaço inspirado no filme foi montado no 2º piso do empreendimento para receber meninas de todas as idades. De 26 de setembro a 15 de outubro, crianças de 3 a 12 anos de idade poderão se divertir com as atividades programadas. Entre as atrações estão seis camarins com espelhos para transformar as pequenas e deixá-las com o visual das pôneis, além cenários para tirar fotos do novo visual.

Para as crianças menores, foi montada uma área chamada My Little Pony, onde haverá um cineminha e um espaço para maquiagem artística, com piscinas de bolinhas e vitrines com exposição de bonecas das famosas personagens.

O filme – As pôneis Pinkie Pie, Twilight Sparkle, Rainbow Dash, Applejack, Fluttershy e Rarity entram em uma aventura quando a coroa da princesa Twilight Sparkle é roubada por Sunset Shimmer. Sem a coroa, os outros elementos da harmonia, responsáveis por manter a ordem no mundo das pôneis, ficam comprometidos. Com isso, as personagens não terão poder suficiente para proteger o lugar. Para salvar a coroa, as pôneis entrarão em um espelho mágico e se surpreenderão com um mundo diferente, onde se transformam em meninas de verdade. O filme será exibido no canal Discovery Kids no dia 06 de outubro.

Espaço My Little Pony Equestria Girls 
Local: Via Parque Shopping – Avenida Ayrton Senna, 3000 – Barra da Tijuca – 2º piso
Data: de 26 de setembro a 15 de outubro
Horário: segunda a sexta (das 14h às 20h), sábado (das 10h às 22h) e domingo (das 13h às 21h)
Faixa etária: Espaço Equestria Girls – de 05 a 12 anos / Espaço My Little Pony – de 03 a 05 anos
Mais informações: (21) 2421-9222/ 2421-5100 e no site do shopping

Foto: Reprodução site Festival do Rio 2013

Ainda dá tempo de garantir sua participação nos workshops e seminários do RioMarket, área de negócios do Festival do Rio 2013, que acontece de 27 de setembro a 9 de outubro, no Armazém da Utopia (Armazém 6), na Av. Rodrigues Alves s/nº, na zona portuária.

“O RioSeminars fomenta debates e discussões sobre os temas mais atuais da indústria audiovisual, bem como informa sobre as novas tecnologias e tendências do mercado. Os seminários promovem painéis com renomados profissionais do ramo do entretenimento e da indústria do audiovisual vindo de todas as partes do mundo. Depois do grande sucesso de 2012 com mais de 90 horas de painéis, seminários e workshops, o RioSeminars apresentará esse ano um Fórum Internacional de Coprodução, discutirá Oportunidades de Produção para a TV e trará seminários sobre Tecnologia, além de promover workshops de roteiro, figurino, som e marketing para cinema, entre outros.”

Clique aqui e veja mais informações no site do evento.

Foto: Divulgação Site FIL

“A exposição Infâncias traz o imaginário das crianças brasileiras por meio de uma viagem aos quintais do país. Pautada pelo olhar de meninos e meninas de diferentes regiões, reúne brinquedos, fotos, documentários e registros textuais que disseminam a diversidade de saberes, fazeres e pensares da infância.

A mostra é resultado de um projeto de pesquisa que é pautado pelas vias da escuta, da observação e da convivência, numa busca de tecer imagens da criança enquanto protagonista do cenário em que vive – em povos indígenas ao longo do rio Xingu, no Cariri cearense, no interior de Goiás, na periferia paulistana, no Vale do Jequitinhonha ou em comunidades do Velho Chico.”

“Infâncias” faz parte da programação da 11ª edição do FIL – Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens, evento que que acontece de 19 a 29 de Setembro e reúne, em oito espaços da cidade, espetáculos, performances, ateliês, oficinas, mesas-redondas nas áreas de circo, dança, artes visuais, música, teatro de animação, objeto, bonecos  e misturas que ainda não foram nominadas.

Serviço:

Local: Teatro Municipal Carlos Gomes
Endereço: Praça Tiradentes, 19 – Centro
Dias e horários: De 19/09 a 22/09 e de 24/09 a 29/09, das 14h às 20h
Capacidade por visitação: 60 pessoas por hora

Clique aqui e confira esta e outras atrações gratuitas do Festival!

Foto/arte: Divulgação ECOA

ONG ECOA – Teatro Social promove o “Encontros TEATRO SOCIAL” no dia 21/09/2013, na Lapa. De acordo com a organização, os objetivos são a troca de experiências e de pontos de vista relacionados às diferentes formas de se aliar o teatro ao social, uma iniciativa para o diálogo e reflexão sobre o tema, além de abrir espaço para um grande bate-papo com pessoas que vivem e produzem Teatro Social em diferentes vertentes no Rio de Janeiro.  Serão abordados os seguintes temas: “O espaço urbano e o alargamento dos espaços cênicos” e “A arte como resgate social”.

O evento terá, também, momentos práticos com oficinas, exposição de fotos e exibições de curtas-metragens. A programação artística do evento busca como público-alvo receber estudantes de teatro, professores, arte-educadores, ativistas culturais, pesquisadores ou qualquer pessoa que vise conhecer/debater o tema Teatro Social. 

Entre os participantes do evento estão o ator e cineasta Jorge Coutinho, presidente do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro – SATED-RJ; Amir Haddad, ator, diretor de teatro e teatrólogo; Zé Alex, diretor da cia EnvieZada; Geo Britto, coordenador Político-Artístico do Centro de Teatro do Oprimido – CTO, realizou projetos em comunidades, presídios, instituições de saúde mental, escolas e trabalhou com o Teatro do Oprimido na Palestina, Índia, Egito, África do Sul, Moçambique, Botswana , Guatemala, México, Argentina, Uruguay, Bolívia, Colômbia, entre outros; Veríssimo Junior, ator, arte-educador, diretor de teatro, professor de Artes Cênicas da Rede Municipal de Ensino e mestre em educação, além de idealizador, fundador e diretor do grupo “Teatro de Laje”, na Vila Cruzeiro durante os 10 anos.

Haverá também a exibição de curtas-metragens que dialogam com o tema arte-social. Cadu Barcellos (5X Favela – Agora por nós mesmos) exibirá alguns dos seus curtas, seguidos de um bate-papo. Rafael Chaves (Estudante do curso de Cinema e AudioVisual, na UFF) exibirá alguns curtas do Glauber Rocha, também seguidos de bate-papo sobre sua pesquisa acerca da obra do cineasta.
Encontros TEATRO SOCIAL
Local: CTO ( Centro de Teatro do Oprimido) – Rua: Av. Mem de Sá 31, Lapa/RJ
Data: 21/09, sábado
Horário: das 9h às 17h
Local: CTO (Centro de Teatro do Oprimido) – Av. Mem de Sá, 31 – Lapa
Mais informações na página do evento no Facebook.

O filme “Até Que a Sorte Nos Separe” e a peça “Nós Sempre Teremos Paris” serão exibidos no Teatro Armando Gonzaga neste domingo, dia 15.  As apresentações fazem parte do projeto Programão Carioca, uma iniciativa da Globo, em parceria com o Governo do Estado e a Globo Filmes. O objetivo é levar, gratuitamente, cultura e entretenimento para toda a família.

A comédia, com Leandro Hassum e Danielle Winits, que estreou nos cinemas em outubro de 2012, será exibida às 15h. “O filme conta a história de Tino, um pai de família que tem sua rotina transformada ao ganhar na loteria. Em dez anos, o fanfarrão gasta todo o dinheiro com uma vida de ostentação. Ao descobrir que está falido, Tino, é obrigado a aceitar a ajuda de Amauri, seu vizinho, um consultor financeiro nada divertido e extremamente econômico. Quando Jane engravida do terceiro filho, Tino faz de tudo para esconder da esposa que estão na lona – a recomendação médica é que a grávida evite fortes emoções. Nessa missão, ele vai contar com ajuda de Adelson (Aílton Graça), seu melhor amigo, e dos filhos, em uma comédia de erros com situações hilárias.” A direção é de Roberto Santucci.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A peça romântica “Nós Sempre Teremos Paris” conta a história de um casal, interpretado por Françoise Forton e Aloisio de Abreu, que depois um encontro casual durante uma viagem de turismo a Paris, se reencontra vinte anos depois no mesmo café onde se conheceram. O texto é de Artur Xexéo e a direção de Jacqueline Laurence. As crianças do Coral da Alegria, da Rocinha, farão uma participação especial na sessão da peça.

*Atenção! A distribuição dos ingressos começa uma hora antes do evento, na porta do teatro.

Programão Carioca – Filme “Até que a sorte nos separe” e a peça “Nós sempre teremos Paris” 
Local: Teatro Armando Gonzaga – Avenida General Osvaldo Cordeiro de Farias, 511 – Marechal Hermes
Data: 15 de setembro, domingo
Horários: 15h – Até que a Sorte nos Separe (classificação indicativa 12 anos)
19h – Nós Sempre Teremos Paris (livre)

Foto: reprodução internet

Uma boa dica para quem deseja aprender ou aprimorar conhecimentos em audiovisual é participar dos cursos da Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu, que está com inscrições abertas até dia 13/09 para duas oficinas: Oficina de Realização de Documentários, em parceria com o Departamento de Cinema e Vídeo da Universidade Federal Fluminense (UFF) e “Laboratório Mate com Angu de Cinema e Cyber Ativismo”, em parceria com o Cineclube Mate com Angu. O “Laboratório de Cyber Ativismo” visa a utilização da arte e da mídia para  intervir na vida e na cidade.

Os candidatos interessados no Laboratório de “Cyber Ativismo” devem ter mais de 17 anos de idade e cursar ou ter concluído o Ensino Médio. Para a oficina de documentários, além destes pré-requisitos, os candidatos precisam ter participado de qualquer oficina ligada ao audiovisual.

Haverá um processo seletivo para Oficina de Documentários no dia 14 de setembro, às 10h. O início do “Laboratório de Cinema e Cyber Ativismo” está previsto para o dia 14 de setembro, às 14 horas.

Cursos na Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu
Local: Rua Cândido Lima, 13 – Austin – Nova Iguaçu – próximo à Estação de Trem Austin, ramal Japeri da Supervia
Mais informações pelo telefone 2763-7570 / e-mail escolalivredecinema@gmail.com
Foto Rocky spirit

Foto: Divulgação Revista Go Outside/Alírio de Castro

Copacabana recebe a terceira edição do Festival de Documentários Rocky Spirit neste fim de semana. O maior festival brasileiro de cinema ao ar livre, que reúne os melhores filmes de aventura produzidos recentemente no mundo, conta com exibição de produções nacionais e internacionais com temáticas como surfe, mountain bike, meio ambiente, escalada e vida ao ar livre. Dos 27 filmes que serão exibidos, 21 integram a turnê internacional do “Mountain Film em Telluride“, o principal festival de filmes de montanha do mundo.

Durante os intervalos haverá shows da cantora Dora Vergueiro (sábado) e da Banda Sandálias Surf (domingo). Entre os convidados especiais, os surfistas Carlos Burle e Maya Gabeira, o montanhista Allan Pinheiro e os remadores Pedro Oliva, Ben Stookesberry e Chris Korbulic participarão de um bate-papo com o público após a exibição dos filmes dos quais são protagonistas.

“O Festival de Filmes Outdoor Rocky Spirit é dedicado a inspirar o público por meio de expedições, iniciativas e atletas que merecem ser admirados; culturas que interessam ser conhecidas; ambientes que precisam ser preservados e ideias que valem a pena ser pensadas.”

Programação:

Sábado, 31 de agosto

18h – Show: Dora Vergueiro
19h – 1º Bloco de Filmes: Yukán; Albee Layer; Strong; Badru’s Story; A New Perspective; Django Django Wor; Cascada, Je veux; Libertadores (Brasil)
Intervalo: Show com Dora Vergueiro
21h – 2º Bloco de Filmes: Hillian Martin; Honnold 3.0; Twoo Wheels Good; Sea of Rock; De Volta a Teahupoo (Brasil)
23h – Sessão Coruja: Nord For Sola
– Em seguida, “Perguntas e Respostas” (bate-papo) com Maya Gabeira e Carlos Burle, protagonistas do filme De Volta a Teahupoo

Domingo, 01º de setembro

18h – Show: Sandálias Surf Band
19h -1º Bloco de Filmes: Paper Shredder; Restrito (Brasil); 35; Gimp Monkeys; Split of a Second; Entrelinhas (Brasil)
Intervalo: Shw Sandálias Surf Band
21h – 2º Bloco de Filmes: Joy of Air; Heeper of the Mountains; Um Ano Para Recordar (Brasil); The Kyrgyzstan Project; Lacon de Catalonia; Off Kaiak Noruega (Brasil)
Em seguida, “Perguntas e Respostas” (bate-papo) com Allan Pinheiro (Entrelinhas), Pedro Oliva, Ben Stookesberry e Chris Korbulic (protagonistas do filme Off Kaiak Noruega)

Festival de Documentários Rocky Spirit
Local: Praia de Copacabana (entre os postos 2 e 3)
Datas: 31/08 (sábado) e 01º de setembro (domingo), a partir das 17:30h

* A organização do evento sugere algumas dicas:

“Assistir filmes ao ar livre é uma curtição, mas exige alguns preparativos para que a experiência seja mais confortável. As duas primeiras edições do Rocky Spirit aconteceram em noites muito frias, com clima típico de montanha. Vá pronto para tudo:
>> Se puder, leve uma cadeira de praia. É garantia de conforto por muitas horas de filmes. Na falta de uma cadeira, uma canga, cobertor, isolante térmico ou saco de dormir quebram o galho.
>> Leve roupas quentes, pois ficar parado sob o sereno faz com que nossa temperatura corporal caia bastante. E não custa se precaver com uma jaqueta ou capa impermeável.
>> O Parque do Ibirapuera não permite a venda ou distribuição de alimentos e bebidas durante o evento. Por isso, tenha consigo um lanche.
>> Entre no espírito do festival e busque o menor impacto: traga utensílios reutilizáveis e não deixe lixo no parque ou na praia.
>> Cuide bem deste programa, para que ele possa ser usado ao longo dos dois dias. Evite o desperdício de papel.
>> Se puder, vá de ônibus, táxi, bike ou combine carona com os amigos.
>> Teremos intervalos a cada hora de filme para que o público possa usar os banheiros químicos instalados ao lado do gramado e da praia. Ajude a mantê-los limpos”

Foto: reprodução

As inscrições para a 6ª edição do “Curta Criativo” vão até o dia 20 de setembro e podem ser feitas pelo site www.firjan.org.br/curtacriativo. O concurso de de curtas-metragens é promovido pela Federação das Indústrias do estado do rio de Janeiro – Firjan, por meio do SESI Cultural. O tema é livre e os filmes devem ter, no máximo, cinco minutos, incluindo os créditos. São três categorias: animação, ficção e documentário.

A premiação é de R$ 10.000,00 e R$ 8.000,00 para os primeiros e segundos lugares, respectivamente, em cada categoria. O concurso conta também com o apoio da Diler e Associados, Labocine, PontoCine Guadalupe, SICAV e LC Barreto, que darão prêmios como estágios e exibição dos filmes em sessões especiais.

Podem participar estudantes e recém-formados em Cinema, Comunicação, Design, Belas Artes e Produção Cultural, além de alunos de cursos livres e técnicos de cinema do Estado do Rio de Janeiro.

Esta edição do Curta Criativo conta com uma série de palestras para discutir temas referentes à economia criativa. Serão três encontros entre os dias 2 e 5 de setembro, com participação de profissionais e professores da área. A entrada é gratuita e aberta a todos, não é necessário se inscrever, nem ser estudante das unidades para participar. Confira a programação!

Mesa 1: Empreendedorismo Criativo e Formas de Financiamento a Projetos Culturais
Mediador: Flávio Di Cola – Coordenador do Curso de Cinema e Audiovisual
10h30: Cavi Borges – Cineasta, produtor e fundador da locadora Cavídeo
10h45: Julia Levy – Superintendente do Audiovisual da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro
11h: Junior Perim – Cofundador e Coordenador Executivo do Circo Crescer e Viver
11h15: Marcio Graffiti – Coordenador do Coletivo Anti Cinema
11h30: Marcus Faustini, Coordenador da Agência de Redes para Juventude, escritor e cineasta
11h45: Debate com o público
Data: 2 de Setembro de 10h30 às 12h30
Local: Universidade Estácio de Sá – Cinema do Campus João Uchôa – Rua do Bispo, 83 – Rio Comprido

Mesa 2: Tecnologia e Economia Criativa: Conectividade e Inovação na Cultura
Mediadora: Ivana Bentes – Professora e Diretora da Escola de Comunicação – UFRJ
15h: Claudio D´Ipolitto – Coordenador do MBA em Gestão e Produção Cultural da FGV Rio e Consultor em Inovação nas Indústrias Criativas
15h20: Gabriela Agustini – Consultora de estratégia e negócios digitais e professora de novas midias no MBA em Gestão Cultural da FGV
15h40: Guilherme Velho – Chefe-executivo das Incubadoras Rio Criativo
Data: 04 de Setembro de 15h às 17h
Local: ECO – UFRJ – Campus Praia Vermelha – Av. Pasteur, 250 – Auditório do CFCH – Urca

Mesa 3: Novas Formas de Financiamento para Projetos e Empreendimentos Culturais 
Mediadora: Andréa França – Coordenadora do Curso de Cinema, Professora de Graduação e do Programa de Pós-Graduação do Departamento de Comunicação Social
11h: Bruno Beauchamps – Fundador e CEO do Sibite
11h20: Luis Otávio Ribeiro – Sócio do Catarse
11h40: Murilo Farah – Co-fundador da Benfeitoria
12h: Debate com o público
Data: 05 de Setembro de 11h às 13h
Local: PUC-Rio – Rua Marquês de São Vicente, 225 – Sala 102 K – Gávea

– Mais informações pelo site do concurso ou pelo e-mail cultura.arte@firjan.org.br.

Foto entrada do Ponto Cine

Foto: divulgação

Filmes nacionais inspirados na literatura brasileira são tema de mostra gratuita realizada no Ponto Cine, em Guadalupe. O objetivo da Mostra Cine Literário é estimular o acesso à leitura por meio do cinema e promover o acesso ao cinema por meio da leitura. São duas sessões diárias seguidas de debates com os diretores e escritores das obras que deram origem aos filmes.

Os organizadores da mostra pretendem investir na formação de plateia e, para isso, miram no público jovem. Parte da capacidade da sala será destinada para estudantes e professores de escolas públicas que participam do projeto Cine Literário. Todos os debates serão filmados e transformados em programas que serão disponibilizados no hotsite do Cine Literário, além de serem enviados para escolas públicas que já contam com a midioteca do projeto, para que sejam utilizados como ferramenta pedagógica.

A Mostra conta com patrocínio do Governo Federal – Lei Rouanet, Ministério da Cultura, Statoil, Vale, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura, Prefeitura do Rio, Secretaria Municipal de Cultura, Lei Municipal de Incentivo à Cultura, Chemtech e ONS – Operador Nacional do Sistema Elétrico, e apoio da Fundação Vale. O projeto faz parte do Programa Ponto de Cultura (Minc – SEC RJ), do Programa Mais Cultura e do Programa Cultura Viva.

Programação dos dias 22 e 23 de agosto:

Dia 22/08 – às 9h – exibição do filme e debate com o diretor Flávio Tambellini
Malu de bicicleta – Brasil, 2009
Direção: Flávio Tambellini
Gênero: Comédia romântica
Duração: 90 minutos
Classificação: 14 anos

Dia 22/08 – às 14h – exibição do filme e debate com Renato Terra (diretor), Ricardo Calil (escritor) e Charles Gavin (ator)
Uma noite em 67 – Brasil, 2010
Direção: Renato Terra e Ricardo Calil
Gênero: documentário
Duração: 85 minutos
Classificação: livre
Sinopse: Os bastidores da final do Festival da Record, que mudou os rumos da
MPB.

Dia 23/08 – às 9h – exibição do filme e debate com Eliane Trindade (escritora)
Sonhos Roubados – Brasil, 2009
Direção: Sandra Werneck
Gênero: Drama
Duração: 85 minutos
Classificação: 16 anos
Sinopse: A história de três meninas que vivem na periferia de uma grande cidade.
Com Marieta Severo, Daniel Dantas e Kika Farias

Dia 23/08 – às 14h – exibição do filme e debate com Katia Lund (diretora)
Cidade de Deus – Brasil, 2002
Direção: Fernando Meirelles – Katia Lund
Gênero: Drama
Duração: 130 minutos
Classificação: Inadequado para menores de 16 anos
Sinopse: Buscapé vive na Cidade de Deus, favela carioca conhecida por ser um dos
locais mais violentos da cidade. Amedrontado com a possibilidade de se tornar um
bandido, acaba sendo salvo pelo seu talento como fotógrafo.

Mostra Cine Literário
Data: Até 23 de agosto
Horários: Sessões diárias às 9h e às 14h
Local: Ponto Cine – Guadalupe Shopping – Estrada do Camboatá, 2300 – Guadalupe
Tel.: (21) 3106.9995 / Mais informaçõe: http://www.facebook.com/mostracineliterario
Realização: Ponto Solidário
Corealização: Ponto Cine