Tag Archive: astronomia


| Encontro em comemoração ao Dia Internacional da Mulher discutirá o papel das mulheres na construção do campo científico |

Foto: Pavilhão da Luneta Equatorial 21 cm/ Crédito: Renata Bohrer (MAST)

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) promove a mesa-redonda “Mulheres nas ciências: Experiências e Perspectivas“, onde será discutido o papel das mulheres na construção do campo científico.

Qual a participação das mulheres na ciência? Por que seguir uma carreira científica? Quais as dificuldades encontradas? No encontro serão discutidas essas e outras questões relacionadas ao papel das mulheres na construção do campo científico. O evento acontece no dia 05 de março, às 14h, no auditório do prédio anexo do Museu. As inscrições devem ser feitas pelo telefone (21) 3514-5233. As vagas são limitadas!

O evento, que será transmitido online pelo site www.mast.br, contará com a participação das palestrantes Moema Vergara, pesquisadora titular do MAST e professora da PPGH/UNIRIO; Patrícia Spinelli, doutora em Astrofísica e pesquisadora adjunta do MAST; Maria Esther Valente, doutora em Ensino e História de Ciências da Terra, pela Unicamp e pesquisadora sênior do MAST; e Fabiana Munhóz, doutora em Ótica, Fotônica e Processamento do Sinal, e gerente de Open Research no Departamento de Pesquisa e Inovação da L’oréal Brasil.

Após o debate, às 16h, haverá Visita Orientada pelo Museu e a atividade Observação do Sol. O MAST possui telescópios e filtros para a observação do Sol de forma segura. Através deles, podemos observar as manchas solares, observadas pela primeira vez com uma luneta por Galileu Galilei, no século XVI. Estas manchas são regiões do Sol mais frias que aquelas de seu entorno.

Os participantes também serão convidados a conhecer o maior conjunto arquitetônico do Brasil na área de astronomia. Em um passeio pelo campus do MAST, eles terão a oportunidade de estar em contato com exemplos típicos da arquitetura e da engenharia para a astronomia dos primórdios do século XX. Além de visitar as exposições localizadas no prédio sede do Museu e em alguns pavilhões de lunetas centenárias, e conhecer o segundo maior meteorito do Brasil, o Meteorito Santa Luzia de Goiás.

 Resumo dos currículos das palestrantes:

Moema de Rezende Vergara: pesquisadora titular do MAST e professora da PPGH/UNIRIO e PPGEFHC/UFBA E UEFES. Pesquisa sobre história da ciência no Brasil no século XIX.

Patrícia Figueró Spinelli: doutora em Astrofísica pelo Instituo Max Planck, Alemanha. Pesquisadora adjunta do MAST e professora do curso de Especialização em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde FIOCRUZ/MAST/Jardim Botânico. Atua na área de divulgação da ciência, especialmente Astronomia. É membro fundador do Programa Galileo Mobile.

Maria Esther Valente: é doutora em Ensino e História de Ciências da Terra, pela Unicamp. Pesquisadora sênior do MAST, atuando nas áreas de divulgação da ciência e educação em museus. É professora do Programa de Pós Graduação em Museologia, UNIRIO/MAST, do curso de Preservação de Acervos de Ciência e Tecnologia PPACT/MAST e do curso de Especialização em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde FIOCRUZ/MAST/Jardim Botânico.

Fabiana Munhóz: é doutora em Ótica, Fotônica e Processamento do Sinal pela Universidade Paul Cézanne, em Marselha, França. É gerente de Open Research no Departamento de Pesquisa e Inovação da L’oréal Brasil. É responsável pelos projetos relacionados ao cabelo, seja na caracterização física e química da fibra capilar ou na busca por novos tratamentos capilares.

Programação: 
Dia das Meninas no MAST
Data: dia 05 de março, quinta-feira
Local: Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) – Rua General Bruce, 586 – São Cristóvão – Rio de Janeiro – RJ Tel.: (21) 3514-5233
Abertura: 14h
Mesa-redonda: “Mulheres nas Ciências: Experiências e Perspectivas” – 14:30h
Observação do Sol e Visita Orientad: 16h

Anúncios
| Atividades lúdicas e científicas comemoram os 450 anos da cidade do Rio de Janeiro |

Foto: Estação Educativa / Reprodução

Os 450 anos da cidade do Rio de Janeiro serão comemorados com muita música, histórias e aventura na programação especial da Estação Educativa, no Planetário da Gávea, neste domingo, dia 1º de março. O projeto, realizado em parceria com o Consórcio Construtor Rio Barra (CCRB), responsável pelas obras da Linha 4 do Metrô, e a Secretaria Municipal de Cultura, promove eventos para dinamizar as sessões de cúpula, observação ao telescópio e visitas guiadas.

Na Estação Educativa, as crianças entre 3 e 7 anos percorrem os corredores do Museu do Universo, descobrindo a Astronomia de uma maneira divertida e inesquecível. A aventura começa com a distribuição de mochilas espaciais para as crianças, feitas de garrafas PET. Com uma linguagem lúdica e adequada para a faixa etária, atores e músicos serão os mediadores, para mostrar às crianças o quanto a Ciência é importante e como está próxima do seu dia a dia. Numa grande brincadeira, o objetivo é chegar ao Sistema Solar, desviando dos asteroides. Entre as atividades, haverá oficinas de artes, pinturas com bolhas de sabão numa sala em branco, contação de histórias sobre a origem da Via Láctea, mitologia grega e, debaixo de uma árvore, sobre o surgimento das estrelas.

Confira a programação completa:

Universo Bolha
Das 14h15 e às 15h15 (15 participantes por horário)
Com brinquedos nas mãos, contadores de histórias envolvem as crianças num jogo lúdico, onde a imaginação é o fio condutor de uma viagem sobre a origem das constelações. O ponto de partida desta história é a mitologia greco-romana.

Mitologia das constelações – Contação de histórias
Às 14h15 (20 participantes por horário)
Com brinquedos nas mãos, contadores de histórias envolvem as crianças num jogo lúdico, onde a imaginação é o fio condutor de uma viagem sobre a origem das constelações. O ponto de partida desta história é a mitologia greco-romana.

Origem das estrelas – Contação de histórias na árvore*
Às 16h15 (20 participantes por horário)
Assumindo a função de um Hotxuá, um tradicional índio-palhaço, sob a sombra de uma antiga árvore, um ator ritualiza a lenda da etnia Bororo sobre o surgimento das estrelas. Recheada de elementos indígenas, a cena é um passeio pelas diversas etnias presentes na cultura brasileira.
*Em caso de chuva, a cena pode ser cancelada.

Visita orientada
Das 15h15 e às 16h15
(20 participantes por horário)
O comandante e a tripulação da nave-escola já estão a postos para receber seus curiosos visitantes. As crianças percorrerão a nave e vão aprender sobre a evolução da vida na Terra. A bordo de foguetes espaciais, vão passear entre planetas e participar de um divertido jogo sobre o Sistema Solar, em que deverão escapar de meteoritos, ver um cometa passar e chegar bem pertinho do Sol.

Estação Educativa – Planetário da Gávea
Endereço: Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100 – na Gávea – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: 21 2274-0046
Data: dia 01/03, domingo – Aniversário da cidade do Rio de Janeiro
A Estação Educativa é uma atividade gratuita. Especialmente neste domingo (01/03), a entrada no Planetário também será gratuita, em comemoração aos 450 anos da cidade.

 

 

| Exposição usa arte e interatividade para apresentar conceitos |
Um olhar nos espaços de dimensão 3

Foto: Divulgação

 

Sucesso na França, a mostra “Um olhar nos espaços de dimensão 3” utiliza imagens, animações e instalações interativas para que público se sinta imerso em ambientes tridimensionais.

O Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) irá receber a exposição “Um olhar nos espaços de dimensão 3”, que, após ser apresentada com sucesso em importantes instituições na França, entre elas a Universidade de Paris, chega ao Brasil com o objetivo de revelar a beleza contida em alguns conceitos revolucionários da matemática, especialmente no campo da geometrização.

Para isso, combina arte e interatividade em instalações que proporcionam ao público a sensação de estar realmente imerso em ambientes tridimensionais. As noções são descritas sem fórmulas e com o mínimo de textos. A mostra estará em cartaz no MAST a partir de 22 de janeiro.

O projeto está inserido em um trabalho de investigação científica de alto nível em matemática que, através da exposição, busca apresentar ao grande público os resultados do trabalho de Grigori Perelman. Em 2002, o matemático russo resolveu a famosa Conjectura de Poincaré, problema matemático que estava sem solução desde 1904. Perelman provou também o teorema do matemático americano Willian Thurston, sobre a classificação dos espaços 3D. Na exposição, os visitantes terão a oportunidade de se familiarizar com esses conceitos e entender melhor a natureza dos espaços tridimensionais.

A realização da exposição é fruto da colaboração de um grupo multidisciplinar, formado por pesquisadores e artistas brasileiros e franceses de importantes instituições, como o Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), o Centre national de la recherche scientifique (França), o MAST e a Universidade Federal Fluminense (UFF).

Clique aqui para visitar o hotsite da exposição.

Exposição “Um Olhar sobre Espaços de Dimensão 3”
Local: Museu de Astronomia e Ciências Afins – MAST – Rua General Bruce, 586 – São Cristóvão – Rio de Janeiro – Tel.: 21 3514-5229 |e-mail: mast@mast.br / Campus Mast/ON
Horário de Visitação : Terças a Sextas, das 9h às 17h; Sábado, Domingo e Feriados, das 14h às 18h
Entrada permitida até 30 minutos antes do encerramento das atividades *

O Planetário do Rio oferece curso gratuito, que ocorrerá do dia 18 ao 22 de outubro, das 19h30 às 21h. Os interessados devem se inscrever na recepção do Planetário da Gávea, a partir do dia 11 até o primeiro dia de aula. O curso será ministrado pelo Astrônomo do Planetário Naelton Mendes de Araújo, que explicará através de noções da física o funcionamento e forma de exploração de objetos lançados ao espaço como satélites, foguetes e sondas espaciais. Não há pré-requisitos para a inscrição e, no término das aulas, os alunos receberão um certificado de conclusão de curso.

O planetário fica na Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100. Gávea. Mais informações pelo telefone: 21- 2274-0046.
Fonte: Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro
%d blogueiros gostam disto: