Tag Archive: caetano veloso


| Cantor foi intérprete da Império da Tijuca e vocalista da banda do Caldeirão do Huck e dos grupos Malícia Brasileira e Raça |
Foto do cantor Bruno Bellandi

Foto: divulgação

Nesta terça-feira, dia 29 de janeiro, o TopShopping, em Nova Iguaçu, recebe o cantor Bruno Bellandi, que fará mais um show a partir das 19h.

Nascido em uma família de compositores, a música já estava em seu DNA. O músico foi intérprete da escola de samba Império da Tijuca, vocalista do Malícia Brasileira e do Grupo Raça. Ainda que o samba pulsasse em suas veias, seu coração batia mais forte por ícones musicais como Beatles, James Brown, Michael Jackson, Tom Jobim, Chico Buarque e Caetano Veloso. Fortalecido com a pluralidade dos seus gostos e referências, Bellandi tornou-se um intérprete requintado e versátil, foi vocalista da banda do programa Caldeirão do Huck, da TV Globo, onde pôde cantar e acompanhar grandes artistas da MPB e de hits internacionais.

A apresentação de Bruno acontecerá na praça de alimentação do 3º piso do shopping da Baixada Fluminense.  Clique aqui e saiba mais sobre o cantor.

Show de Bruno Bellandi
Local: TopShopping (praça de alimentação, 3º piso – expansão) – Avenida Governador Roberto Silveira, 540 – Centro – Nova Iguaçu/RJ – Tel.: (21) 2667-1787
Data: dia 29/01 (terça-feira)
Horário: 19h

Anúncios
| Cantor foi intérprete da Império da Tijuca e vocalista dos grupos Malícia Brasileira e Raça |
Foto do cantor Bruno Bellandi

Foto: divulgação

O TopShopping, em Nova Iguaçu, recebe o cantor Bruno Bellandi nesta terça-feira, dia 22 de janeiro. A apresentação acontecerá às 19h, na praça de alimentação do 3º piso do shopping da Baixada Fluminense.

Bruno nasceu em uma família de compositores. Oscar Bellandi, seu avô, consagrou-se como compositor na década de 1940, formando parceria com artistas como Dick Farney, Chico Anysio e Nelson Trigueiro. Já seu pai, Jorge Bellandi, nas décadas de 1980 e 1990, compôs para escolas de samba tradicionais do Rio de Janeiro, como Império da Tijuca, Vila Isabel, Salgueiro e Portela.

Mantendo viva a marca dos Bellandi, o músico foi intérprete da Império da Tijuca, vocalista do grupo Malícia Brasileira e do Grupo Raça. Mesmo com o samba pulsando em suas veias, o coração de Bruno batia mais forte por ícones musicais como Beatles, James Brown, Michael Jackson, Tom Jobim, Chico Buarque e Caetano Veloso.  Fortalecido com a pluralidade dos seus gostos e referências, Bruno se tornou um intérprete versátil, foi vocalista da banda do programa Caldeirão do Huck, da TV Globo, onde pôde cantar e acompanhar grandes estrelas da MPB e de sucessos internacionais.

Show de Bruno Bellandi
Local: TopShopping (praça de alimentação, 3º piso – expansão) – Avenida Governador Roberto Silveira, 540 – Centro – Nova Iguaçu/RJ – Tel.: (21) 2667-1787
Data: dia 22/01 (terça-feira)
Horário: 19h

| Cantor foi intérprete da Império da Tijuca e vocalista do Malícia Brasileira e do Grupo Raça |
Foto do cantor Bruno Bellandi

Foto: divulgação

Nesta quarta-feira, dia 14 de novembro, o TopShopping receberá o cantor Bruno Bellandi. O carioca da gema e do samba fará mais um show no shopping de Nova Iguaçu a partir das 19h.

Bruno nasceu em uma família de compositores. Oscar Bellandi, seu avô, consagrou-se como compositor na década de 1940, formando parceria com grandes artistas da época, como Dick Farney, Chico Anysio e Nelson Trigueiro, entre outros. Já seu pai, Jorge Bellandi, nas décadas de 1980 e 1990, compôs sambas para escolas de samba tradicionais do Rio de Janeiro, como Império da Tijuca, Vila Isabel, Salgueiro e Portela.

Mantendo viva a marca dos Bellandi, o músico foi intérprete da Império da Tijuca, vocalista do grupo Malícia Brasileira e do Grupo Raça. Mesmo com o samba pulsando em suas veias, o coração do cantor batia mais forte por Beatles, James Brown, Michel Jackson, Tom Jobim, Chico Buarque e Caetano Veloso. Fortalecido com a pluralidade dos seus gostos e referências, Bruno Bellandi se tornou um intérprete versátil. Ele também já foi vocalista da banda do programa Caldeirão do Huck, da TV Globo, onde pôde cantar e acompanhar grandes estrelas da MPB e de hits internacionais.

A apresentação de Bruno Bellandi acontecerá na nova praça de alimentação, no 3º piso, expansão do empreendimento, na Baixada Fluminense.

Show de Bruno Bellandi
Local: TopShopping (nova praça de alimentação, 3º piso, expansão) – Avenida Governador Roberto Silveira, 540 – Centro – Nova Iguaçu/RJ – Tel.: (21) 2667-1787
Data: dia 14/11 (quarta-feira)
Horário: 19h

| Sexta edição do projeto “Tardes de Domingo” também terá discotecagem do coletivo Vamos |
Foto da cantora Teresa Cristina com Carlinhos 7 Cordas

Foto: reprodução Facebook Teresa Cristina

A cantora Teresa Cristina fará um show em homenagem a Noel Rosa, no dia 6 de maio, às 18h, na Praça Barão de Drummond, em Vila Isabel, bairro onde viveu o compositor sambista e que inspirou várias de suas composições. Teresa é convidada do projeto musical Tardes de Domingo, da Rede Globo, que chega à sua sexta temporada e tem como objetivo celebrar datas comemorativas e grandes nomes da música brasileira.

O evento também vai comemorar o Dia das Mães e terá participação do coletivo Vamos – projeto do bairro que integra ações que promovem cultura e diálogo na região metropolitana do Rio – criado pelo escritor, filósofo e produtor cultural Dodô Azevedo.  Após o show, um setlist com músicas brasileiras produzidas por novos e antigos artistas vai animar o público.

O show “Teresa Cristina canta Noel Rosa: Batuque é um privilégio” – dirigido por Caetano Veloso – é a segunda homenagem feita pela sambista a um grande nome da música brasileira. O primeiro foi Cartola. No repertório estão grandes clássicos do compositor, como Com que Roupa, Feitio de Oração e Gago Apaixonado. A artista canta acompanhada por Carlinhos 7 Cordas, que criou novos arranjos para as canções.

Tardes de Domingo – “Teresa Cristina canta Noel: Batuque é um privilégio” e Pós-show: Discotecagem com o coletivo Vamos (Dodô Azevedo)
Local: Praça Barão de Drummond – Vila Isabel – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 6/05 (domingo)
Horário: 18h
Classificação: livre

| Cantor foi intérprete da Império da Tijuca e vocalista do Malícia Brasileira e do Grupo Raça |
Foto do cantor Bruno Bellandi

Foto: divulgação 

No dia 10 de abril, terça-feira, o TopShopping, em Nova Iguaçu, receberá o cantor Bruno Bellandi, que fará show na nova praça de alimentação, no 3º piso, às 19h.

Carioca da gema e do samba, o artista nasceu em uma família de compositores, a música já estava em seu DNA. Seu avô, Oscar Bellandi, se consagrou como compositor nos anos 40, formando parceria com os maiores artistas da época: Dick Farney, Chico Anysio, Nelson Trigueiro, entre outros. Já seu pai, Jorge Bellandi, compôs sambas para Império da Tijuca, Vila Isabel, Salgueiro e Portela, nas décadas de 1980 e 1990.

Assim, mantendo viva a marca dos Bellandi, Bruno foi intérprete da Império da Tijuca, vocalista do Malícia Brasileira e do Grupo Raça. Mas, ainda que o samba pulsasse nas suas veias, o coração do cantor batia mais forte por Beatles, James Brown, Michael Jackson, Tom Jobim, Chico Buarque e Caetano Veloso.

Fortalecido com a pluralidade dos seus gostos, mestres e referências e com toda a ternura da sua voz, Bruno Bellandi se tornou um intérprete requintado e versátil. Todo o seu talento, disciplina e profissionalismo proporcionaram a participação do cantor como vocalista da banda do programa Caldeirão do Huck, da TV Globo, onde pôde cantar e acompanhar grandes estrelas da MPB e hits internacionais.

Show de Bruno Bellandi
Local: TopShopping (nova praça de alimentação, 3º piso, expansão) – Avenida Governador Roberto Silveira, 540 – Centro – Nova Iguaçu – RJ – Tel.: (21) 2667-1787
Data: dia 10/04 (terça-feira)
Horário: 19h

| Espetáculo “Tropical Nova” reúne sucessos da Bossa Nova e da Tropicália, com destaque para releituras de canções de Gilberto Gil, Caetano Veloso, Maria Bethânia e Gal Costa |

A cantora e compositora Roberta Espinosa apresenta seu show Tropical Nova, no Sesc Tijuca, no dia 17 de março, às 16h. O espetáculo começa com um passeio pela Bossa Nova e suas vertentes, para depois mergulhar exclusivamente na Tropicália, com canções de Gilberto Gil e Caetano Veloso, cuja poética serviu de inspiração para o show. Os clássicos gravados por Maria Bethânia e Gal Costa também são revisitados numa nova roupagem “Bahia–Jazz”, assinada pelo grupo formado pelos músicos Rodrigo de Marssilac, Berval Moraes e Emile Soboile.

Carioca nascida em 1986, Roberta é apontada como um dos grandes talentos da nova geração da MPB. Na infância, foi iniciada na música por influência dos pais, começando a ouvir Tim Maia, Paulinho da Viola e os sambas gravados por Elisa Regina. Na vida adulta, enveredou pelo ritmo, fazendo participação especial em rodas como O Samba do Trabalhador, com Moacyr Luz, Galocantô e Casuarina, e em shows de cantores como Moyseis Marques e Rodrigo Lampreia. Também abriu shows de Edu Kriguer, Garrafieira, Moinho da Bahia, Gafieira Carioca e Empolga às 9. Agregando ao seu repertório outros ritmos, como samba-rock e bossa nova, apresentou-se em palcos badalados da cena musical carioca. Entre eles, Sacrilégio, Bar da Ladeira, Rio Scenarium, Teatro Odisseia e Teatro Rival, neste em companhia de Elza Soares.

Roberta Espinosa – Show Tropical Nova
Local: Sesc Tijuca – Rua Barão de Mesquita, 539 – Tijuca – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 3238-2139
Data: dia 17/03/18 (sábado)
Horário: 16h
Classificação etária: livre
Duração: 60 minutos

Foto: Divulgação

O Próximo domingo é dia de “caetanear” em Terra de Arariboia. Caetano apresenta o show da turnê “Abraçaço“, na Praça do Teatro Popular de Niterói, no Caminho Niemeyer. O show terá composições do seu álbum mais recente, além de canções marcantes do disco Cê e clássicos de sua carreira. A abertura do evento contará com as bandas niteroienses Nayah e Bloco Patuá. A apresentação faz parte do Circuito Quatro Estações de Música, projeto da Prefeitura de Niterói, através da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação de Arte de Niterói – FAN, com patrocínio da Águas de Niterói. A entrada será 1 kg de alimento não perecível. As doações serão distribuídas para instituições da cidade.

Acompanhado pela Bandacê, o cantor e compositor começa seu show com apresentação de “A Bossa Nova é foda”, depois canta “Estou Triste”, “Funk Melódico”, “Mãe”, “Alguém cantando” e “Eclipse Oculto” – com novas roupagens -, “Reconvexo”,  “Você não entende nada” e  “Triste Bahia”, do disco Transa.

Foto: Divulgação

Banda de música independente do Rio de Janeiro, Nayahformada por Kid Mumu (voz e violão), JPunk (voz), Renzo Goldoni (voz) e Alex Gaspar (guitarra e backing vocals), se define da seguinte forma:

“Três vocalistas parece uma banda de rap, mas o clima e o discurso são do reggae e a atitude é do rock. Juntanto tudo, o resultado é o nayah!” Os músicos vão apresentar composições do seu mais novo CD “Sica o Vento”.

Foto: Divulgação

Criado em Niterói, em 2012, o Bloco Patuá é formado por ex-integrantes do Bloco do Vigário. Sua produção musical é influenciada por nomes como Jorge Ben, Tim Maia, Cazuza, Paralamas do Sucesso, Seu Jorge, entre outros. A proposta artística do grupo transita entre os tradicionais ritmos regionais e a modernidade musical de uma metrópole como o Rio de Janeiro, que é berço de grandes nomes da música popular brasileira e referência mundial do samba e do carnaval. Tem o compromisso de fazer a ligação entre as culturas e explorar os detalhes de cada sonoridade, passeando pelo universo de de ritmos brasileiros como o samba, frevo, baião, coco, ijexá, maracatu, funk, marchinhas, samba-rock, entre outros. Atualmente, o grupo é formado por Juan Manoel
Thalita Santos, Monique Santos, Juninho Azevedo, Rafael Tavares, Chris Oliveira, Raphael Lopes, Daniel Santos, Edison Matos, Ana Beatriz Tinoco, Giselle Miranda, Emmanoel Dario e Gustavo Perez.

Circuito Quatro Estações da Música com Caetano Veloso em “Abraçaço”
Shows de abertura: Bloco Patuá e Nayah
Data: 29 de setembro (domingo)
Horário: 18h (abertura dos portões)
Local: Teatro Popular de Niterói – Caminho Niemeyer
Endereço: Rua Jornalista Rogério Coelho Neto, s/nº – Centro – Niterói – RJ
Capacidade: 30 mil pessoas
Informações: (21) 2621-5050 / 2613-5431
– A organização do evento pede para que o público leve 1 kg de alimento não perecível. As doações serão distribuídas entre instituições da cidade

Foto: divulgação/site

Hoje tem exibição do documentário “Canções do Exílio – A Labareda que Lambeu Tudo“, de Geneton Moares Neto. Canções do Exílio relembra o período em que Gilberto Gil e Caetano Veloso viveram exilados em Londres, após terem sido presos no Rio de Janeiro, durante a ditadura militar, em 1968.

O filme é narrado pelo ator Paulo Cesar Peréio e tem participação dos compositores Jorge Mautner e Jards Macalé, que por caminhos diferentes foram visitar os amigos em Londres.

Em seguida haverá debate com Geneton e o jornalista Cid Benjamin, que participou da guerrilha contra a ditadura e passou nove anos exilado.

Local: auditório do Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio de Janeiro
Rua Evaristo da Veiga, 16 – 17º andar – Cinelândia
Data: dia 16 de abril, a partir das 19h

%d blogueiros gostam disto: