Tag Archive: Campo de Santana


​​
| Festa da Rua – Rio de Histórias a Céu Aberto reúne mais de 40 atrações, entre shows, intervenções e oficinas |

Foto: divulgação

Um dos parques mais emblemáticos do Brasil será palco da Festa da Rua – Rio de Histórias a Céu Aberto, ocupação literária que o Instituto Tear promove anualmente na cidade. O festival acontecerá no próximo sábado, dia 25 de novembro, no Campo de Santana, na Praça da República, região central do Rio de Janeiro, e contará com mais de 40 atrações para todas as idades.

A programação, que começará às 9h e se estenderá até às 14h, inclui contação de histórias, cirandas, brincadeiras musicais, intervenções, oficinas e shows. Cerca de 150 artistas devem participar do evento, entre eles Junu Ramos e Terreirada Cearense, Choro da Glória, Grupo Dandalua, Festival Carioca de Contação de Histórias, Edmilson Santini, Lata Doida, Poesia Viral, Peneira, Cacuriança e coletivos do projeto Trilhas Literárias.

Mais do que uma sucessão de apresentações e oficinas, o festival é um movimento de resistência cultural onde os encontros e trocas criam o lugar como espaço a ser vivido.

“A Festa da Rua tem como principal objetivo promover a construção de um novo olhar sobre a cidade, ativando a amabilidade contida no espaço urbano e fortalecendo os sentidos de pertencimento, de cuidado e de apropriação”, destaca Patricia Freitas, do Instituto Tear.

Localizado entre a Central do Brasil e a Saara, o Campo de Santana possui uma vocação política e poética como local que abrigou festas, aclamações e manifestações populares que marcaram a história do Rio de Janeiro e do País, sobretudo no Século XIX. Esses registros encontram-se presentes nas obras de escritores, poetas, cronistas e folcloristas, e a Festa da Rua busca sensibilizar, estimular, mobilizar e convocar os moradores da cidade a reativarem o local como espaço do povo, de encontros, de interações e de criação.

Sobre a Festa da Rua

A Festa da Rua é um evento público realizado anualmente desde 1980 pelo Tear, e destina-se à ocupação dos espaços públicos da cidade para o compartilhamento de fazeres e saberes de mestres, brincantes, artistas populares e a comunidade.  O evento reúne diversas oficinas nas várias linguagens da arte, Pés-de-Livro, jogos e brincadeiras, intervenções estéticas, saraus, música, performances, mostras fotográficas, de artes visuais e multimídia, e tudo aquilo que agregar afetos pela troca de experiências e pensamentos.

Sobre o Instituto Tear

O Tear é uma organização que atua desde 1980 nas áreas da educação, arte e cultura, tendo sido reconhecido, em 2005, como Ponto de Cultura pelo Ministério da Cultura e em 2014 como Pontão de Cultura e Educação, encarregado da formação e fortalecimento da Rede de Pontos de Cultura. Ao longo dos anos, construiu uma metodologia de trabalho, com centralidade na arte, pautada nas relações entre expressão criadora, ludicidade, conhecimento e cidadania, tornando-se um centro de referência nacional no campo da arte-educação. A missão do Tear é promover o desenvolvimento humano nas dimensões éticas e estéticas, através da arte- educação/ambiental, contribuindo à transformação social.

Programação:

– Poesia Viral, com o Cordel: A peleja da princesa Jesebel, com o violeiro Magrilin;
– Cia Roseira D´Água, com Toque de Caixa para o Divino e Brincadeira de Cacuriá
– Mais de 20 oficinas com arte-educadores do Tear e convidados;
– Casa da Rosinha;
– Lata Doida;
– Ojá Turbante;
– Cacuriança;
– Fabio Lima;
– Raphael dos Santos;
– Edmilson Santini;
– Roda de Danças Populares, com Grupo Dandalua;
– Roda de Choro, com Choro da Glória;
– Roda de Capoeira, com Associação Lagoa Azul Capoeira RJ;
– Aulão Dança Afro, com AFRO Conexões;
– Mostra do Festival Carioca de Contação de Histórias;
– Pé de Livro;
– Performances;
– Oficina de intervenção temporária | LabIT 2017;
– Intervenções com a Peneira;
– Pocket show com Junu e Terreirada Cearense.

Festa da Rua – Rio de Histórias a Céu Aberto
Local: Campo de Santana, s/nº – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 25/11 (sábado)
Horário: 9h às 14h
Informações: Tel.: 21 3238-3690 / institutotear.org.br
Anúncios
| Circulando pelo Campo de Santana, da Proclamação da República e de São Jorge Guerreiro |

Foto: IAB RJ – reprodução

Nesta quinta-feira, dia 31 de agosto, acontecerá mais uma edição do projeto Roteiros Geográficos do Rio. O ponto de encontro da aula passeio a pé será às 14h, junto ao bondinho no interior do Centro Cultural Light, na Avenida Marechal Floriano, n° 168, no Centro do Rio de Janeiro. Com o tema “Circulando pelo Campo de Santana, da Proclamação da República e de São Jorge Guerreiro”, o encontro terá o seguinte itinerário:

Centro Cultural Light – Itamarati – Central do Brasil (visita) – passagem subterrânea – Casa do Marechal Deodoro – Arquivo Nacional/Casa da Moeda (visita) – Rádios MEC Am / Fm – Faculdade de Direito UFRJ (visita ao antigo Senado) – Circulando no interior do Campo de Santana, das festividades e rituais religiosos, do casamento de D. Pedro e da Imperatriz Leopoldina, da aclamação popular de Dom João VI, do samba O Pato de Jaime Silva e Neusa Teixeira gravado por João Gilberto – do ajardinamento de Glaziou – Corpo de Bombeiro – Igreja de São Jorge (visita)

Em caso de tempo chuvoso, o roteiro será cancelado. A organização orienta aos interessados que entrem em contato pelo (21) 98871-7238 para confirmar a realização do evento.  

O Roteiros Geográficos do Rio é um projeto do NeghaRIO (Núcleo de Estudos sobre Geografia Humanística, Artes e Cidade do Rio de Janeiro) – do Instituto de Geografia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura.

“O projeto promove caminhadas gratuitas na área central do Rio de Janeiro durante o dia e à noite, e em outros pontos da urbe carioca, tais como os bairros Glória, Catete e Flamengo, bem como Copacabana, a “princesinha do mar”, e o bairro planejado Vila Aliança, situado na Zona Oeste da cidade, sendo este o único necessitando de um esquema de vans, ainda que no referido bairro proletário o roteiro seja feito a pé.

Os eventos descortinam a geografia, a história, a arquitetura, a religiosidade, as artes e a cultura, afora o cotidiano da cidade, revelando seus meandros, gênese, expansão, simbologias e metamorfoses. Tal iniciativa se insere no conjunto de medidas com vistas à promoção da auto-estima de sua gente em relação ao seu próprio universo vivido, convidando, igualmente, para essa ciranda empática, turistas brasileiros e estrangeiros. O projeto procura resgatar o espaço urbano carioca, traduzindo, dessa forma, a cidade como um livro aberto a ser explicado, ampliando, assim, os domínios do conhecimento dos participantes sobre a própria geografia na qual criam, atuam e vivem. Trata-se de uma maneira vibrante e direta de se aprender geografia e a vida de relações da cidade, a partir das exposições do professor e dos bolsistas em lugares coletivos e ambientes fechados na cidade do Rio de Janeiro.” A coordenação é do professor doutor João Baptista Ferreira de Mello.

Os passeios acontecem periodicamente e já há programação até outubro deste ano. Mais informações podem ser obtidas pelo site do projeto, o endereço é www.roteirosdorio.com.

Projeto Roteiros Geográficos do Rio – “Circulando pelo Campo de Santana, da Proclamação da República e de São Jorge Guerreiro”
Data: dia 31/08
Horário: 14h
Ponto de encontro da aula passeio a pé: junto ao bondinho no interior do Centro Cultural Light
Tel.: (21) 98871-7238

Foto/arte: divulgação

%d blogueiros gostam disto: