Tag Archive: central do brasil


| Bate-papo comandado por Christovam de Chevalier, poeta e colunista do jornal O Globo, acontece nesta quarta-feira |
Nélida Piñon é a convidada da 13º edição do Encontro com Territórios, na Biblioteca Estação Leitura

Foto: divulgação

A imortal Nélida Piñon é a convidada da 13º edição do Encontro com Territórios, na Biblioteca Estação Leitura, localizada na estação Central do MetrôRio. O encontro será realizado no dia 11 de outubro, às 19h30, e terá como tema o “Livro das Horas”, da editora Record, obra que se aproxima de uma autobiografia ao reunir algumas memórias da escritora.  

O bate-papo será comandado pelo poeta e colunista do jornal O Globo Christovam de Chevalier. Em seguida a escritora vai autografar *80 exemplares, que serão distribuídos gratuitamente aos participantes do encontro e leitores da biblioteca. Na galeria Arte e Literatura, anexa à biblioteca, os visitantes poderão visitar a exposição que será inaugurada, “Nélida Piñon a imaginação, a emoção e a palavra”, composta por fragmentos literários do “Livro das Horas” e 12 imagens de um ensaio fotográfico realizado em Holambra, conhecida como a Cidade das Flores. As fotografias são da diretora executiva do projeto, Cristina Oldemburg.  

“Sempre quis homenagear esta mulher incrível com um projeto de imagens que refletisse a admiração que sinto por ela.”, afirma Cristina Oldemburg, acrescentando que, além de visitar a exposição, após o bate-papo o público poderá levar o livro autografado por Nélida Piñon. “A missão da nossa biblioteca  é promover a leitura através de vivências artísticas que aproximem o leitor da obra literária, estimular o pertencimento do livro,  formar novos leitores, formar plateia para debate e criar pensamento crítico sobre questões que fazem parte do nosso cotidiano. O sentimento do pertencimento do objeto livro é fantástico, pois a grande maioria dos leitores da Biblioteca Estação Leitura não tem recurso para comprar uma obra literária. Eles esperam ansiosos pelo evento”, conta, destacando que os participantes também contarão com o acervo disponível para empréstimo.

O Livro de Horas foi uma obra de devoção criada por devotos no final da Idade Média. Em geral, continha o calendário das festas e dos santos, as Horas da Virgem, da Cruz, do Espírito Santo e dos mortos (Liturgia das Horas), as orações comuns e os salmos penitenciais. Em seu “Livro das Horas”, Nélida Piñon faz uma narrativa comovente e sensível, revivendo memórias afetivas que emergem a partir de um vertiginoso turbilhão de lembranças e emoções. E a cada página lida fica claro ao leitor que independente de sua vivência ou da riqueza de suas lembranças, sua história de amor sempre foi uma só: com a palavra. 

A biblioteca Estação Leitura completou três anos de funcionamento em fevereiro de 2017, com atendimento diário ao público e resultados significativos. De fevereiro de 2014 a março de 2017, foram catalogados 3.977 livros, cadastrados 5.060 leitores, emprestados 24.699 livros e realizadas 8.293 renovações em mais de 72 mil atendimentos, além de 103 eventos literários. A Estação Leitura é uma biblioteca popular, localizada na estação Central do MetrôRio, sendo a estação mais movimentada do sistema, que tem integração com a rede ferroviária da cidade, sendo assim, o projeto atende a um público variado, moradores do Rio de Janeiro e municípios vizinhos, tais como Duque de Caxias, Belford Roxo, Queimados, Nova Iguaçu, Nilópolis. A faixa etária de leitores é entre 18 e 90 anos (e ainda pais que pegam livros infantis/juvenis para seus filhos), homens e mulheres com as mais diversas atividades profissionais: diaristas, aposentados, vendedores, jornalistas, fisioterapeutas, estudantes, professores, médicos, escritores, entre outros. 

Nélida Piñon nasceu em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e escolheu que seria escritora ainda criança, quando começou a vender suas pequenas histórias ao pai e familiares. Formada em jornalismo, ela tem em sua bibliografia mais de 20 livros, englobando romances, contos, ensaios, discursos, crônicas e memórias. Suas obras já foram traduzidas em 30 países. No ano de 1996 foi a primeira mulher a ocupar a presidência de uma Academia de Letras em todo o mundo. Foi também pioneira ao receber o título Doutor Honoris Causa da Universidade de Santiago de Compostela, na Espanha, em 1998. Até então, nenhuma mulher havia recebido o título. 

A Estação Leitura incentiva a cultura através do acesso gratuito a livros, aos talks shows e às atividades literárias. Tem o patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e do MetrôRio, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS, conta com apoio do Instituto Invepar e a realização da Oldemburg Marketing Cultural. O atendimento é gratuito ao público e realizado de terça a sexta, com os serviços de cadastro, devolução e empréstimo de livros por até sete dias. Dispõe de catálogo digital de todo o acervo na página oficial do projeto (Facebook – www.facebook.com/estacaoleiturametrocentral) e catálogo de consulta por título, autor e assunto/gênero, na própria biblioteca.  

 

Encontro com Territórios: “O Livro das Horas”
Local: Biblioteca Estação Leitura, na Estação Central do MetrôRio – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 11/10
Horário: 19h30

*Para recebimento do livro, serão distribuídas 60 senhas, que devem ser retiradas duas semanas antes do evento, na biblioteca Estação Leitura, localizada na estação Central do MetrôRio. No dia do evento, apresente-a no mesmo local e receba seu livro para participar da sessão de autógrafos.
| Diversos artistas se apresentarão em palcos e rodas de samba espalhados pelo bairro de Oswaldo Cruz |
Foto: Trem do Samba / reprodução

Foto: Trem do Samba / reprodução

Neste sábado acontece a 20ª  edição do Trem do Samba, evento que tem como objetivo festejar o Dia Nacional do Samba, comemorado no dia 2 de dezembro. Idealizado por Marquinhos de Oswaldo Cruz, o festival segue a tradição iniciada no século passado, e foi recuperada por Paulo da Portela, em que o trem é palco da maior manifestação musical/cultural e o público refaz o trajeto entre as estações Central do Brasil e Oswaldo Cruz da mesma forma que os sambistas faziam naquela época.

A abertura do evento será às 13h, no palco Vó Maria, na Central do Brasil, com o aquecimento das comemorações animadas por DJs. Às 15h, começarão os shows gratuitos de Velhas Guardas de tradicionais escolas de samba: Império Serrano, Vila Isabel, Salgueiro, Mangueira e Portela. Noca da Portela, Nelson Sargento, Wilson Moreira, Tantinho da Mangueira, entre outros baluartes também participam da festa.

Em intervalos de 20min, a partir das 18h24, quatro trens farão viagens diretas para Oswaldo Cruz. No bairro, diversos artistas se apresentarão em três palcos principais (batizados de Tia Doca, Dona Zica e Tia Eunice) e em outros 15 pontos próximos à estação. Ao todo serão 32 rodas de samba distribuídas entre os carros, com a apresentação dos grupos Samba no Sítio, Clube do Samba, Criolice, Bip Bip, Democráticos de Guadalupe, Beco do Rato e Mestre Faísca, entre outros.

Para ter acesso gratuito aos trens especiais, o público deve doar 1kg de alimento não-perecível, que deve ser entregue no Corredor Cultural da estação Central do Brasil.

*Confira a programação:

Sábado – dia 05/12
Trens

1º Trem – 18:24h
1º Vagão: Bloco Manga Preta
2º Vagão: Clube do Samba
3º Vagão: Analimar e A Turma da Vila
4º Vagão: Democráticos de Guadalupe
5º Vagão: Pagode do Nelsinho e Wilma
6º Vagão: Grupo Autonomia
7º Vagão: Trem de Minas (Belo Horizonte/MG)
8º Vagão: Grupo Regente

2º Trem – 18:44h
1º Vagão: Encontro de Bambas
2º Vagão: Só Raízes
3º Vagão: RJ Samba
4º Vagão: Samba no Sítio
5º Vagão: Pagode do Balde
6º Vagão: Samba das Rocas (Natal – RN)
7º Vagão: Cacique De Ramos
8º Vagão: Galeria da Velha Guarda da Portela

3º Trem – 19:04h
1º Vagão: Junte-se a Nós
2º Vagão: Criolice
3º Vagão: Sambalegre
4º Vagão: Samba D’Ellas
5º Vagão: Nossa Arte Niterói
6º Vagão: Samba Puro de Belford Roxo
7º Vagão: Locomotiva do Samba – Estação Irajá
8º Vagão: Cartola de Noel

4º Trem – 19:24h
1º Vagão: Bloco das Cuícas
2º Vagão: Bip Bip
3º Vagão: Parados na Ponte
4º Vagão: Beco do Rato
5º Vagão: Grupo Barraco de Pau
6º Vagão: Partideiros Carioca
7º Vagão: bloco dos Cachaças
8º Vagão: Mestre Faísca

Palco Vó Maria
Central do Brasil
A partir das 15:00 – BANDA BASE (MAFUÁ)
Shows: Velhas Guardas Vila Isabel , Império Serrano, Mangueira , Salgueiro e Portela
Osmar do Breque, Wilson Moreira, Nelson Sargento, Tantinho, Baianinho, Dunga, Fred Camacho, Leo Russo, Ernesto Pires e Noca da Portela

Palco Dona Zica
Rua João Vicente (Em frente a Estação Oswaldo Cruz)
19:00 – BANDA BASE (MARCIO VANDERLEI)
Convidados: Bianca Cardoso, Toninho Nascimento e Nem da Doca
21:00 – Grupo Arruda
23:00 – Marquinhos de Oswaldo Cruz
Thais Macedo

Palco Tia Doca
Rua Átila da Silveira
19:00 – BANDA BASE (FRED CAMACHO)
Convidados: Marquinhos Diniz, Zé Luiz do Império e Branka
21:00 – Banda Samba Social Clube
23:00 – Grupo Casuarina

Palco Tia Eunice
Praça Paulo da Portela – Oswaldo Cruz
20:00 – BANDA BASE (CIRANDA)
Shows: V G. Salgueiro , Império Serrano, Mangueira, V. isabel
22:00 – Velha Guarda da Portela
Convidada: Dorina

Rodas de Samba
Diversos pontos de Oswaldo Cruz (bares e palcos menores)
Início: 20:00h / Término: 23:00h

RODA 1 – BLOCO MANGA PRETA
Local: PADARIA SÃO MIGUEL
Rua João Vicente, 589 (Em frente a Estação – Lado dos prédios)
RODA 2 – CLUBE DO SAMBA (ANGELA NOGUEIRA)
Local: BAR DO SOBRAL
Rua Carolina Machado, 1038 A (Em frente à Estação)
RODA 3 – GRUPO ANALIMAR E A TURMA DA VILA
Local: Travessa Blandina, 41 (Do outro lado da ponte – Valão ao lado dos prédios)
RODA 4 – DEMOCRÁTICOS DE GUADALUPE
Local: Rua José Carvalho Salgado (No Largo – Próximo a ponte – Lado dos prédios)
RODA 5 – PAGODE DO NELSINHO E DA WILMA
Local: POINT 300 NOSSO BAR (BAR 300)
Rua Fernandes Marinho, 300 (Atrás – Quase ao lado do Palco da Átila da Silveira)
RODA 6 – GRUPO AUTONOMIA
Local: POINT DA SUELY
Rua Átila da Silveira, S/N° (Quase na esquina da Carolina Machado)
RODA 7 – TREM DE MINAS NOSSA TERRA (BELO HORIZONTE/MG)
Local: BAR DO WASHINTON
Rua Fernandes Marinho, 103 (Ao lado do Colégio Sul América)
RODA 8 – GRUPO SAMBA NO SÍTIO
Local: BAR DO PAULINHO
Rua Frei Bento (Esquina com Rua Pinto de Campos)
RODA 09 – PAGODE DO BALDE
Local: BAR DO WELLINGTON
Rua Adelaide Badajós, 69
RODA 10 – GRUPO REGENTE
Local: BAR DO PEDRINHO
Rua Adelaide Badajós
RODA 11 – ENCONTRO DE BAMBAS
Local: Rua José Carvalho Salgado S/N° (Beira do Valão – Ao lado dos prédios)
RODA 12 – GRUPO SÓ RAÍZES
Local: BAR DO WILSON (Terraço do Bar)
Estrada do Portela, 446 (Em frente à Praça Paulo da Portela)
RODA 13 – GRUPO RJ SAMBA
Local: BAR DA ANDRÉA
Rua Carolina Machado, 1094 (Calçada depois da Átila da Silveira)
RODA 14 – RODA DE BAMBAS (SAMBA DAS ROCAS) (NATAL/RN)
Local: BAR DO WILSON (Na rua)
Estrada do Portela, 446 (Em frente à Praça Paulo da Portela)

* Programação sujeita a alteração.

 

 

 

Foto de Péricles e Lucas Morato em um palco

Foto: Manuela Scarpa / Photo Rio News / Reprodução internet

Pai e filho se apresentam  na 11ª edição do “Samba nos Trilhos”, projeto promovido pela SuperVia. No repertório, sucessos do jovem cantor, como “Mundo dos Desencantados”, além das famosas músicas da carreira de seu pai, que atuou como vocalista do grupo Exaltasamba por mais de 20 anos. O evento começa às 17h e o público também poderá acompanhar a apresentação do grupo Pegada Brasileira, além de participar de brincadeiras, sorteios de brindes e distribuição de prêmios. O “Samba nos Trilhos” vai até às 21h30.

Confira a programação:
17h às 17h30– Brincadeiras com o público
17h às 18h30 – Grupo Pegada Brasileira
18h30 às 19h – Brincadeiras com o público
19h às 20h – Lucas Morato com participação especial do seu pai, o cantor Péricles
20h às 20h30 – Brincadeiras com o público
20h30 às 21h30 – Encerramento com grupo Pegada Brasileira
Local: Estação Central do Brasil (Praça Cristiano Ottoni, s/nº – Centro)
Horário: a partir das 17h
Data: dia 11/09/2015

| A abertura e o encerramento do  evento ficarão por conta do grupo Pegada Brasileira |

Foto: reprodução internet

Hoje a SuperVia realiza edição especial do “Samba nos Trilhos”, que trará um toque especial em comemoração ao mês da Páscoa, com a distribuição de brindes temáticos.  A atração principal será o cantor Reinaldo, conhecido como ‘príncipe do pagode’. Nascido na Zona Norte do Rio de Janeiro, o artista viu sua carreira estourar em São Paulo, para onde levou a experiência dos pagodes de fundo de quintal, como o Cacique de Ramos, popularizando as rodas de samba na capital paulista. Reinaldo vem ao Rio de Janeiro para cantar grandes sucessos para os passageiros dos trens do Rio, como ‘Retrato Cantado’, ‘Infância’ e ‘Pra ser minha musa’.

A abertura e o encerramento do “Samba nos Trilhos” ficarão por conta do grupo Pegada Brasileira, que tocará grandes sucessos do samba, pagode e da MPB.  O “Samba nos Trilhos”, que faz parte do calendário de atividades culturais da SuperVia, é gratuito, ocorre das 17h às 21h e tem o patrocínio da Rio de Prêmios/Loterj.

7ª edição do “Samba nos Trilhos”
Atração: Reinaldo, o ‘príncipe do pagode”
Local: Central do Brasil
Data: dia 10/04
Horário: das 17h às 21h

| Passageiros entrarão no clima de folia ao som de clássicos do carnaval |

Foto: Domingos Peixoto / Reprodução

Nessa sexta-feira, dia 06 de fevereiro, das 16h às 21h, a SuperVia realizará mais uma edição do “Carnaval na Central”. Embalados por clássicos do samba e de músicas que marcaram a história do Rio de Janeiro, a principal estação de trem do Rio se transforma em palco para a maior festa popular do Brasil. Esse será o quarto ano do evento, que terá o tradicional Cordão da Bola Preta como atração principal para animar os passageiros, a cantora Nise Palhares em um repertório que homenageia os 450 anos do Rio de Janeiro e a Mocidade Independente de Padre Miguel, com passistas, mestre-sala e porta-bandeira, intérprete e ritmistas. A Velha Guarda Show do Império Serrano e o grupo Pegada Brasileira completam a lista de atrações. O evento tem patrocínio da Rio de Prêmios/Loterj e Mineirinho, apoio da Oi e Chopp de Vinho Duu Gomes e parceria da Rio 450.

Confira a programação completa a seguir:

06 de fevereiro

16h às 17h – Nise Palhares
17h às 18h – Mocidade Independente de Padre Miguel
18h às 19h – Cordão da Bola Preta
19h às 20h – Velha Guarda Show do Império Serrano
20h às 21h – Grupo Pegada Brasileira

Carnaval na Central
Local: Estação Central do Brasil – Praça Cristiano Ottoni, s/nº – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Data: Dia 06/02, sexta-feira,
Horário: das 16h às 21h

Foto de Gloria Campaner

Foto: Divulgação

| Em rápida passagem pelo Brasil, a pianista apresenta repertório de músicas clássicas|

Vai passar pela Central do Brasil amanhã? Se sim, que tal aproveitar para ouvir uma apresentação ao som de piano? Amanhã (4), o Corredor Cultural da Central do Brasil será palco para a apresentação da pianista italiana Gloria Campaner a partir das 16h.

Gloria nasceu em Veneza, na Itália, começou a tocar piano aos quatro anos de idade e nunca mais parou. Hoje, com 28 anos, ela é considerada uma das melhores pianistas da Europa de sua geração, com vários prêmios recebidos em sua carreira, entre eles o European Piano Competition – Vlado Perlemuter (Ouistreham – França, 2009) e o Prêmio Especial Jan Paderewski e Frédéric Chopin (da Fundação Chopin de Paris).

O evento é fruto da parceria entre a SuperVia e o Instituto Italiano de Cultura – Rio. O objetivo é despertar crianças, jovens e adultos para a música clássica, proporcionando momentos de sensibilidade, arte e conhecimento de composições clássicas. Fazem parte do repertório obras de compositores renomados como Beethoven, Robert Schumann e Sergei Rachmaninoff.

Apresentação da pianista italiana Gloria Campaner
Local: Estação Central do Brasil da SuperVia – Praça Cristiano Ottoni, s/nº – Centro do Rio de Janeiro
Horário: às 16h
Data: 04/11, terça-feira

%d blogueiros gostam disto: