Tag Archive: centro do rio


| “Boal Teatro do Oprimido +10” traça panorama do Teatro do Oprimido 10 anos após falecimento de seu criador |

Foto: divulgação

Em 2019 completam-se 10 anos da morte do criador do Teatro do Oprimido, o dramaturgo Augusto Boal. Para lembrar desta importante data, o Centro de Teatro do Oprimido (CTO) abre as portas de seu casarão, na Lapa, no dia 5 de junho, a partir das 18h, para constatar o quão vivos estão o espaço e o seu legado.

A programação do “Boal Teatro do Oprimido + 10” começará com apresentação do grupo Marias do Brasil, formado por trabalhadoras domésticas, com a peça de teatro-fórum “Nós não somos invisíveis”.

Em seguida acontecerá uma roda literária, com livros sobre o método publicados após 2009, que serão apresentados e lançados. Cecília Boal, esposa do teatrólogo,em “Cecília conta Boal“, falará sobre a trajetória de Boal no Teatro de Arena.

Encerrando o evento, os Curingas do CTO, que trabalharam com Boal, farão a roda de conversa “Os Curingas e suas cartas”, sobre os principais desafios e descobertas que realizaram com o teatrólogo. Os Curingas pioneiros do CTO se juntam a atual equipe da instituição para dialogar sobre os desdobramentos e desafios enfrentado pelo método após o falecimento de seu criador, em 2009. Entre os temas abordados estão a continuidade e sustentabilidade do método e da instituição, em especial projetos atuais, como o Circuito Teatro d@ Oprimid@ Petrobras, patrocinado pela Petrobras, e o Ponto de Cultura, patrocinado pela Secretaria Municipal de Cultura do Rio e pelo programa Cultura Viva (Secretaria da Diversidade Cultural / Secretaria Especial da Cultura / Ministério da Cidadania).

Programação:
18:00h – Abertura
18:30h – Peça de Teatro-Fórum – Marias Do Brasil
19:30h – Apresentação dos Livros
20:30h – Cecília conta Boal + vídeo
21:10h – Boal + 10 – Curingas e suas cartas
22:30h – Encerramento

Boal Teatro do Oprimido + 10
Local: Centro do Teatro do Oprimido – Avenida Mem de Sá, 31 – Lapa – Rio de Janeiro/RJ – Tel.: (21) 2232-5826
Data: dia 5/06 (quarta-feira)
Horário: das 18h às 22:30h

Anúncios
| Evento no Centro do Rio terá apresentação da cantora Adriana Dutra e grupo Nega de Crioulo |

Foto: divulgação

A próxima edição da Feira Rio Antigo (Feira do Lavradio), na Rua do Lavradio, no Centro do Rio, acontecerá no dia 1º de junho (sábado) e prestará uma homenagem à cantora e compositora Beth Carvalho, a “Dama do Samba”, que faleceu no dia 30 de abril deste ano, aos 72 anos. Também conhecida como “Madrinha do Samba”, a sambista revelou artistas como Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz e Jorge Aragão.

O tributo musical ficará por conta da cantora Adriana Dutra e do grupo Nega de Crioulo, que apresentarão um repertório com sambas clássicos de Beth, como “Coisinha do Pai” e “Vou festejar”. O show acontecerá às 16h30, no espaço montado em frente à Praça Emilinha Borba, que na esquina entre as as ruas Rua do Lavradio do Senado.

Promovida pelo Polo Novo Rio Antigo há 22 anos, a Feira Rio Antigo acontece das 10h às 19h e é um dos eventos gratuitos e ao ar livre mais prestigiados da cidade do Rio de Janeiro, reunindo até 30 mil visitantes por edição. O evento reúne mais de 400 expositores de artesanato, obras de arte, antiguidades, vestuário, entre outros produtos à venda.

O passeio pelo Centro do Rio Antigo é uma excelente alternativa para apreciadores de arquitetura, da boa gastronomia e de diversão. *As lojas e restaurantes dos arredores também ficam abertos durante a feira.

Feira Rio Antigo
Local: Rua do Lavradio (entre avenidas Mem de Sá e Visconde do Rio Branco – Centro do Rio Antigo) – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 6/04 (sábado)
Horário: das 10h às 19h
Atrações musical: Adriana Dutra e grupo Nega de Crioulo – a partir das 16h30
Classificação: livre
*Obs.: comidas, bebidas e itens de expositores não são oferecidos gratuitamente.

| Projeto “Show Baile Brasileiro” é atração musical deste sábado, às 16h30, no Centro do Rio |

Foto: Alexandre Macieira -Riotur

A edição da Feira Rio Antigo deste sábado, dia 4 de maio, celebra o Dia das Mães. Mais conhecida pelos cariocas como Feira do Lavradio, o evento reúne mais de 400 expositores de obras de arte, artesanato, antiguidades e vestuário, entre outros produtos.

Misturando tradição e contemporaneidade, a atração musical será o Show Baile Brasileiro, que une o melhor do sambalanço com a MPB. O projeto reúne Marcos Novatto (voz/violão) e Groove Pimenta, com Edno Júnior (bateria), Marcelo Sisto (baixo) e Diego Folha (trombone). O show acontecerá às 16h30, no espaço montado em frente à Praça Emilinha Borba, na esquina da Rua do Lavradio com Rua do Senado, no Centro do Rio de Janeiro.

Promovida pelo Polo Novo Rio Antigo há 22 anos, a Feira Rio Antigo é um dos eventos gratuitos e ao ar livre mais prestigiados da cidade do Rio de Janeiro, reunindo até 30 mil visitantes por edição. O passeio pelo Centro do Rio Antigo é uma excelente alternativa para apreciadores de arquitetura, da boa gastronomia e de diversão. *As lojas e restaurantes dos arredores também ficam abertos durante a realização da feira. O evento acontece das 10 às 19h.

Feira Rio Antigo
Local: Rua do Lavradio (entre avenidas Mem de Sá e Visconde do Rio Branco – Centro do Rio Antigo) – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 3/05 (sábado)
Horário: das 10h às 19h
Atração musical: Show Baile Brasileiro – a partir das 16h30
Classificação: livre
*Obs.: comidas, bebidas e itens de expositores não são oferecidos gratuitamente.

| “Samba das Trabalhadoras” presta homenagem às trabalhadoras e à Beth Carvalho |

Foto/arte: reprodução Facebook

Nesta sexta-feira, dia 3 de maio, tem mais uma edição do “Samba das Trabalhadoras“. As sambistas Flávia Saolli, Lisa Carvalho, Márcia Guedes, Márcia Viegas, Roberta Nistra e Thay Mavigno se apresentam na Cinelândia, em frente à Câmara dos Vereadores do Rio, a partir das 17h30. A roda de samba prestará uma homenagem às trabalhadoras e à saudosa Beth Carvalho, a Madrinha do Samba, que faleceu no dia 30 de abril.

A iniciativa é da vereadora Luciana Novaes em parceria com o blog “Samba Querida”. O evento é uma ótima opção para o happy hour de hoje.

Samba das Trabalhadoras
Local: Cinelândia – Praça Marechal Floriano s/nº (em frente à Câmara dos Vereadores do Rio) – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 3/05 (sexta-feira)
Horário: 17h30

| Cantor, compositor e ator é homenageado do espetáculo “Olé! É Sempre Tempo de Música” |

Foto: Fabiana Pinheiro

O espetáculo “Olé! É Sempre Tempo de Música” chega ao Rio de Janeiro neste sábado, dia 5 de maio, para única apresentação, na Praça Mauá, às 17h. O Cantor, compositor e ator Eduardo Dussek integra o elenco é homenageado em primeira edição do musical, que revive sucessos das décadas de 1960, 70 e 80.

No repertório, além de canções de Dussek, sucessos e autores que marcaram a história da música, de Beatles à Jovem Guarda, passando por Roberto Carlos, embalos de sábado à noite, pop rock brasileiro e disco music. Também há espaço para celebrar o melhor de cantores com Tim Maia, Rita Lee, Lulu Santos, Raul Seixas e Jorge Benjor.

“O intuito do musical é fazer o público reviver a trilha sonora da sua época, mostrando que não existe tempo para a música, pois sempre é tempo de música”. Eduardo Dussek, Caffeine Trio, Mylena Jardim (vencedora do The Voice Brasil 2016), Adrianna Moreira, Marcelo Veronez, Marcelo Ricardo e DJ Barulhista compõem o time de artistas que embalam os shows, eles são conduzidos pela MG Big Band, que assume o nome de Orquestra Cabeça de Prata, sob a regência do maestro Marcelo Ramos.

O festival “Olé! É Sempre Tempo de Música” estreou em Salvador (BA), no dia 17 de abril, passou por Goiânia (GO), no dia 27, e percorrerá mais três capitais: Rio de Janeiro (RJ) – 04/05; São Paulo (SP) – 11/05; Belo Horizonte (MG) – 25/05.

Musical “Olé! É Sempre Tempo de Música”
Local: Praça Mauá – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 04/05/2019 (sábado)
Horário: 17h

| Cantor, compositor e instrumentista baiano é atração do projeto “Quintas no BNDES” |
Foto de Verlando Gomes

Foto: reprodução Facebook

Nesta quinta-feira, dia 25 de abril, às 19h, Verlando Gomes faz show no Espaço Cultural BNDES,no Centro do Rio, no projeto Quintas no BNDES. O o cantor, compositor e instrumentista baiano apresenta o show “Flor Serena – Acústico do Pé da Serra”, uma releitura intimista de clássicos do forró com 16 canções no repertório. A intenção é fazer o público se deleitar com a poesia contida na música nordestina, com recital de cordel, lamento da gaita e versos entrecortantes, convergindo sentimento de beleza e dor em um mesmo ambiente sonoro.

Os ingressos podem ser reservados pelo site do Espaço Cultural BNDES. Eles devem ser retirados às 18h, com tolerância até às 18h30, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir pela internet, o público também poderá encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do show, a partir das 18h. A classificação é livre.

Quintas no BNDES
Atração musical: Verlando Gomes – show “Flor Serena – Acústico do Pé da Serra” 
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (próximo à estação Carioca do metrô)
Data: dia 25/04 (quinta-feira)
Horário: 19h
Classificação: livre

| Pianista é atração do projeto Quartas Instrumentais, no Centro do Rio, às 19h | 

Foto: reprodução Facebook

A pianista, compositora e pesquisadora Patrícia Bizzotto apresenta “Situações Musicais”, seu espetáculo de música contemporânea em parceria com Catherine Carignan (fagote), Matthias Koole (guitarra), Gláucia Vandeveld (voz e performance) e Francisco César (bandoneón), residentes em Belo Horizonte, no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio, no dia 24 de abril, às 19h. Os músicos são atração do projeto Quartas Instrumentais.

Cada peça do concerto é entendida como uma “situação” em que se busca experimentar musicalidades múltiplas. São explorados o corpo, os silêncios, a dramaturgia e recursos visuais, na tentativa de se fazer emergir um sentido “performativo” do universo sonoro-musical.

Parte dos ingressos deve ser reservada pelo site do Espaço Cultural BNDES. Para assistir às apresentações do projeto musical, cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de um ingresso no dia do espetáculo, até às 18h – com tolerância até 18h30 -, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir um pela internet, o público poderá encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h.

Quartas Instrumentais
Atração: Patrícia Bizzotto – concerto “Situações Musicais”
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro (próximo à estação Carioca do metrô) – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 24/04
Horário: 19h
Classificação: livre

| “Be-Marche: as noites de Berlioz” marca estreia de Thiago Soares, primeiro-bailarino do Royal Ballet, como coreógrafo | 
foto externa do Theatro Municipal

Foto: Vânia Laranjeira/Reprodução

Da sessão “não é de graça, mas é quase”:

Estreou hoje, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro (TMRJ), o espetáculo “Be-Marche: as noites de Berlioz”. A montagem – com direção de arte de Oskar Metsavaht e regência do maestro Carlos Prazeres, titular da Orquestra Sinfônica da Bahia – marcou a estreia do carioca Thiago Soares, primeiro-bailarino do Royal Ballet (Londres), como coreógrafo e presta homenagem aos 110 anos do TMRJ e aos 150 anos da morte do compositor romântico francês Hector Berlioz.

O programa inclui a participação do ballet, de cantores solistas e da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal. Na primeira parte, o público poderá assistir ao ciclo de seis canções de Berlioz intitulado “Les nuits d’éte”, com poemas de Theophile Gauthier. As canções amorosas e melancólicas terão como intérpretes Cinthia Fortunato (soprano), Lara Cavalcanti (mezzo soprano) e Geilson Santos (tenor), cantores solistas do TMRJ. Na segunda parte, o Corpo de Baile dançará ao som de dois movimentos da “Sinfonia Fantástica”, a abertura “Carnaval Romano” e a “Marcha Troiana”, da ópera “Les Troyens”.

As apresentações acontecerão nos dias 20, 21*, 25, 26, 27 e 28 de abril, com ingressos à venda pela internet que custam de R$ 10 a R$ 360. Neste domingo de Páscoa, dia 21 de abril, às 11h00, acontecerá mais uma edição do “Municipal a R$1,00 (um real)“*, com venda de ingressos a partir das 10h, no dia do espetáculo, apenas na bilheteria do Theatro, na Praça Floriano, s/nº, na Cinelândia.

Be-Marche: as noites de Berlioz
Local: Theatro Municipal do Rio de Janeiro – Praça Floriano s/n° – Cinelândia – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Datas:
dia 20/04, sábado, às 17h00
dia 25 e 26/04, quinta e sexta-feira, às 20h00
dia 27 e 28/04, sábado e domingo, às 17h00
dia 21* (“Municipal a R$1,00 (um real”), domingo, às 11h – venda de ingressos a partir das 10h, no dia do espetáculo, apenas na bilheteria do Theatro
Lotação: 2.226 lugares
Duração: duas horas
Classificação: livre

| Grupo PIXIN Bodega se apresenta na edição deste sábado, dia 6 de abril |

Foto: Alexandre Macieira – Riotur

Nesta sexta-feira, dia 6 de abril, a partir das 10h, acontece mais uma Feira Rio Antigo, na Rua do Lavradio. *Mais conhecida como Feira do Lavradio entre os cariocas, o evento reúne mais de 400 expositores de artesanato, obras de arte, antiguidades, vestuário, entre outros produtos. Nesta edição será celebrado o Dia Nacional do Choro, comemorado em 23 de abril. A homenagem ao gênero da música popular e instrumental brasileira ficará por conta da apresentação do grupo PIXIN Bodega, que tocará grandes clássicos, homenageando nomes como o mestre Pixinguinha, Jacob do Bandolim e Altamiro Carrilho, entre outros. O show acontecerá às 16h30, no espaço montado em frente à Praça Emilinha Borba, na esquina entre as ruas do Lavradio e do Senado.

Promovida pelo Polo Novo Rio Antigo há 22 anos, a Feira Rio Antigo é um dos eventos gratuitos e ao ar livre mais prestigiados da cidade do Rio de Janeiro, reunindo até 30 mil visitantes por edição. O passeio pelo Centro do Rio Antigo é uma excelente alternativa para apreciadores de arquitetura, da boa gastronomia e de diversão. *As lojas e restaurantes dos arredores também ficam abertos durante a realização da feira.

Feira Rio Antigo
Local: Rua do Lavradio (entre avenidas Mem de Sá e Visconde do Rio Branco – Centro do Rio Antigo) – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 6/04 (sábado)
Horário: das 10h às 19h
Atração musical: PIXIN Bodega – a partir das 16h30
Classificação: livre
*Obs.: comidas, bebidas e itens de expositores não são oferecidos gratuitamente.

| Show celebra 90 Anos da Verde e Rosa e centenário do sambista Geraldo Pereira |
Foto da Velha Guarda Musical da Mangueira

Foto: reprodução site Espaço Cultural BNDES

Nesta quinta-feira, dia 28 de fevereiro, a Velha Guarda Musical da Mangueira canta os 90 Anos da Verde e Rosa e o centenário de Geraldo Pereira, no Espaço Cultural BNDES, no projeto Quintas no BNDES, no Centro do Rio, às 19h. No show, a Velha Guarda exalta a escola de samba Estação Primeira de Mangueira e seus principais personagens com sambas atuais e clássicos de Cartola, Nelson Cavaquinho e Jurandir, além de prestar uma grande homenagem ao sambista e compositor mineiro Geraldo Theodoro Pereira.

O grupo é composto por Tantinho da Mangueira e Rody da Mangueira (voz), Martinho Jorge de Souza Vieira (voz, cavaquinho e banjo), Aluísio da Silva Pinto, Edson Alves da Silva, Luiz Carlos Ricardas, Geraldo Ricardo e Waldyr Aguiar (voz e percussão), Lindomir Gomes Miguel (voz e cuíca), João Baptista Medeiros dos Santos (violão de 7 cordas), José Siqueira de Alcântara (cavaquinho ) e Marcia da Silva Machado, Sonia Maria dos Santos e Jandira Peçanha Narcizio Teixeira (coro).

Os ingressos podem ser reservados pelo site do Espaço Cultural BNDES. Eles devem ser retirados às 18h, com tolerância até às 18h30, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir pela internet, o público também poderá encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do show, a partir das 18h. A classificação é livre.

Quintas no BNDES
Atração musical: Velha Guarda Musical da Mangueira canta os 90 Anos da Verde e Rosa e o Centenário de Geraldo Pereira
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (próximo à estação Carioca do metrô)
Data: dia 28/02 (quinta-feira)
Horário: 19h
Classificação: livre

| Cantora é primeira atração do ano do projeto “Paradiso Café”, nesta terça, 19/02, no FM Hall Estúdios, no Bossa Nova Mall |
Foto de Anna Ratto

Foto: Nana Moraes

Nesta terça-feira, dia 19 de fevereiro, às 19, a cantora e compositora Anna Ratto faz um pocket show no FM Hall Estúdios, no Bossa Nova Mall, no Centro do Rio. A artista é a primeira atração deste ano do Paradiso Café, projeto musical do FM Hall Estúdios em parceria com com o Bossa Nova Mall e rádio SulAmerica Paradiso.

Em maio de 2018 Anna lançou o álbum, “Tantas”, seu quinto CD de estúdio, com canções de Caio Prado, Matheus Von Krüger, Ana Clara Horta, Rodrigo Maranhão, Bruna Caram e Duda Brack. No repertório, músicas como “Pra você dar o nome”, “Desbunde”, “Nicho”, “Pode me Chamar” e “Frevolenta” (de Anna Ratto e Jam da Silva).

Paradiso Café – Pocket Show de Anna Ratto
Local: FM Hall Estudios – Bossa Nova Mall – Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365 – Centro – Rio de Janeiro/RJ -(ao lado do Aeroporto Santos Dumont)
Data: dia 19/02 (terça-feira)
Horário: 19h
Classificação: livre

| Concerto “Revivendo Victor” passeia por canções de Victor Assis Brasil, saxofonista e jazzista que liderou o quinteto “Os Cinco” nos EUA | 

Foto: reprodução internet

Quinteto Revivências apresenta o concerto “Revivendo Victor” no Espaço Cultural BNDES, no dia 20 de fevereiro, às 19h, no projeto Quartas Instrumentais. O show recupera o trabalho do quinteto Os Cinco, grupo que o saxofonista e jazzista brasileiro Victor Assis Brasil (1945-1981) liderou nos Estados Unidos entre 1970 e 1972.

O Revivências inclui dois integrantes do quinteto original: o baixista Zeca Assumpção e o pianista Nelson Ayres. O saxofonista Cássio Ferreira, o trompetista Daniel d’Alcântara e o baterista Ricardo Mosca completam o grupo. O repertório do show é formado por 11 músicas, sendo nove compostas por Victor e uma por Nelson Ayres.

Parte dos ingressos deve ser reservada pelo site do Espaço Cultural BNDESa partir desta segunda-feira (18/02), às 10h. Para assistir às apresentações do projeto musical, cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de um ingresso no dia do espetáculo, até às 18h – com tolerância até 18h30 -, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir um pela internet, o público poderá encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h.

Quartas Instrumentais
Atração: Quinteto Revivências
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro (próximo à estação Carioca do metrô) – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 20/02
Horário: 19h
Classificação: livre

| Banda é atração do projeto Quintas no BNDES”, no Centro do Rio, a partir das 19h 
Foto da banda Abacate Contemporâneo

Foto: reprodução internet

A banda Abacate Contemporâneo é atração desta semana do projeto Quintas no BNDES”, no Centro Cultural BNDES, no Centro do Rio. A apresentação do dia 21 de fevereiro acontecerá a partir das 19h. O grupo – formado por Sara Delallo (contrabaixo e voz), Eber Prado (guitarra e voz), Rafael Fuca (guitarra e voz), Fabio Farinha (bateria) e Raquel Palma (vocal) – se define como “um pé de Rock com frutos de brasilidade e vanguarda paulista com pitadas de ironia, deboche e provocação”.

“O Abacate Contemporâneo nasce como uma amálgama de compositores brasileiros considerados malditos, irreverentes e marginais. Itamar Assumpção, Tom Zé, Jards Macalé, Gal Gosta entre outros são referências das releituras, mas o destaque vai para as composições da banda passeiam pelo Rock, ritmos afro brasileiros e Grooves numa atmosfera de arranjos inusitados, nas letras tem o existencialismo contemporâneo, a fluidez das relações amorosas e a poesia marginal e crítica. O grupo destila ironia e deixa as portas abertas ao amor, ao medo, à sacanagem e à irreverência. Soma-se a isso a presença marcante e performática da cantora e atriz Raquel Palma.”

Os ingressos podem ser reservados pelo site do Espaço Cultural BNDESa partir das 10h desta segunda-feira (18/02) até o dia do espetáculo, às 14h. Eles devem ser retirados às 18h, com tolerância até às 18h30, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir pela internet, o público também poderá encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do show, a partir das 18h. A classificação é livre.

Quintas no BNDES
Atração musical:  Abacate Contemporâneo
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (próximo à estação Carioca do metrô)
Data: dia 21/02 (quinta-feira)
Horário: 19h
Classificação: livre

| Banda apresenta “As Voltas que o Mundo Dá”, show com músicas inéditas e antigas do grupo, além de sucessos de outras bandas de rock |
Foto da banda Biquíni Cavadão

Foto: reprodução Facebook

A banda Biquíni Cavadão se apresenta no Centro Cultural BNDES, no dia 14 de fevereiro (quinta-feira), às 19h. O grupo é atração do projeto Quintas no BNDES”. Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Miguel Flores da Cunha e Álvaro “Birita” Lopes apresentarão “As Voltas que o Mundo Dá”, show com músicas inéditas e sucessos antigos do grupo, além de canções de outras bandas de rock que marcaram época.

Os ingressos podem ser reservados pelo site do Espaço Cultural BNDESa partir das 10h desta segunda-feira até o dia do espetáculo, às 14h. Eles devem ser retirados às 18h, com tolerância até às 18h30, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir pela internet, o público também poderá encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do show, a partir das 18h. A classificação é livre.

Quintas no BNDES
Atração musical:  Biquíni Cavadão
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (próximo à estação Carioca do metrô)
Data: dia 14/02 (quinta-feira)
Horário: 19h
Classificação: livre

| Espetáculo “#EmMovimento”,, no projeto “Quartas Instrumentais”, começa às 19h | 
Foto de Gabriel Grossi

Foto: Guito Moreto

O Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio, recebe Gabriel Grossi Quinteto para uma apresentação especial no dia 13 de fevereiro, no projeto Quartas Instrumentais. O público poderá assistir ao espetáculo #EmMovimento, nome do CD e DVD lançado por Grossi em 2018, que celebra sua trajetória e presta homenagem a artistas brasileiros que contribuem para a música instrumental no país. O show, com classificação livre, começará às 19h.

Com vinte anos de carreira, o harmonicista Gabriel Grossi lançou onze discos. O músico já participou de gravações e shows com grandes nomes da música nacional e internacional, como Hermeto Pascoal, Chico Buarque, Ivan Lins, Leila Pinheiro, João Donato, Dave Matthews, Guinga, Lenine, Djavan, Milton Nascimento e Dominguinhos, entre outros. O Gabriel Grossi Quinteto é formado por Gabriel Grossi (harmônica), Eduardo Farias (piano), André Vasconcellos (baixo), Rafael Barata (bateria) e Sérgio Coelho (trombone).

Parte dos ingressos deve ser reservada pelo site do Espaço Cultural BNDESa partir desta segunda-feira (11/02), às 10h. Para assistir às apresentações do Quartas Instrumentais, cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de um ingresso no dia do espetáculo, até às 18h – com tolerância até 18h30 -, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir um pela internet, o público pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h.

Quartas Instrumentais
Atração: Gabriel Grossi
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro (próximo à estação Carioca do metrô) – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 13/02
Horário: 19h
Classificação: livre

| “DreamWorks Animation: A Exposição – Uma Jornada do Esboço à Tela” reúne 400 itens de acervo |

Foto: reprodução internet

O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) recebe, de 6 de fevereiro a 15 de março, a exposição “DreamWorks Animation: A Exposição – Uma Jornada do Esboço à Tela”. Resultado de uma parceria inédita entre o estúdio de animação norte-americano e o museu Australian Centre for the Moving Image, em Melbourne, a mostra revela o processo criativo de uma animação, que vai da inspiração e os primeiros rabiscos até o produto final. São 400 itens de acervo – desenhos, storyboards, máscaras, mapas, fotografias, pôsteres, pinturas e artes originais – de filmes como FormiguinhaZ (1998), Shrek (2001), Madagascar (2005), Kung Fu Panda (2008), Como Treinar Seu Dragão (2010), Trolls (2016), entre outras produções do estúdio. A exposição também inclui desenhos raros nunca vistos pelo público que refletem os conceitos iniciais dos filmes, modelos e obras de arte originais, entrevistas e displays interativos de animações.

A mostra está dividida em quatro seções:
– Characters traz a evolução dos personagens do conceito original dos desenhos e sketches às personalidades totalmente construídas.
– Story apresenta o processo de construção de uma história completa.
– World leva o visitante para sobrevoar a cidade viking de Berk a partir das costas de um dragão em uma projeção 180 graus.
– Drawing Room, onde o público pode criar um curta animado a partir da tecnologia do estúdio DreamWorks Animation.

Exposição “DreamWorks Animation: A Exposição – Uma Jornada do Esboço à Tela”
Local: Centro Cultural Banco do Brasil – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro/RJ – Tel.: 21 3808-2020
Período: de 06/02 a 15/03/2019 – de quarta a segunda-feira
Horário: das 9h às 21h

| Conjunto de choro e samba homenageia cantor e compositor paulista Henricão nesta quinta-feira | 
Foto do Coisa da Antiga

Foto: Rebeca Figueiredo / reprodução Facebook

O conjunto Coisa da Antiga é a atração desta semana do projeto Quintas no BNDES, no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio. Os músicos apresentarão o espetáculo “Só Vendo que Beleza! Homenagem a Henricão”, interpretando composições do cantor e compositor paulista que fez história na “Era de Ouro do Rádio“, levando canções influenciadas pelo samba rural para lares brasileiros, bailes e salas de cinema. O grupo de choro e samba de São Paulo- formado por Anita Galvão (voz), Rafael Esteves (bandolim), Ricardo Perito (cavaquinho), Rodrigo Carneiro (violão 7 cordas), Koka Pereira (percussão) e Lucas Brogiolo (percussão) – subirá ao palco às 19h.

Além de Henricão, entre as influências do Coisa da Antiga estão artistas como PixinguinhaJoão da BaianaBenedito LacerdaCarmen MirandaElizeth Cardoso, Isaurinha Garcia, Altamiro Carrilho, Carmen Costa, Ataulfo Alves, Regional do Canhoto, Abel Ferreira, Lindinha Batista e Dircinha Batista.

Os ingressos podem ser reservados pelo site do Espaço Cultural BNDESa partir das 10h desta segunda-feira até o dia do espetáculo, às 14h. Eles devem ser retirados às 18h, com tolerância até às 18h30, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir pela internet, o público poderá encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do show, a partir das 18h.

Quintas no BNDES
Atração musical: Coisa da Antiga
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (próximo à estação Carioca do metrô)
Data: dia 7/02 (quinta-feira)
Classificação: livre
| Grupo apresenta espetáculo “Aralume Nordestina” no projeto “Quartas Instrumentais ” | 
Foto do Quarteto Geral

Foto: Alex Santana / reprodução

Quarteto Geral apresenta o espetáculo “Aralume Nordestina” no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio de Janeiro, no dia 6 de fevereiro, às 19h, no projeto Quartas Instrumentais.

Inspirado no imaginário musical e estético do Nordeste brasileiro, o show perpassa momentos distintos da cultura nacional, como o movimento Armorial e o grupo Quarteto Novo, até chegar ao repertório autoral do Quarteto Geral, formado por Tomaz Retz (sopros e queixada), Daniel Ganc (viola caipira), Lucas Gralato (violão) e Lucas Videla (percussão).

Parte dos ingressos deve ser reservada pelo site do Espaço Cultural BNDESa partir desta segunda-feira (4/02), às 10h. Para assistir às apresentações do Quartas Instrumentais, cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de um ingresso no dia do espetáculo, que deve ser retirado às 18h – com tolerância até 18h30 -, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir um pela internet, o público pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h.

No repertório da apresentação estão as seguintes canções: Mourão – Guerra-Peixe; Algodão – Luiz Gonzaga e Zé Dantas; Canto geral – Geraldo Vandré e Hermeto Pascoal; Maracatu – Daniel Ganc; Queixada – Daniel Ganc; Repente – Antonio José Madureira; Mulher rendeira – Zé do Norte; Toada / Aralume – Capiba / Antonio José Madureira; Canta Maria – Geraldo Vandré; Caldo de cana – David Ganc; Zanzibar – Edu Lobo; Fica mal com Deus – Geraldo Vandré; Milharal – Daniel Ganc; O ovo – Hermeto Pascoal e Geraldo Vandré; Misturada – Airto Moreira.

Quartas Instrumentais
Atração: Quarteto Geral
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro (próximo à estação Carioca do metrô) – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 06/02
Horário: 19h
Classificação: livre

| Público aprenderá passos de salsa, charme e forró com o professor Plácido Leite |

Foto: reprodução Facebook

No dia 1º de fevereiro (sexta-feira) acontece mais uma edição do projeto “Bailando” no FM Hall Estúdios, no Centro do Rio. O evento será comandado pelo professor de dança Plácido Leite, que ensinará aos participantes passos de salsa, charme e forró. A atividade começará às 18h30. A classificação é livre.

Projeto Bailando – aulas de salsa, charme e forró com o professor Plácido Leite
Local: FM Hall Estúdios – Bossa Nova Mall – Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365 – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 1/02 (sexta-feira)
Horário: 18h30

| Banda é atração do projeto ‘Mix ao Vivo” desta terça-feira, dia 22 de janeiro |
Foto da banda Os Caras & Carol

Foto: reprodução Facebook

Os Caras & Carol se apresenta no FM Hall Estúdios, no Bossa Nova Mall, no Centro do Rio, nesta terça-feira, dia 22 de janeiro, às 19h. A banda é convidada do projeto Mix Ao Vivo, realizado pela rádio Mix Rio FM.

Formada em 2015, a banda carioca de alt-rock – formada por Carolina Coutinho, João Loroza, Leonardo Maciel e Ruvício Santos – tem influências do rock nacional e internacional das décadas de 1970 e 1980, da MPB e da soul music, entre outros gêneros musicais. Os artistas devem devem lançar seu primeiro EP, produzido por Maurício Pacheco e com participação do tecladista Rodrigo Braga, em 2019.

Show da Os Caras & Carol
Local: FM Hall Estúdios – Bossa Nova Mall – Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365 Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 22/01
Horário: 19h

*Anúncios – preços válidos por tempo limitado

| Com participação da cantora Alice Passos, cantor, violonista e percussionista se apresenta ao lado do violonista Mario Gil |

Foto: reprodução Facebook

Renato Braz faz show no Espaço Cultural BNDES, no dia 10 de janeiro, às 19h, no projeto Quintas no BNDES. Acompanhado do violonista Mario Gil e com participação da cantora Alice Passos, o cantor, violonista e percussionista paulistano celebra seus 50 anos neste show, que também marca o lançamento do CD “Canto Guerreiro, Levantados do Chão”. O trabalho conta com a participação de artistas como Chico Buarque, Milton Nascimento, Gilberto Gil, Miúcha e Dori Caymmi.

A pré-reserva de ingressos pela internet (site do espaço cultural) esgotou, mas o público ainda pode encontrar ingressos na recepção do Espaço Cultural BNDES, no dia do espetáculo, a partir das 18h. Cada pessoa receberá apenas um ingresso com lugar marcado, o número de ingressos disponíveis está sujeito à lotação máxima do teatro.

Quintas no BNDES – Show de Renato Braz
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (próximo à estação Carioca do metrô)
Data: dia 10/01 (quinta-feira)
Classificação: livre

| Show do projeto Quartas Instrumentais terá canções do CD “Luminoso”, com choro sambado, samba-choro, samba, afro-samba, baião, polca, frevo, xote, lundu e habanera |
Foto do Elias Barboza Quinteto

Foto: reprodução Facebook

O Elias Barboza Quinteto se apresenta no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio, na próxima quarta-feira, dia 9 de janeiro, às 19h. O grupo formado pelo compositor e bandolinista gaúcho Elias Barboza, Matheus Kleber (acordeon e piano), João Vicente (violão sete cordas), Fabio Azevedo (cavaquinho) e Fernando Sessé (percussão) apresentará canções do CD “Luminoso” no projeto Quartas Instrumentais. As músicas partem do choro e contemplam ritmos de todo o Brasil, como choro sambado, samba-choro, samba, afro-samba, baião, polca, frevo, xote, lundu e habanera.

Parte dos ingressos deve ser reservada pelo site do Espaço Cultural BNDESa partir de segunda-feira (7/01), às 10h. Para assistir às apresentações do Quartas Instrumentais, cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de um ingresso no dia do espetáculo, que deve ser retirado às 18h – com tolerância até 18h30 -, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir um pela internet, o público pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h.

Quartas Instrumentais
Atração: Elias Barboza Quinteto
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro (próximo à estação Carioca do metrô) – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 09/01
Horário: 19h
Classificação: livre

| No espetáculo “Sinestesia”, movimento das mãos da pianista é captado e transformado em objetos tridimensionais pelo artista visual |

Foto: reprodução Facebook

A pianista Clara Sverner e o artista visual Muti Randolph apresentam o espetáculo “Sinestesia” no Espaço Cultural BNDES, no dia 19 de dezembro, às 19h, no projeto musical Quartas Instrumentais. 

No concerto, o movimento das mãos de Sverner é captado e transformado, em tempo real, em objetos tridimensionais pelo artista visual. O espetáculo se define como o entrecruzamento de domínios sensoriais, e o objetivo dos artistas é desafiar os sentidos do público. “A pianista toca imagens e o público enxerga a música”, descreve Muti.

No repertório da apresentação estão: H. Villa-Lobos – Polichinelo; Glauco Velasquez – Devaneio / Brutto Sogno; A. Ginastera – Danza del Viejo Boyero / Danza de La Moza Danosa; C. Debussy – Clair de Lune / Feux d´Artifice / Cathédrale Engloutie; Igor Stravinsky – Tango; A. Webern – Variações para piano Op. 27; A. Schoenberg – Intermezzo da Suite Op. 25; A. Stockausen – Nº 4 Klavierstuck IX; A. Scriabin – Nuances / Poema nº 1 / Estudo nº 12 (Patético).

Parte dos ingressos deve ser reservada pelo site do Espaço Cultural BNDESa partir de segunda-feira, às 10h. Para assistir às apresentações do Quartas Instrumentais, cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de um ingresso no dia do espetáculo, que devem ser retirados às 18h – com tolerância até 18h30 -, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir um pela internet, o público pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h.

Quartas Instrumentais
Atrações: Clara Sverner e Muti Randolph
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro (próximo à estação Carioca do metrô) – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 19/12
Horário: 19h
Classificação: livre

| Ocupação artística acontece nos dias 15 e 16/12 e terá shows de artistas como Zélia Duncan, Maria Gadú, Almério, Rincón Sapiência e coletivo Àttøøxxá |

Foto: reprodução Youtube | Arlindo Pereira

O festival Conexidade chega à Praça XV nos dias 15 e 16 de dezembro, a partir das 16h, para integrar bairros, pessoas e ideias em uma grande celebração com música, teatro, skate, arte digital e *gastronomia. É a pluralidade da produção cultural do Rio de Janeiro e de festivais espalhados pelo Brasil em um só local. A ocupação inédita promoverá shows, performances, best tricks de skate, espetáculos de luz e arte digital, exposições, além de oferecer ao público arenas de experimentação e oficinas, um novo mobiliário de skate, espaços de convivência e *circuito de gastronomia.

Desde cedo, o skate vai interagir com as atividades artísticas, contando com a participação de Bob Burnquist na curadoria. À noite, terá início um espetáculo único com música, tecnologia, arte e luz criado em rede especialmente para o evento final do Conexidade. Dez profissionais talentosos reunidos no Transmedia Lab, residência artística sob supervisão de Batman Zavareze, são os responsáveis pelas artes digitais. Já as atrações musicais reunirão artistas consagrados e da nova cena urbana, com direção musical de Pretinho da Serrinha.

O Conexidade é apresentado pela Oi, viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura através da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, com apoio cultural do Oi Futuro e é idealizado pela Rio de Negócios.

Conexidade
Local: Praça XV – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data: dias 15 e 16/12
Horário: a partir das 16h
*Obs.: comidas e bebidas não serão oferecidas gratuitamente.

Clique em “Leia mais”, “Continue lendo” ou em “View full article” e saiba mais sobre a Casa Firjan e o projeto Música no Museu. 

Continue lendo

| Cantor e compositor pernambucano se apresenta a partir das 19h |
Foto do cantor e compositor Geraldo Azevedo

Foto: reprodução Facebook

O cantor e compositor Geraldo Azevedo se apresenta no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio, hoje, 13 de dezembro, às 19h. Acompanhado de seu violão, o artista fará um passeio por cinco décadas de composições, apresentando sucessos do início de sua carreira, como “Táxi lunar”, “Caravana” e “Bicho de sete cabeças”, além de canções mais recentes. Em tom intimista, o pernambucano promete emocionar a plateia com um repertorio de 16 músicas.

A pré-reserva de ingressos pela internet (site do espaço cultural) esgotou, mas o público ainda pode encontrar ingressos na recepção do Espaço Cultural BNDES, no dia do espetáculo, a partir das 18h. Cada pessoa receberá apenas um ingresso com lugar marcado, o número de ingressos disponíveis está sujeito à lotação máxima do teatro.

Quintas no BNDES – Show de Geraldo Azevedo – voz e violão 
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (próximo à estação Carioca do metrô)
Data: dia 13/12 (quinta-feira)
Classificação: livre

| Com participação especial de Danilo Caymmi, Orquestra Sinfônica da UFRJ e corais Brasil Ensemble e Infantil da UFRJ fazem apresentação única |

Este slideshow necessita de JavaScript.

Projeto Candelária promove uma apresentação especial de Natal, reunindo a Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ), o Coral Brasil Ensemble UFRJ e o Coral Infantil UFRJ no dia 12 de dezembro, quarta-feira, às 18:30h. Com regência de André Cardoso, o 543º concerto da série terá a participação especial do cantor e compositor Danilo Caymmi e apresentará um programa com obras de Gusttav Holst, Leroy Anderson, canções tradicionais natalinas e grandes clássicos da música popular brasileira, como “Andança”, do próprio Caymmi, Edmundo Souto e Paulinho Tapajós; “Alguém no Céu”, de Danilo Caymmi e Dudu Falcão, e “Acalanto”, de Dorival Caymmi.

Objetivando participar do processo de revitalização do centro histórico da cidade, a Irmandade do Santíssimo Sacramento da Candelária criou o Projeto Candelária em 1992, inicialmente promovendo exposições fotográficas e de cartofilia. Em seguida, entrou na área musical, passando a apresentar regularmente concertos de música erudita com entrada franca idealizados pelo provedor Jubilado Dr. José Gomes da Silva. O primeiro concerto ocorreu em 16 de agosto de 1995, apresentando o Coro Sinfônico Comunitário Moacyr Bastos, sob a regência de Ueslei Banus. Hoje, na XXIV Temporada ininterrupta, já apresentou 543 concertos com artistas oriundos de 48 países dos 5 continentes. Com o objetivo de divulgar o projeto e atrair artistas do exterior, a série produziu um álbum (1995-2012) apresentando os concertos com fotos, programas e textos, que é enviado aos embaixadores dos países que se apresentaram na Igreja da Candelária. Os concertos são gravados e transmitidos em cadeia nacional pela Rede Vida de Televisão.

Concerto Especial de Natal
Atrações: Orquestra Sinfônica da UFRJ, Coral Brasil Ensemble UFRJ e Coral Infantil da UFRJ, com participação especial de Danilo Caymmi
Local: Igreja da Candelária – Praça Pio X, s/nº – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 12/12 (quarta-feira)
Horário: 18:30h
Classificação: livre
Informações: Tels.: 213211-7000 e 99938-5538 (Rildo Costa)

Clique em “Leia mais”, “Continue lendo” ou em “View full article” e saiba mais sobre a Orquestra Sinfônica da UFRJ, o Coral Brasil Ensemble-UFRJ e o Coral Infantil da UFRJ.

Continue lendo

| 2ª edição do “Festival Todo Mundo Tem Direitos” acontece hoje, a partir das 18h, com shows de Teresa Cristina, Marcelo Jeneci, BNegão Trio, Ellen Oléria, Pedro Luís, Marcia Castro e Marina Iris |

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Cinelândia ficará animada nesta segunda-feira, 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos, com shows de diversos artistas durante a segunda edição do Festival Todo Mundo Tem Direitos. O evento no Centro do Rio celebrará os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, um marco no reconhecimento da dignidade e da garantia de direitos fundamentais a todos. A intenção é celebrar a luta e a resistência por direitos como saúde, educação, moradia, liberdade e vida. A partir das 18h, público poderá curtir shows de Teresa Cristina, Marcelo Jeneci, BNegão TrioEllen Oléria, Pedro Luís, Marcia Castro Marina Iris.

O festival é organizado por entidades ligadas à defesa dos direitos humanos como a Anistia Internacional, Justiça Global, Casa Fluminense, Coletivo RJ Verdade Memória e Justiça, Instituto de Estudos da Religião e Centro pela Justiça e o Direito Internacional e Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

II Festival Todo Mundo Tem Direitos
Atrações musicais: Teresa Cristina, Marcelo Jeneci, BNegão Trio, Ellen Oléria, Pedro Luís, Márcia Castro e Marina Iris
Local: Cinelândia – Praça Floriano, s/nº – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 10/12 (segunda-feira)
Horário: 18h

| Músicos fazem show no projeto “Quartas Instrumentais”, no Centro do Rio, a partir das 19h |

Foto: Allan Taissuke

O multi-instrumentista e compositor Carlos Malta e o Marimbanda, grupo de música instrumental de Fortaleza, Ceará, celebram a música brasileira no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio, no dia 5 de dezembro, a partir das 19h. Os músicos se apresentam no Quartas Instrumentais, projeto musical que acontece há oito anos, promovendo apresentações de artistas de diversos estilos. No repertório do show “Universo Brasil” estão composições autorais de gêneros musicais como baião, frevo, samba, choro e bossa nova, além de releituras jazzísticas. Parte dos ingressos deve ser reservada pelo site do Espaço Cultural BNDESa partir de segunda-feira, às 10h.

Formado por Heriberto Porto (flautas), Luizinho Duarte (bateria), Thiago Almeida (piano) e Miquéias dos Santos (baixo), o Marimbanda existe desde 1999 e lançou CDs como “Marimbanda” e ”Tente Descobrir”. Além de apresentações pelo eixo Rio – São Paulo, o grupo já excursionou pela França e Bélgica.

O músico, compositor, orquestrador, educador e produtor Carlos Malta, que toca instrumentos como flauta, saxofone e clarinete, tem mais de 20 anos de carreira e já lançou vários CDs no Brasil, além de 3 na Dinamarca. O artista já deu aulas na Berklee School, no Conservatório da França, na Universidade da Flórida, na Dinamarca e no Royal Conservatory of Music. Liderando diferentes grupos, Malta se apresentou em países como China, França, Suíça, Inglaterra, Portugal, Estados Unidos, Alemanha, Holanda, Dinamarca, Suécia, África do Sul, Marrocos, Japão, Venezuela, República Dominicana e Cuba.

Para assistir às apresentações do Quartas Instrumentais cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de um ingresso no dia do espetáculo. Os ingressos devem ser retirados às 18h – com tolerância até 18h30 -, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir um pela internet, o público pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h. Cada pessoa receberá apenas um ingresso com lugar marcado, estando o número de ingressos disponíveis sujeito à lotação máxima do teatro.

Quartas Instrumentais
Atração: Carlos Malta & Marimbanda 
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro (próximo à estação Carioca do metrô) – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 5/12
Horário: 19h
Classificação: livre

| Cantora baiana se apresenta no palco do “Quintas no BNDES” a partir das 19h |
Foto de Virgínia Rodrigues

Foto: divulgação

A cantora Virgínia Rodrigues se apresenta no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio de Janeiro, no dia 22 de novembro, às 19h. O público poderá apreciar canções de “Mama Kalunga”, seu 5º álbum, no show de mais uma edição do projeto Quintas no BNDES.

A baiana, que completa 20 anos de carreira neste ano, tem parcerias musicais com artistas como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Milton Nascimento e Djavan. Mama Kalunga, lançado em 2015, com direção artística de Tiganá Santana e produção musical de Sebastian Notini, rendeu à artista – além da indicação de melhor álbum – o Prêmio de Melhor Cantora de MPB no 27º Prêmio da Música Brasileira, promovido em 2016. Compromissada com suas matrizes africanas, Virgínia apresenta no disco um repertório com criações de compositores negros como Abigail Moura, Geraldo Filme, Moacir Santos, Nei Lopes, Paulinho da Viola, Roberto Mendes e Tiganá Santana.

Os ingressos podem ser reservados pelo site do Espaço Cultural BNDESa partir das 10h desta segunda-feira até o dia do espetáculo, às 14h. Eles devem ser retirados às 18h, com tolerância até às 18h30, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir a entrada pela internet, o público pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h.

Quintas no BNDES – Show de Virgínia Rodrigues
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (próximo à estação Carioca do metrô)
Data: dia 29/11
Horário: 19h
Classificação: livre
Ingressos: reservas no site do Espaço Cultural BNDES

| Recital do violonista catarinense no Centro do Rio de Janeiro começa às 19h | 
Foto do violonista Bruno Madeira

Foto: divulgação

O violonista Bruno Madeira se apresenta no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio de Janeiro, no dia 28 de novembro (quarta-feira). O músico, professor e pesquisador catarinense é atração do projeto musical Quartas Instrumentais, que acontece semanalmente, a partir das 19h, no espaço cultural carioca. Com um repertório para violão solo, o recital propõe uma vivência artística particular, convidando o público a uma viagem por nove países, despertando a curiosidade em relação à música no continente americano.

O Quartas Instrumentais, que acontece há oito anos, promove apresentações de artistas de diversos estilos musicais. Parte dos ingressos deve ser reservada pelo site do Espaço Cultural BNDESa partir de segunda-feira, às 10h, até o dia do espetáculo, às 14h.

Cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de um ingresso no dia do espetáculo. Os ingressos devem ser retirados às 18h – com tolerância até 18h30 -, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir um pela internet, o público pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h. Cada pessoa receberá apenas um ingresso com lugar marcado, estando o número de ingressos disponíveis sujeito à lotação máxima do teatro.

Quartas Instrumentais
Atração: Bruno Madeira
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro (próximo à estação Carioca do metrô) – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 28/11
Horário: 19h
Classificação: livre

Clique em “leia mais” ou em “View full article” e saiba mais sobre a banda e seu novo trabalho.

Continue lendo

Mostra reúne fotos não conhecidas pelo público, réplicas de objetos pessoais e músicas de diversas fases da carreira do artista |
Foto em preto e branco de Cazuza cantando em um palco

Foto: divulgação

No ano em que completaria 60 anos, Cazuza ganha uma exposição especial Teatro Firjan SESI Centro sobre sua vida e obra. Até o dia 14 de dezembro o público poderá conferir momentos de sua infância e juventude, o início da carreira com o Barão Vermelho e a fase da carreira solo. Com acervo da Fundação Viva Cazuza, a mostra conta com alguns objetos e fotos de momentos do artista não tão conhecidos do público em geral.

A exposição é dividida em seis fases diferentes da vida do cantor e compositor. São muitas curiosidades desde antes até do nascimento, como a origem do apelido pelo qual ficou famoso, que ganhou do pai ainda na barriga da mãe. Ele só passou a gostar do nome verdadeiro – Agenor de Miranda Araújo Neto – bem mais tarde, quando descobriu que um de seus compositores prediletos também se chamava Agenor. Outro fato interessante dele ainda menino é que, junto com o jornalista Pedro Bial, seu amigo de escola, entrevistou um dos maiores poetas brasileiros.

Foto em preto e branco de Cazuza de óculos escuros

Foto: divulgação

A mostra também conta a evolução artística de Cazuza, a indicação de Léo Jaime para fazer parte da banda que viria a ser o Barão Vermelho e o ápice da banda no Rock in Rio de 1985. Uma semana após a separação da banda ele foi internado e recebeu uma visita de um beija-flor em seu quarto. Foi a inspiração para um dos seus sucessos da carreira solo, “Codinome Beija-Flor”. O público também verá os momentos em que ele já estava doente e debilitado, mas ainda produzindo obras como “O tempo não para”.

A exposição disponibiliza fones de ouvido com clássicos de Cazuza para o público desfrutar, além de um painel com uma foto do artista em tamanho real, em que é possível tirar uma foto com ele. Ao longo de toda a mostra há vários bloquinhos com frases (versos) de letras de suas canções, que as pessoas podem destacar e levar pra casa.

Durante todo o mês de novembro, os teatros Firjan SESI vão receber shows especiais para cantar a obra de Cazuza. Amigos e parceiros dele, como George Israel, formam a banda “Cajueiros” e apresentam ao público as canções mais clássicas, como “Brasil” e “Ideologia”. Roberto Menescal, Leila Pinheiro e Rodrigo Santos vão apresentar o espetáculo “Faz parte do meu show”, renovando a obra do artista e interpretando seus maiores sucessores em ritmo de bossa nova. O Bloco Exagerado vai promover uma mistura de ritmos para mostrar que Cazuza tem muita afinidade com o Carnaval, fazendo uma festa com chocalhos, surdos, triângulos e tamborins. A entrada dos shows custa R$10 e a programação completa pode ser vista no site www.firjan.com.br/guiadecultura.

Exposição Cazuza 60 anos
Local:
 Teatro Firjan SESI Centro – Avenida Graça Aranha, nº 1 – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data: segunda a sexta, até 14 de Dezembro de 2018
Horário: 10 às 19h
Classificação: livre
Mais informações: Tel.: 21 2563-4163

| Acompanhado por Carlinhos 7 Cordas, Nego Álvaro e Júnior de Oliveira, sambista se apresenta no “Quintas no BNDES”, no Centro do Rio, às 19h |
Foto de Moacyr Luz

Foto: Marluci Martins Fotografia

O sambista Moacyr Luz se apresenta no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio de Janeiro, no dia 22 de novembro, no projeto Quintas no BNDES. Acompanhado pelo amigo de longa data Carlinhos 7 Cordas e pelos percussionistas Nego Álvaro e Júnior de Oliveira, o músico relembrará os maiores sucessos de sua carreira. O repertório do show cantor, compositor e escritor, a partir das 19, inclui composições assinadas em parceria com artistas como Aldir Blanc, Martinho da Vila, Sereno e Paulo Cesar Pinheiro. A classificação é livre.

Os ingressos podem ser reservados pelo site do Espaço Cultural BNDESa partir desta segunda-feira, às 10h, até o dia do espetáculo, às 14h, ou que se esgotem. Eles devem ser retirados às 18h, com tolerância até 18h30, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir a entrada pela internet, o público pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h.

O músico carioca lançou neste mês o álbum “Natureza e Fé” pela gravadora Biscoito Fino, com 12 canções novas, o 14º da carreira se contabilizados os quatro projetos produzidos à frente do “Samba do Trabalhador”, a famosa roda de samba comandada por ele desde 2005, no Clube Renascença, no Andaraí, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro. O CD inclui novas parcerias, entre os artistas estão Fagner, Zélia Duncan, Pretinho da Serrinha e Fred Camacho.

Quintas no BNDES – Show de Moacyr Luz
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (próximo à estação Carioca do metrô)
Data: dia 22/11
Horário: 19h
Classificação: livre
Ingressos: reservas no site do Espaço Cultural BNDES

Siga o De Graça Eu Vou nas redes sociais:
– Instagram.com/degracaeuvou
– Facebook.com/degracaeuvou
– Twitter.com/degracaeuvou
@degracaeuvou

 

 

| Audryn Souza e Francisco Luz são atrações do “Quartas Instrumentais” |
Foto do Duonovo - Audryn Souza e Francisco Luz

Foto: Miriane Figueira

A edição desta semana do Quartas Instrumentais, projeto musical do Espaço Cultural BNDES, no Cento do Rio de Janeiro, terá apresentação do Duonovo, formado pelos músicos paranaenses Audryn Souza (trompete) e Francisco Luz (violão). O evento do dia 21 de novembro começará às 19h.

Os artistas propõem caminhos inéditos para a música de câmara, pesquisam e incentivam a produção de repertório original para trompete e violão. O repertório de seu primeiro álbum, “Duonovo – Música brasileira para trompete e violão”, lançado em dezembro de 2017, inclui obras dedicadas especialmente ao duo criado em 2011.

O Quartas Instrumentais acontece há oito anos no Espaço Cultural, na Avenida Chile, nº 100, com apresentações de artistas de estilos musicais variados. Parte dos ingressos deve ser reservada pela internet, no site do Espaço Cultural BNDESa partir de segunda-feira, às 10h, até o dia do espetáculo, às 14h, ou quando os ingressos esgotarem.

Cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de um ingresso no dia do espetáculo. Os ingressos devem ser retirados às 18h – com tolerância até 18h30 -, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir um pela internet, o público pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h. Cada pessoa receberá apenas um ingresso com lugar marcado, estando o número de ingressos disponíveis sujeito à lotação máxima do teatro.

Quartas Instrumentais
Atração: Duonovo
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro (próximo à estação Carioca do metrô) – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 21/11
Horário: 19h

| Interprete de “Manera”, “Pode Chegar”, “Carne de Sol”, entre outros sucessos, agita o FM Hall Estúdios nesta terça, 28/08 |
Foto do cantor João Sabiá

Foto: divulgação

O Bossa Nova Mall, no Centro do Rio, recebe o cantor João Sabiá, que fará um pocket show no Fm Hall Estúdios. A apresentação acontece no evento Paradiso Café, da Rádio SulAmérica Paradiso, no dia 28 de agosto, às 19h.

O versátil cantor e compositor João Sabiá vive uma diferente fase da carreira. Ao misturar samba e bossa nova, se consagrou no estilo sambalanço em rodas de gafieira no Rio de Janeiro e São Paulo. Recentemente, o artista lançou no Brasil e no Japão “JOÃO”, seu quarto álbum autoral. Uma das novidades de seu novo disco é a presença mais intensa de piano elétrico e dos teclados “vintages”, que trouxeram uma sonoridade universal aos arranjos. Canções com andamento mais lento e letras sobre relacionamentos também pontuam um novo caminho para o trabalho do compositor.

Pocket Show de João Sabiá 
Local: Bossa Nova Mall (FM Hall Estúdios – Praça de Eventos) – Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 28/08 (terça-feira)
Horário: 19h

| Homenagem em memória do ex-escravo e abolicionista brasileiro acontece nesta sexta, 24/08, na escadaria da Câmara Municipal do Rio |

Foto: divulgação

O espetáculo “LUIZ GAMA – Uma Voz pela Liberdade“, que lota teatros desde 2015, ganha apresentação pública e gratuita na escadaria da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, na Cinelândia, no dia 24 de agosto, às 17h, uma homenagem inédita ao ex-escravo e abolicionista brasileiro. A apresentação ocorre por ocasião dos 136 anos da morte do herói nacional. No elenco, Deo Garcez, que vive Luiz Gama, e Soraia Arnoni, que interpreta Luiz Mahim. Ricardo Torres assina a direção e o próprio Deo a dramaturgia.

A peça é uma biografia dramatizada do soteropolitano Luiz Gonzaga Pinto da Gama, ex-escravo, jornalista, poeta, político, primeira voz negra da literatura brasileira, advogado autodidata e abolicionista, que libertou mais de 500 escravos. Gama foi reconhecido oficialmente como advogado em 2015 pela OAB e nomeado, por leis federais, como o patrono do abolicionismo brasileiro e herói da pátria. O espetáculo convida o público a repensar nossa história oficial, revelando o que se escondeu por muito tempo, e traz uma importante reflexão sobre nossos preconceitos contemporâneos. A montagem é uma produção da Olhos d’ Água Produções Artísticas

LUIZ GAMA – Uma Voz pela Liberdade
Local: escadaria da Câmara Municipal do Rio de Janeiro (Palácio Pedro Ernesto) – Praça Floriano, s/nº – Cinelândia – Centro do Rio/RJ
Data: dia 24/08
Horário: 17h

| Cantor apresenta o show “Influência do Jazz” a partir das 19h |

Foto: reprodução Facebook João Senise

Nesta quinta-feira, 16 de agosto, o cantor João Senise se apresenta no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio de Janeiro. Ele é o artista da semana do projeto Quintas no BNDES. O show “Influência do Jazz”, título do quarto CD de sua carreira, começará às 19h.

Nesta apresentação, com 16 músicas no repertório, o carioca será acompanhado pelos músicos Gilson Peranzzetta (direção musical, arranjos e teclados), Zeca Assumpção (contrabaixo) e João Cortez (bateria). A classificação é livre.

Parte dos assentos do teatro pode ser reservada pela internet, no site do Espaço Cultural BNDESa partir de segunda-feira, às 10h, até o dia do espetáculo, às 14h, ou quando se esgotarem as vagas. Cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de uma entrada no dia do espetáculo. Não são permitidas reservas para grupos. Os ingressos devem ser retirados às 18h, com tolerância até 18h30, mediante apresentação do documento de identidade.

Caso não tenha conseguido garantir sua entrada pela internet, o público pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h. Cada pessoa receberá apenas um ingresso com lugar marcado, o número de ingressos disponíveis está sujeito à lotação do teatro.

Quintas no BNDES – Show de João Senise 
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (próximo ao metrô Carioca)
Data: dia 16/08
Horário: 19h
Classificação: livre
Ingressos: reservas no site do Espaço Cultural BNDES

Siga o blog nas redes sociais:
– Instagram.com/degracaeuvou
– Facebook.com/degracaeuvou
– Twitter.com/degracaeuvou
@degracaeuvou
—————————————————-
Anúncios – *Ofertas válidas por tempo limitado:

 

 

| Quarteto carioca de música instrumental contemporânea é atração do projeto Quartas Instrumentais |
Foto do quarteto Relógio de Dalí

Foto: @tyagothompson

Relógio de Dalí se apresenta no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio, no dia 15 de agosto, às 19h. O repertório do quarteto carioca de música instrumental contemporânea – formado por Yuri Villar (saxofone), Victor Ribeiro (violão de 7 cordas), Lourenço Vasconcellos (bateria) e Pablo Arruda (contrabaixo) – inclui gêneros musicais como jazz, MPB, choro e rock. O evento tem classificação livre.

O show faz parte da programação do projeto Quartas Instrumentais, que acontece há oito anos no Espaço Cultural, com apresentações de artistas de estilos musicais variados. Parte dos ingressos deve ser reservada pela internet, no site do Espaço Cultural BNDESa partir de segunda-feira, às 10h, até o dia do espetáculo, às 14h, ou quando se esgotarem as vagas.

Cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de um ingresso no dia do espetáculo. Os ingressos devem ser retirados às 18h – com tolerância até 18h30 -, mediante apresentação do documento de identidade. Caso não tenha conseguido garantir um pela internet, o público pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h. Cada pessoa receberá apenas um ingresso com lugar marcado, estando o número de ingressos disponíveis sujeito à lotação máxima do teatro.

Quartas Instrumentais – Show do grupo Relógio de Dalí
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (próximo ao metrô Carioca)
Data: dia 15/08 (quarta-feira)
Horário: 19h
Classificação: livre
Ingressos: reservas no site do Espaço Cultural BNDES

Siga o blog nas redes sociais:
– Instagram.com/degracaeuvou
– Facebook.com/degracaeuvou
– Twitter.com/degracaeuvou
@degracaeuvou
—————————————————-
Anúncios – *Ofertas válidas por tempo limitado:

| Show “Jobim Letra & Música” é atração do projeto Quintas no BNDES |
Foto da cantora Fernanda Cunha

Foto: reprodução site BNDES

A cantora Fernanda Cunha se apresenta no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio de Janeiro, no dia 9 de agosto, às 19h. O público poderá assistir ao show “Jobim Letra & Música”, parte da turnê do sétimo álbum gravado pela artista, “Jobim 90”, lançado em 2017, no qual interpreta canções que o maestro compôs sem parcerias. O evento faz parte do projeto Quintas no BNDES, que promove apresentações musicais semanalmente.

Fernanda é acompanhada pelos músicos Ze Carlos (violão), Camilla Dias (piano), Jorjão Carvalho (baixo) e Helbe Machado (bateria). O espetáculo tem classificação livre.

Parte dos assentos do teatro pode ser reservada pela internet, no site do Espaço Cultural BNDESa partir de segunda-feira, às 10h, até o dia do espetáculo, às 14h, ou quando se esgotarem as vagas. Cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de uma entrada no dia do espetáculo. Não são permitidas reservas para grupos. Os ingressos devem ser retirados às 18h, com tolerância até 18h30, mediante apresentação do documento de identidade.

Caso não tenha conseguido garantir sua entrada pela internet, o público pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18h. Cada pessoa receberá apenas um ingresso com lugar marcado, o número de ingressos disponíveis está sujeito à lotação do teatro.

Quintas no BNDES – Show de Fernanda Cunha 
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida Chile, 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ -(próximo ao metrô Carioca)
Data: dia 9/08 (quinta-feira)
Horário: 19h
Classificação: livre
Ingressos: reservas no site do Espaço Cultural BNDES

Siga o blog nas redes sociais:
– Instagram.com/degracaeuvou
– Facebook.com/degracaeuvou
– Twitter.com/degracaeuvou
@degracaeuvou

| Com histórias reais “POR ELAS” fica em cartaz até 1º de setembro | 

Foto: divulgação

violência contra a mulher é o tema da peça POR ELAS, que estreia nesta quarta-feira, dia 1º de agosto, no Museu da Justiça – Centro Cultural do Poder Judiciário (CCMJ), no Centro do Rio. A montagem ficará em cartaz até o dia 1º de setembro, de quarta-feira a sábado, às 19h, com distribuição de senhas às 18h30.

Originada de retalhos de histórias reais, o espetáculo, assinado pelo advogado e dramaturgo Ricardo Leite Lopes, em parceria com a diretora Sílvia Monte, passeia pelo épico e pelo dramático, pelos presente e passado. Cada uma das sete personagens femininas carrega histórias reais de outras tantas mulheres brasileiras. A figura masculina – evocada pelas lembranças das mulheres – provoca a reflexão do que o homem representa para elas dentro desse universo perverso de “amor e ódio”, “submissão e poder”, das relações entre mulheres e homens, numa sociedade patriarcal e machista. Por último, os coros de “mulheres” e “homens” espelham o sentimento, o preconceito, a dor, a violência e as ambiguidades da sociedade frente à violência de gênero.

No elenco, Adriana Seiffert, Ana Flávia, Deborah Rocha, Elisa Pinheiro, Gisela de Castro, Letícia Vianna, Renata Guida, Rosana Prazeres, Anderson Cunha e Lucas Gouvêa.

“A questão da violência contra a mulher é um tema que não pode deixar de ser pensado na arena da dramaturgia brasileira. O teatro, ao representar os conflitos e as ambiguidades do humano, acolhe e aproxima – de forma menos cruel – as pessoas da realidade. O espetáculo se propõe a ser um espaço de comunicação, sensibilização e visibilidade para o fenômeno da violência de gênero. Precisamos pensar sobre essa questão, e o teatro é um lugar ideal para atingir mentes e corações”, defende Sílvia Monte, diretora do espetáculo e idealizadora do projeto.

A ficha artística é composta por mulheres: Luci Vilanova assina o figurino, que dialoga com a economia de elementos, equaliza o grupo de mulheres e, ao mesmo tempo, individualiza cada uma delas nos pequenos detalhes da indumentária; Ana Luzia de Simoni é responsável pela iluminação que uniformiza, compartimenta e dramatiza a cena; Maira Freitas cria a trilha com músicas originais inspiradas a partir de elementos sonoros das histórias dos personagens; Nena Braga joga com sombra e luz, força e letras que perpassam e atingem o alvo – o nome da peça – na marca da sua identidade visual.

Marcada pela simplicidade de elementos, a cena proposta por Sílvia Monte está disposta em arena e ambientada apenas por bancos e praticáveis. As relações que se formam entre épico e dramático, passado e presente, homem e mulher, indivíduo e grupo, elenco e público, são demarcadas basicamente pelo desenho de cena, interpretação e luz. A cena é conduzida pelos dois vetores que sustentam a dramaturgia: de um lado, os relatos, permeados de violência; e do outro, a relação ambígua que se estabelece no grupo de mulheres, unidas na dor e na vergonha de serem maltratadas pelos seus parceiros.

Inspirado pela pauta que o Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro desenvolve no combate à violência doméstica, o CCMJ, por meio do programa “Teatro na Justiça”, iniciou em 2016 estudos sobre o tema com o objetivo de criar uma peça que contribuísse com a reflexão, a prevenção e o enfrentamento da violência contra a mulher pela sociedade brasileira.

“A peça trata do ‘círculo da violência’ e do ‘feminicídio’, assassinato cometido contra a mulher em razão desta condição, em geral praticado por alguém do âmbito doméstico e familiar. feminicídio é um crime anunciado, precedido por outras formas de agressão que formam o ‘ciclo da violência’, e, portanto passível de prevenção”, alerta a diretora, acrescentando que ‘os números assombrosos da violência perpetrada contra as mulheres refletem um problema social que deve ser encarado pela sociedade em frentes variadas: na família, na escola, no trabalho, inclusive na arte’. Sílvia Monte conclui com uma frase do dramaturgo suíço Friedrich Dürrenmatt: “O que interessa a todos, só todos podem resolver.”

POR ELAS
Local: Museu da Justiça – Centro Cultural do Poder Judiciário – CCMJ, Sala Multiuso, Antigo Palácio da Justiça – Rua Dom Manuel, 29, Centro – Rio de Janeiro/RJ
Periodo: de 1/08 a 1/09/2018 (de quarta-feira a sábado)
Horário: 19h
Distribuição de senhas: 18h30
Recomendação etária: 14 anos
Duração: 80 minutos

| Evento reúne exposição fotográfica, cinema, workshop cultural, competição de K-Pop e teatro |

Foto: divulgação

Da série “não é de graça, mas é quase”:

Em função do crescente interesse pela história, tradições culturais e dos recentes acontecimentos na península coreana, o Centro Cultural Justiça Federal (CCJF), no Centro do Rio, recebe, de 4 a 10 de julho, a 1ª Mostra de Cultura Coreana do Rio de Janeiro. Entre as atividades estão exposição fotográfica, *exibição de filme, *workshop sobre a cultura do país, *competição de K-Pop e *teatro. O evento acontece em caráter solidário ao Retiro dos Artistas. Os ingressos para algumas atividades custarão 1 (um) quilo de alimento não perecível. Confira na programação.

A exposição fotográfica “Arirang: Olhares sobre a Coreia” traz registros sobre a Guerra da Coreia, cúpulas intercoreanas, imigração coreana no Brasil e cultura coreana em geral. Também serão apresentadas obras do fotógrafo sul-coreano Song Kwang Chan, do fotógrafo brasileiro Bruno Costa e do poeta coreano Kyung Joo Lee. A curadoria é de Marcelle Torres.

Filme Zona de Risco (de Park Chan-wook)– Após a morte de um soldado durante um conflito armado, as coreias do Sul e do Norte concordam colocar uma detetive de ascendência coreana-suíça na investigação. Ela se depara com problemas disciplinares e com segredos de Estado.

Imersão Cultural Coreana / workshop – Em parceria com o Instituto Nam Ho Lee, o workshop conta com atividades de iniciação à língua coreana, palestra sobre a história da Coreia e brincadeiras típicas do país.

Competição Cover de K-Pop / show – Apresentada por Douglas Passos, a competição cultural cover de dança pop coreana contará com grupos de admiradores do gênero K-Pop, apresentando músicas e danças.

Para Além da Fronteira – A peça teatral conta a história de uma família separada há mais de 65 anos e um casal de jovens em um romance impossível. Separados pela mesma guerra em diferentes gerações, Woo-jin é um professor com carreira promissora na Coreia do Sul e Yeon uma proeminente professora na Coreia do Norte. A direção é de Bruno Petran.

1ª Mostra de Cultura Coreana do Rio de Janeiro
Local: Centro Cultural Justiça Federal – Avenida Rio Branco, 241 -Centro – Rio de Janeiro/RJ – Tel.: 21 3261-2550
Período: de 04 a 10/07/2018 (conforme programação)
Horário: conforme programação

Clique em “leia mais” ou em “View full article” e veja a programação completa. 

Continue lendo

| Dia de Teatro está de volta ao shopping com peças infantis |

Foto: divulgação

O Bossa Nova Mall, no Centro do Rio, retornou com sua programação de teatro infantil aos sábados, das 11h às 12h, no subsolo. No dia 28 de julho será a vez de Alice no País das Maravilhas encantar os pequenos.

A peça conta a história de uma menina muito curiosa que, ao ver um coelho branco correndo apressado, resolve segui-lo, acaba caindo em um buraco e chega ao País das Maravilhas. Lá ela é recepcionada pelo Chapeleiro Maluco e passa a lidar com seres fantásticos e mágicos, além da ira da poderosa Rainha de Copas, até retornar ao mundo real.

Peça teatral infantil Alice no País das Maravilhas
Local: Bossa Nova Mall (subsolo ) – Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365 – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 28/07
Horário: 11h
Capacidade de público: 300 lugares

Siga o blog nas redes sociais:
– Facebook.com/degracaeuvou
– Twitter.com/degracaeuvou
– Instagram.com/degracaeuvou
@degracaeuvou

—————————————————-

Anúncios – *Ofertas válidas por tempo limitado:

Livros infantis em promoção

 

| Feira acontece das 10h às 19h, na Rua do Lavradio, e recebe cerca de 20 mil visitantes por edição |
Foto do grupo Trio Ustrês

Foto: divulgação

No dia 02 de junho, próximo sábado, a Feira Rio Antigo receberá show do Trio Ustrês, em ritmo de Copa do Mundo, a partir das 16h30. O grupo animará o público com muito forró. O espaço musical será montado em frente à Praça Emilinha Borba (esquina da Rua do Lavradio com Rua do Senado).

A Feira do Rio Antigo acontece das 10h às 19h e toma conta da Rua do Lavradio, entre as avenidas Mem de Sá e Visconde do Rio Branco. Neste dia, os torcedores encontrarão à venda, entre outros produtos, almofadas temáticas da Copa, turbantes e sapatos.

Realizada pela Associação Polo Novo Rio Antigo há 21 anos, a feira acontece no primeiro sábado de cada mês e oferece um agradável passeio pelos antiquários, sebos, bancas com artesanatos, restaurantes e bares em meio a um casario antigo contornado por memórias do Rio de outrora. O evento recebe cerca de 20 mil visitantes a cada edição.

Feira do Rio Antigo
Local: Rua do Lavradio (entre as avenidas Mem de Sá e Visconde do Rio Branco) – Centro do Rio Antigo – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 02/06 (sábado)
Horário: das 10h às 19h
Show de forró com Trio Ustrês: 16h30

Nai Dias e banda tocarão clássicos do samba a partir das 16h30 |

Foto: Alexandre Macieira -Riotur

A próxima edição da Feira Rio Antigo acontece neste sábado, dia 5 de maio. A partir das 10h, o carioca tem um motivo extra para “bater pernas” no centro histórico: cerca de 400 expositores tomam conta da Rua do Lavradio, em um dos eventos gratuitos mais prestigiados da cidade. A atração musical será Nai Dias e banda, que tocarão clássicos do samba em homenagem às mães, a partir das 16h30, no espaço musical montado em frente à Praça Emilinha Borba, na equina da Rua do Lavradio com Rua do Senado.

Realizada pela Associação Polo Novo Rio Antigo há 21 anos, a Feira Rio Antigo acontece no primeiro sábado de cada mês e oferece um agradável passeio pelos antiquários, sebos, artesanatos, restaurantes e bares em meio a um casario antigo contornado por memórias do Rio de outrora. A feira recebe cerca de 20 mil visitantes a cada edição.

Feira Rio Antigo
Local: Rua do Lavradio, entre as avenidas Mem de Sá e Visconde do Rio Branco – Centro do Rio Antigo – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 5/05 (sábado)
Horário: das 10h às 19h
Show: Nai Dias e Banda – às 16h30
Classificação: livre

Obs.: Comidas, bebidas, peças de antiquários e artesanatos não serão oferecidos gratuitamente.
| Para o primeiro concerto do ano, grupo carioca de compositores contemporâneos convida o violonista Fábio Adour, o pianista Thalyson Rodrigues e o violoncelista Ayran Nicodemo |
Foto do grupo Prelúdio 21

Foto: José Nasser

Abrindo sua 11ª Temporada no Centro Cultural Justiça Federal e a 21ª de sua carreira, o grupo carioca de compositores contemporâneos Prelúdio 21 apresentará o concerto “De volta às origens”, no dia 28 de abril, às 15h. No programa, peças de “Decomposição” (Neder Nassaro), “Prelúdio” (Caio Senna), “Suite Imaginária” (Sergio Roberto de Oliveira), “Ricercare” (Marcos Lucas), “Fantasia para violão solo” (José Orlando Alves) e “Micropeças”, de Alexandre Schubert. Para o primeiro concerto do ano, o grupo convidou o violonista Fábio Adour, o pianista Thalyson Rodrigues e o violoncelista Ayran Nicodemo.

Os concertos da série “Prelúdio 21 – Música do Presente” acontecem sempre no último sábado de cada mês. A distribuição das senhas acontece meia hora antes dos espetáculos. A classificação é livre.

Prelúdio 21
Sete compositores se reuniram em 1998 com o intuito de divulgar sua música e a música erudita contemporânea em geral através da organização de recitais e palestras abertas ao público, com compositores brasileiros e estrangeiros, visando o intercâmbio de experiências. De lá pra cá, o grupo amadureceu e se estabeleceu como um dos mais importantes de música contemporânea do país, virando referência internacional. Desde 2008, o Prelúdio 21 realiza sua série de concertos no Teatro do Centro Cultural Justiça Federal, com uma média de público de 70 pessoas por concerto, com um total de mais de 600 espectadores por temporada. A série se estabeleceu como a mais importante da música contemporânea brasileira. Neste ano, terá ainda outros oito concertos, sempre no último sábado de cada mês, às 15h, até novembro. Em dezembro, o concerto de encerramento será no segundo sábado do mês, dia 10.

A série se destaca como a única permanente de música contemporânea na cidade do Rio de janeiro, e vem sendo considerada uma das mais importantes do Brasil. O grupo já foi tema de artigo na revista científica “Hodie” (“Grupo Prelúdio 21 – Uma Perspectiva”), que estuda justamente sua série, que acontece há 8 anos ininterruptos no Centro Cultural Justiça Federal. Em 2012 o grupo foi indicado ao Grammy Latino com o seu CD “Prelúdio 21 – Quartetos de Cordas”, na categoria “Melhor Álbum de Música Clássica”. O grupo segue sua trajetória com importantes resultados já apresentados, como temporadas com mais de 1.000 espectadores e concertos em espaços como o Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a Sala Cecília Meireles e Oi Futuro, além da já consagrada série no CCJF.

Apresentação do grupo Prelúdio 21 – concerto “De volta às origens”
Local: Centro Cultural Justiça Federal (Teatro) – Avenida Rio Branco, 241 – Centro – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 3261-2550
Data: dia 28/04 (sábado)
Horário: 15h
Distribuição de senhas meia hora antes do espetáculo
Classificação: livre

| Programação especial para os pequenos durante o mês abril terá oficinas e teatrinhos |

Foto: reprodução Facebook Bossa Nova Mall

Os sábados da criançada ficarão ainda mais animados no Bossa Nova Mall. Nos dias 07 e 14, a partir das 10h, o shopping recebe oficinas de geleca, pipas e bambolês. Nos dias 21 e 28, às 11h, os pequenos poderão se divertir com as peças “O Casamento da Dona Baratinha” e “Miraculous: As Aventuras de Uma Joaninha” respectivamente.

A Oficina de Gelecas acontecerá no dia 7, na praça de alimentação do Bossa. As crianças aprenderão a fazer seus próprios “slimes” e depois vão personalizá-los da forma que preferirem, podendo mudar suas cores e texturas. Já no dia 14, na praça de eventos do shopping, as oficinas de Pipa e Personalização de Bambolês vão garantir a diversão dos pequenos. Eles vão poder confeccionar, de forma lúdica e criativa, seus brinquedos e depois testá-los no espaço aberto do shopping.

No dia 21 a animação ficará por conta da peça O Casamento da Dona Baratinha. A encenação conta a história de uma baratinha sem dinheiro que ganha uma herança de sua avó e, muito exigente, começa a busca pelo pretendente ideal para o seu grande casamento. Já no dia 28, o teatrinho apresenta Miraculous: As Aventuras de Uma Joaninha, que conta as aventuras dos jovens Marinete e Adrien, adolescentes comuns que vivem uma vida dupla como super-heróis. As peças serão apresentadas no subsolo do shopping.

Aatrações infantis no Bossa Nova Mall
Endereço: Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Período: sábados de abril
Dia 07/04 – Oficina de Geleca (Praça de alimentação, 10h às 14h)
Dia 14/04 – Oficina de pipa e bambolê (Praça de eventos, 10h às 13h)
Dia 21/04 – O Casamento da Dona Baratinha (Subsolo, 11h às 12h)
Dia 28/04 – Miraculous: As Aventuras de Uma Joaninha (Subsolo, 11h às 12h)

Siga o blog nas redes sociais:
– Facebook.com/degracaeuvou
– Twitter.com/degracaeuvou
– Instagram.com/degracaeuvou
@degracaeuvou

| Atividades servirão de introdução para o curso “Eventifique-se” |

Foto: reprodução site Celso Lisboa

A Escola de Artes do Centro Universitário Celso Lisboa realizará dois aulões gratuitos sobre o mercado de eventos no Rio de Janeiro. As atividades, que visam explorar novas áreas de conhecimento e desenvolver a veia artística dos alunos, acontecerão nas unidades Engenho Novo e Centro, no mês de abril.

As aulas serão ministradas pelo professor Victor Mello e servirão de introdução para o curso “Eventifique-se: a arte de criar e realizar eventos”, que terá turmas abertas ainda neste mês. Quem participar da aula e também se matricular para o curso ganhará 30% de desconto na mensalidade.

“Estes aulões agregam bastante conhecimento para quem já é do mercado de eventos e também para quem tem vontade de ingressar. Vou explicar como esse ramo está funcionando e qual o panorama atual da área. Será bastante interessante e agregador”, comenta Mello.

Aulões sobre mercado de eventos – Escola de Artes do Centro Universitário Celso Lisboa
Unidade Engenho Novo – Rua Vinte e Quatro de Maio, 797 – Engenho Novo – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 04/04 (quarta-feira)
Horário: 19h
Não há necessidade de inscrição prévia

Unidade Centro – Rua Sete de Setembro, 66 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 11/04 (quarta-feira)
Horário: 19h
Não há necessidade de inscrição prévia

O grupo “3030” se apresenta no FM Hall Estúdios, no Centro do Rio, no dia 27 de março, a partir das 19h. No repertório do pocket show estão sucessos como “Mundo de ilusões”, “Luz em todo o morro” e “Bom dia”, além de outras canções que marcaram a trajetória musical do grupo de rap e hip hop formado por Bruno Chelles, Lk e Rod. A classificação é livre.

“A gente quer ser lembrado por fazer um som brasileiro, trazendo uma mensagem nova. Uma fórmula diferente de fazer rap”, afirma Lk. “Somos um grupo de rap com música brasileira sem estar preso a nada. Se prestar atenção, a pessoa acha o samba, a bossa nova, black music e muito mais nas nossas faixas. Queremos ir além do segmento do rap, englobando mais e taxando menos”, acrescenta Rod, ostentando os números 3030 tatuados no braço.”

“Uma prova da autenticidade no estilo do 3030 é que a história musical dos três juntos começa em 2009 com um sampler da música “Tarde em Itapuã” de Vinicius de Moraes. Lk teve a ideia de usar aquele som para iniciar a singularidade do grupo. A inovação caiu como luva no violão de Bruno e eles criaram a canção “Como é”. Inscreveram a música no concurso Rap Popular Brasileiro, promovido pela Cufa e por lá chegaram cheios de si, achando que iriam vencer. ” Fomos desclassificados na primeira rodada. Voltamos para casa, tristes no metrô, sem falar nada um com o outro. Achamos que o nome àquela época, Brenfa 3030, nos taxou com um propósito que nunca tivemos e não nos ajudou”, lembra Lk.”

Pocket show “3030”
Local: FM Hall – Bossa Nova Mall – Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 27/03 (terça-feira)
Horário: 19h (evento sujeito à lotação)

| Oficinas de pintura, caça ao tesouro com o Coelhinho, gincanas e teatro infantil são destaques da programação |

Foto reprodução Pensacola with kids

O Bossa Nova Mall preparou uma Páscoa animada para os pequenos. No sábado, dia 31 de março, das 11h às 14h, o shopping vai oferecer uma programação especial. Começando o dia, a criançada poderá curtir a apresentação da peça Patrulha Canina, no subsolo. Em seguida, de 12h às 14h, na praça de eventos, os pequenos poderão participar de diversas atividades recreativas temáticas com a presença do Coelhinho do Bossa.

A peça da Patrulha dos Cães chega com sua turma de cachorros, liderada por Ryder, um menino de dez anos de idade. A Patrulha é um grupo de adoráveis filhotinhos que ensinam às crianças sobre cidadania, coragem e convivência com o próximo. Com o apoio dos animais, Ryder consegue salvar várias vidas.

A partir de 12h, as crianças poderão se divertir em gincanas, caça ao tesouro e uma animada oficina de maquiagem, que dará a chance dos pequenos se caracterizarem de coelhinhos, além de personalizarem seus próprios ovos decorativos. Todas as atividades serão acompanhadas pelo Coelho do Bossa, que irá distribuir mini trufinhas da Cacau Show para todas as crianças que participarem do evento. A marca, novidade no shopping, abrirá uma filial no mezanino em breve.

Dia especial para crianças na Páscoa
Local: Subsolo e praça de eventos do Bossa Nova Mall – Rua Almirante Silvio de Noronha, 365 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 31/03 (sábado)
Horário: das 11h às 14h

| Repertório inclui sucessos dos Beatles e homenageia compositores brasileiros como Heitor Villa-Lobos |

Foto: reprodução Facebook Orquestra nas Escolas – OSJC

Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca se apresenta hoje, às 15hno Museu de Arte do Rio, na Praça Mauá. Com programa variado, a apresentação vai da ópera “O Barbeiro de Sevilha”, do compositor italiano Gioachino Rossini, a Luiz Gonzaga, o “Rei do Baião”. O repertório também inclui sucessos dos Beatles e homenageia importantes compositores clássicos brasileiros, como Heitor Villa-Lobos.

A orquestra é resultado do Programa de Educação Musical nas Escolas Municipais do Rio de Janeiro, da Secretaria Municipal de Educação. Fazem parte da OSJC mais de 150 estudantes da rede municipal de ensino (crianças e adolescentes). Os jovens músicos ensaiam na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, e na Escola Municipal Rivadávia Corrêa, no Centro da cidade.

 

Apresentação da Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca
Local: Museu de Arte do Rio (MAR) – Praça Mauá, 5, Centro – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 24/03 (sábado)
Horário: 15h

| Narrativa do documentário é construída a partir do depoimento e protagonismo de mães e familiares vítimas da violência de Estado da Baixada Fluminense |

A pré-estreia do curta documentário “Nossos Mortos Têm Voz“, da Quiprocó Filmes, acontecerá no Cine Odeon, na Cinelândia, Centro do Rio, no dia 27 de março, às 18h30. Após a exibição do filme haverá um debate com a presença dos diretores, de representantes do “Fórum Grita Baixada: Segurança e Cidadania”, do “Centro de Direitos Humanos da Diocese de Nova Iguaçu”, de mães representantes da “Rede de Mães e Familiares da Baixada Fluminense – RJ” e com mães e familiares protagonistas do filme. A direção, o argumento e roteiro são de Fernando Sousa e Gabriel Barbosa. As pessoas interessadas em comparecer ao evento devem confirmar presença pelo e-mail nossosmortostemvoz@quiprocofilmes.com.br.

De acordo com a organização do evento, a escolha da data de estreia do filme busca dialogar e contribuir com a luta de mães e familiares vítimas da “Chacina da Baixada” por memória e justiça. No dia 31 de março de 2005, policiais do Estado do Rio de Janeiro assassinaram 29 pessoas em Queimados e Nova Iguaçu.

Sinopse
“A narrativa do documentário é construída a partir do depoimento e do protagonismo das mães e familiares vítimas da violência de Estado da Baixada Fluminense. Tendo como ponto de partida esses casos, mas não se limitando à crueza da violência praticada, o documentário pretende trabalhar com as histórias atravessadas por essas perdas. Pretende-se resgatar a memória dessas vidas interrompidas trazendo uma visão crítica sobre a atuação do Estado através das polícias na Baixada Fluminense, sobretudo no que diz respeito à violência contra jovens negros.”

O documentário é o segundo filme da “Trilogia da Memória”, da qual fazem parte “Nossos Sagrado” e “Entroncamentos”.

Pré-estreia do curta documentário “Nossos Mortos Têm Voz”
Local: Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro – Praça Floriano, nº 7 – Cinelândia – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 27/03 (terça-feira)
Horário: 18h30

| Espetáculos Saltimbancos, Frozen e Patrulha Canina fazem parte da programação |

Foto: reprodução Facebook Bossa Nova Mall

O Bossa Nova Mall montou uma programação especial de teatrinhos para os últimos três sábados de março (dias 17, 24 e 31), que promete animar os pequenos. O Dia de Teatro no Bossa acontece no subsolo do shopping, das 11h às 12h, e apresenta uma peça de sucesso por vez.

Para abrir a temporada, no dia 17, uma peça de grande sucesso: Saltimbancos. Na peça, os personagens Gata, Cachorro, Jumento e Galinha se encontram na estrada rumo à cidade grande após escaparem de seus patrões por receberem maus tratos. No caminho, os quatro animais formam um conjunto musical, começando uma divertida e animada aventura.

No fim de semana seguinte será a vez do teatrinho do filme Frozen, um sucesso entre os pequenos, que narra a história da destemida Anna. O trio, formado pelo alpinista Kristoff e pela rena Sven, precisa encontrar Elsa, irmã de Anna, cujos poderes gelados condenaram o reino de Arendell a enfrentar um inverno sem fim.

Para encerrar a diversão, no último sábado do mês, dia 31, a Patrulha Canina chega com sua turma de cachorros, liderada por Ryder, um menino de dez anos de idade. Com o apoio dos animais, o menino consegue salvar várias vidas.

Dia de Teatro no Bossa
Local: Subsolo do Bossa Nova Mall – Av. Almirante Silvio de Noronha, 365
Centro – Rio de Janeiro – RJ (ao lado do Aeroporto Santos Dumont e da estação de VLT Santos Dumont) – Tel.: (21) 2303-7200
Datas: dias 17/, 24 e 31/03 (sábados)
Horário: 11h às 12h
– Dia 17/03 – Saltimbancos
– Dia 24/03 – Frozen
– Dia 31/03 – Patrulha Canina

Exposição reúne trabalhos de 16 escritores do país que produzem obras em vídeo, objeto, desenho e instalação |

Foto: divulgação

O Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, no Centro do Rio, recebe, do dia 3 de março a 5 de maio, a mostra Rejuvenesça: Poesia Expandida Hoje. Com curadoria de Pollyana Quintella e produção de Ana Hortides, Rejuvenesça é uma exposição voltada para a produção de poetas e escritores que exploram outros formatos além do livro. 
Serão exibidos trabalhos de 16 escritores, oriundos de vários lugares do país, que produzem obras em vídeo, objeto, desenho e instalação. Ainda assim, a palavra e a escrita continuam como questões centrais de investigação. Em 1959, Ferreira Gullar fez o “poema enterrado”, que consistia na sobreposição de cubos de tamanhos diferentes (vermelho, verde e branco). O leitor-visitante ia levantando um a um e, por fim, encontrava enterrada a palavra “Rejuvenesça”. Dessa forma, a exposição considera o “poema enterrado” como uma experiência emblemática de poema espacial (curiosamente, foi a despedida de Gullar do neoconcretismo), fazendo uma homenagem ao grande poeta.
“Em alguns trabalhos, a recorrência a outras mídias é um modo de dar à narrativa novos complementos visuais, em outros é um modo de transformar a escrita em algo menos significante, mais absurdo. Em todos, persiste o exercício de materializar, espacializar e performatizar a linguagem escrita, e isso poderá ser visto na exposição de diferentes maneiras. Por isso, trazer a literatura para o meio das artes visuais é um modo de provocar encontros e contaminações entre os dois campos, buscando novos diálogos e soluções entre essas duas manifestações”, declara a curadora Pollyana Quintella.
Fazem parte da exposição os poetas e escritores Adelaide Ivánova, Carlos Augusto Lima, Catarina Lins e Priscila Fiszman, Dimitri Rebello, Érica Zíngano, Frederico Klumb, Guilherme Zarvos, João Reynaldo, Luca Argel, Lucas Matos, Marília Garcia, Oficina Experimental de Poesia, Reuben da Rocha, Tazio Zambi e Victor Heringer.
A mostra também contará com uma mesa de debates com os poetas e a curadora e um cineclube.
Rejuvenesça: Poesia Expandida Hoje
Local: Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica – Rua Luis de Camões, 68 – Centro – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 2242-1012 – próximo à Av. Passos e à Praça Tiradentes

Período: de 3 de março a 5 de maio de 2018 
Funcionamento: de segunda a sábado, das 12h às 18h. Fechado aos domingos e feriados 
Classificação: livre
| Cantora apresentará pocket show no evento Paradiso Café, dia 27/02, no Bossa Nova Mall  |
Foto da cantora e compositora Ana Vilela

Foto: reprodução Facebook Ana Vilela

Ana Vilela estará no FM Hall Estúdios, no Centro do Rio de Janeiro, no dia 27 de fevereiro, às 19 horas. A cantora e compositora apresentará um pocket show no evento Paradiso Café. Canções como “Promete” e “Trem Bala”, sucesso de 2017 da artista, estão no repertório.

Paradiso Café – pocket show de Ana Vilela
Local: FM Hall Estúdios – Bossa Nova Mall – Av. Almirante Silvio de Noronha, 365 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 27/02 (terça-feira)
Horário: 19h

| Pintura artística, brincadeiras e música para os pequenos foliões são algumas das atrações |

Foto: reprodução internet

O espírito carnavalesco invadiu o Bossa Nova Mall. O shopping apresenta o primeiro “Bailinho de Carnaval dedicado aos pequenos foliões. O evento será realizado no sábado, dia 17 de fevereiro, pós-carnaval, das 9 às 12h, na praça de eventos do térreo.

Com muito confete e serpentina, o bailinho contará com brincadeiras e pintura artística. Para completar a festa, uma banda especial foi convidada para tocar marchinhas de Carnaval que prometem não deixar nenhum folião parado.

“ O Bossa Nova Mall irá preparar uma festa linda, como os frequentadores do shopping merecem. O Centro é muito tradicional no carnaval, com diversos blocos de rua, mas faltava uma opção para as crianças. Apostamos no lazer para toda a família, com diversas atrações”, explica a gerente de marketing Bárbara Cotta.

Bailinho de Carnaval do Bossa Nova Mall
Local: Praça de eventos (térreo) do Bossa Nova Mall – Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 17/2 (sábado)
Horário: das 09h às 12h

| Nai Dias interpretará marchinhas e sambas de enredo clássicos em frente à Praça Emilinha Borba |

Foto: divulgação

Antecipando a folia, a Feira Rio Antigo vai promover um verdadeiro baile de carnaval na Rua do Lavradio, na edição do dia 3 de fevereiro, com apresentação de marchinhas e sambas de enredo clássicos interpretados pela cantora Nai Dias.

A Feira Rio Antigo começa às 10h. Quem quiser se preparar para a folia não pode perder esta edição: os expositores capricham nas opções de fantasias, máscaras e apetrechos carnavalescos. O cenógrafo Marcílio Barroco, por exemplo, produz máscaras em couro feitas à mão. Sua barraca fica próximo ao Rio Scenarium. Lá podem ser encontradas as clássicas máscaras venezianas e outras, como as de animais da fauna brasileira: onça, tigre, tucano, leão e urubu, entre outros*. A apresentação da cantora Nai Dias acontecerá no espaço musical montado em frente à Praça Emilinha Borba (esquina da Rua do Lavradio com Rua do Senado), a partir das 16h30.

Organizada pela Associação Polo Novo Rio Antigo, além de mais de 400 expositores, a feira também concentra bares e restaurantes de portas abertas para receber os mais de 30 mil visitantes que circulam por ali no primeiro sábado do mês.* O passeio pelo Centro do Rio Antigo é uma excelente alternativa para os apreciadores de arquitetura. A região, que é uma das mais antigas da cidade, conserva seus casarões antigos, muitos construídos quando o país ainda era colônia de Portugal.

Feira Rio Antigo
Local: Rua do Lavradio, entre a Avenidas Mem de Sá e Visconde do Rio Branco, Centro do Rio Antigo – RJ
Data: dia 3/02 (sábado)
Horário: das 10h às 19h
Classificação: livre
*Obs.: opções de fantasia, gastronômicas e bebidas não serão oferecidas gratuitamente

| Cantor participou da quinta temporada do The Voice Brasil |
Foto do cantor Rafah

Foto: reprodução Facebook Rafah

No dia 30 de janeiro, às 19h, o cantor Rafah, que participou da quinta temporada do The Voice Brasil, fará um pocket show no FM Hall Estúdios, no Centro do Rio de Janeiro.

No repertório do artista para a apresentação desta terça-feira estão sucessos como “Acho que era amor” e “Eu e você”, além de outras canções que marcaram sua trajetória musical. A classificação é livre.

Rafah começou a compor na adolescência para externar a dor da perda de seu pai. Mesmo com uma bagagem extensa no rock, o músico vem construindo a sua carreira no estilo pop.

 

 

 

Pocket show de Rafah
Local: FM Hall Estúdios – Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 30/01 (terça-feira)
Horário: 19h
Evento sujeito a lotação

| Banda homenageia a arquitetura com um concerto de “rock de câmara” no projeto Quartas Instrumentais |
foto da banda Quaterna Réquiem

Foto: reprodução site Centro Cultural BNDES

A banda Quaterna Réquiem se apresenta nesta quarta-feira, dia 27 de setembro, no projeto Quartas Instrumentais, no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio de Janeiro, às 19h. O show homenageia a arquitetura com um concerto de “rock de câmara”.

A suite que dá nome ao espetáculo se divide em cinco partes, inspiradas nos estilos de cinco arquitetos de séculos, países e estilos diferentes: a Renascença italiana, o Barroco/Classicismo francês, o Modernismo americano, o Romantismo espanhol e a contemporaneidade brasileira de Oscar Niemeyer. Do renomado arquiteto brasileiro, a mensagem impressa na capa do álbum: “Além de agradecido pela gentileza de uma faixa musical dedicada a mim, constatei que o CD ‘O Arquiteto’ (…) mostra a capacidade de seus músicos em ver e sentir a arquitetura, do mesmo modo que a sua própria música.”

A banda é composta por Elisa Wiermann (teclados), Claudio Dantas (bateria acústica e eletrônica), Roberto Crivano (guitarra), Phil Wiermann (guitarra e teclado de apoio) e Guilherme Ashton (contrabaixo elétrico).

Parte dos assentos do teatro pode ser reservada pela internet, no site do Espaço Cultural BNDES. O sistema permite agendar ingressos na página do show da semana, a partir de segunda-feira, às 10h, até o dia do espetáculo, às 14h, ou quando se esgotarem as vagas disponíveis. Cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de uma entrada no dia do espetáculo. Não são permitidas reservas para grupos. Os ingressos são retirados às 18h, com tolerância até 18h30, mediante apresentação do documento de identidade.

Caso não tenha conseguido garantir sua entrada pela internet, você pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural BNDES, no dia do espetáculo, a partir das 18h. Cada pessoa receberá apenas um ingresso com lugar marcado, estando o número de ingressos disponíveis sujeito à lotação máxima do teatro.

Quartas Instrumentais – Show da banda Quaterna Réquiem
Local: Espaço Cultural BNDES – Av. Chile, n° 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (próximo ao metrô Carioca)
Data: dia 27/09 (quarta-feira)
Horário: 19h
Classificação: livre

Siga o blog nas redes sociais:
– Instagram.com/degracaeuvou
– Facebook.com/degracaeuvou
– Twitter.com/degracaeuvou
@degracaeuvou

| Cantora foi destaque no The New York Times e eleita uma das dez melhores intérpretes do mundo pela revista DownBeat |
foto da cantora Ithamara Koorax

Foto: reprodução site Centro Cultural BNDES

Brasileira de prestígio internacional, a cantora Ithamara Koorax se apresenta nesta quarta-feira, dia 13 de setembro, às 19h, no projeto Quartas Instrumentais, no Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio. No espetáculo de hoje, acompanhada por Rodrigo Lima (violão) e Filipe Bernardo (piano), ela apresenta “Opus Clássico”, seu 19º álbum.

Com formação erudita, a artista estuda canto lírico e piano desde a infância, fez sua primeira turnê pelo exterior aos 15 anos e se apresenta desde 1998 como solista de diversas orquestras. Koorax foi destaque no jornal The New York Times e eleita uma das dez melhores intérpretes do mundo pela revista DownBeat.

Parte dos assentos do teatro pode ser reservada pela internet, no site do Espaço Cultural BNDES. O sistema permite agendar ingressos na página do show da semana, a partir de segunda-feira, às 10h, até o dia do espetáculo, às 14h, ou quando se esgotarem as vagas disponíveis. Cada pessoa pode realizar apenas uma inscrição, que dá direito à retirada de uma entrada no dia do espetáculo. Não são permitidas reservas para grupos. Os ingressos são retirados às 18h, com tolerância até 18h30, mediante apresentação do documento de identidade.

Caso não tenha conseguido garantir sua entrada pela internet, você pode encontrar bilhetes na recepção do Espaço Cultural BNDES, no dia do espetáculo, a partir das 18h. Cada pessoa receberá apenas um ingresso com lugar marcado, estando o número de ingressos disponíveis sujeito à lotação máxima do teatro.

Quartas Instrumentais – Show de Ithamara Koorax
Local: Espaço Cultural BNDES – Av. Chile, n° 100 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (próximo ao metrô Carioca)
Data: dia 13/09 (quarta-feira)
Horário: 19h

| Cantor e compositor pernambucano apresenta canções de “Carbono”, seu novo projeto autoral |
Foto do cantor e compositor Lenine

Foto: reprodução site BNDES

O cantor e compositor Lenine apresenta canções de “Carbono”, seu novo projeto autoral, no palco do Espaço Cultural BNDES, no Centro do Rio, nesta quinta-feira, dia 02 de junho, às 19 horas. O repertório é composto por vinte uma músicas. O artista participa do projeto Quintas no BNDES, que oferece apresentações musicais públicas e gratuitas, sempre às quintas-feiras.

Caso não tenha conseguido garantir sua entrada pela internet, no site da instituição, é possível encontrar bilhetes na recepção do espaço cultural, no dia do espetáculo, a partir das 18 horas. Cada pessoa receberá apenas um ingresso com lugar marcado, estando o número de ingressos disponíveis sujeito à lotação máxima do auditório.

As próximas atrações do mês de junho deste ano são Liz Rosa, no dia 9; Iria Braga, dia 16; Fabrício Conde, dia 23, e Maurício Detoni, no dia 30.

Quintas no BNDES – Show de Lenine
Local: Espaço Cultural BNDES – Avenida República do Chile, 100 – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: 0800 702 6337
Data: dia 02/06/2016, quinta-feira
Horário: 19 horas
Classificação: livre

 

Foto da fachada do Teatro João Caetano

Foto: Secretaria de Cultura do RJ

Completando 200 anos neste sábado, dia 12 de outubro, o teatro promove apresentações especiais neste fim de semana. Entre as atrações estão apresentação de dança, exposição e música. Espetáculo “Nó”, da Cia Deborah Colker, é um dos destaques.

Sábado, dia 12/10:

14h – Apresentação da Banda Sinfônica do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro. Local: Largo Albino Pinheiro (rua ao lado do teatro).

15h – Apresentação da Orquestra Sinfônica e do Coro de Câmara da Escola de Música Villa-Lobos. Local: Largo Albino Pinheiro.

16h – Lançamento da Medalha Comemorativa, criada pela Casa da Moeda, e abertura de exposição sobre os 200 anos do Teatro João Caetano. Local: no Foyer do teatro, no 2º andar. Obs: Cerimônia será apenas para convidados.

16:30h – Apresentação do Grupo Chorando Baixinho (grupo de choro da Escola de Música Villa-Lobos), que recepcionará o público que assistirá ao espetáculo Nó. Local: Largo Albino Pinheiro.

18h – Apresentação do espetáculo Nó, da Cia Deborah Colker –  Local: Sala de espetáculos do teatro. Obs.: A distribuição de ingressos começará às 15h, na bilheteria do teatro. Serão distribuídos até 2 ingressos por pessoa.

19:30h – Apresentação da Orquestra de Música Popular da Escola de Música Villa-Lobos. Local: Largo Albino Pinheiro.

Domingo, dia13/10:

9h – Apresentação da Banda Sinfônica do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro. Local: Largo Albino Pinheiro (rua lateral ao teatro)

11h – Sessão gratuita do espetáculo Nó, da Cia Deborah Colker. Local: Sala de espetáculos do teatro. Obs.: A distribuição de ingressos começará às 8h, na bilheteria do teatro. Serão distribuídos até 2 ingressos por pessoa.

O Teatro João Caetano fica na Praça Tiradentes, s/n, no Centro do Rio. Tels.: (21) 2332 9166/ 2332-9258| (21) 2332 9257 (bilheteria)

Foto: Reprodução internet

O escritor francês estará no Teatro Maison de France no dia 09 de outubro, às 19 horas, para leitura de trechos de seu livro Quatre chants, seguida de uma conversa com o público. Haverá tradução da leitura, que será em francês, para o português. Na ocasião, Pascal Quignard autografa o lançamento de A Razão, pela editora Autêntica.

Autor de clássicos como Les Ombres Errantes (laureado com o Goncourt em 2002) e Todas as Manhãs do Mundo (que adaptou e roterizou para o cinema), Quignard vem ao Brasil para o Colóquio Internacional Pascal Quignard: la littérature hors frontières e uma série de leituras públicas. O evento acontece em São Paulo nos dias 7 e 8 de outubro, no Prédio da Faculdade de Letras, na USP.

Pascal Quignard, Literatura Fora das Fronteiras
Local: Teatro Maison de France – Avenida Presidente Antônio Carlos, 58 – Centro
Tel.: (21) 2544 2533 (De Terça a Domingo, a partir das 14h)
Data: 09/10 – às 19h
Foto Vanessa da Mata

Foto: Divulgação

A cantora é a convidada para a gravação do programa Palco MPB, da Rádio MPB FM, que acontece nesta segunda-feira, dia 09. No repertório, canções do seu mais recente CD, “Vanessa da Mata Canta Tom Jobim”, que homenageia o artista, além de outras músicas de sucesso em sua carreira.

O álbum, com produção musical de Kassin e arranjos de Eumir Deodato, foi lançado em julho deste ano, com regravações de 18 clássicos do compositor.

Atenção! A distribuição de 100 ingressos/senhas começa a partir das 17h, no dia do show.

Vanessa da Mata – Gravação do programa Palco MPB
Local: Teatro Sesi – Av. Graça Aranha, 1 – Centro
Data: dia 09 de Setembro (segunda-feira), às 19:00h
Classificação: 18 anos

Foto Marcelo D2

Foto: Reprodução internet

O cantor e compositor se apresenta nesta segunda-feira, dia 26, no Teatro Sesi. O artista é o convidado para a gravação do programa “Palco MPB“, da Rádio MPB FM.

D2 apresentará músicas do seu novo CD “Nada Pode Me Parar“, sambas que marcaram época e os grandes sucessos de sua carreira. O programa vai ao ar dia 02 de setembro, às 20 horas.

Atenção! A distribuição de senhas começa a partir das 17 horas, no local do show.

Palco MPB com Marcelo D2
Data: Dia 26/08, segunda-feira, às 19h
Local: Teatro Sesi Centro – Av. Graça Aranha, 1 – Centro
Tel.: (21) 2563-4163
Classificação: 18 anos

Foto Grupo Sururu na Roda

Foto: divulgação

Parece que a onda de pocket shows pegou mesmo no Rio de Janeiro. Mais um acontece nesta quinta-feira, dia 18, também em uma livraria. Desta vez, quem se apresenta é o grupo de samba e choro Sururu na Roda. Formado por Nilze Carvalho – voz, cavaquinho e bandolim, Fabiano Salek – voz e percussão, Sílvio Carvalho – voz, percussão e cavaquinho e Juliana Zanardi – voz e violão, o grupo apresenta canções do novo CD e DVD “Sururu na Roda ao Vivo“.

“Foi em 2000, na informalidade dos encontros nos jardins da UNIRIO, que surgiu a idéia de formar o grupo Sururu na Roda. A então estudante Nilze Carvalho – voz, cavaquinho e bandolim – uniu-se a Fabiano Salek e Sílvio Carvalho – respectivamente voz e percussão, e voz, percussão e cavaquinho. Em sua formação mais recente, Juliana Zanardi – voz e violão – completa o grupo, transformando a parceria num dos mais badalados sambas de roda que revitalizaram a Lapa, bairro ícone da boemia do Rio de Janeiro. Uma das grandes marcas do grupo é sua sonoridade que expressa diferentes nuances de timbres. Isso ocorre com muita naturalidade pelo fato de seus integrantes serem cantores e instrumentistas, cada um proveniente de um contexto musical diferente, trazendo para o grupo sua bagagem e suas influências. O resultado é uma grande mistura dos gêneros da música brasileira, uma verdadeira miscigenação musical, um grande Sururu!”
Fonte: Página do grupo no Facebook

Pocket Show e Lançamento de CD/DVD Sururu na Roda
Data: 18 de julho, às 19h
Local: Livraria Cultura – Rua Senador Dantas, 45 – Centro

———————-

Já o pocket show e sessão de autógrafos de Gabriel Moura acontecem Em São Conrado. O cantor e compositor lança seu segundo álbum da carreira solo, o “Karaokê Tupi 2”. Gabriel criou o grupo Farofa Carioca, ao lado de Seu Jorge, e faz parte do quarteto carioca 4 Cabeça e da Orquestra Saga.

Pocket Show + Lançamento do CD “Karaokê Tupi 2”, de Gabriel Moura
Data: sábado, 20 de julho, às 19h
Local: Livraria Cultura – Espaço de Eventos – Shopping Fashion Mall – Estrada da Gávea, 899 – São Conrado

Devido ao sucesso de público, a exposição foi estendida até o dia 12 de maio. De acordo com a assessoria do evento, até o dia 24 de abril 5.959 visitantes já passaram por lá.

Confira mais informações do evento no link a seguir:

http://migre.me/egQVI

Lagrimas_de_S_Pedro_Exposicao CAIXA Cultural RJ Foto ERIVAN_MORAIS 04

Foto: Erivan Morais / divulgação

Caixa Cultural apresenta até o dia 05 de maio “Lágrimas de São Pedro”, instalação composta por 6 mil bulbos de lâmpadas incandescentes cheios d’água presos ao teto em diferentes alturas e iluminação especial, simulando chuva.

A instalação, idealizada pelo artista baiano Vinícius S.A., expressa a relação lúdica entre o morador da zona rural e a chuva, e a fé do Sertanejo manifestada na novena de São José, na qual cantigas e orações são oferecidas ao santo em pedido de chuva que, quando vem, é motivo de festa. A exposição chega ao Rio após passar por cidades como São Paulo e Curitiba em 2010, Brasília em 2009 e Salvador em 2008.

Serviço:

Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Galeria 1 –  Av. Almirante Barros, 25 – Centro (Metrô: Estação Carioca)

Horários: de terça a domingo, das 10h às 21h – até dia 05 de maio de 2013

Classificação indicativa: Livre para todos os públicos

Acesso para pessoas com deficiência

Mais informações no site www.caixa.gov.br/caixacultural – Tel.: (21) 3980-3815

João BoscoMais uma vez a dica de show traz o cantor e compositor João Bosco. Dessa vez será na Academia Brasileira de Letras – ABL.

O evento, que faz parte do projeto MPB na ABL, fará uma homenagem ao artista e a apresentação será do jornalista Ricardo Cravo Albin.

Local: Teatro R. Magalhães Jr. , ABL      Av. Presidente Wilson, 203 – Centro Horário: 12h30min                                                                                                                                                                                                            

Programa Desenvolvendo Pessoas

Foto: divulgação internet

Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) tem vagas abertas para cursos do “Programa Desenvolvendo Pessoas”. As inscrições devem ser feitas pelos tels.  2505 1233 / 2505 1256, das 8h às 17:30h ou em um dos pontos de atendimento.

CIEE – Rua da Constituição, 67 – Centro.

Mais inforrmações pelo site http://www.ciee.org.br

Elza SoaresA cantora é uma das atrações de hoje do projeto “Tiradentes Cultural”, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura.  As apresentações começam a partir das 19h.

%d blogueiros gostam disto: