Tag Archive: ciranda


​​
| Festa da Rua – Rio de Histórias a Céu Aberto reúne mais de 40 atrações, entre shows, intervenções e oficinas |

Foto: divulgação

Um dos parques mais emblemáticos do Brasil será palco da Festa da Rua – Rio de Histórias a Céu Aberto, ocupação literária que o Instituto Tear promove anualmente na cidade. O festival acontecerá no próximo sábado, dia 25 de novembro, no Campo de Santana, na Praça da República, região central do Rio de Janeiro, e contará com mais de 40 atrações para todas as idades.

A programação, que começará às 9h e se estenderá até às 14h, inclui contação de histórias, cirandas, brincadeiras musicais, intervenções, oficinas e shows. Cerca de 150 artistas devem participar do evento, entre eles Junu Ramos e Terreirada Cearense, Choro da Glória, Grupo Dandalua, Festival Carioca de Contação de Histórias, Edmilson Santini, Lata Doida, Poesia Viral, Peneira, Cacuriança e coletivos do projeto Trilhas Literárias.

Mais do que uma sucessão de apresentações e oficinas, o festival é um movimento de resistência cultural onde os encontros e trocas criam o lugar como espaço a ser vivido.

“A Festa da Rua tem como principal objetivo promover a construção de um novo olhar sobre a cidade, ativando a amabilidade contida no espaço urbano e fortalecendo os sentidos de pertencimento, de cuidado e de apropriação”, destaca Patricia Freitas, do Instituto Tear.

Localizado entre a Central do Brasil e a Saara, o Campo de Santana possui uma vocação política e poética como local que abrigou festas, aclamações e manifestações populares que marcaram a história do Rio de Janeiro e do País, sobretudo no Século XIX. Esses registros encontram-se presentes nas obras de escritores, poetas, cronistas e folcloristas, e a Festa da Rua busca sensibilizar, estimular, mobilizar e convocar os moradores da cidade a reativarem o local como espaço do povo, de encontros, de interações e de criação.

Sobre a Festa da Rua

A Festa da Rua é um evento público realizado anualmente desde 1980 pelo Tear, e destina-se à ocupação dos espaços públicos da cidade para o compartilhamento de fazeres e saberes de mestres, brincantes, artistas populares e a comunidade.  O evento reúne diversas oficinas nas várias linguagens da arte, Pés-de-Livro, jogos e brincadeiras, intervenções estéticas, saraus, música, performances, mostras fotográficas, de artes visuais e multimídia, e tudo aquilo que agregar afetos pela troca de experiências e pensamentos.

Sobre o Instituto Tear

O Tear é uma organização que atua desde 1980 nas áreas da educação, arte e cultura, tendo sido reconhecido, em 2005, como Ponto de Cultura pelo Ministério da Cultura e em 2014 como Pontão de Cultura e Educação, encarregado da formação e fortalecimento da Rede de Pontos de Cultura. Ao longo dos anos, construiu uma metodologia de trabalho, com centralidade na arte, pautada nas relações entre expressão criadora, ludicidade, conhecimento e cidadania, tornando-se um centro de referência nacional no campo da arte-educação. A missão do Tear é promover o desenvolvimento humano nas dimensões éticas e estéticas, através da arte- educação/ambiental, contribuindo à transformação social.

Programação:

– Poesia Viral, com o Cordel: A peleja da princesa Jesebel, com o violeiro Magrilin;
– Cia Roseira D´Água, com Toque de Caixa para o Divino e Brincadeira de Cacuriá
– Mais de 20 oficinas com arte-educadores do Tear e convidados;
– Casa da Rosinha;
– Lata Doida;
– Ojá Turbante;
– Cacuriança;
– Fabio Lima;
– Raphael dos Santos;
– Edmilson Santini;
– Roda de Danças Populares, com Grupo Dandalua;
– Roda de Choro, com Choro da Glória;
– Roda de Capoeira, com Associação Lagoa Azul Capoeira RJ;
– Aulão Dança Afro, com AFRO Conexões;
– Mostra do Festival Carioca de Contação de Histórias;
– Pé de Livro;
– Performances;
– Oficina de intervenção temporária | LabIT 2017;
– Intervenções com a Peneira;
– Pocket show com Junu e Terreirada Cearense.

Festa da Rua – Rio de Histórias a Céu Aberto
Local: Campo de Santana, s/nº – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 25/11 (sábado)
Horário: 9h às 14h
Informações: Tel.: 21 3238-3690 / institutotear.org.br
| Músico interpreta canções próprias influenciadas pelo afoxé, samba-rock, ciranda, maracatu e groove e de artistas brasileiros |
foto do cantor Igor Carvalho

Foto: divulgação

No sábado, dia 11 de novembro, o Shopping Bay Market promove show do cantor Igor Carvalho, a partir das 19h. No repertório, o musicista interpreta sucessos de compositores consagrados como: Jorge Benjor, Gilberto Gil, Djavan, Lenine, Chico Buarque, Luiz Melodia, João Bosco, Caetano Veloso, Wilson Simona, Tim Maia, entre outros. O evento será realizado na Praça de Alimentação.

No show, o músico interpreta canções de grandes artistas da música brasileira e também canções próprias influenciadas no afoxé, samba-rock, ciranda, maracatu e groove. Influenciado por Gilberto Gil, Jorge Ben, Luiz Melodia, Lenine e outros grandes arquitetos da música brasileira, o seu show promete músicas de qualidade e alto astral do início ao fim.

O cantor também faz parte, como vocalista, de um dos maiores blocos carnavalescos da zona sul do Rio de Janeiro, o Empolga às 9. Igor já se apresentou e fez aberturas em shows de diversos artistas brasileiros e internacionais como: O Rappa, Tonho Crocco da banda Ultramen, Gustavo Black Alien, Banda The Wailers, Afro Reggae, Bia Bedran e os músicos instrumentistas Arthur Maia, Paulinho Guitarra e Renato Rocketh.

Show de Igor Carvalho
Local: praça de alimentação do Shopping Bay Market fica – Visconde do Rio Branco, 360 – Centro – Niterói/RJ – Tel.: (21) 2620-2330
Data: dia 11/11 (sábado)
Horário: 19h

| Cantor é vocalista do “Empolga às 9”, um dos maiores blocos carnavalescos da Zona Sul do Rio |
foto de Igor Carvalho

Foto: divulgação

No próximo sábado, dia 16 de setembro, o Shopping Bay Market promove show do cantor Igor Carvalho, a partir das 19h. No repertório, sucessos de compositores consagrados como Jorge Benjor, Gilberto Gil, Djavan, Lenine, Chico Buarque, Luiz Melodia, João Bosco, Caetano Veloso, Wilson Simonal e Tim Maia, entre outros. O evento será realizado na Praça de Alimentação.

Igor se dedica à música há 10 anos e já se apresentou em diversos cidades do estado do Rio de Janeiro e nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. Em janeiro de 2012 teve uma passagem na Argentina, onde fez duas apresentações em Buenos Aires, na Casa de Cultura El Quetzal.

No show, o músico interpreta canções de grandes artistas da música brasileira e canções próprias influenciadas pelo afoxé, samba-rock, ciranda, maracatu e groove. Influenciado por Gilberto Gil, Jorge Benjor, Luiz Melodia, Lenine e outros grandes nomes da música brasileira, seu show promete músicas de qualidade e alto astral do início ao fim.

O cantor também faz parte, como vocalista, de um dos maiores blocos carnavalescos da Zona Sul do Rio de Janeiro, o Empolga às 9. Igor já se apresentou e fez aberturas em shows de diversos artistas brasileiros e internacionais, como O Rappa, Tonho Crocco (da banda Ultramen), Gustavo Black Alien, Banda The Wailers, Afro Reggae, Bia Bedran e os músicos instrumentistas Arthur Maia, Paulinho Guitarra e Renato Rocketh.

Show de Igor Carvalho
Local: Praça de alimentação do Shopping Bay Market – Av. Visconde do Rio Branco, 360 – Centro – Niterói/RJ – Tel.: (21) 2620-2330
Data: dia 16/09 (sábado)
Horário: 19h

 

Foto do grupo Dá no Coro

Foto: Divulgação

| Show deste domingo terá a participação especial do cantor Sergio Loroza |

O grupo Dá no Coro Música e Cena apresenta canções do novo disco – que será ser lançado em agosto – nos dias 17, 18 e 19 de julho, no Espaço Furnas Cultural, em Botafogo. Com entrada gratuita, os shows marcam o início de extensa agenda do grupo de arte vocal até o fim do ano. O show de domingo terá a participação especial do cantor Sergio Loroza.

Dois anos depois de encantar os franceses nos festivais Choralp e o prestigiado Choralies – um dos mais expressivos eventos europeus dedicados à música vocal, o mais importante realizado na França – o grupo Dá no Coro Música e Cena retorna ao circuito musical carioca. As apresentações darão o pontapé para uma longa programação de shows até o fim do ano, dedicada ao lançamento do segundo disco do grupo, o CD “Cores do Brasil”, com lançamento oficial previsto para o fim de agosto.

Carioca e brasileiríssimo em sua abrangência de sotaques, o Dá no Coro trabalha não só com vozes – seu material artístico principal, mas também com percussões, violão, baixo e um forte trabalho cênico, incluindo danças e capoeira. Com direção musical de Sergio Sansão e direção cênica de Jonas Hammar, o grupo apresenta, no repertório, sambas, jongos, maracatus, bossas novas, cirandas, baiões, toadas e um grande time de compositores brasileiros: Chico Buarque, Tom Jobim, Milton Nascimento, João Bosco, Edu Lobo, Lenine, Caetano Veloso, Luiz Gonzaga, Dorival Caymmi, Djavan, além de preciosas canções folclóricas.

Formado há nove anos, o grupo reúne, no total, dezoito cantores e instrumentistas (violão, baixo e percussões) que desenvolvem um trabalho eminentemente vocal e performático, buscando refletir a diversidade cultural presente na sociedade brasileira e abraçando nossas raízes indígenas, europeias e, principalmente, africanas. No Brasil, o Dá no Coro já dividiu o palco com Dona Ivone Lara, Carlos Malta e Pife Muderno e Jongo da Serrinha. Em 2006 e 2011, fez apresentações na Argentina e, em  seguida, realizou as apresentações e oficinas nos festivais franceses.

Cores do Brasil
O novo CD, com repertório autenticamente brasileiro e arranjos elaborados exclusivamente para o grupo por maestros especializados, vai trazer como diferencial, obras do artista plástico mineiro Paulo Symões,  proporcionando um diálogo estético com as artes plásticas. As obras do artista irão compor toda programação visual do grupo, desde o CD, site e todas as peças de divulgação, além de servirem como base para criação cenográfica, incluindo projeções das obras do artista plástico.
O repertório do novo disco vai refletir a diversidade cultural e rítmica brasileira, tão cara ao grupo, através da releitura de preciosidades do cancioneiro nacional, como “Água de Beber” (Tom Jobim e Vinicius de Moraes), “A Lua Girou” (Folclore Brasileiro da região de Beira-Rio, Bahia), “Casa Forte” (Edu Lobo), “Caxangá” (Milton Nascimento e Fernando Brant), “Fantasia” (Chico Buarque), “Linha de Passe” (João Bosco e Aldir Blanc), “Vapor da Paraíba” (Vovó Teresa / Jongo da Serrinha), “Vera Cruz” (Milton Nascimento e Márcio Borges), “Tanta Saudade” (Djavan e Chico Buarque) e “Tuaregue Nagô” (Lenine e Bráulio Tavares).

Dá no Coro Música e Cena no Espaço Furnas Cultural
Dias: 17 (sexta), 18 (sábado) e 19 (domingo) de julho
Horários: 12:30h (sexta), 20h (sábado) e 19h(domingo)
Classificação: Livre para todas as idades
Endereço: Rua Real Grandeza, 219 – Botafogo – Rio de Janeiro, RJ – Tel.: 2528-5166 (segunda a sexta, das 9h às 17h)
Retirada de ingressos*
Os ingressos serão distribuídos a partir das 14h, nos dias dos espetáculos, 1 ingresso por pessoa, limitados à capacidade do espaço: 170 lugares.

 

 

%d blogueiros gostam disto: