Tag Archive: consciencia negra


| Encontro promove debate sobre o livro “Menina bonita do laço de fita”, de Ana Maria Machado |
foto da capa do livro Menina bonita do laço de fita

Foto/arte: divulgaçao

Em celebração ao mês da Consciência Negra, no dia 26 de novembro (domingo), às 16h, a Livraria Leitura do Américas Shopping promove debate sobre o livro “Menina bonita do laço de fita”, da escritora Ana Maria Machado. A proposta do encontro é falar sobre o universo da alfabetização, a leitura na infância e o racismo. As inscrições são gratuitas e limitadas.

A mesa de debate será composta por Lissandra de Oliveira, especialista em Leitura Dinâmica e Otimização do Estudo e idealizadora do projeto Fábrica de Leitores; pela professora de língua portuguesa Eduarda Girard; pedagoga Andressa Leal; professora alfabetizadora Danielle Calixto. O evento também irá contar com a participação especial dos alunos Pedro Lisboa e Bianca Pimentel – crianças que leram o livro e estão em fase de alfabetização.

Publicado pela Editora Ática, o livro conta a história de uma linda menina negra que desperta a admiração de um coelho branco, que deseja ter uma filha tão negra quanto ela. Cada vez que ele lhe pergunta qual o segredo de sua cor, ela inventa uma história. O coelho segue todos os “conselhos” da menina, mas continua branco.

O evento faz parte do projeto Fábrica de Leitores, uma iniciativa do Instituto de Otimização da Mente (IOM), em parceria com o Instituto Angelicum. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (21) 96460-8111 ou pelo e-mail contato@fabricadeleitores.com.br.

Debate do livro “Menina bonita do laço de fita”
Local: Livraria Leitura do Américas Shopping – Av. das Américas, 15.500 – Recreio dos Bandeirantes
Dia: 26/11 (domingo)
Horário: 16h
Informações: (21) 96460-8111 / contato@fabricadeleitores.com.br

Anúncios

Foto: Zal Sissokho e Robertinho Silva/Onu Brasil

Artistas do Brasil, Cuba e Senegal se apresentam no “Encontro das Áfricas“, que acontece dia 20 de novembro, a partir das 19 horas, no Teatro Oi Casa Grande. O evento é promovido pelo Centro de Informação das Nações Unidas no país (UNIC Rio), em apoio à campanha para que os Estados-membros das Nações Unidas aprovem a Década Internacional de Afrodescendentes, movimento defendido pelo Brasil.

Com apresentações que vão dos tambores à música eletrônica, os artistas mostrarão uma síntese das contribuições culturais dos povos africanos. O encontro contará com a participação do senegalês Zal Sissokho, que utiliza a “kora”, uma espécie de harpa africana com 21 cordas; do cubano René Ferrer, com sua mistura de reggae, mango e rumba com o samba; os brasileiros Aderbal de Ashogun e Grupo Treme Terra, que mostrarão a força dos atabaques; o percussionista e baterista carioca Robertinho Silva e banda; o compositor de grandes sucessos da MPB, Altay Veloso; a cantora paulista Cellia Nascimento, que se apresenta com o rapper e agente cultural MC Slow Dabf; André Sampaio & os Afro Mandinga e sua fusão de ritmos africanos e afrobrasileiros; o MC Papo Reto; a banda carioca Stereo Maracanã e o rapper e compositor, integrante do grupo Racionais MC’s, Edi Rock.

Seis telas produzidas por artistas de rua engajados no movimento negro resumirão a história do tráfico negreiro para a América Latina. Os grafites complementam uma exposição online com 18 painéis divididos em cinco temas: Visão geral sobre o tráfico de escravos; Rebeliões; Fugas; Movimento Abolicionista e Legado. As telas que serão exibidas são grafitadas por Marcelo Eco, Izolag Armeidah, Anahu e Akuma Santos.

Show e exposição “Encontro das Áfricas”
Local: Teatro Oi Casa Grande – Av. Afrânio de Melo Franco, 290 – Leblon – Rio de Janeiro
Data: 20 de novembro, a partir das 19 horas

*Os ingressos poderão ser retirados entre 15h e 18:30h, no dia do evento, na bilheteria do teatro. A distribuição será por ordem de chegada, limitada a dois tickets por pessoa, sujeita à lotação da casa.

%d blogueiros gostam disto: