Tag Archive: curta-metragem


| Evento reúne cinema, música, atividades valendo brindes e bolsas para cursos de alemão, recreação infantil e oficinas de desenho e de construção de óculos de realidade virtual

Foto: Oliver Jaeckel

Nesse sábado, dia 6 de abril, acontece o Festival da Língua Alemã, no Parque das Ruínas, em Santa Teresa. Organizado pelo Consulado-Geral da Alemanha no Rio de Janeiro, o Festival marca a abertura da Semana da Língua Alemã, que acontece simultaneamente em todo o Brasil. O evento acontece das 10h às 18h. A programação inclui apresentações musicais, atividades infantis, *feira gastronômica, mostra de curtas-metragens alemães, quiz, sorteios, estande de informações sobre ensino superior na Alemanha, speak dating – onde os participantes terão a oportunidade de fazer um primeiro contato com a língua alemã ou pôr seus conhecimentos do idioma à prova. O Goethe-Institut promoverá atividades valendo brindes e bolsas para cursos de alemão no instituto. O público também encontrará um estande para trocas e doações de livros em alemão e/ou de autores alemães.

A Escola Alemã Corcovado participa com uma apresentação da Orquestra Corcovado, composta por alunos da escola e jovens músicos, às 14h. Além disso, os alunos das turmas de “Maker e Inovação” promoverão uma oficina de construção de óculos de realidade virtual. Confira a programação a seguir.

Programação Rio: 

10:30 – Alunos do Colégio Cruzeiro apresentam repertório de canções em alemão em voz e violão
10:45 – Apresentação de violino de alunos do Colégio Cruzeiro
11:00 – Coral de alunos do Colégio Cruzeiro
11:00 – 14:00 – Recreação infantil, contação de histórias e brincadeiras com alunos do Colégio Cruzeiro
11:30 – Coral do Baukurs
12:30 – Oficina de desenho com a Compactor
13:00 – 18:00 – Estande de informações do DAAD Brasil, o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico
13:30 – Teatro de Bonecos Papa Vento apresenta: Branca de Neve
14:00 – 17:00 – Speak Dating com o Goethe-Institut
14:00 – 17:00 – Exibição de curtas-metragens com curadoria do Goethe-Institut
14:15 – Apresentação da Orquestra da Escola Alemã Corcovado
14:30 – Oficina de desenho com a Compactor
15:00 – Oficina Maker para construção de óculos de realidade virtual com a Escola Alemã Corcovado
15:30 – Quiz do Goethe-Institut
15:30 – Oficina de desenho com a Compactor
17:30 – Apresentação do Quarteto de Trompas da UFRJ

Festival da Língua Alemã
Local: Parque das Ruínas – Rua Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa – Rio de Janeiro/RJ – Tels.: 21 2215-0621 / 2224-3922
Data: dia 6/04 (sábado)
Horário: das 10h às 18h
Programação completa do evento em todo o Brasil disponível em semanadalinguaalema.com.br
*Obs.: comidas e bebidas não serão oferecidas gratuitamente

| Em março e abril, filmes serão exibidos em espaços públicos da Zona Oeste, Cachambi e Catumbi | 

Foto: divulgação

O projeto Cinemão levará, nos meses de março e abril, a Mostra Cinemão Z.O., que exibirá curta-metragens, aos bairros Cesarão, Barra de Guaratiba, Vargem GrandeUrucânia e Paciência. Os moradores da Zona Oeste terão a oportunidade de assistir a filmes premiados de animação, documentário e ficção, que serão exibidos em praça pública, num super telão inflável, aos finais de semana. A mostra tem patrocínio da RioFilme e Secretaria Municipal de Cultura.

Mostra Cinemão Infantil exibirá filmes com a temática e classificação livre. A primeira exibição acontecerá no dia 24 de março, às 19h, na Areninha Gilberto Gil, em Realengo. A mostra seguirá para a Cidade das Crianças, em Santa Cruz, no dia 12 de abril, Museu do Pontal, no Recreio dos Bandeirantes, dia 22 de abril, Praça Manoel de Nóbrega, no Catumbi (28/04), e termina no Conjunto IAPC (29/04), no Cachambi.

Pela primeira vez o Cinemão promoverá uma “Curadoria Interativa“, onde os público escolherá os filmes que desejam assistir dentro da cartela de produções disponibilizadas, que conta com 80 títulos de longa-metragem disponibilizados pela Ancine, inclusive com o longa que acaba de entrar em cartaz nos cinemas – “Hibridos: os espiritos do Brasil”, de Vicent Moon e Priscila, curtas infantis, como “Meu amigo Nietzsche”, “O balãozinho Azul”, de Faustón Silva, entre outros.

No âmbito das realizações da mostra, além da presença de produtores e realizadores audiovisuais, serão convidados membros de órgãos e instituições públicas voltadas para o audiovisual que possam enriquecer o intercâmbio e as experiências com realizadores e com o público presente. Com o intuito de difundir ainda mais as realizações propostas e atuar no processo de formação de plateias para o cinema nacional, a  Mostra Cinemão Infantil terá entrada franca para todas as atividades.

“A Mostra Cinemão Infantil é um programa pra toda a família e conta com uma curadoria especial de curtas. Tem filme de ficção, animação e documentário. É uma ótima oportunidade para a criança ter contato com todos os gêneros do cinema”, afirma o idealizador da mostra, Cid César Augusto.

A  Mostra Cinemão Infantil  tem patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e LIQ, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS, apoio da Epson e apoio Institucional da Unic-Rio e RioFilme

Cinemão é uma rede exibidora popular, uma sala de cinema móvel. Trata-se de uma carro aparelhado para exibição de filmes, equipado com projetor de alta performance, super telão inflável, sistema de som, cadeiras e pipoqueira. O projeto está em atividade desde 2010 e protagoniza o maior número de intervenções cinematográficas em espaços públicos no Rio de Janeiro. O objetivo principal é democratizar e promover o cinema brasileiro de forma prática, gratuita e eficiente. A iniciativa exibe uma produção nacional (curtas e longas de todos os gêneros) de forma democrática e acessível, atendendo a toda e qualquer população. Também faz parte deste projeto a realização de oficinas de audiovisual para crianças e adolescentes. A partir de acordos com distribuidores nacionais, o Cinemão funciona como uma importante janela para democratização do cinema brasileiro, utilizando tecnologia própria por meio do Aplicativo “Cinemão” para o estímulo de construção de narrativas populares.

Para Cid César Augusto, idealizador e diretor do projeto, o Cinemão é uma excelente janela para essa intensa e vibrante produção nacional. “Em 2018, vamos desencadear a maior ação de democratização do cinema nacional realizada nesta cidade. O cinema vai encontrar o povo!’

Mostra Cinemão Z.O.
Dia 24/3, sábado, às 19h – Conjunto Habitacional Otacílio Câmara, Cesarão (Campo do Carecão) – Santa Cruz;
Dia 25/3, domingo, às 19h – Praça Doutor Raul Capello Barrozo, Barra de Guaratiba;
Dia 6/4, sexta-feira, às 19h – Escola Municipal Professor Teófilo Moreira da Costa: Rua Esperança, 387 – Vargem Grande;
Dia 14/4, sábado, às 19h – Campo da Rua Quinze, Urucânia – Santa Cruz;
Dia 15/4, domingo, às 19h – Praça do Ponto Chic, Paciência.
Classificação: livre

Mostra Cinemão Infantil
Dia 24/3, sábado, às 19h – Areninha Gilberto Gil: Av. Marechal Fontenele, 5000 – Realengo;
Dia 12/4, quinta-feira, às 10h – Cidade das Crianças: Rodovia Rio-Santos, Km 1 – Santa Cruz;
Dia 22/4, domingo, às 19h – Museu Casa do Pontal: Estrada do Pontal, 3295 – Recreio dos Bandeirantes;
Dia 28/04, sábado, horário a definir – Praça Manoel de Nóbrega, no Catumbi;
Dia 29/4, domingo, às 19h – Conjunto IAPC, no Cachambi.
Classificação: livre

Seleção de curtas:

Meu amigo Nietzsche – 15′ – Diretor Faustón Silva;
O balãozinho Azul – 19′ – Diretor Faustón Silva;
Procura-se – 15′ – Diretor Iberê Carvalho;
Caminho dos Gigantes – 12′ – Diretor Alois Di Leo;
Lobo Guará – 20′ – Diretor Faustón Silva;
Do Lado de Fora – 19,37′ – Diretor Matheus Peçanha, Paulo Sans;
Metamorphoses – 5′ – Diretora Jane Carmen de Oliveira;
Sayonaura – 4,37′ – Diretora Débora Mini;
Diário de areia – 6,26′ – Sarah Guedes e Isadora Morales;
Normal é ser diferente – 4′ – Produtora Alopra;
Cafeka – 2,18′ – Diretor Nicholas Paim;
Irmãos Suados – 1,15′ – Produtora Alopra;
Hidro e Fluido – 1,00′ – Produtora Alopra;
La Loba – 3,09′ – Diretora Julia Nicolescu;
Desventura de um dia – 10′ – Diretora Adriana Meireles.

——————————–

Leia também: “Pré-estreia de ‘Nossos Mortos Têm Voz’ acontece no Cine Odeon no dia 27 de março“.

| Filme homenageia os 500 anos da Reforma Protestante |

A pré-estreia do curta-metragem Projeto Reformadores acontece nesta segunda-feira, 30 de outubro, às 19h, no Cine Odeon (Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro desde maio de 2015), na Cinelândia, Centro do Rio de Janeiro. O evento reunirá, além do público, toda a equipe e o elenco da produção.

O filme de 30 minutos busca narrar a jornada de grandes reformadores para homenagear os 500 anos da Reforma Protestante, que serão comemorados no dia 31 de outubro deste ano. O curta foi produzido pela doizel, composta por Nathanael Carvalho & Raphael Dusi, filmmakers do Rio de Janeiro. Com meta de R$ 18 mil, a produção arrecadou (informação verificada no dia 30/10/2017) R$ 21.970 por meio da plataforma de financiamento coletivo Catarse.

Em caso de uma eventual lotação ou para quem não conseguir chegar no horário, também haverá uma exibição do curta às 20h.

 

Pré-estreia do curta-metragem Projeto Reformadores
Local: Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro – Praça Floriano, n° 7 – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 30/10 (segunda-feira)
Horário: 19h e 20h
Capacidade: 500 lugares

| Mostra celebra vigorosa produção audiovisual em curta-metragem de estudantes de todo o país |

foto de cena do filme Um Sol Alaranjado, de Eduardo Valente, premiado em Cannes

Foto: divulgação – cena do filme Um Sol Alaranjado, de Eduardo Valente, premiado em Cannes

O Rio de Janeiro e Niterói recebem, de 4 a 10 de setembro, o 20º Festival Brasileiro de Cinema Universitário (FBCU). A mostra traz um panorama da produção audiovisual em curta-metragem de estudantes de universidades e de escolas de Cinema de todo o Brasil. Na maratona, o público poderá conferir 81 filmes. Eles compõem a Mostra Competitiva Nacional, com 26 curtas na disputa pelo prêmio principal; Mostra Panorama Nacional, com 39 produções fora de disputa, mas que se destacaram na escolha dos títulos pelos curadores; e a Mostra Panorama Carioca, que conta com 16 filmes fora de disputa, dirigidos por realizadores do Rio de Janeiro. Este ano o festival terá a Sessão Acessível e a Mostra Cineclube nas Escolas, com produções de alunos da rede municipal do Rio.
O festival acontece no Rio, na CAIXA Cultural e na Escola de Cinema Darcy Ribeiro, e em Niterói, no Cine Arte UFF, onde será a noite de abertura, no dia 4 de setembro. O evento tem o patrocínio da Riofilme e da Secretaria de Estado de Cultura e é uma realização da Associação Cultural Festival Brasileiro de Cinema Universitário, Insensatez Audiovisual, Centro de Artes da UFF, Universidade Federal Fluminense e Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura.

Paralelamente às mostras, acontecem duas mesas de debate na Escola de Cinema Darcy Ribeiro: “Formação em Audiovisual”, com Elianne Ivo (UFF), Irene Ferraz (Escola de Cinema Darcy Ribeiro) e o homenageado Miguel Pereira (PUC/RJ); e Cinema e Territórios, com Priscila Gomes (Maré), Ziza Dourado (Escola de Cinema Darcy Ribeiro) e Luana Pinheiro (Nova Iguaçu).
Para alunos-realizadores e estudantes da arte cinematográfica em geral, três oficinas serão oferecidas: “Roteiro”, na Darcy Ribeiro; “Fotografia para Cinema”, no Estúdio Fazer Cinema, e “Filmes de Gaveta”, na UFF, sendo a Oficina Direção de Fotografia em Cinema – com o diretor de fotografia Neto Favaron – nos dias 05 e 06, gratuita (Mais informaçõespelo e-mail contato@fazercinema.com.br.

Clique em “View full article” ou em “continue lendo” e confira mais informações sobre o evento. A programação completa está disponível na página do festival no Facebook.

Continue lendo

| O curta entrevistou nove produtores culturais de favelas cariocas e da Baixada Fluminense |

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

No dia 10 de setembro (quinta), às 20h, o documentário “9Centros“, realizado por alunos da ESPOCC – Escola Popular de Comunicação Crítica do Observatório de Favelas, fará sua primeira exibição pública na Arena Carioca Dicró, seguida de um bate-papo com os diretores, os entrevistados do filme e convidados com o tema “Cultura de periferia: favelas cariocas e baixada, a diferença dos desafios”. O curta-metragem documentário, que entrevistou nove produtores culturais de favelas cariocas e da Baixada Fluminense, mapeia o cenário cultural dos territórios populares da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Estarão presentes na roda de bate-papo Ricardo Fernandes, ator, diretor teatral e produtor cultural da Cidade de Deus, um dos fundadores do grupo Os Arteiros; Hanier Ferrer, da ‪#‎geração90, da Barraco Marginal, produtor, ativista cultural e escritor; Rodrigo Pinho, um dos fundadores do Resistência Cultural, produtor do Ocupa Escola, ator e músico; Thamyra Thamara, fotógrafa, produtora cultural e pesquisadora; Bhega da Silva, ativista ambiental e cultural, criador do Cineminha no Beco; Will Ow, DJ, ativista social e cultural, integrante do Antiéticos.

A direção, produção e produção executiva são de Karla Suarez, que também assina o roteiro, Iury De Carvalho Lobo e Igor Souza, além de Gilmara Moreira na produção.

Sinopse

“O curta-metragem documentário 9Centros mapeia o cenário cultural dos territórios populares da região metropolitana do Rio de Janeiro. Com entrevistas de 9 produtores culturais de locais como Maré, Cidade de Deus, Vila Cruzeiro, Nova Iguaçu e Caxias, entre outros, o filme aborda a importância das produções culturais de territórios populares e de seus produtores para seus territórios e para as cidades.”

Exibição do documentário “9Centros”
Data: dia 10/09, quinta-feira
Horário: às 20h
Local: Arena Carioca Dicró – Av. Brás de Pina, s/n, Parque Ary Barroso – Penha – Rio de Janeiro – RJ
*Mais informações na página do evento no Facebook.

| O evento vai acontecer na Lona Cultural Terra, em Guadalupe, a partir das 13h |
Foto de divulgação do filme Loucas pra Casar

Foto: Páprica Fotografia / Divulgação

O Programão Carioca, projeto da Globo que promove atividades culturais gratuitas em vários pontos do Rio e do Grande Rio, está de volta em sua terceira temporada, que começa no dia 29 de março, domingo, a partir das 13h. Com novidades que incluem a valorização de artistas locais, a plateia terá a oportunidade de conferir a exibição dos filmes O Rio por Eles e Loucas pra Casar, do curta Um lugar para chamar de nosso e da peça Neurótica!. O evento vai acontecer na Lona Cultural Terra, em Guadalupe. A distribuição de ingressos começará a partir do meio-dia.

Celebrando os 450 anos do Rio de Janeiro, a Globo produziu a série de documentários O Rio por Eles, que, transformado em filme, faz um resgate histórico e mostra impressões de estrangeiros sobre a cidade. O longa abre a programação da tarde, seguido por Um lugar para chamar de nosso, que traz a autorreflexão da diretora Tatiane Oliveira sobre o processo de ressignificação do bairro onde foi criada – Guadalupe – através do contato com uma sala popular de cinema inaugurada em 2006.

 

Dirigido por Roberto Santucci, Loucas pra Casar conta a história de três mulheres que descobrem estar envolvidas com o mesmo homem. O filme, que será exibido às 16h10, relata a rivalidade entre as personagens Malu (Ingrid Guimarães), Lúcia (Suzana Pires) e Maria (Tatá Werneck). Márcio Garcia, Fabiana Karla e Edmilson Filho também integram o elenco. Após a exibição, Adailton Medeiros, fundador e diretor do Ponto Cine – primeira sala popular de cinema totalmente digital do Brasil –  apresenta o “Diálogos com o Cinema”, um bate-papo sobre a sétima arte com participação do público do Programão Carioca.

Às 19h30, entra em cena a peça “Neurótica!”. O monólogo da atriz Flávia Reis fala sobre as neuroses provocadas pela vida moderna e apresenta figuras tipicamente neuróticas que encontramos no dia a dia. O artista plástico Rodrigo Sini, morador do bairro, também expõe sua arte através de grafites que, entre outros trabalhos, apresentam imagens de crianças negras que revivem sua infância.

Programão Carioca
Data: Dia 29 de março (domingo)
Local: Lona Cultural Terra, em Guadalupe
Programação: 
13h00 – Abertura do evento
13h00 – Exibição do filme “O Rio por Eles” (150 minutos)
15h35 – Curta – “Um lugar para chamar de nosso” (30 minutos)
16h10 – Filme “Loucas pra Casar” (108 minutos) – classificação 14 anos
18h00 – Diálogos com o cinema (bate-papo cultural com o público do evento)
19h30 – Peça – Neurótica! (60 minutos) – classificação 12 anos
20h30– Encerramento do evento
*Exposição do artista Rodrigo Sini durante todo o evento
*Distribuição de ingressos a partir do meio-dia

Foto: Reprodução internet

Neste domingo, 30 de novembro, às 20h, o Quiosque da Globo exibe cinco filmes do Festival Curta Cinema. Durante 1h40min, o público poderá conferir os filmes “Outuno”, de Anna Azevedo; “Araca – O Samba em Pessoa”, de Aleques Eiterer, “Luz”, de Gabriel Medeiros”; “Ao Lado”, de Julio Costantini; e “Se”, de Ian Capillé.

Festival Curta Cinema no Quiosque da Globo
Data: 30 de novembro (domingo)
Horário: 20h
Local: Quiosque da Globo – Praia de Copacabana (altura da Rua Miguel Lemos)
Classificação: livre

Confira mais informações sobre os filmes que serão exibidos:

Foto/arte: Reprodução site Globo Rio

Foto/arte: Reprodução site Globo Rio

Foto: reprodução

As inscrições para a 6ª edição do “Curta Criativo” vão até o dia 20 de setembro e podem ser feitas pelo site www.firjan.org.br/curtacriativo. O concurso de de curtas-metragens é promovido pela Federação das Indústrias do estado do rio de Janeiro – Firjan, por meio do SESI Cultural. O tema é livre e os filmes devem ter, no máximo, cinco minutos, incluindo os créditos. São três categorias: animação, ficção e documentário.

A premiação é de R$ 10.000,00 e R$ 8.000,00 para os primeiros e segundos lugares, respectivamente, em cada categoria. O concurso conta também com o apoio da Diler e Associados, Labocine, PontoCine Guadalupe, SICAV e LC Barreto, que darão prêmios como estágios e exibição dos filmes em sessões especiais.

Podem participar estudantes e recém-formados em Cinema, Comunicação, Design, Belas Artes e Produção Cultural, além de alunos de cursos livres e técnicos de cinema do Estado do Rio de Janeiro.

Esta edição do Curta Criativo conta com uma série de palestras para discutir temas referentes à economia criativa. Serão três encontros entre os dias 2 e 5 de setembro, com participação de profissionais e professores da área. A entrada é gratuita e aberta a todos, não é necessário se inscrever, nem ser estudante das unidades para participar. Confira a programação!

Mesa 1: Empreendedorismo Criativo e Formas de Financiamento a Projetos Culturais
Mediador: Flávio Di Cola – Coordenador do Curso de Cinema e Audiovisual
10h30: Cavi Borges – Cineasta, produtor e fundador da locadora Cavídeo
10h45: Julia Levy – Superintendente do Audiovisual da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro
11h: Junior Perim – Cofundador e Coordenador Executivo do Circo Crescer e Viver
11h15: Marcio Graffiti – Coordenador do Coletivo Anti Cinema
11h30: Marcus Faustini, Coordenador da Agência de Redes para Juventude, escritor e cineasta
11h45: Debate com o público
Data: 2 de Setembro de 10h30 às 12h30
Local: Universidade Estácio de Sá – Cinema do Campus João Uchôa – Rua do Bispo, 83 – Rio Comprido

Mesa 2: Tecnologia e Economia Criativa: Conectividade e Inovação na Cultura
Mediadora: Ivana Bentes – Professora e Diretora da Escola de Comunicação – UFRJ
15h: Claudio D´Ipolitto – Coordenador do MBA em Gestão e Produção Cultural da FGV Rio e Consultor em Inovação nas Indústrias Criativas
15h20: Gabriela Agustini – Consultora de estratégia e negócios digitais e professora de novas midias no MBA em Gestão Cultural da FGV
15h40: Guilherme Velho – Chefe-executivo das Incubadoras Rio Criativo
Data: 04 de Setembro de 15h às 17h
Local: ECO – UFRJ – Campus Praia Vermelha – Av. Pasteur, 250 – Auditório do CFCH – Urca

Mesa 3: Novas Formas de Financiamento para Projetos e Empreendimentos Culturais 
Mediadora: Andréa França – Coordenadora do Curso de Cinema, Professora de Graduação e do Programa de Pós-Graduação do Departamento de Comunicação Social
11h: Bruno Beauchamps – Fundador e CEO do Sibite
11h20: Luis Otávio Ribeiro – Sócio do Catarse
11h40: Murilo Farah – Co-fundador da Benfeitoria
12h: Debate com o público
Data: 05 de Setembro de 11h às 13h
Local: PUC-Rio – Rua Marquês de São Vicente, 225 – Sala 102 K – Gávea

– Mais informações pelo site do concurso ou pelo e-mail cultura.arte@firjan.org.br.

Maratona Curtas feitos na Gambiarra

Foto: divulgação

A equipe de curadoria do Cineclube Cinema Nosso promove a “Maratona Curtas feitos na Gambiarra”, uma mostra de curtas-metragens feitos sem patrocínio. A ideia é produzir no improviso.

O evento conta com exibição de curtas da Fotógrafa Bia Marques, da jornalista Cecília Figueiredo e do cineasta Felipe Cataldo, premiado por seus curtas experimentais.

Sala Cinema Nosso – Rua do Resende, nº 80 – Lapa – Rio de Janeiro – Tels.: 21 2505-3300 / 7865-8197; e-mail: comunicação@cinemanosso.org.br – Dia 22 de Fevereiro, Sexta-feira, às 19h – Atenção! Inscrições por telefone ou e-mail.

A programação voltada para curtas continua no dia 28, com apresentação pública dos curtas-metragens produzidos pelos alunos que frequentaram a Escola Audiovisual em 2012, quinta-feira, às 21h, no Cine Odeon BR, na praça Floriano, 07 – Cinelândia.

 

%d blogueiros gostam disto: