Tag Archive: debate


| “Evento tem como disparador” assassinatos de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes |

Foto: Agora vai

Nesta sexta-feira, dia 23 de março, a partir das 19h, a Universidade Santa Úrsula, em Botafogo, promove um debate sobre a intervenção militar no Rio. A intenção é dialogar na palestra “Militarização da sociedade, (in)segurança e medo social: o que nós temos a ver com isso?“, com estudantes e profissionais sobre a situação do Rio de Janeiro. A mesa irá debater a intervenção militar no eixo da Segurança Pública fluminense e das relações entre militarização e controle social, pensando o papel da sociedade, da psicologia, na produção e disseminação do sentimento de insegurança, e a transformação do medo social.

Participarão do evento Cristina Rauter (psicóloga e professora titular do Departamento de Psicologia da Universidade Federal Fluminense – UFF); Rita Muller (psicóloga e professora do curso de Psicologia do Centro Universitário Augusto Motta – UNISUAM) e Clayse Moreira (psicóloga, atua no Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Rio de Janeiro (CEDECA RJ), sendo coordenadora técnica do Programa de Proteção à Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte).

De acordo com a organização, “o evento tem como disparador” os assassinatos da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Pedro Gomes, ocorridos no dia 14 deste mês. Não serão emitidos certificados de participação. Mais informações podem ser acompanhadas pelo evento no Facebook.

Palestra e debate “Militarização da sociedade, (in)segurança e medo social: o que nós temos a ver com isso?”
Local: Universidade Santa Úrsula (Salão Azul) – Rua Fernando Ferrari, 75 – Botafogo – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 23/03 (sexta-feira)
Horário: 19h

————-

Leia também: “Celso Lisboa Celso Lisboa promove programação com o tema “Mulheres“.

Anúncios
Palestras, documentários e debates estão entre as atividades no Centro Universitário |

Foto: reprodução site Celso Lisboa

Em comemoração ao mês das mulheres, a Escola de Artes do Centro Universitário Celso Lisboa, no Rio, promoverá, nos dias 28 e 29 de março, uma programação totalmente voltada para assuntos onde as marcas, memórias e vozes das mulheres ganharam representação.

O objetivo é gerar um olhar crítico da sociedade por meio de documentários, rodas de conversa, debates e palestras. Não há necessidade de inscrição prévia para participar do evento, que acontecerá nas unidades Engenho Novo e Centro. 

Confira a programação:

Quarta-feira (28/03): Unidade Engenho Novo: Rua 24 de Maio, 797
14h – Documentário “Precisamos falar do assédio”, seguido de roda de conversa com a historiadora Lívia Monteiro, a cientista social Joyce Lowback e a psicóloga Mariana Gonçalves.
17h – Roda de Conversa sobre Feminicídio, com Deborah Brasil, Nathália Ramos, Rayane Prata e Sávilla Oliveira.
19h – Palestra “Uma Linda Janela – Superação e novos pontos de vista sobre o câncer de mama”, com Linda Rojas e Caio Barreto.

Quinta-feira (29/03): Unidade Centro: Rua Sete de Setembro, 66
17h30 – Roda de Conversa “A autoestima na contemporaneidade’ com a sócia-fundadora do primeiro grupo de mulheres palhaças do Brasil, Karla Concá.
19h – Documentário “Emparedadas”, seguido de roda de conversa Vê Barbosa, Denise Andrade e Talita Nascimento.

————

Leia também: “Universidade Santa Úrsula promove palestra e debate sobre intervenção militar no Rio“.

| Em encontro mediado por Marcelo Guedes, Marcos Machado e Marco Beja debaterão o processo criativo e o planejamento das escolas de samba |

Foto: reprodução internet

O Rio Design Leblon, em parceria com a ESPM-Rio, apresenta a segunda edição do projeto Café com Design. A primeira edição, em 2017, foi um sucesso e, periodicamente, o shopping reunirá nomes importantes da moda carioca e de diversos outros assuntos para debater temas em alta. Esta edição terá um debate “Carnaval: o processo criativo e planejamento estratégico nas escolas de samba do Rio de Janeiro“.

O talk gratuito acontecerá no dia 05 de fevereiro, às 19h, no subsolo do shopping, com os convidados Marcos Machado, que atua na área de animação em concept art, que resultou na dissertação de mestrado com foco no design aplicado aos desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro, mestre em gestão da economia criativa – ESPM e Professor de Direção de Arte e Design na ESPM, e Marco Beja, componente da velha guarda de Vila Isabel, escola que integra desde os anos 70 , já participou da equipe dos carnavalescos Max Lopes, Alexandre Louzada, Ilvamar Magalhães e Oswaldo Jardim escrevendo e editando sinopses de alguns enredos, é mestre em Letras pela UFF e professor da ESPM.

A mediação do bate-papo será comandada pelo coordenador dos cursos de Administração e Relações Internacionais da ESPM Rio, Marcelo Guedes, ex-jurado e ex-presidente do Estandarte de Ouro, do qual ganhou dois prêmios, estuda o Carnaval desde 1984 e publicou diversos artigos sobre o tema.

Café com Design – Carnaval: o processo criativo e planejamento estratégico nas escolas de samba do Rio de Janeiro
Local: subsolo do Rio Design Leblon – Av. Afrânio de Melo Franco, 290 – Leblon – Rio de Janeiro – RJ
Dia: dia 5/12 (segunda-feira)
Horário: 19h

 | Evento acontece até domingo e reúne sarau, estandes de editoras, debates, show do Música Extemporânea Brasileira e jogos para crianças e jovens |
foto externa da Casa França-Brasil

Foto: reprodução Facebook Casa França-Brasil

17ª Primavera Literária Rio acontece entre os dias 26 e 29 de outubro, das 10h às 20h, na Casa França-Brasil, no Centro do Rio de Janeiro. A programação do evento reúne saraus, estandes de editoras, debates, show com Música Extemporânea Brasileira e jogos para crianças e jovens.

Promovida pela Liga Brasileira de Editoras (Libre), Primavera Literária Rio é considerado o maior evento das editoras independentes no estado do Rio de Janeiro, contribui para a movimentação da atividade econômica representada no mercado editorial e para a democratização da leitura e a discussão de políticas públicas no campo do livro e da leitura. Em 2017, o evento conta com parceria da Bibliomundi, plataforma de autopublicação e distribuição de e-books, e será recheado de programação cultural.

Uma gincana digital será uma das atrações para crianças e jovens que comparecerem à 17ª Primavera Literária Rio, de 26 a 29 de outubro, das 10h às 20h, na Casa França-Brasil, no Centro do Rio. Usando a ferramenta de educação gamificada Seppio, a plataforma Bibliomundi e a Liga Brasileira de Editoras (Libre) montaram dois jogos, um para os alunos do ensino fundamental e outro para o ensino médio. Os participantes que alcançarem a pontuação máxima de 250 pontos concorrerão ao sorteio de um tablet. O objetivo da ação é incentivar o hábito da leitura.

Os estudantes já podem começar a jogar para acumular pontos antes mesmo do início da Primavera Literária. A gincana é composta por vários desafios, que valem 10 pontos cada. Os alunos do ensino médio serão desafiados, por exemplo, a gravar stories (recurso do Instagram para compartilhamento de vídeos e fotos) lendo uma estrofe do poema ‘Navio Negreiro’, de Castro Alves, à frente do Cais do Valongo, e lendo o poema ‘Mar Português’, de Fernando Pessoa, no terraço do Museu de Arte do Rio (MAR).

Para os estudantes do ensino fundamental, há desafios como gravar um vídeo de uma entrevista com uma professora sobre o livro favorito dela na infância e fazer o desenho de uma jiboia que comeu o elefante do Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry.

Os participantes devem registrar o cumprimento do desafio na plataforma Seppio e no Instagram com a hashtag #primaveraliteraria para validar a contagem dos pontos. Para participar, os alunos deverão: 1 – acessar a página https://play.seppo.io/?l=en; 2 – Clicar em “login as player”; 3 – digitar os códigos: 30E5AF (para Ensino Médio) e 272078 (para Ensino Fundamental); 4 – Preencher nome e e-mail; 5 – Agora é só jogar. A Árvore de Livros colabora com a divulgação dos jogos nas escolas.

Degustação de e-books 

Pelo aplicativo de leitura da Bibliomundi, os visitantes da Casa França-Brasil, durante a Primavera Literária, poderão baixar gratuitamente trechos de livros das editoras participantes.  Para fazer os downloads, os leitores terão de baixar o aplicativo de leitura Bibliomundi e fornecer um e-mail. “O acesso será feito a partir da distribuição de rede no local e o intuito é proporcionar leitura digital para os visitantes da feira e proximidades”, diz Raphael Secchin, sócio-fundador da Bibliomundi.

Mesas:

O sambista Martinho da Vila será atração da mesa “Martinho da Vila conversa sobre o Rio de Janeiro, crônicas e música” (quinta-feira, 26/10, às 18h), onde falará sobre sua veia literária.

Abordagens sobre o recrudescimento das muitas formas de intolerância em todo o Brasil também serão tematizadas durante a programação cultural. Destaques para as mesas “O Rio e o Rio que queremos”, uma reflexão sobre o momento atual da cidade (sábado, 28/10, às 11h); a ascensão do conservadorismo em “O conservadorismo e o retrocesso nos dias de hoje” (Domingo, 29/10, às 16h) e “A crise política e o poder no Brasil” (Sábado, 28/10, às 16h).

Também estão programadas mesas que debaterão temas estratégicos do mercado editorial, como “Edição e autopublicação” (sexta-feira, 27/10, às 16h). A mesa “Posto, logo existo: literatura em tempos de redes sociais” (domingo, 29/10, às 18h), analisará a interface entre as tecnologias analógicas e digitais.

Com o intuito de pensar o papel da gastronomia da teoria à prática, o evento promoverá a mesa “Toda comida tem uma história” (sábado, 28/10, às 18h). *A gastronomia terá outro ponto alto na instalação de um espaço gourmet no pátio externo da Casa França-Brasil, destinado ao atendimento do público, com sabores requintados, próximo ao monumento a Grandjean de Montigny.

A poesia musicada será contemplada por meio da mesa “Poesia e Música: as experiências de três poetas na música brasileira” (sábado, 28/10, 14h), onde o percurso dos versos literários para as letras de canções de Bruno Levinson, Mauro Santa Cecília e Rinaldi, três letristas consagrados na MPB, contarão as interações entre as muitas formas de expressão artística contidas nessa relação criativa.

O conjunto MEB (Música Extemporânea Brasileira) apresentará seu show “Boca do Mundo” (sexta, 27/10, 18h), onde são musicados poemas de autores como Fernando Pessoa, Paulo Leminski e Torquato Neto. O MEB é formado por Ticiana Passos (voz), Eduardo Lyra (percussão), Flávio Luiz (contrabaixo) e Zé Luiz Rinaldi (criação e composição).

As crianças também serão contempladas com uma programação específica oferecida pelo Clube de Leitura Quindim (em sua estreia na Primavera Literária), clube de assinaturas de livros infantis que mantém, entre os selecionadores de suas obras conveniadas, personalidades como Ziraldo, Adriana Calcanhotto e Marina Colasanti. O Espaço Infantil Clube Quindim terá uma programação rica em espetáculos, oficinas e contação de histórias.

Primavera Literária Rio 2017
Local: Casa França-Brasil – Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Centro, Rio de Janeiro – RJ
Período: de 26 a 29/10
Horário: das 10h às 20h – *não há previsão de fornecimento de comidas e bebidas gratuitamente no espaço gourmet no pátio externo da Casa França-Brasil.

Ainda dá tempo de conferir o CICLO DE CINEMA E DEBATE “Os Efeitos do Neoliberalismo“, sobre as consequências perversas do projeto neoliberal em todo o mundo”. Dia 27 será exibido o filme “Clube da Lua“, de Juan J. Campanella (Argentina, 2006).

O evento, que vai até o dia 25 de outubro, é promovido pelo Núcleo Piratininga de Comunicação (NPC) e pelo Sindicato dos Engenheiros no Rio de Janeiro (Senge-RJ).  As sessões acontecem toda última quinta-feira de cada mês, às 19h, no auditório do Senge-RJ.

 Senge-RJ: Av. Rio Branco, 277, 17º andar, Cinelândia.

Clique aqui e confira a programação completa!

A World Press Photo  promove debate sobre o fotojornalismo no Brasil, no próximo dia 22, às 19h, na Caixa Cultural do Rio de Janeiro (Av. Almirante Barroso, 25 — Centro). Participam do evento gratuito Daniel Kfouri, fotógrafo brasileiro premiado na edição 2010 do World Press Photo, Marizilda Cruppe, fotógrafa e jurada da edição do World Press Photo, e Kita Pedroza, Coordenadora da Agência Imagens do Povo. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail contato@produtoracapadocia.com.br.

Fonte: http://www.abi.org.br/destaques.asp?id=5296

%d blogueiros gostam disto: