Tag Archive: duo santoro


| Paulo e Ricardo Santoro participam do “Concertinhos de Eva para Crianças” , neste sábado, às 16h|
Foto do Duo Santoro - Paulo e Ricardo Santoro

Foto: Stefano Aguiar

Duo Santoro se apresenta no “Concertinhos de Eva para Crianças“, na Casa Museu Eva Klabin, na Lagoa, no dia 24 de fevereiro. A apresentação deste sábado, que tem classificação livre, começará às 16h e as senhas serão distribuídas a partir das 15h.

Único duo de violoncelos em atividade permanente no Brasil, o Duo Santoro estreou em 1990 e já se apresentou nas principais salas de concerto de todo o país. Seus recitais ecléticos incluem um repertório de estilos que vai do erudito ao popular. Os irmãos Paulo e Ricardo Santoro são mestres pela UFRJ e UNIRIO. Pertencem aos quadros da Orquestra Sinfônica Brasileira e da Orquestra Sinfônica da UFRJ, onde já se apresentaram várias vezes como solistas, além de participarem de outras formações camerísticas distintas, tais como trios, quartetos e outros duos. Nas comemorações de seus 20 anos, em 2010, se apresentaram em praticamente todo o Brasil e na República Dominicana, coroando o ano com um recital no famoso Carnegie Hall de Nova York. Em 2013, lançaram seu primeiro CD, “Bem Brasileiro”, totalmente dedicado a compositores brasileiros do século XX e contemporâneos, obtendo grande repercussão na imprensa nacional e internacional. Em 2017, lançaram seu segundo CD, “Paisagens Cariocas”, dedicado à música brasileira erudita e popular.

 

Concertinhos de Eva para Crianças – Apresentação do Duo Santoro 
Local: Casa Museu Eva Klabin – Avenida Epitácio Pessoa, 2480 – Lagoa – Tels.: 3202-8555 / 3202-8551
Data: dia 24/02 (sábado)
Horário: 16h (distribuição de senhas a partir das 15h)
Classificação: livre
Programação e produção: Nenem Krieger
Organização: Marcio Doctors
Programa:
W. A. MOZART – Pequena Serenata Noturna
L. BEETHOVEN – Fantasia sobre a 5ª Sinfonia
H. VILLA-LOBOS – O Trenzinho do Caipira
DIMITRI CERVO – Pedro e Marcela
ZEQUINHA DE ABREU – Tico-Tico no Fubá
ZÉ DO NORTE/LAMPIÃO – Mulher Rendeira
LUIZ GONZAGA/HUMBERTO TEIXEIRA – Asa Branca/Baião
CANCIONEIRO INFANTIL  – Músicas variadas

Anúncios
| Obras do compositor serão apresentadas por Paulo Santoro, Miriam Groisman e Conjunto de Saxofones da UFRJ |

Foto: José Nasser

Dando seguimento a sua 10ª Temporada no Centro Cultural da Justiça Federal, e a 20ª de sua carreira, o grupo carioca de compositores Prelúdio 21 promoverá um concerto especial no dia 25 de novembro, às 15h. O penúltimo recital do ano será todo dedicado a um dos seus fundadores, o compositor Sergio Roberto de Oliveira, falecido em junho deste ano. No programa, somente obras do músico tijucano através dos intérpretes Paulo Santoro (violoncelo), Miriam Groisman (piano) e o Conjunto de Saxofones da UFRJ. Será exibido também o seu videoclipe, “Ao Mar”, com a participação do Duo Santoro e da soprano Gabriela Geluda.

Duas vezes indicado ao Grammy Latino (2011 na categoria “Melhor Composição Clássica Contemporânea” e 2012 pelo CD “Prelúdio 21 – Quartetos de Cordas”, no qual atuou como produtor e compositor), Sergio Roberto de Oliveira vinha participando decisivamente no cenário musical brasileiro e internacional e continuou produzindo e compondo até o fim da vida. Sua ópera Na Boca do Cão, com interpretação da soprano e atriz Gabriela Geluda e direção de Bruce Gomlevsky, foi sua última obra escrita, apresentada no Centro Cultural Banco do Brasil nos meses de junho e julho deste ano. Mesmo bastante debilitado, produziu os discos “Trio Paineiras interpreta Compositores de Hoje” e o CD de estreia do Harmonitango.

Desde sua primeira indicação ao Grammy Latino, em 2011, Sergio Roberto de Oliveira se dedicou intensamente na difusão de sua obra e da música de concerto carioca. Produziu e lançou inúmeros títulos neste segmento, como os CDs do Quinteto Lorenzo Fernandez, Trio Capitu, os dois do Duo Santoro, Cristiano Alves, Ayran Nicodemo, Ricardo Tacuchian, The Biedermeiers, Duo Bretas-Kevorkian, GNU, Orquestra Sinfônica Nacional, escrevendo obras para a maioria destes.

Prelúdio 21 faz homenagem a Sergio Roberto de Oliveira
Local: Centro Cultural Justiça Federal – Teatro
Av. Rio Branco, 241 – Centro – Rio de Janeiro/RJ – Tel.: (21) 3261-2550
Data: dia 25/11 (sábado)
Horário: 15h
Distribuição de senhas meia-hora antes
Classificação: livre
Programa: obras de Sergio Roberto de Oliveira
O Romance da Princesa que foi atrás do príncipe –
Intérpretes: Conjunto de Saxofones da UFRJ
Brasileiro
Intérprete: Miriam Groisman (piano)
Three Cabbages and a Boy
Intérprete: Paulo Santoro (violoncelo)
Exibição do videoclipe “Ao mar”

Clique em “leia mais” ou em “View full article” e saiba mais sobre o homenageado e sobre o grupo Prelúdio 21.

Continue lendo

| A apresentação faz parte dos “Concertos da Juventude” , da Orquestra Sinfônica Brasileira, com ingresso a R$ 1 |

Foto: Alexandre Chaves

Foto: Alexandre Chaves

Da sessão “Não é de graça, mas é quase”:
No próximo sábado, dia 11 de junho, às 16h, Paulo Santoro, violoncelista do consagrado Duo Santoro, vai pedir licença ao meio erudito para, desta vez, empunhar seu violoncelo no jazz, no Teatro da Câmara da Cidade das Artes.  Ao lado da pianista Tamara Ujakova, do contrabaixista Alexandre Brasil e do baterista André Frias, o violoncelista vai tocar a famosa “Suite para Cello e Jazz Piano Trio”, do compositor francês Claude Bolling, criador da fusão jazz-erudito e considerado o responsável pela renovação do jazz tradicional na década de 1960. A apresentação faz parte dos “Concertos da Juventude” , da Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), com ingresso a 1 real. Principal intérprete da obra no país, há seis anos que Paulo não a executava.
Um mês depois, o músico será ainda solista da Orquestra Sinfônica da UFRJ em julho, dia 11, no Theatro Municipal, onde será apresentado  “Concerto para violoncelo e orquestra nº2”, de Villa-Lobos – a última vez que a obra foi tocada no Theatro Municipal foi em 1981, com Antonio Meneses. Este concerto faz parte das comemorações dos 71 anos da Academia Brasileira de Música, que tem exatamente Villa-Lobos como fundador e primeiro presidente.
Lembrando que o duo formado com seu irmão Ricardo Santoro – Duo Santoro – comemora 30 anos integrando a Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) e que já tem confirmado, para setembro, um concerto especial da OSB, na Sala Cecília Meireles, no qual os irmãos vão interpretar “Duplum”, obra para orquestra de João Guilherme Ripper, escrita especialmente para a data, com regência do americano Lee Mills.
Até lá, a dupla lança seu segundo disco de carreira, “Paisagens Cariocas”, novamente com produção de Sergio Roberto de Oliveira (A Casa Discos), reunindo composições para duo de violoncelo.
Paulo Santoro interpreta Claude Bolling, ao lado da pianista Tamara Ujakova, do contrabaixista Alexandre Brasil e do baterista André Frias
Horário: 16h
Local: Teatro da Câmara da Cidade Das Artes – Endereço:  Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ
Data: 11/06/2016, sábado
Informações: (21) 3328-5300
Ingressos: R$1,00
Bilheteria: terça a domingo, de 13h às 19h. Em dias de espetáculo, de 13h até 30 min após o início da apresentação
| Gêmeos violoncelistas já preparam segundo disco, repetindo a produção com Sergio Roberto de Oliveira, com lançamento neste ano |
Foto dos  irmãos violoncelistas Paulo e Ricardo Santoro, o Duo Santoro

Foto: Divulgação

Os irmãos violoncelistas Paulo e Ricardo Santoro, com mais de duas décadas de uma carreira bem sucedida com o Duo Santoro, perceberam que nunca fizeram um concerto com programa totalmente popular. À convite da Dell’Arte, os gêmeos aceitaram o desafio e, no próximo sábado, dia 07, no Espaço Furnas Cultural, vão apresentar pela primeira vez um repertório somente composto por Chiquinha Gonzaga, Tom Jobim, Sivuca, Pixinguinha e demais nomes consagrados da música popular brasileira. O concerto tem entrada franca e faz parte da série “Duo Brasileiros”.

Os ingressos serão distribuídos a partir das 14h, no dia do espetáculo, 1 (um) ingresso por pessoa, limitados à capacidade do auditório, que é de 170 lugares. A classificação é livre.

As novidades não param por aí. Depois de lançar, em 2011, o disco “Bem Brasileiro” – o primeiro de carreira – o Duo Santoro já está em estúdio preparando o segundo disco, repetindo a dobradinha com o produtor Sergio Roberto de Oliveira. No repertório, músicas compostas especialmente para os gêmeos do violoncelo, com destaque para obras novíssimas de Ricardo Tacuchian e Ronaldo Miranda, e ainda peças de Dimitri Cervo, Oswaldo Carvalho e do próprio Sergio de Oliveira.
Duo Santoro
Nascidos no Rio de Janeiro, os gêmeos Paulo e Ricardo fazem parte da Orquestra Sinfônica Brasileira desde 1986 e da Orquestra Sinfônica da UFRJ desde 1989, no mesmo ano em que se graduaram pela Escola de Música da UFRJ com nota máxima e dignidade acadêmica Magna Cum Laude. Com Mestrado em Música, já se apresentaram como solistas à frente de várias orquestras, além de participarem de outras formações camerísticas distintas, tais como Trios, Quartetos e outros Duos. Único duo de violoncelos em atividade permanente no Brasil, o Duo Santoro estreou em 1990 e já se apresentou nas principais salas de concerto do Brasil. Seus recitais incluem um leque eclético de estilos que vai do erudito ao popular. As transcrições e arranjos para violoncelos são assinados, na sua maioria, pelo próprio Duo. Uma das principais metas do Duo Santoro é a divulgação da música brasileira. Para isso, contam com a colaboração de vários compositores, que dedicaram algumas de suas principais obras ao Duo.

 

Programa:
CHIQUINHA GONZAGA – Gaúcho
ERNESTO NAZARETH – Brejeiro
PIXINGUINHA – Lamento
TOM JOBIM – Eu sei que vou te amar
SIVUCA – Feira de Mangaio
DORIVAL CAYMI – História de Pescadores
TOM JOBIM – Luíza
ZEQUINHA DE ABREU – Tico-Tico no Fubá
LUIZ GONZAGA/HUMBERTO TEIXEIRA – Asa branca/Baião
TOM JOBIM – Chega de Saudade
WALDIR AZEVEDO – Brasileirinho

Duo Santoro no Espaço Furnas Cultural
Data: Dia 7/02 – sábado, às 20:50h
Local: Espaço Furnas Cultural – Rua Real Grandeza, 219 – Botafogo – Rio de Janeiro, RJ – Informações: (21) 2528-2794
Retirada de ingressos: Os ingressos serão distribuídos a partir das 14h, nos dias dos espetáculos, 1 (um) ingresso por pessoa, limitados à capacidade do auditório: 170 lugares.
Classificação: livre

Foto Duo Santoro

Foto: Divulgação

Os gêmeos cariocas Ricardo e Paulo Santoro fazem show no dia 14 de setembro, às 16h, no Sesc Tijuca. O duo de violoncelos apresentará temas do CD “Bem brasileiro”, dedicado a compositores brasileiros, lançado em maio desde ano. Entre as músicas do repertório estão “O trenzinho do caipira”, de Heitor Villa-Lobos, “Choro seresteiro”, de Osvaldo Lacerda, e “Bis”, de Sergio Roberto de Oliveira.

Os músicos iniciaram seus estudos musicais com seu pai, o contrabaixista Sandrino Santoro. Em 1989, graduaram-se pela Escola de Música da UFRJ com nota máxima e dignidade acadêmica Magna Cum Laude, obtendo o título de Especialização em Violoncelo. Os irmãos possuem o Mestrado em Música e fazem parte da Orquestra Sinfônica Brasileira desde 1986 e da Orquestra Sinfônica da UFRJ desde 1989. De acordo com informações do site dos músicos, o Duo Santoro é único duo de violoncelos em atividade permanente no Brasil. Estreou em 1990 e já se apresentou nas principais salas de concerto de todo o país. Seus recitais são ecléticos, com repertório que vai do erudito ao popular. As transcrições e arranjos para violoncelos são assinados, em sua maioria, pelo próprio Duo. A dupla Já tocou ao lado de ícones da música popular como Sivuca, Robertinho do Recife, Bibi Ferreira, Maria Bethânia e Gilberto Gil, entre outros. No teatro, já se apresentou ao lado dos atores como Carlos Vereza e Nathalia Timberg, além de participações em discos de Guilherme Arantes, Simone, Almir Sater e Roberto Carlos.

Nas comemorações dos 20 anos do Duo Santoro, em 2010, Ricardo e Paulo se apresentaram em praticamente todo o Brasil e na República Dominicana, coroando o ano com um recital no famoso Carnegie Hall de Nova York.

Show “Bem brasileiro”, com Duo Santoro
Local: Sesc Tijuca – Rua Barão de Mesquita, 539 – Tijuca – Tel.: 3238-2164
Data: 14/9/2013 (sábado), às16h
Classificação: livre

Atenção! As senhas devem ser retiradas uma hora antes, na bilheteria.

%d blogueiros gostam disto: