Tag Archive: Grupo Off-Sina


| Projeto “De Olho no Duto” leva arte do palhaço para o bairro a partir das 14h |

Foto: divulgação

O Instituto Cultural Escola Livre de Palhaços – ESLIPA apresenta o projeto “De Olho no Duto” – que conta com investimento social da Transpetro – neste sábado, 10 de novembro, na Ilha do Governador. A iniciativa tem como foco principal oferecer aos moradores locais um dia de atividades culturais gratuitas, incluindo espetáculo e roda de conversa. A programação acontecerá a partir das 14h, na comunidade São José dos Operários (Estrada da Porteira, próximo ao nº 620).

Às 14h, um cortejo abrirá a programação com a presença de palhaços, malabaristas e pernas-de-pau, tocando seus instrumentos, cantando e convidando o público para participar da programação. Em seguida, às 15h, haverá a apresentação do espetáculo “Lá vem o circo“, que mostra uma trupe de palhaços chegando numa comunidade e buscando um lugar para montar seu Circo Pinico sem Tampa. O espetáculo mostra a peculiar relação entre os palhaços, permeada por situações de amizade, conflitos e conquistas.

A programação se encerra com roda de conversa (16h), um bate-papo entre os artistas e moradores para identificar as manifestações artísticas existentes nas comunidades e fortalecer as iniciativas culturais dos moradores.

Os diretores e artistas da ESLIPA, Richard Riguetti e Lilian Moraes, destacam que o objetivo do projeto é promover a cidadania, os direitos humanos, a inclusão social e o respeito à diversidade humana e cultural das comunidades. “Todas as atividades do projeto serão realizadas em espaços públicos abertos, com o compromisso de promover o diálogo permanente entre os artistas e a comunidade, para identificar, potencializar e valorizar as iniciativas artísticas e culturais de cada região”, explicam os artistas.

Para a Transpetro, “o projeto tem premissas básicas de transformação social, calcadas na formação cidadã, no engajamento  das comunidades, na atuação forte da divulgação dos canais de comunicação e ações e informações preventivas, além do desenvolvimento do senso de pertencimento local”.

O projeto “De Olho no Duto” contemplará 39 comunidades do Rio de Janeiro, vizinhas às instalações dos dutos da Transpetro, como Itaguaí, Mangaratiba, Nova Iguaçu, Duque de Caxias, Macaé, Quissamã, Magé, Paracambi, Miguel Pereira, Guapimirim, Rio das Ostras, Carapebus, Campos, Casimiro de Abreu e Paracambi. As apresentações acontecerão durante dois anos, envolvendo mais de 600 atividades artísticas, como oficinas, cortejos, espetáculos e rodas de conversa. Estima-se que 150 mil pessoas de todas as idades serão favorecidas.

Sobre o Off-Sina
O GRUPO OFF-SINA é uma companhia de circo-teatro de rua com mais de 30 anos de existência, que desenvolve um trabalho de pesquisa continuada sobre o teatro popular e a arte do riso, pautados na dramaturgia do palhaço e na excentricidade musical, através do resgate de entradas, gag’s, reprises e comédias de picadeiro pela tradição oral circense. O grupo tem a missão de contribuir para o reconhecimento, valorização e difusão de aspectos da identidade nacional, presentes na produção simbólica do circo-teatro para parte da população que não tem acesso aos aparelhos culturais do país, ampliando o acesso a bens de cultura e aprofundando o debate sobre o compartilhamento dos espaços públicos abertos. A companhia é formada pelo casal de artistas Richard Riguetti e Lilian Moraes e seus filhos Pedro e Renato Riguetti. Com sede no bairro do Cosme Velho, Rio de Janeiro, é um dos grupos que mais circula de Norte a Sul do Brasil, onde já se apresentou em 24 estados e mais de 950 cidades.

Projeto “De Olho no Duto”
Local: Comunidade São José dos Operários (Estrada da Porteira, próximo ao nº 620)
Data: dia 10/11 (sábado)
Horário: a partir das 14h
*Importante: em caso de chuva, o evento pode ser adiado

Foto: Espetáculo Tremelicando / Divulgação

Foto: Espetáculo Tremelicando / Divulgação

Projeto “O Circo Teatro e a Cidade“, coordenado pelo Grupo Off-Sina, leva três espetáculos gratuitos ao Largo do Machado neste sábado, dia 21, a partir das 11 horas. O primeiro a ser apresentado será “O Homem Banda”, da Cia UmPédeDois, formada pelos artistas Mariana Ferrreira e Mauro Buzza. A peça começa quando se escuta ao longe o som de um harmonioso acordeon acompanhado de chocalhos, pratos, bumbos e apitos. E imagina-se que aí vem a banda! E vem mesmo, mas não uma banda comum e sim uma banda inteira orquestrada apenas por um homem só! Maurolauropaulo é um músico inventor que apresenta sua profunda crise de personalidade através de um espetáculo e uma parafernália cheia de sonoridades.

Em seguida, o Grupo Off-Sina encena “Tremelicando” – uma homenagem ao casal de palhaços Treme-Treme e Corrupita – que por muitos anos alegrou plateias de todo o Brasil com sua arte. No espetáculo, os palhaços Currupita e Café Pequeno apresentam excêntricos números onde bombas de bicicleta, sinos, latas, moedas, buzinas e guizos são transformados em inusitados instrumentos musicais.

Finalizando a programação, os alunos da Eslipa (Escola Livre de Palhaços) apresentam o espetáculo “Que palhaço sou eu?”, a partir das 16 horas.

“O Circo Teatro e a Cidade” – Programação:

Local: Largo do Machado
Data: dia 21 de setembro, sábado
11h – “O Homem Banda”, com a Cia UmPédeDois
12h – “Tremelicando”, com Grupo Off-Sina
16h – “Que palhaço sou eu?”, com alunos da Eslipa

Palhaços se apresentam no Largo do Machado

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tem palhaçada?! Tem sim, senhor! Parece mesmo que o mês de agosto foi reservado para a arte circense por aqui. A cidade recebe mais uma opção de lazer e entretenimento com risadas garantidas.

O projeto “O circo e a cidade“- série de atividades gratuitas relacionadas às artes da palhaçaria – promove espetáculos de rua e aulas de palhaço para artistas de várias regiões do país entre os dias 11 e 17. A programação começa no domingo (11), às 16 horas com a apresentação de dois espetáculos no Largo do Machado: “Circo do Só eu”, com o Mestre Esio Magalhães e “Tremelicando”, do Grupo Off-Sina.

O primeiro gira em torno do majestoso Circo do Sol, que com todas as suas atrações fenomenais, aceita o convite para se apresentar em uma cidade, até que recebe outra proposta muito mais lucrativa e decide cancelar, de última hora, a apresentação do espetáculo.

O espetáculo do Grupo Off-Sina apresenta uma homenagem a Treme-Treme e Corrupita, casal de palhaços que por muitos anos alegrou as platéias de todo o Brasil com sua arte. “Tremelicando” faz uma espécie de resgate de um tipo de humor ingênuo, popular e tipicamente brasileiro que, além de divertir, emociona por despertar a criança que nunca deixa de existir dentro de cada um de nós.

Durante a semana, vinte artistas de todo o país, selecionados para compor a segunda turma da Escola Livre de Palhaços (Eslipa), participam de aulas para a formação artística, qualificação e aperfeiçoamento técnico. As aulas acontecem na Escola Nacional de Circo, ministradas e coordenadas por Ésio Magalhães, palhaço, ator e produtor do Barracão Teatro – espaço de investigação e criação teatral situado em Campinas, São Paulo.

Para finalizar esta edição do projeto “O Circo e a Cidade“, alunos da Eslipa farão uma apresentação gratuita no Largo do Machado, às 16h, no dia 17, com esquetes e intervenções baseadas nas aulas que tiveram durante a semana.

Programação:

O Circo e a Cidade

– Dia 11/08 (domingo), às 16 horas:
Espetáculos:Circo do Só eu” – com Esio Magalhães, do Barracão Teatro (SP) e “Tremelicando” – com o Grupo Off-Sina (RJ)
– Dia 17/08 (sábado), às 16 horas:
Apresentação dos artistas alunos da Eslipa
Local: Largo do Machado

Dica: O Grupo Doutores da Alegria (possui unidades em São Paulo, no Rio de Janeiro e no Recife.) está com inscrições abertas até o dia  6 de setembro de 2013 para seu Programa de Formação de Jovens, que acontece em São Paulo. A formação se destina a jovens de comunidades populares que desejem ingressar no mercado artístico. Entre os pré-requisitos para a inscrição estão: ter entre 17 e 23 anos, renda familiar de até 3 salários mínimos, disponibilidade de comparecer às aulas de segunda a sexta (9h às 13h) e ter concluído o ensino fundamental ou estar matriculado na rede pública. Não é necessário ter experiência anterior. As aulas tem início em fevereiro de 2014. “O programa não se destina a formar jovens para ingresso no elenco do hospital.”
Mais informações no site http://www.doutoresdaalegria.org.br , pelo tel.:
(11) 3061-5523 ou pelo e-mail fpj@doutoresdaalegria.org.br.
%d blogueiros gostam disto: