Tag Archive: leitura


| Evento desta segunda-feira, 27/05, terá contação de histórias infantis e roda de leitura e poesia | 
Foto de livros empilhados

Foto: divulgação

Visando estimular a cultura e o hábito de ler, o TopShopping, em parceria com o curso de Letras da Universidade Estácio de Sá (Campus Nova Iguaçu), realiza uma roda de leitura e poesia nesta segunda-feira, dia 27 de maio,a partir das 17h30.

Os participantes poderão levar livros para doar ou trocá-los por outros. Professores e alunos de Letras da Estácio estarão no local para auxiliar o público. As obras doadas ficarão no Espaço Leitura (localizada no 3º piso do shopping da Baixada Fluminense). Durante a ação também será realizada uma contação de histórias infantis.

Troca-troca de Livros
Local: TopShopping (Espaço Leitura – 3º piso) – Avenida Governador Roberto Silveira, 540 – Centro – Nova Iguaçu/RJ – Tel.: (21) 2667-1787
Data: dia 27/05 (terça-feira)
Horário: 17h30

 Clique aqui e compre livros em promoção no Magazine Você.

Anúncios
| Evento desta segunda-feira, 27/05, acontece em parceria com a Universidade Estácio de Sá e apoio da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu |

Foto: divulgação

Na próxima segunda, 27 de maio, a partir das 17h30, o Top Shopping – em parceria com o curso de Letras da Universidade Estácio de Sá de Nova Iguaçu – realizará o evento cultural “Roda de Leitura e Poesia”. A atração acontecerá no 3º piso do shopping de Nova Iguaçu, e contará com diversas atividades, como troca-troca de livros, contação de histórias para crianças e muita música.

A iniciativa tem o apoio da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu – FENIG e o objetivo dos organizadores é oferecer cultura à população de toda a Baixada Fluminense, fazendo com que as crianças despertem o gosto pela leitura.

“Estamos bem motivados – professores e alunos – para participarmos da roda de leitura e poesia, acreditamos que somente por meio da educação podemos transformar as vidas das pessoas. Os estudantes do curso de Letras terão uma chance de aliar teoria e prática”, comenta Tatiana Farias – Professora e coordenadora do curso de Letras da Estácio de Sá.

Roda de Leitura e Poesia
Local: TopShopping (Espaço Leitura – 3º piso) – Avenida Governador Roberto Silveira, 540 – Centro – Nova Iguaçu / RJ – Tel.: (21) 2667-1787
Data: dia 27/05 (segunda-feira)
Horário: a partir das 17h30

Clique aqui e compre livros em promoção no Magazine Você!

| Projeto do SESC conta com intervenção literária com performance artística que mistura leitura, teatro e interação com o público | 

Foto: divulgação

O sucesso foi tão grande que o projeto “Ponto de Leitura”, do SESC, volta ao Caxias Shopping no dia 25 de maio (sábado) para mais uma edição. Em uma área especial com tapetes coloridos e pufes, das 14h às 18h, o público será convidado a dedicar um tempo ao universo da leitura.

O projeto é um serviço de extensão da Gibiteca João Carpalhau da Unidade SESC Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, com a disponibilização de pequeno acervo com livros em HQ e revistas em quadrinhos para que os clientes possam ler no local. A programação é aberta para o público de todas as idades. Os pais podem levar os filhos e ler com eles. Para incentivar ainda mais os leitores, haverá uma intervenção literária com uma performance artística que mistura leitura, teatro e interação com o público.

Ponto de Leitura SESC
Local: Caxias Shopping – Rodovia Washington Luiz, 2895 – Duque de Caxias/RJ – Tel.: (21) 2430-5110 / WhatsApp (21) 9-9305-3611
Data: dia 25/05 (sábado)
Horário: das 14h às 18h

Dica Magazine Você:
Clique aqui e compre livros pelo site.

| Aula inaugural acontece dia 14/05 e contará com  a presença de amigos do músico, como Flavia Oliveira, Letícia Sabatella, Leonardo Lichote e José Júnior |

Foto: divulgação

Estão abertas as inscrições para o ciclo “Narrativas Curtas – Uma Homenagem a Marcelo Yuka”, que o Museu de Arte do Rio – MAR, sob a gestão do Instituto Odeon e por meio da Escola do Olhar, oferece em parceria com a FLUP – Festa Literária das Periferias. O curso funciona como uma espécie de concurso no qual os alunos serão estimulados a produzir contos sobre um dos títulos indicados nas aulas. Posteriormente, os textos serão reunidos em um livro que será publicado pela FLUP em 2020.  Os interessados em participar de todo o ciclo “Narrativas Curtas”, que acontece entre os dias 21 de maio e 23 de julho, devem ser maiores de 16 anos se inscrever pelo link http://bit.ly/NarrativasCurtas.

A aula inaugural do curso será uma grande celebração à obra de Marcelo Yuka. O encontro acontece no dia 14 de maio, às 17h, e vai reunir poetas e amigos do artista, como Renato Fontes, DJ TR, Orlando Zacconi, Marcelo Lobato, Giovana Hallack, Fred Coelho, Edu Alves, Leonardo Lichote, MC Leonardo, Flávia Oliveira, José Junior, Letícia Sabatella, Eliane de Souza e Numa Ciro. Os inscritos no ciclo “Narrativas Curtas” já têm lugar garantido na aula aberta, mas quem não está poderá participar do encontro inaugural fazendo a inscrição pelo link: http://bit.ly/VivaMarceloYuka.

Por intermédio do Ciclo de Narrativas Curtas, processo de formação de novos autores da Festa Literária das Periferias – FLUP, já foram lançadas sete elogiadas coletâneas de contos. O curso revelou talentos emergentes da literatura brasileira como Ana Paula Lisboa e Geovani Martins. Os dois últimos lançamentos, as coletâneas “90 anos de Malandragem” e “Conta Forte, Conta Alto”, homenagearam os mestres do samba Bezerra da Silva e Martinho da Vila, respectivamente.

O Museu de Arte do Rio – MAR
Uma iniciativa da Prefeitura do Rio em parceria com a Fundação Roberto Marinho, o MAR tem atividades que envolvem coleta, registro, pesquisa, preservação e devolução à comunidade de bens culturais. Espaço proativo de apoio à educação e à cultura, o museu já nasceu com uma escola – a Escola do Olhar –, cuja proposta museológica é inovadora: propiciar o desenvolvimento de um programa educativo de referência para ações no Brasil e no exterior, conjugando arte e educação com base no programa curatorial que norteia a instituição.
O MAR é gerido pelo Instituto Odeon, uma organização social da Cultura, selecionada pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro por edital público. O museu tem o Grupo Globo como mantenedor, a Equinor como patrocinadora master e a Rede D’Or São Luiz como apoiadora de exposições por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.
A Escola do Olhar conta com patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, Dataprev, TNA, In Press e BNY Mellon por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS e do Machado Meyer Advogados via Lei Federal de Incentivo à Cultura.
O MAR conta também com o apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro e realização do Ministério da Cidadania e do Governo Federal do Brasil por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Narrativas Curtas – Uma Homenagem a Marcelo Yuka
Local: Museu de Arte do Rio – MAR – Praça Mauá, 5, Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data: aula inaugural – dia 14 de maio, às 17h

| Evento para público infantil inclui oficinas de desenho e pintura |

Foto: divulgação

Para alegria da criançada, o Shopping Jardim Guadalupe retoma sua programação infantil e promove, em parceria com o Instituto Mundo Novo, contação de histórias, no dia 6 de abril (sábado), das 14h às 16h. O evento também terá oficinas de desenho e pintura. As inscrições devem ser feitas a partir das 13h30, por ordem de chegada e limitadas a 50 atendimentos. As atividades serão realizadas no 2º piso do empreendimento.

Contação de histórias
Local: Shopping Jardim Guadalupe (2º piso) – Avenida Brasil, 22.155 -Guadalupe – Rio de Janeiro/RJ – Tel.: (21) 3512-9100
Data: dia 6/04 (sábado)
Horário: 14h às 16h
Inscrições: a partir das 13h30

| Em área especial com tapetes coloridos e pufes, público será convidado a dedicar um tempo para mergulhar no universo da leitura |

Foto: divulgação

O Caxias Shopping receberá o “Ponto de Leitura SESC” no dia 30 de março (sábado). Em uma área especial com tapetes coloridos e pufes, o público será convidado a dedicar um tempo para mergulhar no universo da leitura, das 14h às 18h. O projeto é um serviço de extensão da Gibiteca João Carpalhau da Unidade SESC Duque de Caxias, com a disponibilização de pequeno acervo com livros em HQ e revistas em quadrinhos. A programação é aberta para o público todas as idades. Os pais podem levar os filhos e ler com eles.

Ponto de Leitura SESC no Caxias Shopping
Local: Caxias Shopping – Rodovia Washington Luiz, 2895 – Duque de Caxias/RJ – Tel.: (21) 2430-5110 / WhatsApp (21) 99305-3611
Data: dia 30/03 (sábado)
Horário: das 14h às 18h

| Apresentação de adaptação teatral da Dimensões Produções e Eventos acontece às 16h |

Foto/arte: reprodução internet

Neste domingo, dia 17 de fevereiro, Shopping Nova Iguaçu recebe em seu palco uma apresentação da peça teatral infantil A Princesa e a Ervilha. A encenação da adaptação no shopping da Baixada Fluminense, realizada pela Dimensões Produções e Eventos, acontecerá às 16h. Com direção de Marco André Garcia e um elenco composto por Yasmim Miranda, Fernando Lúcio, Thais Oliveira e Lucas Peixoto, além do próprio diretor, o espetáculo promete encantar e divertir toda a família.

Em um país muito distante havia um reino governado pela tirania de uma rainha muito severa que tinha um filho chamado Rick. O príncipe andava bastante cabisbaixo, mas com a ajuda do seu empregado e amigo, o bobo da corte, descobriu que o grande motivo de seu desânimo era a falta de uma amada. Graças a isso, o príncipe foi a busca de sua pretendente, mas havia uma grande exigência da parte de sua mãe: essa garota deveria ser uma legítima princesa. Para que a rainha tivesse certeza disso, aquela por quem o príncipe se apaixonasse seria posta à prova.

Espetáculo Teatral Infantil “A Princesa e a Ervilha”
Local: Shopping Nova Iguaçu (palco da praça de alimentação) – Avenida Abílio Augusto Távora, 1111 – Luz – Nova Iguaçu/RJ
Data: dia 17/02 (domingo)
Horário: 16h
Classificação: livre

Clique aqui e compre livros infantis em promoção – como a história de “A Princesa e a Ervilha” – no Magazine Você!

São oferecidas mais de 100 oportunidades gratuitas em diversas unidades | 

Foto: reprodução internet

As inscrições para as vagas PCG (Programa de Comprometimento e Gratuidade) e gerais em Imersão em Língua Estrangeira (inglês e espanhol) ainda seguem abertas em diversas unidades do Sesc RJ. O curso conta com módulos de 60 horas nos níveis básico, intermediário e avançado. São ofertadas 212 vagas pagantes e 108 gratuitas.

As aulas presenciais são destinadas a jovens com idade a partir de 15 anos que estejam cursando o ensino médio e adultos a partir de 18 anos. O Curso de Imersão em Língua Estrangeira oferece um método de ensino e aprendizagem que amplia os conhecimentos sobre os idiomas por meio do estudo de situações cotidianas, conteúdos gramaticais, músicas, atividades interativas, vídeos e demais recursos que estimulam a compreensão oral e escrita e o desenvolvimento das habilidades de comunicação oral, compreensão, leitura e escrita no idioma de interesse.

As inscrições estão abertas nas unidades Barra Mansa, Campos, Engenho De Dentro, Madureira, Niterói, Quitandinha, Santa Luzia, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, São Gonçalo, Teresópolis, Tijuca e Três Rios. Mais informações em www.sescrio.org.br.

Imersão em Língua Estrangeira (Inglês e Espanhol)
Inscrições: setor de matrículas das unidades Barra Mansa, Campos, Engenho De Dentro, Madureira, Niterói, Quitandinha, Santa Luzia, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, São Gonçalo, Teresópolis, Tijuca e Três Rios
Preços: R$ 77,00 (comerciários e dependentes) / R$ 115,00 (conveniados) / R$ 154,00 (usuários e dependentes);

| Peça infantil é atração do projeto “Domingo é Dia de Teatrinho” | 

Foto: divulgação

Amizade e emoção embalam este domingo (10/02) do Madureira Shopping, com a apresentação da peça teatral infantil “João e Maria na Floresta Encantada“. O espetáculo faz parte do projeto Domingo é Dia de Teatrinho, que leva cultura e diversão gratuita às famílias da região. A atração acontece às 16h.

A peça conta a história de João e Maria, irmãos que resolvem descobrir se as histórias contadas por sua avó eram verdadeiras. Ela contava que na floresta havia uma casa feita de doces e que uma misteriosa senhora morava nesta “doce casa”. A aventura de João e Maria acontece com grandes surpresas e divertidas ações. Um convite para se emocionar.

Domingo é dia de Teatrinho: peça infantil “João e Maria na Floresta Encantada’
Local: Madureira Shopping (2ª piso – antigo Pit Stop) – Estrada do Portela, 222 – Madureira – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia10/02
Horário: 16h

| Atividades lúdicas infantis, a partir das 17h, inclui distribuição de livros e contação de histórias |

Foto: Aline Ferraz

Neste domingo, dia 10 de fevereiro, o Center Shopping Rio realiza a “Oficina Samba Menino“, que animará crianças com atividades lúdicas a partir das 17h. O evento acontecerá no 2° piso, ao lado da praça de alimentação do shopping, em Jacarepaguá.

Em um lounge a garotada poderá participar de oficinas de desenho, pintura, reciclagem e confecção de barangadão. Criado pelo músico, publicitário e produtor cultural Raphael Moreira, o livro “Samba Menino” inspirou o projeto que leva o mesmo nome e realiza um conjunto de atividades culturais e didáticas para o público infantil.

O evento também contará com distribuição de livros e contação de histórias.

Oficina “Samba Menino”
Local: Center Shopping Rio (2° piso, ao lado da praça de alimentação) – Avenida Geremário Dantas, 404 – Jacarepaguá – Rio de Janeiro/RJ – Tel.: (21) 3312-5000
Data: dia 10/02 (domingo)
Horário: 17h

| “Hora de Clarice”, com atividades sobre crônicas da escritora, acontece dia 11/12, no Rio e em SP |
Foto da escritora Clarice Lispector

Foto: Bluma Wainer. Acervo Clarice Lispector/IMS

Consagrada por romances como A paixão segundo G.H. e A hora da estrela, Clarice Lispector (1920-1977) também foi uma exímia cronista, ainda que não se sentisse totalmente à vontade com o gênero. Esse viés de sua produção será abordado na próxima edição do evento Hora de Clarice, realizado no dia 11 de dezembro (terça-feira), nas sedes do Instituto Moreira Salles (IMS) no Rio de Janeiro e em São Paulo. Organizado anualmente, o projeto foi lançado pelo IMS em 2011 com o intuito de fazer com que a data de nascimento da escritora, 10 de dezembro, faça parte do calendário cultural do país.

No IMS Rio serão abordados os textos de Lispector publicados na imprensa. Às 20h, a atriz Clarice Niskier lerá crônicas da escritora selecionadas por Eucanaã Ferraz, consultor de literatura do instituto. A leitura será pontuada por breves peças musicais compostas por Vitor Niskier Braga especialmente para a apresentação. Segundo Ferraz, Clarice “dobrou a língua portuguesa, que não havia chegado ainda nesse nível de experimentação, de sutileza. Ela faz no século XX o que Machado de Assis fez no século XIX.”

No IMS Paulista, a atividade terá início às 19h, com uma leitura de crônicas de Lispector realizada pela escritora Andréa del Fuego. Em seguida haverá uma palestra com Pedro Karp Vasquez, responsável pela obra da autora na editora Rocco e organizador do volume Todas as crônicas, lançado este ano. O livro reúne, pela primeira vez, na íntegra, os textos do gênero escritos por Lispector para periódicos, especialmente o Jornal do Brasil, e revistas, como Senhor Joia.

Em texto publicado no site do IMS dedicada à autora, Bruno Cosentino escreve sobre a relação de Lispector com a crônica. Resistente à ideia de escrever para ganhar dinheiro, ela costumava expor seus desconfortos com o gênero. “Na literatura de livros permaneço anônima e discreta. Nesta coluna estou de algum modo me dando a conhecer. Perco minha intimidade secreta? Mas que fazer? É que escrevo ao correr da máquina e, quando vejo, revelei certa parte minha”, afirmou. Com o tempo, no entanto, a prática proporcionou gratificação. “Escrevi nove livros que fizeram muitas pessoas me amar de longe. Mas ser cronista tem um mistério que não entendo, […] tem me trazido mais amor ainda. Sinto-me tão perto de quem me lê.”

O acervo da escritora está sob a guarda do IMS desde 2004, sendo formado por uma biblioteca de cerca de 800 livros e um arquivo com seis documentos, entre os quais manuscritos dos romances A hora da estrela e Um sopro de vida, correspondências, um caderno de notas, entre outros itens. Além de promover a Hora de Clarice, o IMS já homenageou a escritora com o volume duplo (17-18) dos Cadernos de Literatura Brasileira. Também lançou o livro Clarice Lispector – Figuras de escrita, de Carlos Mendes de Sousa, e organizou a mostra Clarice, pintora, exibida em 2009 no IMS Rio. Em 2012, criou um site dedicado à escritora.

Além das sedes do Rio e de São Paulo, o IMS Poços apresenta uma atividade educativa em homenagem à escritora. No dia 10 de dezembro, às 9h, o centro cultural realizará uma oficina com os alunos da Escola Municipal Antônio Sérgio Teixeira baseada na obra da autora. O IMS também convida parceiros e amigos para celebrar o aniversário de Lispector. Assim como nos anos anteriores, tanto a programação do IMS como a das instituições parceiras estarão disponíveis no site horadeclarice.ims.com.br.

Hora de Clarice
Local: Auditório do IMS Rio – Rua Marquês de São Vicente, 476 – Gávea – Rio de Janeiro/RJ – Tel.: (21) 3284-7400
Data: dia 11/12
Horário: 20h
Distribuição de senhas 30 minutos antes e limite de 1 (uma) por pessoa

| “Jota Rodrigues – A Arte da Vida Atrevida” fica em cartaz de 1º/11/2018 a 3/03/2019 |

Foto: Francisco Moreira da Costa – Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular 

O poeta pernambucano radicado em Nova Iguaçu Jota Rodrigues, falecido em fevereiro deste ano, será homenageado em uma exposição idealizada pelo Sesc RJ, que será inaugurada no dia 1º de dezembro, em sua unidade de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A mostra, batizada de “Jota Rodrigues – A Arte da Vida Atrevida”, aborda a vida e a obra do cordelista, que, além de autor de mais de 400 títulos, também foi xilógrafo, gráfico, músico e estudioso de fitoterapia. Idealizada pelo Sesc RJ, a exposição tem a curadoria do antropólogo Ricardo Gomes Lima, professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ.

A exposição conta a história de Jota por meio de um painel ilustrado e apresenta sua vasta produção artística. Entre as peças que serão exibidas estão manuscritos, fotografias, folhetos de cordel escritos e impressos pelo próprio artista, matrizes em madeira, xilogravuras em papel e tecido e registros etnográficos dos diversos conjuntos musicais criados por ele. A mostra também adentra no mundo das plantas medicinais que ele estudava e cultivava em seu jardim para distribuir a amigos e vizinhos. O acervo pertence à Maria Aparecida de Oliveira, filha do artista.

Cidadão Iguaçuano, patrono de bibliotecas e premiado pelo MinC– Pernambucano de Águas Belas, pai sertanejo e mãe da etnia Carijó/Fulni-ô, Jota Rodrigues chegou à Baixada Fluminense em 1964. Estabeleceu-se com mulher e filhos em Nova Iguaçu, na região do Morro Agudo (hoje Comendador Soares). Faleceu em 22 de fevereiro de 2018, não sem antes ter seu valor reconhecido na região que escolheu para viver e também nacionalmente. Foi patrono e deu nome a diversas bibliotecas escolares e comunitárias da região e, em 2007, recebeu o Prêmio Culturas Populares, do Ministério da Cultura. Em 2009 a Câmara Municipal de Nova Iguaçu lhe concedeu o título de Cidadão Iguaçuano. Em 2018, recebeu homenagem póstuma na 8ª Conferência Municipal de Nova Iguaçu. O município receberá a exposição em março de 2019, também na unidade do Sesc.

Bate-papo com a filha e pesquisadores – A abertura da exposição, neste sábado (1/12), às 15h, contará com um bate-papo sobre a vida e a obra do artista. O encontro reunirá a filha, Maria Aparecida, o curador Ricardo Lima e a pesquisadora Cáscia Frade (UERJ). Como os três conviveram com Jota Rodrigues e estudaram a sua obra, o tema será as características do trabalho do artista, assim como aspectos da sua vida pessoal e profissional. Conterrâneo do homenageado, nascido no mesmo município, o ator e cordelista Edmilson Santini fará uma intervenção artística baseada na obra do poeta.

Exposição Jota Rodrigues – A Arte da Vida Atrevida
Local: Sesc Duque de Caxias – Rua General Argolo, 47 – Jardim 25 de Agosto/RJ – Tel.: 21 3659-8377
Abertura: dia 1/11/2018, às 15h
Visitação: de terça a sábado (exceto feriados), das 8h às 17h
Período: até 03/032019
Classificação indicativa: livre

| Recital cênico “Poesia de Pai para Filho – Encontro de Duas Gerações” terá única apresentação, nesta quarta-feira, dia 21 de novembro, na Gávea |

Foto: divulgação

Após sucesso em Brasilia, Porto Alegre, Curitiba e Belo Horizonte, o espetáculo teatral “Poesia de Pai para Filho – Encontro de Duas Gerações” chega ao Rio de Janeiro em única apresentação, no Teatro das Artes, na Gávea, no dia 21 de novembro, às 20h. No palco, o escritor Fabrício Carpinejar homenageia Carlos Nejar, seu pai.

A peça é comemorativa às seis décadas de literatura de Carlos Nejar (79 anos de idade), membro da Academia Brasileira de Letras (ABL), e indicado ao Nobel pela Academia Brasileira de Filosofia, e aos 20 anos de carreira de Carpinejar (45 anos), que já recebeu prêmios como o Jabuti e o da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA).

Esta é a primeira vez que os poetas se unem para uma apresentação com proposta de mostrar a troca de experiências e de cumplicidade entre pai e filho. No texto do espetáculo, escrito a quatro mãos, momentos de suas trajetórias líricas. Nejar faz leitura de seus poemas prediletos, Fabrício conta histórias da convivência entre eles. No recital cênico, o poeta faz perguntas ao pai, que só pode responder em forma de poemas.

Espetáculo teatral “Poesia de Pai para Filho – Encontro de Duas Gerações”
Local: Teatro das Artes – Shopping da Gávea – Rua Marquês de São Vicente, 52 – Gávea, Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 2540-6004
Data: dia 21/11 (quarta-feira)
Horário: 20h
Capacidade de público: 421 lugares

 

Apresentações do “Dia de Teatro no Bossa” acontecem aos sábados, das 11h às 12h |

Foto: divulgação

No mês de agosto é a vez Pinóquio e Peter Pan no Bossa Nova Mall, no Centro do Rio de Janeiro. Os espetáculos teatrais fazem parte do “Dia de Teatro no Bossa“, programação infantil que acontece aos sábados, das 11h às 12h, para até 300 pessoas.

No dia 4 acontecerá a apresentação da peça “Pinóquio“, o famoso boneco de madeira esculpido por Gepeto, ganha vida em uma história mágica, em que vê seu nariz aumenta de tamanho toda vez que conta uma mentira. Para se tornar um menino de verdade, o pequeno boneco passará por muitas confusões e aventuras, inclusive para salvar seu criador.

No sábado seguinte, dia 11, o público poderá assistir à apresentação de “Peter Pan“, o menino que não queria crescer. A aventura começa quando Peter visita Wendy e seus irmãos, acompanhado da Fada Sininho. A partir daí eles voam para a Terra do Nunca, um lugar mágico e encantador, não fosse à presença do temível capitão Gancho e seu bando de piratas.

Dia de Teatro no Bossa
Local: Bossa Nova Mall (subsolo) – Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365 – Centro – Rio de Janeiro//RJ (ao lado do Aeroporto Santos Dumont e da estação VLT Santos Dumont) – Tel.: (21) 2303-7200
Datas: sábados – dia 04/08 e 11/08
04/08 – Pinóquio
11/08 – Peter Pan
Horário: 11h às 12h

Siga o blog nas redes sociais:
– Instagram.com/degracaeuvou
– Facebook.com/degracaeuvou
– Twitter.com/degracaeuvou
@degracaeuvou
—————————————————-
Anúncios – *Ofertas válidas por tempo limitado:

Livros infantis em promoção

Neste domingo, 15/04, atores interpretarão personagens dos livros no “Cantinho da Leitura” |

Foto: divulgação

O Caxias Shopping preparou um evento especial para celebrar o mês do Dia Nacional do Livro Infantil e do Dia de Monteiro Lobato. Neste domingo, dia 15 de abril, a Cia. Baruffaldi fará um Cantinho da Leitura, onde dará vida aos personagens dos livros através da caracterização e interpretação de atores.

O objetivo é criar uma atmosfera lúdica e fantástica para incentivar a leitura. O cenário terá vários livros e almofadas coloridas, para que os personagens Emília e Visconde criem um momento lúdico de interação com os pequenos enquanto cantam músicas infantis e cantigas de roda. Classificação é livre. Vale conferir! 

Cantinho da Leitura da Cia Baruffaldi
Local: Caxias Shopping – Rodovia Washington Luiz, 2895 – Duque de Caxias – RJ – Tel..: (21) 2430-5110
Data: dia 15/04 (domingo
Horário: das 16h às 19h30
Classificação: livre

| Acervo de ônibus inclui livros infantis com ilustrações em braile, livros com fonte ampliada para pessoas com baixa visão, audiobooks e livros em braile para adultos |
Foto do ônibus biblioteca do Projeto Livro nas Praças

Foto: divulgação

Com o objetivo de popularizar a cultura e o hábito pela leitura, o projeto “Livros nas Praças” chega ao bairro de Madureira, na Praça Miranda Ribeiro, no dia 6 de abril. A iniciativa leva literatura e conhecimento por meio do empréstimo gratuito de livros. O ônibus biblioteca azul, como é chamado carinhosamente, ficará estacionado no local com cerca de 2 mil livros disponíveis para os moradores da região. Para ter acesso às obras, os interessados devem apresentar carteira de identidade e um comprovante de residência. Cada pessoa poderá levar até dois livros emprestados, que deverão ser devolvidos em qualquer um dos locais em que o ônibus ficará estacionado. Neste primeiro semestre, a itinerância do ônibus biblioteca acontecerá até 23 de junho.

Além do dia 6 de abril, o ônibus biblioteca azul, patrocinado pela Piraquê, também estará na praça de Madureira nos dias 20 de abril; 4 e 18 de maio e 1º e 15 de junho, das 10h às 16h. O espaço contará com uma cadeira de transbordo, própria para cadeirantes e idosos que têm dificuldades de subir à escada de acesso, além de banheiro e água mineral para os leitores que utilizarem a biblioteca sobre rodas como espaço de leitura.

“Ficamos profundamente felizes quando fechamos esta parceria com Cristina Figueiredo, idealizadora do projeto. Apostamos fortemente na importância da leitura. Quem começa a ler, geralmente, vai escrever e falar bem. A Piraquê tem orgulho de oferecer às pessoas que moram nesta região e também nas adjacências obras literárias de grande valor cultural,” comenta Alexandre Colombo, diretor de marketing da empresa.

O acervo da biblioteca volante é formado por 70% de títulos de autores brasileiros e 30% de ficção estrangeira entre as categorias infanto-juvenil e adulto. O projeto também aceita doações. Mais informações podem ser obtidas no endereço www.facebook.com/LivrosNasPracas. O equipamento também oferece 60 livros com ilustrações em braile para crianças, além de livros em fonte ampliada para pessoas com baixa visão, audiobooks para deficientes visuais e 30 livros em braile para adultos.

O projeto foi inaugurado em novembro de 2012 e já atendeu a mais de 142 mil moradores/leitores com seus dois ônibus biblioteca azul e vermelho, que foram transformados em unidades móveis de biblioteca.

Projeto Livros nas Praças – Empréstimos gratuitos de livros
Local: Praça Miranda Ribeiro, Madureira – Rio de Janeiro – RJ
Datas: O ônibus biblioteca estará em Madureira nos dias 6 e 20 de abril; 4 e 18 de maio e 1º e 15 de junho de 2018
Horário: das 10h às 16h

Foto/arte: todavia

No dia 11 de abril o Instituto Cervantes Río de Janeiro, em Botafogo, promoverá um debate sobre literatura e ditadura na América Latina. O evento acontecerá a partir das 18h30 e terá a participação de Patricio Pron, autor argentino e colunista do El País, da jornalista Mari Marin, da Agência EFE, e de Kelvin Falcão Klein, professor de Letras da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

Após o encontro haverá o lançamento do livro “O espírito dos meus pais continua a subir na chuva“. Principal romance do jovem escritor radicado na Espanha, a obra é uma trama sobre a busca de um filho sobre o passado do pai e do próprio país. Patricio Pron é doutor em Filologia Românica, morou na Alemanha e vive em Madri, na Espanha. O escritor é autor de romances e coletâneas de contos traduzidos para o inglês, alemão, francês e italiano e foi eleito um dos 22 melhores jovens escritores da língua espanhola pela revista Granta.

 

Debate sobre literatura e ditadura na América Latina
Local: Instituto Cervantes Río de Janeiro – Rua Visconde de Ouro Preto, 62, Botafogo – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 11/04
Horário: 18h30

| Encontro promove debate sobre o livro “Menina bonita do laço de fita”, de Ana Maria Machado |
foto da capa do livro Menina bonita do laço de fita

Foto/arte: divulgaçao

Em celebração ao mês da Consciência Negra, no dia 26 de novembro (domingo), às 16h, a Livraria Leitura do Américas Shopping promove debate sobre o livro “Menina bonita do laço de fita”, da escritora Ana Maria Machado. A proposta do encontro é falar sobre o universo da alfabetização, a leitura na infância e o racismo. As inscrições são gratuitas e limitadas.

A mesa de debate será composta por Lissandra de Oliveira, especialista em Leitura Dinâmica e Otimização do Estudo e idealizadora do projeto Fábrica de Leitores; pela professora de língua portuguesa Eduarda Girard; pedagoga Andressa Leal; professora alfabetizadora Danielle Calixto. O evento também irá contar com a participação especial dos alunos Pedro Lisboa e Bianca Pimentel – crianças que leram o livro e estão em fase de alfabetização.

Publicado pela Editora Ática, o livro conta a história de uma linda menina negra que desperta a admiração de um coelho branco, que deseja ter uma filha tão negra quanto ela. Cada vez que ele lhe pergunta qual o segredo de sua cor, ela inventa uma história. O coelho segue todos os “conselhos” da menina, mas continua branco.

O evento faz parte do projeto Fábrica de Leitores, uma iniciativa do Instituto de Otimização da Mente (IOM), em parceria com o Instituto Angelicum. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (21) 96460-8111 ou pelo e-mail contato@fabricadeleitores.com.br.

Debate do livro “Menina bonita do laço de fita”
Local: Livraria Leitura do Américas Shopping – Av. das Américas, 15.500 – Recreio dos Bandeirantes
Dia: 26/11 (domingo)
Horário: 16h
Informações: (21) 96460-8111 / contato@fabricadeleitores.com.br

 | Evento acontece até domingo e reúne sarau, estandes de editoras, debates, show do Música Extemporânea Brasileira e jogos para crianças e jovens |
foto externa da Casa França-Brasil

Foto: reprodução Facebook Casa França-Brasil

17ª Primavera Literária Rio acontece entre os dias 26 e 29 de outubro, das 10h às 20h, na Casa França-Brasil, no Centro do Rio de Janeiro. A programação do evento reúne saraus, estandes de editoras, debates, show com Música Extemporânea Brasileira e jogos para crianças e jovens.

Promovida pela Liga Brasileira de Editoras (Libre), Primavera Literária Rio é considerado o maior evento das editoras independentes no estado do Rio de Janeiro, contribui para a movimentação da atividade econômica representada no mercado editorial e para a democratização da leitura e a discussão de políticas públicas no campo do livro e da leitura. Em 2017, o evento conta com parceria da Bibliomundi, plataforma de autopublicação e distribuição de e-books, e será recheado de programação cultural.

Uma gincana digital será uma das atrações para crianças e jovens que comparecerem à 17ª Primavera Literária Rio, de 26 a 29 de outubro, das 10h às 20h, na Casa França-Brasil, no Centro do Rio. Usando a ferramenta de educação gamificada Seppio, a plataforma Bibliomundi e a Liga Brasileira de Editoras (Libre) montaram dois jogos, um para os alunos do ensino fundamental e outro para o ensino médio. Os participantes que alcançarem a pontuação máxima de 250 pontos concorrerão ao sorteio de um tablet. O objetivo da ação é incentivar o hábito da leitura.

Os estudantes já podem começar a jogar para acumular pontos antes mesmo do início da Primavera Literária. A gincana é composta por vários desafios, que valem 10 pontos cada. Os alunos do ensino médio serão desafiados, por exemplo, a gravar stories (recurso do Instagram para compartilhamento de vídeos e fotos) lendo uma estrofe do poema ‘Navio Negreiro’, de Castro Alves, à frente do Cais do Valongo, e lendo o poema ‘Mar Português’, de Fernando Pessoa, no terraço do Museu de Arte do Rio (MAR).

Para os estudantes do ensino fundamental, há desafios como gravar um vídeo de uma entrevista com uma professora sobre o livro favorito dela na infância e fazer o desenho de uma jiboia que comeu o elefante do Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry.

Os participantes devem registrar o cumprimento do desafio na plataforma Seppio e no Instagram com a hashtag #primaveraliteraria para validar a contagem dos pontos. Para participar, os alunos deverão: 1 – acessar a página https://play.seppo.io/?l=en; 2 – Clicar em “login as player”; 3 – digitar os códigos: 30E5AF (para Ensino Médio) e 272078 (para Ensino Fundamental); 4 – Preencher nome e e-mail; 5 – Agora é só jogar. A Árvore de Livros colabora com a divulgação dos jogos nas escolas.

Degustação de e-books 

Pelo aplicativo de leitura da Bibliomundi, os visitantes da Casa França-Brasil, durante a Primavera Literária, poderão baixar gratuitamente trechos de livros das editoras participantes.  Para fazer os downloads, os leitores terão de baixar o aplicativo de leitura Bibliomundi e fornecer um e-mail. “O acesso será feito a partir da distribuição de rede no local e o intuito é proporcionar leitura digital para os visitantes da feira e proximidades”, diz Raphael Secchin, sócio-fundador da Bibliomundi.

Mesas:

O sambista Martinho da Vila será atração da mesa “Martinho da Vila conversa sobre o Rio de Janeiro, crônicas e música” (quinta-feira, 26/10, às 18h), onde falará sobre sua veia literária.

Abordagens sobre o recrudescimento das muitas formas de intolerância em todo o Brasil também serão tematizadas durante a programação cultural. Destaques para as mesas “O Rio e o Rio que queremos”, uma reflexão sobre o momento atual da cidade (sábado, 28/10, às 11h); a ascensão do conservadorismo em “O conservadorismo e o retrocesso nos dias de hoje” (Domingo, 29/10, às 16h) e “A crise política e o poder no Brasil” (Sábado, 28/10, às 16h).

Também estão programadas mesas que debaterão temas estratégicos do mercado editorial, como “Edição e autopublicação” (sexta-feira, 27/10, às 16h). A mesa “Posto, logo existo: literatura em tempos de redes sociais” (domingo, 29/10, às 18h), analisará a interface entre as tecnologias analógicas e digitais.

Com o intuito de pensar o papel da gastronomia da teoria à prática, o evento promoverá a mesa “Toda comida tem uma história” (sábado, 28/10, às 18h). *A gastronomia terá outro ponto alto na instalação de um espaço gourmet no pátio externo da Casa França-Brasil, destinado ao atendimento do público, com sabores requintados, próximo ao monumento a Grandjean de Montigny.

A poesia musicada será contemplada por meio da mesa “Poesia e Música: as experiências de três poetas na música brasileira” (sábado, 28/10, 14h), onde o percurso dos versos literários para as letras de canções de Bruno Levinson, Mauro Santa Cecília e Rinaldi, três letristas consagrados na MPB, contarão as interações entre as muitas formas de expressão artística contidas nessa relação criativa.

O conjunto MEB (Música Extemporânea Brasileira) apresentará seu show “Boca do Mundo” (sexta, 27/10, 18h), onde são musicados poemas de autores como Fernando Pessoa, Paulo Leminski e Torquato Neto. O MEB é formado por Ticiana Passos (voz), Eduardo Lyra (percussão), Flávio Luiz (contrabaixo) e Zé Luiz Rinaldi (criação e composição).

As crianças também serão contempladas com uma programação específica oferecida pelo Clube de Leitura Quindim (em sua estreia na Primavera Literária), clube de assinaturas de livros infantis que mantém, entre os selecionadores de suas obras conveniadas, personalidades como Ziraldo, Adriana Calcanhotto e Marina Colasanti. O Espaço Infantil Clube Quindim terá uma programação rica em espetáculos, oficinas e contação de histórias.

Primavera Literária Rio 2017
Local: Casa França-Brasil – Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Centro, Rio de Janeiro – RJ
Período: de 26 a 29/10
Horário: das 10h às 20h – *não há previsão de fornecimento de comidas e bebidas gratuitamente no espaço gourmet no pátio externo da Casa França-Brasil.

| Bate-papo comandado por Christovam de Chevalier, poeta e colunista do jornal O Globo, acontece nesta quarta-feira |
Nélida Piñon é a convidada da 13º edição do Encontro com Territórios, na Biblioteca Estação Leitura

Foto: divulgação

A imortal Nélida Piñon é a convidada da 13º edição do Encontro com Territórios, na Biblioteca Estação Leitura, localizada na estação Central do MetrôRio. O encontro será realizado no dia 11 de outubro, às 19h30, e terá como tema o “Livro das Horas”, da editora Record, obra que se aproxima de uma autobiografia ao reunir algumas memórias da escritora.  

O bate-papo será comandado pelo poeta e colunista do jornal O Globo Christovam de Chevalier. Em seguida a escritora vai autografar *80 exemplares, que serão distribuídos gratuitamente aos participantes do encontro e leitores da biblioteca. Na galeria Arte e Literatura, anexa à biblioteca, os visitantes poderão visitar a exposição que será inaugurada, “Nélida Piñon a imaginação, a emoção e a palavra”, composta por fragmentos literários do “Livro das Horas” e 12 imagens de um ensaio fotográfico realizado em Holambra, conhecida como a Cidade das Flores. As fotografias são da diretora executiva do projeto, Cristina Oldemburg.  

“Sempre quis homenagear esta mulher incrível com um projeto de imagens que refletisse a admiração que sinto por ela.”, afirma Cristina Oldemburg, acrescentando que, além de visitar a exposição, após o bate-papo o público poderá levar o livro autografado por Nélida Piñon. “A missão da nossa biblioteca  é promover a leitura através de vivências artísticas que aproximem o leitor da obra literária, estimular o pertencimento do livro,  formar novos leitores, formar plateia para debate e criar pensamento crítico sobre questões que fazem parte do nosso cotidiano. O sentimento do pertencimento do objeto livro é fantástico, pois a grande maioria dos leitores da Biblioteca Estação Leitura não tem recurso para comprar uma obra literária. Eles esperam ansiosos pelo evento”, conta, destacando que os participantes também contarão com o acervo disponível para empréstimo.

O Livro de Horas foi uma obra de devoção criada por devotos no final da Idade Média. Em geral, continha o calendário das festas e dos santos, as Horas da Virgem, da Cruz, do Espírito Santo e dos mortos (Liturgia das Horas), as orações comuns e os salmos penitenciais. Em seu “Livro das Horas”, Nélida Piñon faz uma narrativa comovente e sensível, revivendo memórias afetivas que emergem a partir de um vertiginoso turbilhão de lembranças e emoções. E a cada página lida fica claro ao leitor que independente de sua vivência ou da riqueza de suas lembranças, sua história de amor sempre foi uma só: com a palavra. 

A biblioteca Estação Leitura completou três anos de funcionamento em fevereiro de 2017, com atendimento diário ao público e resultados significativos. De fevereiro de 2014 a março de 2017, foram catalogados 3.977 livros, cadastrados 5.060 leitores, emprestados 24.699 livros e realizadas 8.293 renovações em mais de 72 mil atendimentos, além de 103 eventos literários. A Estação Leitura é uma biblioteca popular, localizada na estação Central do MetrôRio, sendo a estação mais movimentada do sistema, que tem integração com a rede ferroviária da cidade, sendo assim, o projeto atende a um público variado, moradores do Rio de Janeiro e municípios vizinhos, tais como Duque de Caxias, Belford Roxo, Queimados, Nova Iguaçu, Nilópolis. A faixa etária de leitores é entre 18 e 90 anos (e ainda pais que pegam livros infantis/juvenis para seus filhos), homens e mulheres com as mais diversas atividades profissionais: diaristas, aposentados, vendedores, jornalistas, fisioterapeutas, estudantes, professores, médicos, escritores, entre outros. 

Nélida Piñon nasceu em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e escolheu que seria escritora ainda criança, quando começou a vender suas pequenas histórias ao pai e familiares. Formada em jornalismo, ela tem em sua bibliografia mais de 20 livros, englobando romances, contos, ensaios, discursos, crônicas e memórias. Suas obras já foram traduzidas em 30 países. No ano de 1996 foi a primeira mulher a ocupar a presidência de uma Academia de Letras em todo o mundo. Foi também pioneira ao receber o título Doutor Honoris Causa da Universidade de Santiago de Compostela, na Espanha, em 1998. Até então, nenhuma mulher havia recebido o título. 

A Estação Leitura incentiva a cultura através do acesso gratuito a livros, aos talks shows e às atividades literárias. Tem o patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e do MetrôRio, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS, conta com apoio do Instituto Invepar e a realização da Oldemburg Marketing Cultural. O atendimento é gratuito ao público e realizado de terça a sexta, com os serviços de cadastro, devolução e empréstimo de livros por até sete dias. Dispõe de catálogo digital de todo o acervo na página oficial do projeto (Facebook – www.facebook.com/estacaoleiturametrocentral) e catálogo de consulta por título, autor e assunto/gênero, na própria biblioteca.  

 

Encontro com Territórios: “O Livro das Horas”
Local: Biblioteca Estação Leitura, na Estação Central do MetrôRio – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 11/10
Horário: 19h30

*Para recebimento do livro, serão distribuídas 60 senhas, que devem ser retiradas duas semanas antes do evento, na biblioteca Estação Leitura, localizada na estação Central do MetrôRio. No dia do evento, apresente-a no mesmo local e receba seu livro para participar da sessão de autógrafos.
| Cada encontro terá um artista convidado que fará sua interpretação do texto |
foto da fachada da Baukurs Botafogo

Foto: reprodução site Baukurs

O curso de alemão Baukurs promove, até novembro, o Ciclo de Leituras Baukurs. O objetivo é apresentar textos da literatura e do teatro de diversas épocas e nacionalidades, muitas vezes pouco conhecidos, principalmente pelas novas gerações.  Cada encontro, que começará às 18h30, terá um artista convidado que fará sua interpretação do texto. Ao final o público poderá debater com os atores sobre os temas apresentados. O Baukurs fica na Rua Goethe , n° 15, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

A curadoria programou para os próximos meses obras importantes da literatura dramática do pré-romantismo alemão e do romantismo brasileiro.

Programação:

28 de agosto – Texto: Stella (1774) Autor: Johann Wolfgang von Goethe
Elenco: Cristina Pereira, Elisa Barbato, Renato Reston, Luciana Palhares, Pedro Mussi, João Santucci, Patricia Bello, Gabriel Flores e Luis Fernando Medeiros
Direção: Antonio Gilberto

4 setembro – Texto: Antonio José ou O Poeta e a Inquisição (1838, considerada a primeira obra teatral romântica brasileira) Autor: Gonçalves de Magalhães –
Direção: João Santucci

18 setembro – Texto: Tempestade e Ímpeto (1776, peça teatral que deu origem ao título do movimento pré-romântico alemão – Sturm und Drang) Autor: Friedrich Maximilian Klinger –
Direção: Pedro Osório

9 outubro – Texto: Leonor de Mendonça (1847) Autor: Gonçalves Dias
Direção: Antonio Gilberto
23 de outubro – Texto: O Preceptor ou Vantagens da Educação Particular Autor: Jakob Michael Reinhold Lenz –
Direção: Ester Jablonski

13 de novembro – Texto: Macário (1850) Autor: Álvaro de Azevedo –
Direção: Gilberto Gawronski
27 de novembro – Os Bandoleiros (1777, inicia a escrever, publica em 1781) Autor: Friedrich Schiller –
Direção: Ricardo Kosovski

Ciclo de Leitura Baukurs
Local: Baukurs – Rua Goethe, n°15 – Botafogo – Rio de Janeiro/RJ – Tels.: (21) 2294 6017 –
Horário: 18h30
Distribuição de senhas: 30 minutos antes do início da leitura
Classificação: não recomendado para menores de 12 anos
Direção geral: Thea Schünemann Miranda
Curadoria e Coordenação: Antonio Gilberto

| “Botafogo Vivo” é a primeira iniciativa da Rede Botafogo de Cultura Solidária |
foto externa da Biblioteca Popular de Botafogo

Foto: reprodução internet

Neste sábado, dia 26 de agosto, das 10h às 17h, a Praça Chaim Weizmann e a Biblioteca Popular Municipal de Botafogo Machado de Assis receberão diversas atividades para público de todas as idades. Música, cinema, teatro, literatura, dança, oficinas para crianças, coral formado por moradores de rua, contação de histórias e compartilhamento de ideias sobre projetos culturais e inovação cidadã estão entre as atrações do evento “Botafogo Vivo”. 

A iniciativa é da recém-criada Rede Botafogo de Cultura Solidária, que reúne profissionais de diversas áreas, compartilhando expertises e experiências. A proposta do grupo é formar uma rede comunitária colaborativa envolvendo produtores e empresas ligadas aos setores cultural, social, ambiental e educacional que atuem no bairro da Zona Sul carioca. A ideia de produzir eventos para ocupar os espaços públicos surgiu da necessidade de levar para a rua tudo o que se produz no bairro, não se intimidando com a falta de segurança e a violência.

O evento do próximo sábado será a primeira edição da série “Botafogo Vivo”, que pretende seguir itinerante pelas praças do bairro, produzindo, divulgando, compartilhando arte, criatividade e cultura, integrando moradores, frequentadores, artistas e produtores da região. Haverá uma “árvore do agasalho” para receber doações de roupas de frio e cobertores, que estarão disponíveis para quem quiser pegar.

 

Programação:

– Na Praça Chaim Weizmann

10h – Atividades infantis: oficina de arte e leitura do livro “Botafogo para crianças”, feita pela historiadora Kaori Kodama, autora em parceria com o ilustrador Guto Lins, que conta a história do bairro de uma forma lúdica e divertida
10h30 – Roda de Capoeira de Angola – Mestre Ferradura
11h – Apresentação de dança contemporânea da Escola e Faculdade de Dança Angel Vianna
12h – Livros na Praça – distribuição de livros feita pela Biblioteca Machado de Assis. Qualquer pessoa pode escolher um livro e levar. É de graça
12h – Coral Uma Só Voz, formado por moradores de rua
13h – Apresentação do grupo de choro Criançada Reunida
13h30 – Ciranda de Música e Poesia com o grupo do Teatro do Mar
13h50 – Apresentação de uma cena teatral lúdica com o grupo do Teatro do Mar
14h – Grupo Oficina Roda de samba com a cantora Christina Paz
15h – Show de MPB com a Banda Atitude, da comunidade Santa Marta
16h – Show da cantora Luíza Breves

– No auditório da Biblioteca Machado de Assis (Rua Farani, n° 53)

10h – Abertura com apresentação da Rede Botafogo de Cultura Solidária com o jornalista Mário Margutti
10h15 – Roda de conversa “Inovação Cidadã”, comandada pela professora Ivana Bentes, da Escola de Comunicação da UFRJ
10h40 – Antonio Breves fala sobre a proposta do Espaço Cultural Olho da Rua
11h – Palestra do jornalista Mário Margutti sobre “Projetos Culturais”
13h – Apresentação de projetos da Universidade Santa Úrsula, como a adoção da Praça Chaim Weizmann e as atividades ambientais e sustentáveis no Morro Azul
14h – Pré-estreia do filme “Sigilo eterno”, do cineasta Noilton Nunes, seguida de debate com o diretor e elenco

“Botafogo Vivo”
Local: Praça Chaim Weizmann (final da Rua Farani) e Biblioteca Pública Machado de Assis ( Rua Farani, n° 53 – Botafogo – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 26/08
Horário: das 10h às 17h, conforme programação

| Grupo promoverá sessões de histórias, oficinas para adultos e mediações entre instituição e escolas em bibliotecas na Tijuca, Campo Grande, Jacarepaguá e Ilha |
Foto do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias​

Foto: Clau Pavesi / Divulgação

Com a proposta de incentivar o hábito da leitura entre crianças e jovens, o ator e contador de histórias Cadu Cinelli e Os Tapetes Contadores de Histórias criaram o projeto “Da Palavra Ao Fio”, que desenvolve diversas ações de integração entre bibliotecas públicas e a comunidade de seu entorno. Este ano, em sua 4ª edição, o projeto ampliou sua atuação para mais dois bairros cariocas. Além de Tijuca e Campo Grande, o grupo também estará na Ilha do Governador e em Jacarepaguá. A programação terá início no dia 16 de março.

Sessões de histórias, oficinas e estudos compartilhados fazem parte da proposta do projeto, bem como mediações em escolas próximas.

“Da história ao tapete, da criança à biblioteca, da conversa ao encontro. Nossa vontade é que o vínculo afetivo possa aproximar, alinhavar e dar gosto ao encontro entre arte e seu público”, define Cadu Cinelli, coordenador do projeto.

De março a novembro, o projeto apresentará 36 Sessões de Histórias, uma por mês, nas quatro bibliotecas. Fazem parte do roteiro contos populares dos cinco continentes (África, América do Sul, Europa, Ásia e Oceania) e de autores como Ricardo Azevedo, Ana Maria Machado, Jutta Bauer e Graciliano Ramos. Histórias como “A galinha que subiu até o céu”, “A rainha das cores”, “Jojo – A vaca”, “O mistério das Ilhas Pachacamac”, “Como o sol passou a brilhar no mundo”, “O espelho mágico”, “O pavão do abre e fecha”, “A galinha que criava um ratinho”, entre outras.

Em cada apresentação, dois integrantes do grupo narrarão de três a quatro histórias, com a utilização de tapetes e objetos de tecido confeccionados pelos próprios artistas. A biblioteca receberá cenografia especial, almofadas e carpetes coloridos, que servirão de ambientação para a contação de histórias.

Programação:

Da Palavra Ao Fio
Sessões de histórias

Local: Biblioteca Popular Municipal da Tijuca
Data: dia 16 de março, às 14h.
Próximas apresentações: 13/04, às 10h; 18/05, às 14h; 23/06, às 10h.
Endereço: Rua Guapeni, 61
Informações: (21) 2204-0752
Duração: 60 minutos
Capacidade: 50 pessoas
Classificação indicativa: a partir dos 4 anos

Local: Biblioteca Popular Municipal de Campo Grande
Data: dia 23 de março, às 14h
Próximas apresentações: 06/04, às 10h; 11/05, às 10h; 16/06, às 14h.
Endereço: Praça Thelmo Gonçalves Maia, s/nº
Informações: (21) 3394-5509
Duração: 60 minutos
Capacidade: 50 pessoas
Classificação indicativa: a partir dos 4 anos

Local: Biblioteca Popular Municipal Ilha do Governador
Data: dia 30 de março, às 10h
Próximas apresentações: 13/04, às 14h; 25/05, às 10h; 30/06, às 14h.
Endereço: Praça Danaides, s/n – Cocotá
Informações: (21) 3368-7797
Duração: 60 minutos
Capacidade: 50 pessoas
Classificação indicativa: a partir dos 4 anos

Local: Biblioteca Popular Municipal Jacarepaguá
Data: dia 30 de março, às 14h.
Próximas apresentações: 06/04, às 14h; 04/05, às 14h; 09/06, às 10h.
Endereço: Rua Dr. Bernardino, 218/ Praça Seca
Informações: (21) 3833-0084
Duração: 60 minutos
Capacidade: 50 pessoas
Classificação indicativa: a partir dos 4 anos

Oficinas Arte de Contar Histórias
Maio

Inscrições: de 27 de abril a 3 de maio pelo e-mail oficina.tapetes@hotmail.com
Local: Biblioteca Popular Municipal de Botafogo
Endereço: Rua Farani, 53
Informações: (21) 2551-1449
Com Warley Goulart
Data: segundas, quartas e sextas, de 18 de maio a 01 de junho.
Horário: 13h30 às 16h30
Vagas: 25 participantes

Julho

Inscrições: de 1 a 5 de julho pelo e-mail oficina.tapetes@hotmail.com
Local: Biblioteca Popular Municipal da Tijuca
Endereço: Rua Guapeni, 61.
Informações: (21) 2204-0752
Com Cadu Cinelli
Data: segundas e quartas, de 6 a 27 de julho.
Turmas: manhã (de 9h às 12h)
Vagas: 25 participantes.

Local: Biblioteca Popular Municipal Jacarepaguá
Endereço: Rua Dr. Bernardino, 218/ Praça Seca
Informações: (21) 3833-0084
Com Cadu Cinelli
Datas: terças e quintas, de 7 a 28 de julho.
Horário: 13h30 às 16h30.
Vagas: 25 participantes

Local: Biblioteca Popular Municipal de Campo Grande
Endereço: Praça Thelmo Gonçalves Maia, s/nº
Informações: (21) 3394-5509
Com Warley Goulart
Data: segundas e quartas, de 6 a 27 de julho.
Horário: 13h30 às 16h30
Vagas: 25 participantes

Local: Biblioteca Popular Municipal Ilha do Governador
Endereço: Praça Danaides, s/n – Cocotá
Informações: (21) 3368-7797
Com Warley Goulart
Datas: terças e quintas, de 7 a 28 de julho.
Horário: 9h às 12h
Vagas: 25 participantes.

Flyer Conto fantástico - é ou não é?

Foto: Reprodução

Neste sábado, dia 07 de fevereiro, às 16h, a Biblioteca Parque da Rocinha receberá o ator e diretor José Mauro Brant, que apresentará três incríveis contos para o público: em “Canta, canta, meu surrão”, a filha de uma lavadeira foi raptada por um homem mau e passou a ser carregada por ele dentro de um saco até que inesperadamente é salva pela própria mãe. Em uma outra narrativa da obra, intitulada “O rei cego e a cidade dos Olhos D’água”, as consequências do ciúme e da inveja desenfreada entre irmãos são o assunto central. O último conto, “João Jiló”, vai fazer com que muitos meninos e meninas se identifiquem com o mau humor, a desobediência e a ranhetice dessa personagem. Mas, no final, igual a João, vão receber uma importante e bonita lição de vida. A  classificação é livre.

Conto Fantástico – É ou não é?
Local: Biblioteca Parque da Rocinha – Estrada da Gávea, 454
Data: Dia 07, sábado
Horário: das 16h às 17h
Classificação: livre

%d blogueiros gostam disto: