| Sesc Madureira oferece mais de 20 atividades das áreas de artes cênicas, música, artes visuais, literatura, esporte e e recreação, além de cursos e oficinas para público de todas as idades | 

Foto: divulgação

O bairro de Madureira completa 406 anos em maio deste ano e, entre as comemorações, recebe uma programação especial organizada pelo Sesc Madureira, com atividade de artes cênicas, música, artes visuais, literatura, esporte e recreação, cursos e oficinas. Como objetivo é promover entretenimento, conhecimento e prática esportiva para toda a família, a programação do “Rio de Madureira” contará com cerca de 20 atividades, até o dia 31 de maio. Todas as ações podem ser conferidas no site http://www.sescrio.org.br.

Na sexta-feira, dia 24 de maio, o documentário “As Pastoras” mostra a trajetória das Integrantes da Velha Guarda da Portela Tia Surica, Neide Santana, Áurea Maria e Jane Carla, que fazem um show de afirmação da importância da figura da mulher na criação das escolas de samba. Chamadas de As Pastoras, nos primórdios das escolas, elas cantavam em coro as composições e escolhiam o samba vencedor na quadra. Após o filme, elas se apresentarão na unidade.

Já no dia 25 de maio (sábado), o Sesc Madureira anima o público com o pagode do sambista Biro (ex-Galocantô), recebendo os baluartes Nei Lopes e Zé Luiz do Império para a comemoração do aniversário de 406 anos de Madureira, a capital do samba. A atividade também contará com *feira de artesanato e gastronomia, além de espaço infantil. O ponto de encontro é a Arena Carioca Fernando Torres (Rua Bernardino de Andrade, 200 – Portão 4 do Parque Madureira) a partir das 16h. Ingressos a R$5 (mediante doação de 1kg de alimento não perecível ao MESA BRASIL SESC – meia entrada) e R$10 (inteira).

Até o dia 25 de maio, a unidade terá o Seminário de Mídias, Cinema, Tecnologia e Educação: Modos de Saber e Fazer do Sesc Madureira. O evento tem por principal objetivo trazer ao debate temas que interliguem cultura digital, novas tecnologias e suas temáticas a transversalidades e práticas educacionais em espaços formais e informais de educação.

Entre as atrações de artes cênicas, no dia 31 de maio, às 19h, a unidade apresentará o espetáculo “O mar serenou: um conto de Clara”. Com classificação etária de 14 anos, o enredo é dedicado à história da ilustre Clara Nunes. Do Alto da Sé, na cidade pernambucana de Olinda, onde fica o Palácio Iemanjá, a comunidade local se organiza para a recepção de Clara Nunes. Entre os preparativos, a carreira da cantora é contada por Pai Dudu. Ansiosos com a sua chegada, os moradores empreendem uma verdadeira viagem no universo musical da intérprete, misturando suas próprias vidas aos muitos cânticos de Clara. No mesmo dia, às 18h, acontecerá a segunda edição do Sarau “Coletivo Poesia de Esquina”, com repertório especialmente dedicado ao aniversário do bairro da Zona Norte carioca.

Todas as quintas-feiras, até dezembro, das 17h às 19h, a unidade também promoverá o curso de circo, indicado a quem tem mais de 13 anos de idade. Nas aulas são trabalhadas acrobacias, equilíbrios, manipulação de objetos, palhaçaria, entre outros fundamentos técnicos e princípios artísticos que norteiam a linguagem do circo.

Quem gosta de dançar poderá aproveitar em as aulas de Charme, das 14:30h às 16:30h, aos sábados. O conteúdo conta com estudo e vivência do acervo deste gênero de dança a partir de contextos sociais urbanos e suportes midiáticos diversos, aprendizagem dos códigos coreográficos do gênero, exercício e domínio das danças sociais e estudo do movimento a partir dos acervos do recorte oferecido. O objetivo é estimular os participantes a explorarem e fortalecerem sua identidade, sua autoestima e suas habilidades corporais a partir do gênero, desenvolvendo a autonomia de criar ou recriar as danças festivas e lúdicas.

Já na programação esportiva, o Sesc Madureira montou uma grade especial com festival de voleibol e basquetebol 3X3.

Clique em “Leia Mais” ou em “View Full Article” e veja a programação.

Continue lendo

Anúncios