Tag Archive: ONU


| Data instituída pela ONU será celebrada pela 4ª vez no Rio de Janeiro e em mais de 150 países onde a Arte de Viver atua |

Foto: reprodução Facebook Miami Beach Yoga

A Arte de Viver – organização internacional de caráter educacional, social e humanitário – promove, no próximo sábado, dia 23 de junho, em frente ao Copacabana Palace, um grande evento para comemorar o Dia Internacional do Yoga. O ponto alto da comemoração será a participação do indiano Akash Barwal, embaixador e instrutor sênior da Arte de Viver. A seu lado estará a médica e especialista em ayurveda mundialmente conhecida, a também indiana Nisha Manikantan. A celebração na Praia de Copacabana, na Zona Sul carioca, também contará com a presença do cônsul-geral da Índia. A programação começará a partir das 8h, para participar é preciso apenas usar roupas confortáveis e levar tapete de yoga ou canga.

Instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em dezembro de 2014, o Dia Internacional do Yoga vem crescendo a cada ano em todo o mundo. No Rio, desde 2015, já realizou dezenas de eventos gratuitos para públicos variados, como crianças, mulheres e gestantes, levando o yoga para pontos turísticos cariocas e também bairros da Zona Norte, comunidades como o Complexo do Alemão e o Morro do Cantagalo, além da cidade de Niterói. A celebração de 2017, na Cidade das Artes, contou com a participação de representantes de diversas escolas e movimentos cariocas, entre eles o Yoga da Maré.

A programação gratuita também incluirá meditação guiada, a participação de professores de diversas escolas e vertentes do yoga, que guiarão aulas para crianças e adultos, além de apresentações musicais e performances. A organização Voluntários por Um Brasil Melhor mobilizará crianças para uma ação de limpeza na praia, com catação de lixo.

O evento tem apoio da Globo, do Consulado-Geral da Índia no Brasil, da Caixa de Assistência dos Advogados do Estado do Rio de Janeiro (Caarj), Personare, Prefeitura do Rio de Janeiro, Instituto E e Ekomat. A data, comemorada oficialmente no dia 21 de junho, será celebrada no Brasil e em vários países. No domingo, dia 24 de junho, haverá evento em São Paulo, no sábado, dia 30 de junho, em Fortaleza.

 “Copacabana é um local que reúne cariocas e turistas do mundo todo. É um cartão postal mundialmente conhecido, amado por todos que visitam. Nosso objetivo é fazer com que os frequentadores conheçam mais do yoga, juntem-se a nós nesta iniciativa de meditar, cuidar do corpo e, assim, também contagiar as pessoas para cultivarem pensamentos saudáveis, de comunhão, de alegria e paz. Nada melhor que aproveitar uma data como essa para divulgar a filosofia do yoga, que estimula o equilíbrio da mente e do corpo como uma forma de cuidar de si e dos outros”, explica Carolina Jourdan, coordenadora do Dia Internacional do Yoga no Rio de Janeiro.

Celebração do Dia Internacional do Yoga
Local: Praia de Copacabana (em frente ao Copacabana Palace) – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 23/06
Horário: a partir das 8h

Programação:
8h – Abertura
8h10 – Prática de Sukshama Viyayama (desbloqueio dos centros energéticos)
8h40 – Aulão de yoga para famílias com o Mama Amma
Após a aula, o Voluntários Por um Brasil Melhor reunirá as crianças para atividades, entre elas, uma catação de lixo e limpeza da praia.
9h15 – Aulão de yoga com diversas escolas (Mahavir Thury, Yin Yang Vinyasa e Yoga da Maré)
10h15 – Banda da Cidade com o Hino Nacional
10h30 – Breve palestra sobre o yoga
10h50 – Música (bhajans) preparativos para a chegada de Akash Barwal
11h – Prática mundial de yoga e meditação com Akash Barwal
11h40 – Participação da Dra. Nisha Manikantan, especialista em medicina Ayurveda
12h15 – Música (bahjans)
12h25 – Aula de yoga com professores dos Sri Sri Yoga Centers
13h15 – AcroBhaktiYoga com Gabi Menezes
13h30 – Yoga para tabagistas: efetivo para quem deseja parar de fumar – Thalita Lipp
14h – Encerramento com Yoga Rave

——————————————–

Anúncios – *Ofertas por tempo limitado:

| Grupo criado pela atriz Tatá Werneck produz espetáculos em que pessoas sem e com deficiência, inclusive visual e auditiva, participam juntas |

Foto: divulgação

Nos dias 9 e 10 de maio, a cidade de Paracambi, no Rio de Janeiro, receberá uma programação para lá de diferente: atividades culturais que são uma experiência ampla, profunda e inovadora em acessibilidade e inclusão. A ONG Escola de Gente – Comunicação em Inclusão, fundada pela jornalista Claudia Werneck, levará para a cidade uma oficina (09) e um espetáculo de teatro (10) que, com 10 recursos acessíveis, permitem a participação de todas as pessoas – com e sem deficiência. O projeto “Aqui trem cultura acessível” é patrocinado pela MRS Logística e percorre os municípios por onde passa a ferrovia.

O público vai poder conferir a apresentação da peça “Ninguém mais vai ser bonzinho”, do grupo “Os Inclusos e os Sisos – Teatro de Mobilização pela Diversidade”. Criado pela atriz e apresentadora Tatá Werneck, já foi assistido por mais de 100 mil pessoas e premiado nas Nações Unidas, já que é o único no mundo a realizar espetáculos com máxima acessibilidade. O texto aborda, com muito humor, questões cotidianas de preconceito e discriminação. São sete esquetes em que atores e atrizes se revezam em personagens nos quais a plateia se reconhece com facilidade, fazendo com que todas as pessoas – com e sem deficiência – se divirtam juntas no teatro.

Para garantir a participação de todas as pessoas, o que é lei, mas ainda praticamente não cumprida, são disponibilizados dez recursos de acessibilidade, como intérprete da língua de sinais brasileira (Libras), fones para audiodescrição, material de comunicação em braile e formatos digitais, visita tátil ao cenário, rampas de acesso, banheiro adaptado e atendimento acessível desde a fila.

Já a Oficina de Teatro Acessível, ministrada por atores e atrizes do grupo, é uma atividade de formação e mergulho nos temas da inclusão, acessibilidade e direitos de pessoas com deficiência. A metodologia, criada pela Escola de Gente, utiliza jogos teatrais para promover a reflexão sobre o que é uma sociedade inclusiva. Em Paracambi, a oficina será voltada para profissionais de ensino, mas qualquer pessoa interessada em participar pode procurar a Secretaria de Educação.

“A cultura com acessibilidade é uma experiência libertadora e revolucionária. É o momento em que percebemos como, ao longo da nossa existência, vivemos de forma apartada de outras pessoas que fazem parte da mesma humanidade que nós”, explica Claudia, referência internacional em inclusão. “É preciso sensibilizar toda a sociedade, incluindo a classe artística e o poder público, para que sejam incorporadas práticas inclusivas, previstas na legislação, na área da cultura. O projeto não tem o objetivo de garantir apenas que pessoas com deficiência estejam nas plateias, mas que todas elas, com ou sem deficiência, possam fruir e participar das produções com total dignidade”, defende Claudia.
Verônica Mageste, especialista de Relações Institucionais da MRS, ressalta a importância do projeto para as cidades nas quais a ferrovia está presente. “Projetos deste porte, geralmente, são realizados em grandes centros. O desafio aceito pela nossa parceria com a Escola de Gente é garantir que todas as pessoas tenham a oportunidade de vivenciar esta prática de inclusão, demonstrando que o acesso irrestrito à cultura é real e possível.” A iniciativa conta ainda com apoio da Prefeitura de Paracambi, Fundação Pedro Jorge, da Associação Nacional dos Procuradores da República, da Associação Nacional do Ministério Público de Contas, da Ashoka Empreendedores Sociais e do Senado Federal.

Oficina de Teatro Acessível
Local: CIEP 385 – Rua Anibal Cardoso, s/n° – Lages – Paracambi – RJ
Data: dia 9/05 (quarta-feira)
Horário: 15h

Espetáculo “Ninguém mais vai ser bonzinho”
Local: Antigo Cassino de Paracambi – Praça Castelo Branco, s/n° – Paracambi – RJ
Data: dia 10/05 (quinta-feira)
Horário: 18h
Duração: uma hora
Classificação etária: o espetáculo é livre, no entanto a recomendação é que seja assistido por pessoas a partir de 12 anos, que conseguem compreender melhor o texto

Ficha técnica do projeto: coordenação: Pedro Prata; direção: Carolina Godinho; produção: Paula Loffler; elenco: Diogo Fujimura, Fabio Nunes, Leandro Lamas e Louise Marrie; audiodescrição: Nara Monteiro; língua de sinais: JDL Traduções; direção musical: Edvan Moraes; figurino: Carolina Bittencourt; iluminação: Anderson Rato; comunicação: Alan Thomas; administração: Luciana Gomes.

| Interessados deverão ter CNH válida nas categorias B, C, D ou E, sem ter atingido limite de 20 pontos em infrações nos últimos 12 meses e não ter sofrido suspensão ou cassação do direito de dirigir |

Foto: reprodução

A Escola Pública de Trânsito do Detran abriu mais uma turma do curso de direção defensiva, que acontecerá nos dias 1°, 2 e 3 de agosto. São oferecidas 30 vagas. Para se inscrever, os interessados deverão ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida nas categorias B, C, D ou E, sem ter atingido o limite de 20 pontos em infrações de trânsito nos últimos 12 meses e não ter sofrido suspensão ou cassação do direito de dirigir.

O curso terá duração de 12 horas e as aulas serão realizadas das 9h às 12h40, na Escola Pública de Trânsito, na Avenida Mem de Sá, n° 163, na Lapa. Em três dias consecutivos os alunos aprenderão como dirigir de maneira segura e responsável. As inscrições devem ser feitas pelo portal do Detran (www.detran.rj.gov.br).

O esforço do departamento se junta às ações da ONU, que denominou este decênio como a Década Mundial para Segurança no Trânsito, para redução da quantidade de vítimas em acidentes automobilísticos à metade até 2020 em relação aos índices de 2010.

Detran abre inscrições para curso de direção defensiva
Local: Escola Pública de Trânsito – Avenida Mem de Sá, n° 163 – Lapa – Rio de Janeiro/RJ
Período: dias 1°, 2 e 3/08/2017
Inscrições: pelo portal do Detran (www.detran.rj.gov.br)
%d blogueiros gostam disto: