Tag Archive: poesia


| Festa Literária de Paquetá promete ser mais um grande evento do calendário turístico da cidade |
foto da Ilha de Paquetá

Foto: divulgação

Nos últimos anos, diversas iniciativas vêm criando novas opções de lazer, entretenimento e cultura em Paquetá, além de festas tradicionais. São exibições de cinema, arte e cultura de rua, exposições, recitais, saraus e apresentações de música ao vivo, rodas de samba e de chorinho, MPB, jazz. Há bons restaurantes e casas que se dedicam à gastronomia. Faltava no calendário do bairro um evento dedicado à literatura. A Festa Literária de Paquetá / FLIPA 2017, que acontece entre os dias 18 e 20 de novembro, vem para preencher esta lacuna e colocar mais um evento no calendário da ilha.

A FLIPA terá atividades em diversos locais, clubes, restaurantes, bistrôs e casas. Serão cerca de 50 mesas de palestras, rodas de conversa e debates sobre a atualidade da literatura e do mercado editorial brasileiro. Um diferencial será o “Espaço dos Autores”, com inscrições abertas aos autores interessados, facilitando o acesso dos artistas independentes e iniciantes, no Paquetá Iate Clube (PIC), destinado ao lançamento coletivo de obras, exposição e venda de livros, sessões de autógrafos, além de oficinas, espetáculos teatrais e a apresentação do Selo Subúrbio Editorial (voltado para escritores de subúrbios e periferias e estudos sobre o assunto) e bate-papo com os autores.

A idealização da Festa é da Academia de Ciências Artes e Letras da Ilha de Paquetá (AACLIP) e do Instituto Cultural Casa Flor Paquetá, com curadoria de Cintia Barreto e Marcelo Ficher.

A homenageada desta edição será a poeta Elisa Lucinda, que estará na abertura do evento, no sábado, dia 18 de novembro, às 10h, no PIC. A escritora Bia Bedran receberá homenagem do Projeto Conversa Literária, um dos principais parceiros da primeira edição da Festa Literária.

O presidente da Academia Brasileira de Letras – ABL, Domício Proença Filho, encerra a programação na segunda-feira, dia 20, às 17h, no Quintal da Regina, onde descerra uma placa na Biblioteca Popular que funciona no local e leva o seu nome.

Em tempos de crise, os recursos para organizar a Festa vieram da contribuição dos parceiros locais envolvidos e da “Pulseirinha Mágica da FLIPA”, com custo de R$ 10 (válida para os 3 dias de evento), disponível através de venda online pelo Whatsapp (21) 96939-9387 e no comércio da ilha. Além de contribuir para a festa, os participantes da FLIPA com a pulseirinha terão direito a descontos nos locais de atividades e participam de sorteios de livros.

Colaboradores doaram livros para o evento, como a Secretaria de Estado de Cultura, que doou 200, e o Atelier Literário Katia Pinno, parceiro desde o início, que doou mais 100. As pulseirinhas também estarão disponíveis no stand receptivo da Flipa, na Praça Pedro Bruno, local de desembarque na ilha. Os autores participantes das atividades terão sua pulseirinha em cor diferente (verde), para facilitar a interação espontânea com o público.

A Festa Literária de Paquetá terá boa parte da programação dedicada à literatura infantil e infanto-juvenil, de olho no legado educativo para a promoção da leitura e da busca do conhecimento através da literatura. Haverá mesas específicas para pais e mães que querem entender de que maneira podem aproximar seus filhos dos livros, numa época em que o audiovisual domina a atenção das novas gerações, inclusive sobre a importância de se ler para os bebês. A Associação de Escritores e Ilustradores de Livros Infantis e Infanto-Juvenis (AEILIJ) apoia a FLIPA e trará autores para tratar do tema.

Já na abertura, a professora Bruna Letícia coordenará a participação de um grupo de alunos que organiza um Chá Literário na Escola Municipal Pedro Bruno. A Biblioteca Escolar Joaquim Manuel de Macedo também participa com uma Roda de Leitura sobre a obra do escritor Vivaldo Coaracy.

A Ilha de Paquetá é um lugar tranquilo, bucólico, com muitas praças e banquinhos ao longo da orla, com generosas sombras de suas árvores centenárias. A comissão organizadora vem estimulando manifestações artísticas espontâneas, com teatro de bonecos, contação de histórias e escritores expondo suas obras ao ar livre.

Clique em

Clique em “leia mais” ou em “View full article” e confira a programação completa da FLIPA. Mais informações estão disponíveis na página do evento no Facebook.

Festa Literária de Paquetá 2017 – FLIPA
Local: Ilha de Paquetá – Rio de Janeiro/RJ
Período: de 18 a 20/11/2017

Continue lendo

Anúncios
 | Evento acontece até domingo e reúne sarau, estandes de editoras, debates, show do Música Extemporânea Brasileira e jogos para crianças e jovens |
foto externa da Casa França-Brasil

Foto: reprodução Facebook Casa França-Brasil

17ª Primavera Literária Rio acontece entre os dias 26 e 29 de outubro, das 10h às 20h, na Casa França-Brasil, no Centro do Rio de Janeiro. A programação do evento reúne saraus, estandes de editoras, debates, show com Música Extemporânea Brasileira e jogos para crianças e jovens.

Promovida pela Liga Brasileira de Editoras (Libre), Primavera Literária Rio é considerado o maior evento das editoras independentes no estado do Rio de Janeiro, contribui para a movimentação da atividade econômica representada no mercado editorial e para a democratização da leitura e a discussão de políticas públicas no campo do livro e da leitura. Em 2017, o evento conta com parceria da Bibliomundi, plataforma de autopublicação e distribuição de e-books, e será recheado de programação cultural.

Uma gincana digital será uma das atrações para crianças e jovens que comparecerem à 17ª Primavera Literária Rio, de 26 a 29 de outubro, das 10h às 20h, na Casa França-Brasil, no Centro do Rio. Usando a ferramenta de educação gamificada Seppio, a plataforma Bibliomundi e a Liga Brasileira de Editoras (Libre) montaram dois jogos, um para os alunos do ensino fundamental e outro para o ensino médio. Os participantes que alcançarem a pontuação máxima de 250 pontos concorrerão ao sorteio de um tablet. O objetivo da ação é incentivar o hábito da leitura.

Os estudantes já podem começar a jogar para acumular pontos antes mesmo do início da Primavera Literária. A gincana é composta por vários desafios, que valem 10 pontos cada. Os alunos do ensino médio serão desafiados, por exemplo, a gravar stories (recurso do Instagram para compartilhamento de vídeos e fotos) lendo uma estrofe do poema ‘Navio Negreiro’, de Castro Alves, à frente do Cais do Valongo, e lendo o poema ‘Mar Português’, de Fernando Pessoa, no terraço do Museu de Arte do Rio (MAR).

Para os estudantes do ensino fundamental, há desafios como gravar um vídeo de uma entrevista com uma professora sobre o livro favorito dela na infância e fazer o desenho de uma jiboia que comeu o elefante do Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry.

Os participantes devem registrar o cumprimento do desafio na plataforma Seppio e no Instagram com a hashtag #primaveraliteraria para validar a contagem dos pontos. Para participar, os alunos deverão: 1 – acessar a página https://play.seppo.io/?l=en; 2 – Clicar em “login as player”; 3 – digitar os códigos: 30E5AF (para Ensino Médio) e 272078 (para Ensino Fundamental); 4 – Preencher nome e e-mail; 5 – Agora é só jogar. A Árvore de Livros colabora com a divulgação dos jogos nas escolas.

Degustação de e-books 

Pelo aplicativo de leitura da Bibliomundi, os visitantes da Casa França-Brasil, durante a Primavera Literária, poderão baixar gratuitamente trechos de livros das editoras participantes.  Para fazer os downloads, os leitores terão de baixar o aplicativo de leitura Bibliomundi e fornecer um e-mail. “O acesso será feito a partir da distribuição de rede no local e o intuito é proporcionar leitura digital para os visitantes da feira e proximidades”, diz Raphael Secchin, sócio-fundador da Bibliomundi.

Mesas:

O sambista Martinho da Vila será atração da mesa “Martinho da Vila conversa sobre o Rio de Janeiro, crônicas e música” (quinta-feira, 26/10, às 18h), onde falará sobre sua veia literária.

Abordagens sobre o recrudescimento das muitas formas de intolerância em todo o Brasil também serão tematizadas durante a programação cultural. Destaques para as mesas “O Rio e o Rio que queremos”, uma reflexão sobre o momento atual da cidade (sábado, 28/10, às 11h); a ascensão do conservadorismo em “O conservadorismo e o retrocesso nos dias de hoje” (Domingo, 29/10, às 16h) e “A crise política e o poder no Brasil” (Sábado, 28/10, às 16h).

Também estão programadas mesas que debaterão temas estratégicos do mercado editorial, como “Edição e autopublicação” (sexta-feira, 27/10, às 16h). A mesa “Posto, logo existo: literatura em tempos de redes sociais” (domingo, 29/10, às 18h), analisará a interface entre as tecnologias analógicas e digitais.

Com o intuito de pensar o papel da gastronomia da teoria à prática, o evento promoverá a mesa “Toda comida tem uma história” (sábado, 28/10, às 18h). *A gastronomia terá outro ponto alto na instalação de um espaço gourmet no pátio externo da Casa França-Brasil, destinado ao atendimento do público, com sabores requintados, próximo ao monumento a Grandjean de Montigny.

A poesia musicada será contemplada por meio da mesa “Poesia e Música: as experiências de três poetas na música brasileira” (sábado, 28/10, 14h), onde o percurso dos versos literários para as letras de canções de Bruno Levinson, Mauro Santa Cecília e Rinaldi, três letristas consagrados na MPB, contarão as interações entre as muitas formas de expressão artística contidas nessa relação criativa.

O conjunto MEB (Música Extemporânea Brasileira) apresentará seu show “Boca do Mundo” (sexta, 27/10, 18h), onde são musicados poemas de autores como Fernando Pessoa, Paulo Leminski e Torquato Neto. O MEB é formado por Ticiana Passos (voz), Eduardo Lyra (percussão), Flávio Luiz (contrabaixo) e Zé Luiz Rinaldi (criação e composição).

As crianças também serão contempladas com uma programação específica oferecida pelo Clube de Leitura Quindim (em sua estreia na Primavera Literária), clube de assinaturas de livros infantis que mantém, entre os selecionadores de suas obras conveniadas, personalidades como Ziraldo, Adriana Calcanhotto e Marina Colasanti. O Espaço Infantil Clube Quindim terá uma programação rica em espetáculos, oficinas e contação de histórias.

Primavera Literária Rio 2017
Local: Casa França-Brasil – Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Centro, Rio de Janeiro – RJ
Período: de 26 a 29/10
Horário: das 10h às 20h – *não há previsão de fornecimento de comidas e bebidas gratuitamente no espaço gourmet no pátio externo da Casa França-Brasil.

| Bate-papo comandado por Christovam de Chevalier, poeta e colunista do jornal O Globo, acontece nesta quarta-feira |
Nélida Piñon é a convidada da 13º edição do Encontro com Territórios, na Biblioteca Estação Leitura

Foto: divulgação

A imortal Nélida Piñon é a convidada da 13º edição do Encontro com Territórios, na Biblioteca Estação Leitura, localizada na estação Central do MetrôRio. O encontro será realizado no dia 11 de outubro, às 19h30, e terá como tema o “Livro das Horas”, da editora Record, obra que se aproxima de uma autobiografia ao reunir algumas memórias da escritora.  

O bate-papo será comandado pelo poeta e colunista do jornal O Globo Christovam de Chevalier. Em seguida a escritora vai autografar *80 exemplares, que serão distribuídos gratuitamente aos participantes do encontro e leitores da biblioteca. Na galeria Arte e Literatura, anexa à biblioteca, os visitantes poderão visitar a exposição que será inaugurada, “Nélida Piñon a imaginação, a emoção e a palavra”, composta por fragmentos literários do “Livro das Horas” e 12 imagens de um ensaio fotográfico realizado em Holambra, conhecida como a Cidade das Flores. As fotografias são da diretora executiva do projeto, Cristina Oldemburg.  

“Sempre quis homenagear esta mulher incrível com um projeto de imagens que refletisse a admiração que sinto por ela.”, afirma Cristina Oldemburg, acrescentando que, além de visitar a exposição, após o bate-papo o público poderá levar o livro autografado por Nélida Piñon. “A missão da nossa biblioteca  é promover a leitura através de vivências artísticas que aproximem o leitor da obra literária, estimular o pertencimento do livro,  formar novos leitores, formar plateia para debate e criar pensamento crítico sobre questões que fazem parte do nosso cotidiano. O sentimento do pertencimento do objeto livro é fantástico, pois a grande maioria dos leitores da Biblioteca Estação Leitura não tem recurso para comprar uma obra literária. Eles esperam ansiosos pelo evento”, conta, destacando que os participantes também contarão com o acervo disponível para empréstimo.

O Livro de Horas foi uma obra de devoção criada por devotos no final da Idade Média. Em geral, continha o calendário das festas e dos santos, as Horas da Virgem, da Cruz, do Espírito Santo e dos mortos (Liturgia das Horas), as orações comuns e os salmos penitenciais. Em seu “Livro das Horas”, Nélida Piñon faz uma narrativa comovente e sensível, revivendo memórias afetivas que emergem a partir de um vertiginoso turbilhão de lembranças e emoções. E a cada página lida fica claro ao leitor que independente de sua vivência ou da riqueza de suas lembranças, sua história de amor sempre foi uma só: com a palavra. 

A biblioteca Estação Leitura completou três anos de funcionamento em fevereiro de 2017, com atendimento diário ao público e resultados significativos. De fevereiro de 2014 a março de 2017, foram catalogados 3.977 livros, cadastrados 5.060 leitores, emprestados 24.699 livros e realizadas 8.293 renovações em mais de 72 mil atendimentos, além de 103 eventos literários. A Estação Leitura é uma biblioteca popular, localizada na estação Central do MetrôRio, sendo a estação mais movimentada do sistema, que tem integração com a rede ferroviária da cidade, sendo assim, o projeto atende a um público variado, moradores do Rio de Janeiro e municípios vizinhos, tais como Duque de Caxias, Belford Roxo, Queimados, Nova Iguaçu, Nilópolis. A faixa etária de leitores é entre 18 e 90 anos (e ainda pais que pegam livros infantis/juvenis para seus filhos), homens e mulheres com as mais diversas atividades profissionais: diaristas, aposentados, vendedores, jornalistas, fisioterapeutas, estudantes, professores, médicos, escritores, entre outros. 

Nélida Piñon nasceu em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e escolheu que seria escritora ainda criança, quando começou a vender suas pequenas histórias ao pai e familiares. Formada em jornalismo, ela tem em sua bibliografia mais de 20 livros, englobando romances, contos, ensaios, discursos, crônicas e memórias. Suas obras já foram traduzidas em 30 países. No ano de 1996 foi a primeira mulher a ocupar a presidência de uma Academia de Letras em todo o mundo. Foi também pioneira ao receber o título Doutor Honoris Causa da Universidade de Santiago de Compostela, na Espanha, em 1998. Até então, nenhuma mulher havia recebido o título. 

A Estação Leitura incentiva a cultura através do acesso gratuito a livros, aos talks shows e às atividades literárias. Tem o patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e do MetrôRio, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS, conta com apoio do Instituto Invepar e a realização da Oldemburg Marketing Cultural. O atendimento é gratuito ao público e realizado de terça a sexta, com os serviços de cadastro, devolução e empréstimo de livros por até sete dias. Dispõe de catálogo digital de todo o acervo na página oficial do projeto (Facebook – www.facebook.com/estacaoleiturametrocentral) e catálogo de consulta por título, autor e assunto/gênero, na própria biblioteca.  

 

Encontro com Territórios: “O Livro das Horas”
Local: Biblioteca Estação Leitura, na Estação Central do MetrôRio – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 11/10
Horário: 19h30

*Para recebimento do livro, serão distribuídas 60 senhas, que devem ser retiradas duas semanas antes do evento, na biblioteca Estação Leitura, localizada na estação Central do MetrôRio. No dia do evento, apresente-a no mesmo local e receba seu livro para participar da sessão de autógrafos.
| “Botafogo Vivo” é a primeira iniciativa da Rede Botafogo de Cultura Solidária |
foto externa da Biblioteca Popular de Botafogo

Foto: reprodução internet

Neste sábado, dia 26 de agosto, das 10h às 17h, a Praça Chaim Weizmann e a Biblioteca Popular Municipal de Botafogo Machado de Assis receberão diversas atividades para público de todas as idades. Música, cinema, teatro, literatura, dança, oficinas para crianças, coral formado por moradores de rua, contação de histórias e compartilhamento de ideias sobre projetos culturais e inovação cidadã estão entre as atrações do evento “Botafogo Vivo”. 

A iniciativa é da recém-criada Rede Botafogo de Cultura Solidária, que reúne profissionais de diversas áreas, compartilhando expertises e experiências. A proposta do grupo é formar uma rede comunitária colaborativa envolvendo produtores e empresas ligadas aos setores cultural, social, ambiental e educacional que atuem no bairro da Zona Sul carioca. A ideia de produzir eventos para ocupar os espaços públicos surgiu da necessidade de levar para a rua tudo o que se produz no bairro, não se intimidando com a falta de segurança e a violência.

O evento do próximo sábado será a primeira edição da série “Botafogo Vivo”, que pretende seguir itinerante pelas praças do bairro, produzindo, divulgando, compartilhando arte, criatividade e cultura, integrando moradores, frequentadores, artistas e produtores da região. Haverá uma “árvore do agasalho” para receber doações de roupas de frio e cobertores, que estarão disponíveis para quem quiser pegar.

 

Programação:

– Na Praça Chaim Weizmann

10h – Atividades infantis: oficina de arte e leitura do livro “Botafogo para crianças”, feita pela historiadora Kaori Kodama, autora em parceria com o ilustrador Guto Lins, que conta a história do bairro de uma forma lúdica e divertida
10h30 – Roda de Capoeira de Angola – Mestre Ferradura
11h – Apresentação de dança contemporânea da Escola e Faculdade de Dança Angel Vianna
12h – Livros na Praça – distribuição de livros feita pela Biblioteca Machado de Assis. Qualquer pessoa pode escolher um livro e levar. É de graça
12h – Coral Uma Só Voz, formado por moradores de rua
13h – Apresentação do grupo de choro Criançada Reunida
13h30 – Ciranda de Música e Poesia com o grupo do Teatro do Mar
13h50 – Apresentação de uma cena teatral lúdica com o grupo do Teatro do Mar
14h – Grupo Oficina Roda de samba com a cantora Christina Paz
15h – Show de MPB com a Banda Atitude, da comunidade Santa Marta
16h – Show da cantora Luíza Breves

– No auditório da Biblioteca Machado de Assis (Rua Farani, n° 53)

10h – Abertura com apresentação da Rede Botafogo de Cultura Solidária com o jornalista Mário Margutti
10h15 – Roda de conversa “Inovação Cidadã”, comandada pela professora Ivana Bentes, da Escola de Comunicação da UFRJ
10h40 – Antonio Breves fala sobre a proposta do Espaço Cultural Olho da Rua
11h – Palestra do jornalista Mário Margutti sobre “Projetos Culturais”
13h – Apresentação de projetos da Universidade Santa Úrsula, como a adoção da Praça Chaim Weizmann e as atividades ambientais e sustentáveis no Morro Azul
14h – Pré-estreia do filme “Sigilo eterno”, do cineasta Noilton Nunes, seguida de debate com o diretor e elenco

“Botafogo Vivo”
Local: Praça Chaim Weizmann (final da Rua Farani) e Biblioteca Pública Machado de Assis ( Rua Farani, n° 53 – Botafogo – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 26/08
Horário: das 10h às 17h, conforme programação

| Poeta Geraldinho Carneiro, bailarina Ana Botafogo e a atriz Bel Kutner confirmaram presença e prestarão homenagens ao escritor |
foto da estátua de Carlos Drummond de Andrade em Copacabana, Rio de Janeiro

Foto: Daniel Marenco/Folhapress/reprodução

Para marcar os 30 anos da morte do escritor Carlos Drummond de Andrade (completados no último dia 17), a Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura promove, neste sábado, dia 19 de agosto, das 7h às 13h, uma programação especial ao lado da estátua do poeta, na Avenida Atlântica, altura da Rua Rainha Elizabeth. Será uma maratona de poesias, com a presença de artistas e fãs de Drummond, que irão declamar poemas e cantar músicas inspiradas na obra do autor. Nomes como o poeta Geraldinho Carneiro, a bailarina Ana Botafogo e a atriz Bel Kutner confirmaram presença e irão prestar homenagens ao escritor.

Para dar o clima da programação, serão montadas tendas para abrigar atividades como rodas de leitura, contação de histórias e apresentações que serão realizadas ao longo das seis horas de evento. O público será presenteado com trechos de poemas de Drummond, além de poder ler textos inesquecíveis escritos pelo poeta de Itabira.

Segundo a secretária municipal de cultura do Rio de Janeiro, Nilcemar Nogueira, o evento é uma importante forma de lembrar a memória de Drummond. “A obra do poeta pulsa em muitos recantos da cidade e traduz muito das nossas paisagens e do nosso cotidiano. O nome de Drummond deve sempre ser lembrado com ações voltadas para a participação do povo”, destaca.

30 Anos Sem Drummond: Evento em celebração à memória de Carlos Drummond de Andrade
Dia: 19/08 (sábado)
Horário: das 7h às 13h
Local: Estátua de Drummond – Calçadão de Copacabana – Posto 6 – Avenida Atlântica, altura da Rua Rainha Elizabeth
Atividades programadas: Leitura de poemas por artistas, rodas de leitura, contação de histórias, distribuição de poemas ao público e números musicais.

 

| Apresentações musicais e leituras performáticas compõem o evento, 4 de novembro, no Centro Cultural da  universidade |
Foto do Cazuza

Foto: Reprodução internet

A quarta edição da Licença Poética homenageia o cantor e compositor Cazuza através de atividades repletas de poesia. Apresentações musicais e leituras performáticas compõem o evento, que acontece no dia 4 de novembro, no Salão 02 do Centro Cultural da UERJ, a partir das 18h30.

O projeto terá convidados como os poetas Lucas Matos e Patrícia Bastos, além dos músicos Victor Mus e Pedro Fadel.  O público poderá participar na hora do “microfone aberto”, quando estarão disponíveis para leitura letras e poemas do homenageado.

UERJ/SR-3/DECULT/COART apresentam:
Licença Poética | poesia de todas as coisas – Edição Cazuza
Data: dia 04 de novembro, quarta-feira, às 18h30
Local: Salão 02 do Centro Cultural da UERJ – Rua São Francisco Xavier, 524 – Maracanã – Rio de Janeiro/RJ
Tel.: (21) 2334-0625

 

| Evento cultural realizado em São Gonçalo tem como objetivo divulgar a arte e os artistas locais |

Foto: Diário da Poesia

 

No dia 06 de março, sexta-feira, às 19:30h, acontece a 6ª edição do Diário da Poesia – evento cultural realizado em São Gonçalo, que tem como objetivo divulgar a arte e os artistas da cidade – que vai homenagear o escritor Décio Machado, com o espetáculo “Passarinho, Passará”, sob a coordenação geral do professor e poeta Renato Cardoso.

Será uma noite dedicada a arte, onde artistas locais mostrarão suas obras no Restaurante Sintonia Fina, além de contar toda a história deste poeta e romancista. Na poesia, participam do encontro, Marcelo Motta, Carlos Galeno, Nereis Ribeiro, Tito Duarte, Pablo Queiróz, José Francisco Rodrigues, Luciano Batista, Gabriel Tânatos, Fabio Hartmann, Renato Cardoso e, lógico, do homenageado Décio Machado.

A música ficará por conta de Fellipe Gambarine, do Grupo De Primeira, Tatiani Lima, Vitor Adolfo e Vitor Ribeiro. Na ocasião, também acontecerá o lançamento da Revista Sinestesia, da escritora e editora Cláudia Banegas, além das exposições do artistas plásticos Kleber Marques e Heber Vargas.

Diário da Poesia – homenagem ao escritor Décio Machado
Local: Restaurante Sintonia Fina, Avenida Presidente Kennedy, 673 – Centro – São Gonçalo – RJ (próximo ao Clube Mauá) / Tel.: 26069346
Data: dia 06/03
Horário:  às 19:30h

| Evento é uma homenagem ao autor, que faleceu em novembro do ano passado |
Foto de membros da Cia. Solo

Foto: Reprodução

A Cia. do Solo realiza um sarau na Cidade das Artes, no dia 07 de março, às 15h, em homenagem ao poeta Manoel de Barros, que faleceu em novembro de 2014.  Serão apresentados poemas do autor com música, poesia, conversa e criatividade. Será uma homenagem ao poeta que descobriu a poesia contida na infância, no ócio e na percepção além da forma. Após o sarau, as crianças poderão colorir, ajudar na montagem e acabamento de um singelo móbile, que ficará na sala de leitura da Cidade das Artes.

Sarau em homenagem ao poeta Manoel de Barros com a Cia. Solo
Local: Sala de Leitura da Fundação Cidades das Artes – Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro / RJ – Tel.: (21) 3325 0102
Data: Dia 07/03, sábado
Horário: às 15h

Veja também: Filme “Só Dez Por Cento é Mentira” é exibido em homenagem a Manoel de Barros na Cidade das Artes. Mais informações no link http://wp.me/pGfCs-147.

| Evento terá a participação do diretor do documentário longa-metragem e será realizado no Dia Nacional da Poesia, 14 de março |
Foto de Manoel de Barros

Foto: Reprodução

A Fundação Cidades das Artes, na Barra da Tijuca, promove a exibição do filme “Só Dez Por Cento é Mentira”(2008), do diretor Pedro Cezar, às 16h. Às 17h, Cezar e a jornalista e poeta Bianca Ramoneda participam de uma conversa sobre a produção.

Só Dez Por Cento é Mentira é um original mergulho cinematográfico na biografia inventada e nos versos fantásticos do poeta sulmatogrossense Manoel de Barros.
Alternando sequências de entrevistas inéditas do escritor, versos de sua obra e depoimentos de “leitores contagiados” por sua literatura o filme constrói um painel revelador da linguagem do poeta, considerado o mais inovador em língua portuguesa.
Só Dez Por Cento é Mentira ultrapassa as fronteiras convencionais do registro documental. Utiliza uma linguagem visual inventiva, emprega dramaturgia, cria recursos ficcionais e propõe representações gráficas alusivas ao universo extraordinário do poeta.
Procurando resignificar às “desimportâncias” biográficas e à personalidade “escalena” de Manoel de Barros o diretor Pedro Cezar, responsável pelo roteiro e pela narração, pontua o filme com momentos de breves testemunhos ao fundo, como fizera em seu primeiro longa metragem, Fabio Fabuloso. Narrado na maior parte das vezes em tom pessoal o filme busca, sobretudo, “uma voz que aproxime-se da simplicidade e da afetividade do personagem e que se afaste da soberba e da pretensão de uma análise teórica sobre poesia no idioleto manoelês”.
Manoel de Barros tem 93 anos, cerca de 20 livros publicados e vive atualmente em Campo Grande. Consagrado por diversos prêmios literários, é atualmente o escritor brasileiro que mais vende no gênero poesia.
Só Dez Por Cento é Mentira ganhou os prêmios de melhor documentário longa-metragem do II Festival Paulínia de Cinema 2009 e os prêmios de melhor direção de longa-metragem documentário e melhor filme documentário longa-metragem do V Fest Cine Goiânia 2009.”

Homenagem a Manoel de Barros – Dia Nacional da Poesia – Exibição do filme “Só Dez Por Cento é Mentira”
Local: Sala de Leitura da Fundação Cidades das Artes – Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro / RJ – Tel.: (21) 3325 0102
Data: Dia 14/03, sábado
Horário: 16h, exibição do filme; 17h30, conversa sobre o longa com o diretor Pedro Cezar e a jornalista e poeta Bianca Ramoneda

Veja também: Cia. do Solo realiza sarau com poesias de Manoel de Barros na Cidade das Artes. Mais informações no link http://wp.me/pGfCs-147.

Paulo Betti comanda mais uma edição do sarau “Mostre seu talento em cinco minutos”

Foto: Andréa Graiz/Divulgação

Na próxima terça-feira , dia 27 de maio, a partir das 20h, os atores Paulo Betti e Paulo Maia apresentam o sarau “Mostre seu talento em cinco minutos”, no Sesc Casa da Gávea.  O evento, iniciado em junho de 2012, abre espaço para que novos artistas interpretem canções, declamem poemas, dancem, leiam crônicas, apresentem esquetes e stand-up, dentro do tempo proposto. As apresentações são transmitidas pela TV web Casa da Gávea, no endereço http://www.casadagavea.org.br.

Nesse momento em que a cidade do Rio de Janeiro é objeto de desejo da maioria dos artistas do país, na Casa da Gávea eles podem, no sarau, apresentar suas qualidades em cinco minutos para um público sensível e encorajador – destaca Paulo Betti, um dos sócios do centro cultural.

Além das edições do sarau, o Sesc Casa da Gávea apresenta oficinas, o Ciclo de Leituras Dramatizadas, e uma programação de peças e shows.

Sarau Mostre seu talento em cinco minutos
Data: Terça-feira (27 maio)
Horário: 20h
Local: Sesc Casa da Gávea (80 lugares): Praça Santos Dumont, 116 – Gávea
Informações: (21) 2239-3511
Classificação: Livre

Foto de Paulo Betti em frente ao Sesc Casa da Gávea

Foto: Divulgação

Paulo Betti e Paulo Maia apresentam o sarau “Mostre seu talento em cinco minutos”, no palco do Sesc Casa da Gávea, nesta terça-feira, dia 25 de março, a partir das 20h. O evento, iniciado em junho de 2012, abre espaço para que artistas interpretem canções, declamem poemas, dancem, leiam crônicas, apresentem esquetes e stand-up, dentro do tempo proposto. As apresentações são transmitidas pela TV web Casa da Gávea (www.casadagavea.org.br).

Para participar, os interessados precisam chegar 30 minutos antes do início do sarau e realizar a inscrição na recepção do centro cultural.

Sarau Mostre seu talento em cinco minutos
Data: Dia 25/03, terça-feira
Horário: 20h
Local: Sesc Casa da Gávea (80 lugares): Praça Santos Dumont, 116 – Gávea
Informações: (21) 2239-3511
Classificação: Livre

Foto de Paulo Betti no camarim

Foto: Divulgação

Está de volta o tradicional sarau “Mostre seu talento em cinco minutos”, apresentado pelo ator Paulo Betti. Em janeiro, o encontro acontecerá na próxima terça-feira (28), a partir das 20 horas. Criado em em junho de 2012, o evento abre espaço para que artistas interpretem canções, declamem poemas, dancem, leiam crônicas, apresentem esquetes e stand-up, dentro do tempo proposto. As apresentações são transmitidas pela TV web Casa da Gávea (www.casadagavea.org.br).

A Casa da Gávea é um empreendimento cultural que dirige suas atividades para o estudo, debate e divulgação das mais variadas formas de arte e cultura e para a produção de espetáculos teatrais, filmes, vídeos, edições de livros, programas de rádio, exposições e shows musicais.

Sarau Mostre seu talento em cinco minutos no nosso palco (apresentação Paulo Betti)
Data: Dia 28/01, terça-feira
Horário: às 20h
Local: Sesc Casa da Gávea (80 lugares): Praça Santos Dumont, 116 – Gávea
Informações: (21) 2239-3511
Classificação: Livre

Confira alguns eventos que acontecem no dia que ficou conhecido como a Hora de Clarice:

Foto: Reprodução internet

Foto: Reprodução internet

O Instituto Moreira Salles – IMS comemora novamente a Hora de Clarice, ocasião do aniversário da escritora Clarice Lispector (1920-1977), e promove o evento “Além do vento há uma outra coisa que sopra  Sete atos com As palavras de Clarice Lispector”, nesta terça, dia 10 de dezembro, às 19h. As atrizes Cláudia Abreu e Malu Mader farão uma leitura de frases selecionadas pelo acadêmico e pesquisador Roberto Corrêa dos Santos, curador do mais recente livro da autora,  As palavras, lançado pela Editora Rocco. A ideia é tornar a data parte integrante do calendário cultural brasileiro. As senhas serão distribuídas 30 minutos antes do evento.

Além da programação especial, o IMS criou há um ano um site dedicado exclusivamente à autora. O endereço é www.claricelispectorims.com.br. O objetivo foi proporcionar um ambiente de pesquisa bastante completo, rigoroso quanto ao mapeamento de informações, que serve não apenas para estudantes do nível médio, mas também para graduandos, pós-graduandos e admiradores da obra de Clarice. No site é possível encontrar a bibliografia da escritora comentada por especialistas; comparações de traduções em diferentes línguas de trechos de seus livros e uma cronologia ilustrada de vida e obra de Clarice feita por Nadia Gotlib, professora de literatura brasileira e estudos comparados de literaturas de língua portuguesa da USP. Gotlib é também autora de uma apresentação em áudio com comentários de fotos de família de Clarice.

Além do vento há uma outra coisa que sopra – Com Cláudia Abreu e Malu Mader
Local: Instituto Moreira Salles – Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea – Tel.: 21 3284-7400 – 21 3206-2500
Data: 10/12, terça-feira, às 19h
Concepção e direção: Roberto Corrêa dos Santos
Atenção! Lugares limitados. Distribuição de senhas 30 minutos antes do evento.

Outros eventos também comemoram o aniversário da escritora:

– O Midrash Centro Cultural promove Páginas femininas de Clarice Lispector: à procura de um rosto de mulher”,  uma palestra com Aparecida Nunes (Doutora em Literatura Brasileira), seguida de debate mediado por Joice Niskier, com a participação do rabino Nilton Bonder  e da atriz Alessandra Maestrini. O encontro será no dia 10 de dezembro, às 20h, na R. Gal. Venâncio Flores, 182 –  Leblon – Tels.: (21) 2239 1800 / 2222.

Livraria da Travessa Shopping Leblon: Também no dia 10 acontece o “Correio feminino: as crônicas femininas de Clarice Lispector”, um bate-papo com a roteirista Maria Camargo e com as figurinistas Thanara Schonardie e Luciana Buarque, do quadro “Correio de Clarice”, do Fantástico (TV Globo), com mediação de Teresa Montero. A livraria fica na R. Afrânio de Melo Franco, 290, loja 205 A – Leblon – Tel.: (21) 3138-9600.

75603-paulo-betti-620x0-1

Foto: Divulgação

O ator apresenta a última edição de 2013 do sarau “Mostre seu talento em cinco minutos no nosso palco”, nesta terça, dia 26 de novembro,  a partir das 20 horas. O evento abre espaço para que artistas interpretem canções, declamem poemas e versos, dancem, leiam crônicas, apresentem esquetes e stand-up, dentro do tempo proposto. O encontro terá transmissão online, através da TV web Casa da Gávea, no endereço (www.casadagavea.org.br).

A Casa da Gávea é um empreendimento cultural que dirige suas atividades para o estudo, debate e divulgação das mais variadas formas de arte e cultura e para a produção de espetáculos teatrais, filmes, vídeos, edições de livros, programas de rádio, exposições e shows musicais.

Sarau “Mostre seu talento em cinco minutos no nosso palco” (apresentação Paulo Betti)
Data: 26 de novembro, terça-feira
Horário: 20 horas
Local: Sesc Casa da Gávea (80 lugares): Praça Santos Dumont, 116 – Gávea
Informações: (21) 2239-3511
Classificação: Livre

ABL promove recital

Foto: Reprodução internet

Evento acontece dia 19 de setembro, às 17:30h, na Academia Brasileira de Letras – ABL. O Recital “Seis vozes poéticas” apresenta livro que será lançado na Feira de Frankfurt com poemas de seis Acadêmicos: Alberto da Costa e Silva, Antonio Carlos Secchin, Carlos Nejar, Domicio Proença Filho, Geraldo Holanda Cavalcanti e Ivan Junqueira.

O livro Antologia Poética da ABL será lançado na Feira do Livro de Frankfurt, na Alemanha, de 9 a 13 de outubro deste ano.

Recital “Seis vozes poéticas” 

Local: Teatro Raimundo Magalhães Jr., sede da ABL – Av. Presidente Wilson, 203 – Castelo

Data: 19 de setembro, quinta-feira, às 17:30h

Fonte: Site ABL

Foto: divulgação Proler – Casa da Leitura

Um dos cariocas mais conhecidos no Brasil e no exterior, Vinicius de Moraes é tema de em um sarau com poemas, crônicas e canções, que acontecerá no dia 7 de agosto, às 19h, na Proler – Casa de Leitura, sob direção de Delson Antunes.

O apelido Poetinha teria sido dado por Tom Jobim, um de seus parceiros musicais. Além de Tom, Vinicius teve composições em parceria com diversos artistas, entre eles Toquinho, Baden Powell, João Gilberto, Chico Buarque e Carlos Lyra. O Poetinha deixou uma obra vasta, que passa pela literatura, teatro, cinema e música. Uma das canções mais conhecidas é Garota de Ipanema, composta em parceria com Tom Jobim em 1962.

Sarau de Vinicius de Moraes
Local: Casa da Leitura de Laranjeiras – PROLER – Rua Pereira da Silva, 86 – Laranjeiras
Data e horário: quarta-feira, 7 de agosto, às 19h

Arte: divulgação Cidade das Artes

Cidade das Artes reúne diversas atrações neste sábado. A partir das 12 horas, o público poderá conferir exposições, performance, teatro, poesia, cinema e música. Às 13h haverá Performance do coletivo de arte e música Shibatonics, grupo com vários artistas que movimentam a cena artística carioca de um jeito inovador. Entre eles, Antonio Bokel, Bruno Br e Peu Mello. Seus trabalhos unem a arte contemporânea com o gênero musical do rock. Shiba, como também é conhecido, é um coletivo de música, artes e performance que foca na interação do público e na união das pessoas através dessas manifestações artísticas.

Confira mais atividades gratuitas no site da Fundação Cidade das Artes: www.cidadedasartes.org.

Fechando o dia, *Show de Marcelo Bonfá e banda, que não será gratuito.

Confira a programação!

Jardins do Rock

Admiradores do rock terão nos jardins da Cidade das Artes um espaço para tocar instrumentos musicais, cantar, dançar e declamar poesia.
Local: Jardim e Praça
12h: Sarau com música e poesia
13h: Performance do coletivo de arte e música Shibatonics
Abertura da Exposição
14h: Exposição Luz para todos, do coletivo de arte e música Shibatonics.
Local: Galeria
13 de julho a 11 de agosto
Espetáculo infantil
15h: Mistureba, com Paulo Bi
Local: Jardim e Praça
Cineclube das Artes
Local: Teatro de Câmara
15h: Exibição do documentário Rock Brasília – Era de Ouro
18h: Exibição do filme Somos tão Jovens
19h30: Bate-papo como diretor do filme Somos tão Jovens, Antonio Carlos da Fontoura.
Bate-papo
17h: Henrique Rodrigues – autor do livro Como se não houvesse amanhã
Mediação: Bruno Garcia
Local: Sala de Leitura
*Show de Marcelo Bonfá e banda
20h30: O baterista da Legião Urbana apresentará um show com sucessos da Legião Urbana e músicas dos seus discos solos.
Local: Teatro de Câmara – Ingressos: R$40,00 (inteira) / R$20,00 (meia) / R$10,00 (promocional para as pessoas que participarem das atividades do dia)
Av. das Américas, 5300, Barra da Tijuca  – Rio de Janeiro – RJ
Tel.: (21) 3325 0102
Mais informações no site www.cidadedasartes.org.
3º Sarau do Alemao

Foto: divulgação

Está chegando o dia do 3º Sarau do Alemão, evento que reúne manifestações artísticas como poesia, música e dança. O evento, que é patrocinado pela Secretaria de Estado de Cultura,  é realizado pelo Grupo Pensar, uma instituição que desenvolve trabalhos culturais na região. De acordo com o Grupo, a  finalidade do Sarau é  proporcionar ao local um valor cultural e de troca entre artistas de diversos lugares, além de revelar a todos que o Complexo do Alemão é também parte da cidade. Para isso, a instituição acredita que a melhor ferramenta de integração é a cultura.

O evento contará com diversos convidados. Confira a programação abaixo!

-16h às 17h – Programação Infantil (Dentro da Estação)
-17h às 18h – Apresentação dos Trabalhos inscritos pela internet (música, dança, poesia) (Palco Externo)
-18h às 19h – Apresentação dos Compositores convidados do Sarau Criar – Macau, Aleh Ferreira e Mario Broder (Palco Externo)
-19h às 20h –  Apresentação de Eddu Grau°, artista do Complexo do Alemão (que teve sua música na novela Salve Jorge) e da convidada especial Fernanda Abreu. (Palco Externo)

3º Sarau do Alemão – Domingo, dia 24, na Estação Palmeiras
do Teleférico do Complexo do Alemão (é a última estação), em Inhaúma.

Dia 19, às 19:00h acontece no Teatro Raul Cortez o Show “NAS ÁGUAS DO LAGO – Causos e Canções de Mário Lago”, que  faz parte das comemorações pelo centenário do artista. Comandado pelo cantor e compositor Serginho Procópio, o evento apresentará um recital de poesias e conversas de “causos” vividos pelo artista. O público poderá ouvir sambas, valsas, canções e marchinhas interpretados por Luíza Dionizio, Marquinhos China e o Grupo Tempero Carioca.

Uma das canções populares mais conhecidas do  advogado, poeta, radialista, compositor e ator é o samba “Ai, que saudades da Amélia”,  em parceria com Ataulfo Alves.

Teatro Raul Cortez – Praça do Pacificador, s/nº – Centro – Duque de Caxias – RJ
Tel.: (21) 27713062
440 lugares por sessão;
Distribuição de senhas 1 hora antes do espetáculo;
Classificação 16 anos;
%d blogueiros gostam disto: