| “Botafogo Vivo” é a primeira iniciativa da Rede Botafogo de Cultura Solidária |
foto externa da Biblioteca Popular de Botafogo

Foto: reprodução internet

Neste sábado, dia 26 de agosto, das 10h às 17h, a Praça Chaim Weizmann e a Biblioteca Popular Municipal de Botafogo Machado de Assis receberão diversas atividades para público de todas as idades. Música, cinema, teatro, literatura, dança, oficinas para crianças, coral formado por moradores de rua, contação de histórias e compartilhamento de ideias sobre projetos culturais e inovação cidadã estão entre as atrações do evento “Botafogo Vivo”. 

A iniciativa é da recém-criada Rede Botafogo de Cultura Solidária, que reúne profissionais de diversas áreas, compartilhando expertises e experiências. A proposta do grupo é formar uma rede comunitária colaborativa envolvendo produtores e empresas ligadas aos setores cultural, social, ambiental e educacional que atuem no bairro da Zona Sul carioca. A ideia de produzir eventos para ocupar os espaços públicos surgiu da necessidade de levar para a rua tudo o que se produz no bairro, não se intimidando com a falta de segurança e a violência.

O evento do próximo sábado será a primeira edição da série “Botafogo Vivo”, que pretende seguir itinerante pelas praças do bairro, produzindo, divulgando, compartilhando arte, criatividade e cultura, integrando moradores, frequentadores, artistas e produtores da região. Haverá uma “árvore do agasalho” para receber doações de roupas de frio e cobertores, que estarão disponíveis para quem quiser pegar.

 

Programação:

– Na Praça Chaim Weizmann

10h – Atividades infantis: oficina de arte e leitura do livro “Botafogo para crianças”, feita pela historiadora Kaori Kodama, autora em parceria com o ilustrador Guto Lins, que conta a história do bairro de uma forma lúdica e divertida
10h30 – Roda de Capoeira de Angola – Mestre Ferradura
11h – Apresentação de dança contemporânea da Escola e Faculdade de Dança Angel Vianna
12h – Livros na Praça – distribuição de livros feita pela Biblioteca Machado de Assis. Qualquer pessoa pode escolher um livro e levar. É de graça
12h – Coral Uma Só Voz, formado por moradores de rua
13h – Apresentação do grupo de choro Criançada Reunida
13h30 – Ciranda de Música e Poesia com o grupo do Teatro do Mar
13h50 – Apresentação de uma cena teatral lúdica com o grupo do Teatro do Mar
14h – Grupo Oficina Roda de samba com a cantora Christina Paz
15h – Show de MPB com a Banda Atitude, da comunidade Santa Marta
16h – Show da cantora Luíza Breves

– No auditório da Biblioteca Machado de Assis (Rua Farani, n° 53)

10h – Abertura com apresentação da Rede Botafogo de Cultura Solidária com o jornalista Mário Margutti
10h15 – Roda de conversa “Inovação Cidadã”, comandada pela professora Ivana Bentes, da Escola de Comunicação da UFRJ
10h40 – Antonio Breves fala sobre a proposta do Espaço Cultural Olho da Rua
11h – Palestra do jornalista Mário Margutti sobre “Projetos Culturais”
13h – Apresentação de projetos da Universidade Santa Úrsula, como a adoção da Praça Chaim Weizmann e as atividades ambientais e sustentáveis no Morro Azul
14h – Pré-estreia do filme “Sigilo eterno”, do cineasta Noilton Nunes, seguida de debate com o diretor e elenco

“Botafogo Vivo”
Local: Praça Chaim Weizmann (final da Rua Farani) e Biblioteca Pública Machado de Assis ( Rua Farani, n° 53 – Botafogo – Rio de Janeiro/RJ
Data: dia 26/08
Horário: das 10h às 17h, conforme programação

Anúncios