Tag Archive: Riofilme


| Em março e abril, filmes serão exibidos em espaços públicos da Zona Oeste, Cachambi e Catumbi | 

Foto: divulgação

O projeto Cinemão levará, nos meses de março e abril, a Mostra Cinemão Z.O., que exibirá curta-metragens, aos bairros Cesarão, Barra de Guaratiba, Vargem GrandeUrucânia e Paciência. Os moradores da Zona Oeste terão a oportunidade de assistir a filmes premiados de animação, documentário e ficção, que serão exibidos em praça pública, num super telão inflável, aos finais de semana. A mostra tem patrocínio da RioFilme e Secretaria Municipal de Cultura.

Mostra Cinemão Infantil exibirá filmes com a temática e classificação livre. A primeira exibição acontecerá no dia 24 de março, às 19h, na Areninha Gilberto Gil, em Realengo. A mostra seguirá para a Cidade das Crianças, em Santa Cruz, no dia 12 de abril, Museu do Pontal, no Recreio dos Bandeirantes, dia 22 de abril, Praça Manoel de Nóbrega, no Catumbi (28/04), e termina no Conjunto IAPC (29/04), no Cachambi.

Pela primeira vez o Cinemão promoverá uma “Curadoria Interativa“, onde os público escolherá os filmes que desejam assistir dentro da cartela de produções disponibilizadas, que conta com 80 títulos de longa-metragem disponibilizados pela Ancine, inclusive com o longa que acaba de entrar em cartaz nos cinemas – “Hibridos: os espiritos do Brasil”, de Vicent Moon e Priscila, curtas infantis, como “Meu amigo Nietzsche”, “O balãozinho Azul”, de Faustón Silva, entre outros.

No âmbito das realizações da mostra, além da presença de produtores e realizadores audiovisuais, serão convidados membros de órgãos e instituições públicas voltadas para o audiovisual que possam enriquecer o intercâmbio e as experiências com realizadores e com o público presente. Com o intuito de difundir ainda mais as realizações propostas e atuar no processo de formação de plateias para o cinema nacional, a  Mostra Cinemão Infantil terá entrada franca para todas as atividades.

“A Mostra Cinemão Infantil é um programa pra toda a família e conta com uma curadoria especial de curtas. Tem filme de ficção, animação e documentário. É uma ótima oportunidade para a criança ter contato com todos os gêneros do cinema”, afirma o idealizador da mostra, Cid César Augusto.

A  Mostra Cinemão Infantil  tem patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e LIQ, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS, apoio da Epson e apoio Institucional da Unic-Rio e RioFilme

Cinemão é uma rede exibidora popular, uma sala de cinema móvel. Trata-se de uma carro aparelhado para exibição de filmes, equipado com projetor de alta performance, super telão inflável, sistema de som, cadeiras e pipoqueira. O projeto está em atividade desde 2010 e protagoniza o maior número de intervenções cinematográficas em espaços públicos no Rio de Janeiro. O objetivo principal é democratizar e promover o cinema brasileiro de forma prática, gratuita e eficiente. A iniciativa exibe uma produção nacional (curtas e longas de todos os gêneros) de forma democrática e acessível, atendendo a toda e qualquer população. Também faz parte deste projeto a realização de oficinas de audiovisual para crianças e adolescentes. A partir de acordos com distribuidores nacionais, o Cinemão funciona como uma importante janela para democratização do cinema brasileiro, utilizando tecnologia própria por meio do Aplicativo “Cinemão” para o estímulo de construção de narrativas populares.

Para Cid César Augusto, idealizador e diretor do projeto, o Cinemão é uma excelente janela para essa intensa e vibrante produção nacional. “Em 2018, vamos desencadear a maior ação de democratização do cinema nacional realizada nesta cidade. O cinema vai encontrar o povo!’

Mostra Cinemão Z.O.
Dia 24/3, sábado, às 19h – Conjunto Habitacional Otacílio Câmara, Cesarão (Campo do Carecão) – Santa Cruz;
Dia 25/3, domingo, às 19h – Praça Doutor Raul Capello Barrozo, Barra de Guaratiba;
Dia 6/4, sexta-feira, às 19h – Escola Municipal Professor Teófilo Moreira da Costa: Rua Esperança, 387 – Vargem Grande;
Dia 14/4, sábado, às 19h – Campo da Rua Quinze, Urucânia – Santa Cruz;
Dia 15/4, domingo, às 19h – Praça do Ponto Chic, Paciência.
Classificação: livre

Mostra Cinemão Infantil
Dia 24/3, sábado, às 19h – Areninha Gilberto Gil: Av. Marechal Fontenele, 5000 – Realengo;
Dia 12/4, quinta-feira, às 10h – Cidade das Crianças: Rodovia Rio-Santos, Km 1 – Santa Cruz;
Dia 22/4, domingo, às 19h – Museu Casa do Pontal: Estrada do Pontal, 3295 – Recreio dos Bandeirantes;
Dia 28/04, sábado, horário a definir – Praça Manoel de Nóbrega, no Catumbi;
Dia 29/4, domingo, às 19h – Conjunto IAPC, no Cachambi.
Classificação: livre

Seleção de curtas:

Meu amigo Nietzsche – 15′ – Diretor Faustón Silva;
O balãozinho Azul – 19′ – Diretor Faustón Silva;
Procura-se – 15′ – Diretor Iberê Carvalho;
Caminho dos Gigantes – 12′ – Diretor Alois Di Leo;
Lobo Guará – 20′ – Diretor Faustón Silva;
Do Lado de Fora – 19,37′ – Diretor Matheus Peçanha, Paulo Sans;
Metamorphoses – 5′ – Diretora Jane Carmen de Oliveira;
Sayonaura – 4,37′ – Diretora Débora Mini;
Diário de areia – 6,26′ – Sarah Guedes e Isadora Morales;
Normal é ser diferente – 4′ – Produtora Alopra;
Cafeka – 2,18′ – Diretor Nicholas Paim;
Irmãos Suados – 1,15′ – Produtora Alopra;
Hidro e Fluido – 1,00′ – Produtora Alopra;
La Loba – 3,09′ – Diretora Julia Nicolescu;
Desventura de um dia – 10′ – Diretora Adriana Meireles.

——————————–

Leia também: “Pré-estreia de ‘Nossos Mortos Têm Voz’ acontece no Cine Odeon no dia 27 de março“.

Anúncios

| Mostra celebra vigorosa produção audiovisual em curta-metragem de estudantes de todo o país |

foto de cena do filme Um Sol Alaranjado, de Eduardo Valente, premiado em Cannes

Foto: divulgação – cena do filme Um Sol Alaranjado, de Eduardo Valente, premiado em Cannes

O Rio de Janeiro e Niterói recebem, de 4 a 10 de setembro, o 20º Festival Brasileiro de Cinema Universitário (FBCU). A mostra traz um panorama da produção audiovisual em curta-metragem de estudantes de universidades e de escolas de Cinema de todo o Brasil. Na maratona, o público poderá conferir 81 filmes. Eles compõem a Mostra Competitiva Nacional, com 26 curtas na disputa pelo prêmio principal; Mostra Panorama Nacional, com 39 produções fora de disputa, mas que se destacaram na escolha dos títulos pelos curadores; e a Mostra Panorama Carioca, que conta com 16 filmes fora de disputa, dirigidos por realizadores do Rio de Janeiro. Este ano o festival terá a Sessão Acessível e a Mostra Cineclube nas Escolas, com produções de alunos da rede municipal do Rio.
O festival acontece no Rio, na CAIXA Cultural e na Escola de Cinema Darcy Ribeiro, e em Niterói, no Cine Arte UFF, onde será a noite de abertura, no dia 4 de setembro. O evento tem o patrocínio da Riofilme e da Secretaria de Estado de Cultura e é uma realização da Associação Cultural Festival Brasileiro de Cinema Universitário, Insensatez Audiovisual, Centro de Artes da UFF, Universidade Federal Fluminense e Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura.

Paralelamente às mostras, acontecem duas mesas de debate na Escola de Cinema Darcy Ribeiro: “Formação em Audiovisual”, com Elianne Ivo (UFF), Irene Ferraz (Escola de Cinema Darcy Ribeiro) e o homenageado Miguel Pereira (PUC/RJ); e Cinema e Territórios, com Priscila Gomes (Maré), Ziza Dourado (Escola de Cinema Darcy Ribeiro) e Luana Pinheiro (Nova Iguaçu).
Para alunos-realizadores e estudantes da arte cinematográfica em geral, três oficinas serão oferecidas: “Roteiro”, na Darcy Ribeiro; “Fotografia para Cinema”, no Estúdio Fazer Cinema, e “Filmes de Gaveta”, na UFF, sendo a Oficina Direção de Fotografia em Cinema – com o diretor de fotografia Neto Favaron – nos dias 05 e 06, gratuita (Mais informaçõespelo e-mail contato@fazercinema.com.br.

Clique em “View full article” ou em “continue lendo” e confira mais informações sobre o evento. A programação completa está disponível na página do festival no Facebook.

Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: