Tag Archive: vídeo


| Inscrições para Crítica Cinematográfica e Introdução ao Documentário acontecem nos dias 4 e 5/06 | 

Foto: divulgação

O Sesc Tijuca oferece, entre os dias 8 de junho e 17 de agosto, os cursos de Crítica Cinematográfica e Introdução ao Documentário. As aulas acontecerão aos sábados, das 9h às 12h para o curso de Crítica Cinematográfica, e das 14h30 às 17h30 para o de Introdução ao Documentário, na Sala de Vídeo da unidade. Os cursos são abertos para pessoas com idade a partir dos 16 anos.

O objetivo do curso de Crítica Cinematográfica é propor aproximações com o trabalho de crítica em cinema, apresentando aos alunos as formas de atuação do crítico, os desafios do ofício e modos de desenvolver ferramentas de análise crítica fílmica. A proposta também possibilita a compreensão do papel do crítico dentro do cenário de mostras e festivais e as diferentes dinâmicas envolvidas na área.

Já o curso de Introdução ao Documentário trabalhará características do cinema documentário e diferenças frente à ficção, análise e discussão de obras de expoentes do cinema documental, formas de abordagem e representação da realidade, escolha de tema e pesquisa, pré-roteiro, direção e estratégias de filmagem, montagem e edição.

Interessados devem se inscrever na unidade do Sesc, na Zona Norte do Rio, nos dias 4 e 5 de junho, apresentando documento com foto e Cartão Sesc, caso possuam. As vagas são limitadas.

Cursos na Área de Audiovisual no Sesc Tijuca 
Endereço: Rua Barão de Mesquita, 539 – Tijuca – Rio de Janeiro/RJ
Inscrições: No local, dias 4 e 5/06/2019
Curso de Crítica Cinematográfica
Período: 8/6 a 17/8 | sábados, 09h às 12h
Curso Introdução ao Documentário
Período: 8/6 a 17/8 | sábados, 14h30 às 17h30

Anúncios
| Youtuber e muser participará de bate-papo com fãs e fará fotos e vídeos utilizando o app Musical.ly |
Foto de Pablo Sales

Foto: divulgação

Neste sábado, dia 30 de junho, o Center Shopping Rio, em Jacarepaguá, promove o evento “Estúdio Center”, com a presença do youtuber e muser Pablo Sales. O jovem interagirá com fãs através de um bate-papo animado, posará para fotos e gravará vídeos com o uso do app Musical.ly. O evento acontecerá das 16h às 19h, no 3° piso do shopping da Zona Oeste do Rio. 

O carioca Pablo Sales possui mais de 30 mil inscritos em seu canal no Youtube e cerca de 2 milhões de seguidores na plataforma Musical.ly, aplicativo de rede social para criação de vídeos, mensagens e transmissão ao vivo, uma das principais redes entre os adolescentes e jovens. 

Estúdio Center com youtuber e muser Pablo Sales
Local: Center Shopping Rio (3° piso – em frente à loja Alphabeto) – Av. Geremário Dantas, 404 – Jacarepaguá – Rio de Janeiro/ RJ – Tel.: (21) 3312-5000
Data: dia 30/06 (sábado)
Horário: das 16h às 19h

Siga o blog nas redes sociais:
– Facebook.com/degracaeuvou
– Twitter.com/degracaeuvou
– Instagram.com/degracaeuvou
@degracaeuvou

—————————————————–

Anúncios – *Ofertas válidas por tempo limitado:

 

| Performance “Tempestuosa Depressagem” dialoga com vivências subjetivas do ser humano |

Foto divulgação

O Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro apresenta, no dia 7 de abril, às 19h30, a “Tempestuosa Depressagem“. A  performance artística retrata as nuances e desdobramentos da síndrome do pânico e da depressão em mulheres negras com foco na dificuldade que elas têm de assumir e admitir as subjetividades da saúde mental.
“A depressão, o mal do século XXI, atinge todas as faixas populacionais, porém por conta de um racismo histórico e estrutural, estas subjetividades humanas foram negadas à população negra. Na performance, para além das próprias experiências corporais e psicológicas de quando foi acometida pela síndrome do pânico, a curadora e idealizadora do projeto, Flavia Souza, trará, através de uma dramaturgia verbal e corporal, relatos próprios e de outras mulheres negras com experiências semelhantes.”
A proposta é a de trazer à tona essa discussão e, ao mesmo tempo, poder humanizar esses sofrimentos a fim de que a problemática seja percebida por todos e como um alerta para aqueles que sofrem com a doença, para que procurem ajuda. A direção é de Tatiana Tibúrcio.
“Tempestuosa Depressagem é uma performance que dialoga com as vivências subjetivas do ser humano. Estas sensações são de difícil compreensão para a maioria da população. E nós, da população negra, temos a dificuldade de assumir e admitir quando somos acometidos psicologicamente. Desde a época do navio negreiro, a população negra já sofria e se suicidava por depressão, na ocasião chamada de banzo, e tida como um mal que só acometia aos escravizados. E assim nada foi feito para combater a patologia da relação mente e alma. E os pretos foram, como sempre, deixados de lado e, sem o condicionamento para reconhecer o problema, eles tiveram potencializados seus distúrbios, pois o direito à humanidade foi negado. No que diz respeito às mulheres negras, a sociedade brasileira se condicionou a uma cobrança excessiva, pregando que esta é uma fortaleza ambulante e não sente nada, conseguindo lidar bem com tudo. Segundo Djamila Ribeiro, por conta das violências pelas quais as mulheres negras passam, criou-se o mito da mulher negra forte, guerreira, que enfrenta tudo. Mulheres negras precisam ser fortes porque o Estado é omisso e desumano, porque também não reconhece nelas suas fragilidades que são próprias da condição humana. Sabemos que esta é uma construção racista e que traz uma ideia de que somos mais objeto do que humanos. Percebi que ao lidar com a saúde mental o problema é invisibilizado e silenciado entre a população negra. O autocuidado é praticamente inexistente, e isto é herança que o banzo nos deixou”, relata a idealizadora do projeto, Flavia Souza.
Flavia criou em 2017 MOVIMENCURE (movimento que cura). O Movimento tem como proposta debruçar e pesquisar sobre essa patologia da qual foi vítima. “A partir das manifestações culturais, circulares e acolhedoras, onde movimenta a energia que cada ser carrega em si, encontrei uma possibilidade de cura, trazendo, dessa maneira, uma reflexão através da ancestralidade”, diz.
“Através de pesquisas e oficinas, montei um pequeno fragmento solo, com participações e intervenções de vídeos com relatos sobre saúde mental, psíquica, sobre a construção de um ser forte, sobre a dificuldade que pessoas, principalmente negras, têm de admitir que estejam sofrendo e precisando de cuidados e sobre como, onde e quando podemos e devemos buscar ajuda. É sabido que o corpo fala e dialoga sobre tudo, sobre cura, angústia e ancestralidade”, afirma a artista.
O projeto Tempestuosa Depressagem foi contemplado no I PRÊMIO CULTURA + DIVERSIDADE da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro. 
Tempestuosa Depressagem
Local: Teatro Angel Vianna – Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro – Rua José Higino, 115 – Tijuca – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 7/04
Horário: 19h30
Classificação: livre
Exposição reúne trabalhos de 16 escritores do país que produzem obras em vídeo, objeto, desenho e instalação |

Foto: divulgação

O Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, no Centro do Rio, recebe, do dia 3 de março a 5 de maio, a mostra Rejuvenesça: Poesia Expandida Hoje. Com curadoria de Pollyana Quintella e produção de Ana Hortides, Rejuvenesça é uma exposição voltada para a produção de poetas e escritores que exploram outros formatos além do livro. 
Serão exibidos trabalhos de 16 escritores, oriundos de vários lugares do país, que produzem obras em vídeo, objeto, desenho e instalação. Ainda assim, a palavra e a escrita continuam como questões centrais de investigação. Em 1959, Ferreira Gullar fez o “poema enterrado”, que consistia na sobreposição de cubos de tamanhos diferentes (vermelho, verde e branco). O leitor-visitante ia levantando um a um e, por fim, encontrava enterrada a palavra “Rejuvenesça”. Dessa forma, a exposição considera o “poema enterrado” como uma experiência emblemática de poema espacial (curiosamente, foi a despedida de Gullar do neoconcretismo), fazendo uma homenagem ao grande poeta.
“Em alguns trabalhos, a recorrência a outras mídias é um modo de dar à narrativa novos complementos visuais, em outros é um modo de transformar a escrita em algo menos significante, mais absurdo. Em todos, persiste o exercício de materializar, espacializar e performatizar a linguagem escrita, e isso poderá ser visto na exposição de diferentes maneiras. Por isso, trazer a literatura para o meio das artes visuais é um modo de provocar encontros e contaminações entre os dois campos, buscando novos diálogos e soluções entre essas duas manifestações”, declara a curadora Pollyana Quintella.
Fazem parte da exposição os poetas e escritores Adelaide Ivánova, Carlos Augusto Lima, Catarina Lins e Priscila Fiszman, Dimitri Rebello, Érica Zíngano, Frederico Klumb, Guilherme Zarvos, João Reynaldo, Luca Argel, Lucas Matos, Marília Garcia, Oficina Experimental de Poesia, Reuben da Rocha, Tazio Zambi e Victor Heringer.
A mostra também contará com uma mesa de debates com os poetas e a curadora e um cineclube.
Rejuvenesça: Poesia Expandida Hoje
Local: Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica – Rua Luis de Camões, 68 – Centro – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 2242-1012 – próximo à Av. Passos e à Praça Tiradentes

Período: de 3 de março a 5 de maio de 2018 
Funcionamento: de segunda a sábado, das 12h às 18h. Fechado aos domingos e feriados 
Classificação: livre

Se você produz vídeos e sonha com o sucesso na web, fique esperto. A YouTube Creator Academy (Escola de Criadores do Youtube) está com inscrições abertas para o curso Maximize Your Channel (Maximize seu Canal), com “instrutores especialistas YouTube”. O curso online acontecerá de 30 de setembro a 18 de outubro. Para participar é necessário ter uma conta no Google, idade mínima de 13 anos e um canal no YouTube com pelo menos 10 vídeos publicados ou selecionados, já que será necessário um canal para aplicar e praticar o que aprender.

O curso terá cerca de 4 a 6 horas por semana, dividido em 6 aulas com vídeos em Inglês e legendados em português. Haverá avaliação a cada aula. Para concluir o curso, o participante deverá completar todas as atividades e obter um aproveitamento de 75%. Clique aqui e veja todas as informações!

Ah, se você fizer o curso e o seu canal bombar na rede, não deixe de nos avisar que soube por aqui.

oi-kabum

Foto: divulgação

A Escola de Arte e Tecnologia Oi Kabum! está com inscrições abertas para os cursos até o dia 28. Os interessados devem ter entre 16 e 21 anos, cursar ou ter concluído o Ensino Médio na rede pública de ensino ou serem bolsistas em uma instituição particular, além de possuir conhecimentos básicos de uso do computador. As atividades acontecem de 2ª a 6ª feira, das 8h às 12h, com 17 meses de duração. As aulas começam em 5 de agosto e vão até dezembro de 2014.

São oferecidas 90 vagas por meio de uma seleção, entretanto os 360 classificados na primeira etapa garantem vaga na oficina Click, de arte e tecnologia, com 20 horas de duração, que acontecerá às terças e quintas ou quartas e sextas-feiras, entre os meses de maio e junho.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.oikabumrio.org.br. Os candidatos sem acesso à internet podem se inscrever na Escola, basta agendar pelo tel. (21) 3131-9399. A divulgação dos resultados será pelos sites do Oi Futuro (www.oifuturo.org.br), do Centro de Criação de Imagem Popular – CECIP (www.cecip.org.br) e na Escola. O da primeira etapa será divulgado até o dia 7 de maio e o final será no dia 7 de julho.

Rua: Visconde de Pirajá, 54 – 1° andar – Ipanema
Tel: (21) 3131-9399

cinemanosso

A escola de audiovisual Cinema Nosso oferece 150 vagas para 6 cursos diferentes: Cinema Básico I (Segundas e Quartas, de 14h às 17h);  Cinema Básico II (Segundas e Quartas, de 09h às 12h); Cinema Intermediário (Terças e Quintas, de 14h às 17h); Cinema Avançado (Terças e Quintas, de 09h às 12h); Cinema de Animação (Quartas e Sextas, de 09h às 12h) e  Motion Design (Terças e Quintas, de 14h às 17h). Os cursos, com duração de 4 meses, são destinados a jovens com idade entre 15 e 20 anos. Os alunos serão selecionados através de uma entrevista socio-pedagógica com a coordenadora Mirian Machado.

As inscrições devem ser realizadas pelo telefone 2505-3300 e estarão abertas até o dia 28 de março. O início das aulas está previsto para 04 de abril de 2011 e o término, 29 de julho.

Mais informações no site www.cinemanosso.org.br ou pelo email sociopedagogico@cinemanosso.org.br

Cinema Nosso – Rua do Rezende, 80 – Lapa – Tel.: 55 21 2505-3300 – CEP: 20231-092

%d blogueiros gostam disto: