Tag Archive: vidigal


O grupo “3030” se apresenta no FM Hall Estúdios, no Centro do Rio, no dia 27 de março, a partir das 19h. No repertório do pocket show estão sucessos como “Mundo de ilusões”, “Luz em todo o morro” e “Bom dia”, além de outras canções que marcaram a trajetória musical do grupo de rap e hip hop formado por Bruno Chelles, Lk e Rod. A classificação é livre.

“A gente quer ser lembrado por fazer um som brasileiro, trazendo uma mensagem nova. Uma fórmula diferente de fazer rap”, afirma Lk. “Somos um grupo de rap com música brasileira sem estar preso a nada. Se prestar atenção, a pessoa acha o samba, a bossa nova, black music e muito mais nas nossas faixas. Queremos ir além do segmento do rap, englobando mais e taxando menos”, acrescenta Rod, ostentando os números 3030 tatuados no braço.”

“Uma prova da autenticidade no estilo do 3030 é que a história musical dos três juntos começa em 2009 com um sampler da música “Tarde em Itapuã” de Vinicius de Moraes. Lk teve a ideia de usar aquele som para iniciar a singularidade do grupo. A inovação caiu como luva no violão de Bruno e eles criaram a canção “Como é”. Inscreveram a música no concurso Rap Popular Brasileiro, promovido pela Cufa e por lá chegaram cheios de si, achando que iriam vencer. ” Fomos desclassificados na primeira rodada. Voltamos para casa, tristes no metrô, sem falar nada um com o outro. Achamos que o nome àquela época, Brenfa 3030, nos taxou com um propósito que nunca tivemos e não nos ajudou”, lembra Lk.”

Pocket show “3030”
Local: FM Hall – Bossa Nova Mall – Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 27/03 (terça-feira)
Horário: 19h (evento sujeito à lotação)

Foto do musical Bandeira de Retalhos

Foto: Pagu Comunicação

O espetáculo encenado pelo grupo Nós do Morro volta aos palcos cariocas a partir deste sábado, dia 15 de março, no Teatro Armando Gonzaga, em Marechal Hermes (15, 16, 22, 23, 29 e 30/03 – sáb, 20h; dom, 19h), com ingressos a R$10 (inteira) e R$5 (meia-entrada). As apresentações na Arena Carioca Jovelina Pérola Negra, na Pavuna (dias 25 e 26/03) e no Teatro Carlos Zéfiro, em Anchieta (dias 4, 9 e 11/04) tem entrada gratuita.

No elenco, Alexandre Cipriano, Alexis Abrahan, Camillo Oliveira Cida Costa, Cláudio Tozer, Danilo Batista, Edson Oliveira, Flavio Mariano, Francisca Damião, Jackie Brown, João Gurgel, Kizi Vaz, Lorena Baesso, Luiz Henrique Delfino, Louz Barbosa, Marcello Melo, Maga Cavalcante, Marília Coelho, Renan Monteiro, Rosângela Gonçalves e Sandro Mattos. Texto e direção musical de Sérgio Ricardo e direção geral de Guti Fraga e Fátima Domingues.

Bandeira de Retalhos fala sobre o episódio histórico de 1977, quando o governo tentou expulsar parte dos moradores do Vidigal. Eles resistiram e, com o apoio da população, de setores da igreja católica e da imprensa, mudaram a demografia do Rio de Janeiro para sempre. A peça é um musical 100% brasileiro, realizado pelo grupo Nós do Morro, que fala de união, política e solidariedade, ao som de músicas de Sérgio Ricardo.”

De acordo com informações do site do grupo Nós do Morro, o musical foi assistido por cerca de oito mil pessoas, fez quatro apresentações lotadas no Chapitô, em Lisboa, em maio de 2013, por conta do Ano do Brasil em Portugal, além de apresentações no Casarão do Nós do Morro, no Teatro Maria Clara Machado (Planetário da Gávea), na Praça Tropicália, em frente à sede do Afroreggae, em Vigário Geral, no Teatro Calouste Gulberkian, no Rio de Janeiro. Em São Paulo, passou pelos palcos do Itaú Cultural, em agosto de 2012, e da VIII Mostra de Latino-Americana de Teatro de Grupo, realizada no Centro Cultural São Paulo.

Musical Bandeira de Retalhos – grupo Nós do Morro
Classificação Indicativa: 16 anos
Duração: 105 min.
Local: Arena Carioca Jovelina Pérola Negra – Praça Ênio, s/nº – Pavuna – Informações: (21) 2886 3889
Datas: Dia 25 de março – terça-feira, às 14h; 19:30h // Dia 26 de março, quarta-feira, às 14h; 19:30h
Local: Lona Cultural Municipal Carlos Zéfiro – Estrada Marechal Alencastro, s/nº – Anchieta – Informações: (21) 3339-4290
Datas: Dia 4 de abril – sexta-feira, 14h; 20h // Dia 9 de abril – quarta-feira, 14h; 19h // Dia 11 de abril – sexta-feira, 14h; 19h

programacao-cineclube-no-botequim

Foto: divilgação

Boteco não é mais um lugar apenas para bater papo, tomar uma cervejinha ou jogar aquela sinuca. Para o pessoal do “Curta no Botequim  é lugar para exibir curtas. Neste sábado, acontece a 2ª edição do projeto, no qual serão exibidas 5 produções, além de exposição de fotos do “FavelArt&Foto”, um grupo de fotógrafos profissionais e amadores que saem aos fins de semana para registrar as favelas cariocas. Para fechar o evento, tem roda de samba com o “Samba de Benfica”.

Curta no Botequim no Vidigal, 2ª edição
Exibição de curtas-metragens, roda de samba com o “Samba de Benfica”, Varal
fotográfico do FavelArt&Foto
Data: 20/04/2013
Horário: 18h às 23h
Local: Bar do Jesus (Avenida Benedito Calixto, n. 104 – Rua Nova – Vidigal)
Classificação: Livre
*Para consumo no local, o bar só aceita pagamento em dinheiro

Confira a programação abaixo!

Palhaços de Rua (14’19”)
Direção: Rafael Bacelar Nogueira e Rodolfo da Silva Gomes.
Sinopse: O trabalho de três artistas conduz a narrativa do
documentário que trata de uma das mais antigas figuras presentes no
cotidiano das cidades: os palhaços. Cláudio Wendell, Jorge Lira e
Alexandre “Sr. Palhaço” experimentam e relatam como é ser palhaço fora
do circo, na rua, refletindo sobre o contexto atual de seu fazer
artístico. Malabarismos, piruetas, paródias e provocações burlescas
encontram palco nos espaços públicos e ganham novas leituras na
comédia da vida moderna. Direção: Rafael Bacelar Nogueira e Rodolfo da
Silva Gomes.

O Que Você Tem Na Cabeça? (19’00”)
Direção: Carlos Maia Mundomaia
Sinopse: O documentário aborda o modo nos relacionamos com nossos
cabelos. A partir da aparência, o filme pretende mostrar como o
brasileiro quer ser visto e as representações que faz de si mesmo. Com
a participação de Zezé Motta.

Bip-Bip (14’00”)
Direção: Maurício Ribeiro.
Sinopse: Vídeo documentário que retrata a história do samba e do
chorinho junto com seus compositores e cantores, em um bar chamado
Bip-Bip em Copacabana.

*Casas Marcadas (10’00”)
*Direção: Adriana Barradas, Alessandra Schimite, Ana Clara Chequetti,
Carlos R. S. Moreira (Beto), Éthel Oliveira e Juliette Lizeray.
Sinopse: A história se repete, para que me serve este progresso, se
agora que está ficando bom tenho que ir embora?

Mulheres no Funk (13’00)
Direção: Luisa Nolasco
Produção: Maria Eduarda Barreiro
Fotografia: Luisa Nolasco
Som: Silvana Cascais
Edição: Luisa Nolasco e Silvana Cascais
Assistente de direção: Silvana Cascais
Assistente de som: Pedro Chi
Assistente de edição: Pedro Riguetti
Sinopse: Curta documentário que retrata o discurso de mulheres que
vivem no universo do funk carioca. O filme traz a fala de Maysa,
Priscilla e Sabrina, funkeiras que buscam espaço para colocar sua voz
neste contexto.

FavelArt&Foto
O FavelArt&Foto é um grupo de Fotógrafos Profissionais e Amadores que,
saem aos fins de Semana para registrar as Favelas do Rio de Janeiro. O Foto
Clube FavelArt&Foto nasceu a partir do anseio de um grupo de fotógrafos e
amigos que se propuseram a criar um espaço onde pessoas oriundas de Favelas
e de outras partes da cidade, pudessem discutir e popularizar a arte da
fotografia.

Samba de Benfica

 

%d blogueiros gostam disto: