Tag Archive: violoncelo


| Evento apresentado por crianças do projeto terá canções de Beethoven, Tom Jobim e Luiz Gonzaga | 

Foto: divulgação

Um grande concerto da Orquestra Sinfônica Som + Eu celebrará a inauguração da nova unidade do projeto social, no bairro de Santa Cruz, no Palacete Princesa Isabel – Centro Cultural Municipal de Santa Cruz, dia 16 de abril, a partir de 18h. No repertório, assinado pela maestro Anderson Alves, estão canções de Beethoven, Tom Jobim e Luiz Gonzaga.

A iniciativa, que existe desde 2011 com atividades no centro da cidade do Rio e na Baixada Fluminense, já beneficiou mais de três mil crianças e adolescentes com aulas gratuitas de música clássica e instrumental, agora chegou à Zona Oeste do Rio. O projeto socioeducativo em Santa Cruz tem o patrocínio da Fábrica Carioca de Catalisadores SA. e, desde março, oferece aulas de canto coral, prática de orquestra e de instrumentos como violino, viola clássica, violoncelo, clarinete, flauta doce e transversal.

A presidente do Projeto Som +Eu, Valeria Seabra, comemora a expansão do projeto:
“Estamos transbordando de alegria por mais uma porta aberta, já estamos trabalhando para deixar um legado que vai contribuir para transformação de muitas vidas em Santa Cruz. A parceria da Fábrica Carioca de Catalisadores e o apoio das instituições públicas são fundamentais. Estamos todos juntos num mesmo objetivo, a transformação de vidas através da música. Estamos muito motivados e vamos fazer um grande evento para nossos parceiros, amigos e para a comunidade.” – comemora a presidente.

Concerto de estreia Projeto Som + Eu – Santa Cruz 
Local: Palacete Princesa Isabel – Centro Cultural Municipal de Santa Cruz – Rua do Matadouro, 45 – Santa Cruz – Rio de Janeiro – RJ
Data: dia 16/04 (segunda-feira)
Horário: 18horas
Capacidade de público: 200 pessoas
A organização do evento sugere que o público chegue com antecedência para garantir entrada.

Anúncios
| A apresentação faz parte dos “Concertos da Juventude” , da Orquestra Sinfônica Brasileira, com ingresso a R$ 1 |

Foto: Alexandre Chaves

Foto: Alexandre Chaves

Da sessão “Não é de graça, mas é quase”:
No próximo sábado, dia 11 de junho, às 16h, Paulo Santoro, violoncelista do consagrado Duo Santoro, vai pedir licença ao meio erudito para, desta vez, empunhar seu violoncelo no jazz, no Teatro da Câmara da Cidade das Artes.  Ao lado da pianista Tamara Ujakova, do contrabaixista Alexandre Brasil e do baterista André Frias, o violoncelista vai tocar a famosa “Suite para Cello e Jazz Piano Trio”, do compositor francês Claude Bolling, criador da fusão jazz-erudito e considerado o responsável pela renovação do jazz tradicional na década de 1960. A apresentação faz parte dos “Concertos da Juventude” , da Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), com ingresso a 1 real. Principal intérprete da obra no país, há seis anos que Paulo não a executava.
Um mês depois, o músico será ainda solista da Orquestra Sinfônica da UFRJ em julho, dia 11, no Theatro Municipal, onde será apresentado  “Concerto para violoncelo e orquestra nº2”, de Villa-Lobos – a última vez que a obra foi tocada no Theatro Municipal foi em 1981, com Antonio Meneses. Este concerto faz parte das comemorações dos 71 anos da Academia Brasileira de Música, que tem exatamente Villa-Lobos como fundador e primeiro presidente.
Lembrando que o duo formado com seu irmão Ricardo Santoro – Duo Santoro – comemora 30 anos integrando a Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) e que já tem confirmado, para setembro, um concerto especial da OSB, na Sala Cecília Meireles, no qual os irmãos vão interpretar “Duplum”, obra para orquestra de João Guilherme Ripper, escrita especialmente para a data, com regência do americano Lee Mills.
Até lá, a dupla lança seu segundo disco de carreira, “Paisagens Cariocas”, novamente com produção de Sergio Roberto de Oliveira (A Casa Discos), reunindo composições para duo de violoncelo.
Paulo Santoro interpreta Claude Bolling, ao lado da pianista Tamara Ujakova, do contrabaixista Alexandre Brasil e do baterista André Frias
Horário: 16h
Local: Teatro da Câmara da Cidade Das Artes – Endereço:  Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ
Data: 11/06/2016, sábado
Informações: (21) 3328-5300
Ingressos: R$1,00
Bilheteria: terça a domingo, de 13h às 19h. Em dias de espetáculo, de 13h até 30 min após o início da apresentação
Foto Duo Santoro

Foto: Divulgação

Os gêmeos cariocas Ricardo e Paulo Santoro fazem show no dia 14 de setembro, às 16h, no Sesc Tijuca. O duo de violoncelos apresentará temas do CD “Bem brasileiro”, dedicado a compositores brasileiros, lançado em maio desde ano. Entre as músicas do repertório estão “O trenzinho do caipira”, de Heitor Villa-Lobos, “Choro seresteiro”, de Osvaldo Lacerda, e “Bis”, de Sergio Roberto de Oliveira.

Os músicos iniciaram seus estudos musicais com seu pai, o contrabaixista Sandrino Santoro. Em 1989, graduaram-se pela Escola de Música da UFRJ com nota máxima e dignidade acadêmica Magna Cum Laude, obtendo o título de Especialização em Violoncelo. Os irmãos possuem o Mestrado em Música e fazem parte da Orquestra Sinfônica Brasileira desde 1986 e da Orquestra Sinfônica da UFRJ desde 1989. De acordo com informações do site dos músicos, o Duo Santoro é único duo de violoncelos em atividade permanente no Brasil. Estreou em 1990 e já se apresentou nas principais salas de concerto de todo o país. Seus recitais são ecléticos, com repertório que vai do erudito ao popular. As transcrições e arranjos para violoncelos são assinados, em sua maioria, pelo próprio Duo. A dupla Já tocou ao lado de ícones da música popular como Sivuca, Robertinho do Recife, Bibi Ferreira, Maria Bethânia e Gilberto Gil, entre outros. No teatro, já se apresentou ao lado dos atores como Carlos Vereza e Nathalia Timberg, além de participações em discos de Guilherme Arantes, Simone, Almir Sater e Roberto Carlos.

Nas comemorações dos 20 anos do Duo Santoro, em 2010, Ricardo e Paulo se apresentaram em praticamente todo o Brasil e na República Dominicana, coroando o ano com um recital no famoso Carnegie Hall de Nova York.

Show “Bem brasileiro”, com Duo Santoro
Local: Sesc Tijuca – Rua Barão de Mesquita, 539 – Tijuca – Tel.: 3238-2164
Data: 14/9/2013 (sábado), às16h
Classificação: livre

Atenção! As senhas devem ser retiradas uma hora antes, na bilheteria.

Foto: divulgação

Começa hoje e vai até o dia 11 de agosto o Rio International Cello Encounter 2013, evento que reúne músicos e bailarinos de diversas partes do mudo em apresentações de concertos e workshops em diversas salas de espetáculo da cidade. Na 19ª edição, o evento contará com o “1º Concurso de Violoncellos”, em memória a Heitor Villa-Lobos, além “2º Cello Tintas”, que traz novidades entre artistas plásticos, sempre tendo o violoncelo como inspiração!

Também faz parte do Festival o “7º Cello Dance”, idealizado pela bailarina Mariana Chew, curadora e diretora de produção do projeto. O encontro foi criado em 2007 é a principal vertente do Rio International Cello Encounter, reunindo os músicos do festival com algumas das principais companhias de dança e bailarinos com formação clássica, contemporânea, moderna, jazz e de street dance do Brasil e do mundo.

O Rio International Cello Encounter foi criado em 1994 pelo violoncelista inglês David Chew, radicado no Brasil. Desde sua primeira edição, realizada em 1994, o Rio Cello já promoveu mais de 500 concertos e 300 horas de workshops, reuniu cerca de 1000 músicos, 500 estudantes e jovens músicos e um público estimado de 200 mil pessoas.

Entre os locais de apresentação estão a Estação do Metrô Carioca, o Conservatório Brasileiro de Música, teatros, Escola de Música da UFRJ , entre outros. Confira a programação completa no site http://riocello.com.

Rio International Cello Encounter 2013
Período: 01 a 11 de agosto de 2013
Locais: O evento ocupa vários espaços culturais da cidade
Site: http://riocello.com/

%d blogueiros gostam disto: